História O Menino da Casa ao Lado - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Mistério, Shortfic, Sobrenatural, Suspense, Terror, Violencia
Exibições 8
Palavras 578
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Penúltimo capítulo :/

Capítulo 8 - Chapter VIII


Greenville, New Hampshire

 

17 de Julho de 2015

 

Dois dias após o ocorrido, a família recebeu uma ligação do Departamento de Polícia de New Hampshire, informando que o Atestado de Óbito de Ivie Roberts já estava pronto. Após combinar que Bruce ficaria com a filha, Katlyn decidiu ir até o IML assinar o documento e  resolver toda a burocracia relacionada para que enfim o corpo fosse liberado.

 

- Você tem certeza de que quer ir sozinha, querida? – perguntou Bruce preocupado

- Tenho. Eu preciso ir. Ivie era minha irmã...

- Eu sei. Mas não seria melhor eu ir no seu lugar? Você tem passado por situações muito difíceis durante esses dias. Não precisa tornar as coisas ainda mais dolorosas. Se quiser, posso ir com você.

- Não. Fique com Alissa. Ela precisa de força e companhia agora, mais do que qualquer um de nós. E eu estou bem. Já aprendi a lidar com isso. Não se preocupe comigo, ok? Eu vou ficar bem.

- Tudo bem. Se é isso o que você quer... Me ligue quando chegar, ok?

- Ok. – os dois se despediram com um breve selinho e Katlyn beijou a testa de sua filha antes de sair

 

A causa da morte apresentada no atestado de óbito de Ivie constou como afogamento. O homem morto, identificado como Martin Williams, havia sido assassinado. Os motivos e o culpado ainda eram um mistério. Não foi encontrada nenhuma digital, tampouco qualquer pista que apontasse para alguém. Ainda assim, a investigação buscava incessantemente o culpado pela morte tão brutal.

Apesar de todo o mistério em torno das mortes, havia algo em comum entre as vítimas: as duas apresentavam uma marca no supercílio. A mesma marca de Cory.

 

. . .

 

Greenville, New Hampshire

 

18 de Julho de 2015

 

Após o velório de Ivie Roberts, assistido por poucos parentes e amigos, Alissa retornou à casa onde ela passou seus últimos dias com Ivie, para buscar seus pertences. O velório de Martin Willians, ocorrido na mesma hora e local, reuniu apenas a viúva e alguns conhecidos.

O trajeto entre o St. James Cemetery e a casa de Ivie foi percorrido em pleno silêncio. Ao chegar em casa, Alissa correu para o quarto e arrumou sua mochila. Por mais que ela quisesse que aquilo tudo não passasse de um grande mal entendido, e por mais que ela quisesse continuar ali, ela sabia que não faria mais sentido permanecer em Greenville sem a presença de sua amada tia.

Ao terminar de arrumar suas coisas, a jovem passou pelo quarto da falecida tia e parou. Depois de alguns minutos pensando, decidiu entrar pela última vez no quarto de Ivie. O cômodo ainda carregava o cheiro de Ivie. Um delicioso e adocicado aroma de jasmim que era a marca registrada da mulher. Ao passar os olhos por toda a extensão do quarto, Alissa notou um caderno sobre a mesinha de cabeceira de sua tia. O que parecia um simples caderno se mostrou um diário quando a jovem o pegou e folheou algumas páginas. ‘’A letra dela era tão linda...’’ pensou Alissa.

No mesmo instante em que ouviu a voz de Katlyn chamando-a do andar de baixo, os olhos da jovem estacaram na página 13 do diário. Alissa logo entendeu que aquele pequeno caderno, aberto em suas mãos, não era apenas um simples diário de uma mulher. Aquelas folhas carregavam também confissões. Confissões de um crime, onde aquelas pequenas folhas brancas se revelaram como fiéis e silenciosos cúmplices.


Notas Finais


Digam o que acharam, o que está bom, ruim e o que pode melhorar. Sem a opinião de vocês, não posso saber se estão gostando ou não.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...