História O Menino da minha Sala - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~Candyy_Pandahh

Visualizações 23
Palavras 526
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Escolar, Festa, Ficção, Luta, Suspense, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Candyy:Quase esganei a tia Gabihh por causa desse cap

Gabihh: -Carinha nocente-

Candyy:~Imitação de Gabihh~ Candyy eu que faze mas um cap
Faz ue
Me ajuda
Ah nao faz sozinha agora
Pufavoo
Nao ou voce faz ou nao faz ue
-Carinha super kawaii da gabihh que ngn resiste-
Taaahhh
Eba

Gabbih:AGURA sem mais delongas, vamu pros caps

Capítulo 2 - "Best Friends Forever"


Fanfic / Fanfiction O Menino da minha Sala - Capítulo 2 - "Best Friends Forever"

~POV Matheus neves~

No caminho da casa dos meus avós vejo um carro da policia e uma ambulância passando muito rapido pela rua, apresso meu passo chegando rapidamente na casa dos meus avós e vendo...Quatro carros de policial duas ambulâncias, varias pessoas em volta e...meus..avos em macas , Vou correndo ate la ate um policial me parar

-Desculpe garoto, Não pode passar daqui

-S - são os meus Avos!

-Sinto muito

Eles f-faleceram...Agora pouco, meus unicos parentes, eu me afastei da casa, me encostei num muro, e fui escorregando por ele ate chegar ao chão, Juntei minhas pernas e meus braços e comecei a chorar, oque eu ia fazer agora? Foi quando ouvi passos perto de mim parando no meu lado, Levantei minha cabeça e vi o menino que se ofereceu para me ajudar na sala

-...oi -Ele falou olhando pra mim, parecendo preocupado

-...

-Oque aconteceu? 

-...nada

-Se não tivesse acontecido nada, você não estaria chorando, estaria?

-Por favor vai embora

-...nao, eu nao vou, Eu quero te ajudar Matheus, e so você aceitar a ajuda

-Tanto faz... -Eu falei enchugando algumas lágrimas com a manga do casaco, o fazendo ele sair de onde se encontrava, mostrando um pouco do meu pulso mutilado. Ele senta do meu lado e me pergunta

-Então, Oque aconteceu? 

-Eu não sei nem o seu nome , Você realmente acha que eu vou falar alguma coisa pra um estranho?

-...Eu sou o Thiago, mas pode me chamar calango, eu tenho 17 anos e....

-E?

-Não, nada

-...Meu nome e Matheus, como voce ja deve saber, Eu prefiro que me chame de pk, Eu tenho 19 anos 

-Pronto nos dois nos conhecemos melhor, você pode me falar agora?

-...E que meus pais me deixaram na casa dos meus avos quando eu era menor -Senti minha voz falhar, eu ia chorar a qualquer hora -Eu tava voltando pra casa e ai -eu olhei para ambulância que ja estava indo pro hospital talvez

-Oh...me desculpe...eu

~POV Thiago Elias~

E agora?? Eu forcei ele a falar uma coisaa que ele nao queria aii droga

-Oh...me desculpe...eu -Ele encostou a cabeça no meu ombro , depois de uns minutos eu senti minha camisa sendo molhada

-Pk...Você ta chorando denovo?

-N-n-nao , Q-q-que idi-idiotisse -Encostei minha cabeça na dele

-Pk, você tem aonde ficar?

-N-nao 

-V-você quer ficar na minha casa? -Nao sei o porque mais corei com minha própria pergunta

-A-a s-sua ma-mae nao li-liga?

-nao, Mas por favor para de soluçar, se não ela vai ficar perguntando -Ele ri e assenti eu me levanto e ajudo ele a levantar e, nos andamos  até a minha casa. Quando chegamos eu parei e olhei para o Matheus

-E o seguinte, a minha mae vai insinuar que você e o meu namorado, apenas...ignore ok?

-Haha ok

Eu abri a porta, e vi minha mae na cozinha , provavelmente fazendo o jantar 

-Ooi mãe

-Oi filho! quem e esse? e seu---

-Nao e o meu namorado mae -Vi pk colocando a mão na boca para naon rir

-Nos estaremos no meu quarto ok?

-Fazendo oque?

-COISAS DE AMIGOS MÃE -Peguei no braço dele de leve e o puxei ate meu quarto,quando estavamos praticamente na porta do quarto eu sem querer apertei o braço dele, o que fez ele gemer baixo

-Oque foi?

-Na-n-nada -eu soltei seu braço e ele o "protegeu" como se estivesse doendo,  hmmn


Continua



Notas Finais


Tibo mais ummm

Candyy:O proximo vai ser um cap fofis

Gabihh:SPOILER ALERT num era pa fala sua feia '^'

Candyy:Agora ja foii

Gabihh:Favoritem! e de graça!

G e C: Xaxau meus uniss de jujubaas~~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...