História O garoto Jungkook - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Bts, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rapmonster, Suga
Visualizações 129
Palavras 1.119
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


MEU AMORES VOLTEII, desculpa por nao ter postado, essa capítulo ta meio coco, pq to em um bloquei criativo, mais espero que gostei, tenham uma boa leitura e descupa qualquer erro ortográfico.

Capítulo 5 - Fim de semana!


Fanfic / Fanfiction O garoto Jungkook - Capítulo 5 - Fim de semana!

Acordei com a campainha tocando as 08:00 horas, era a Naty, ela chegou e foi direto pro meu quarto, estávamos se arrumando quando ela começou a fazer umas perguntas meios estranhas.

N: (s/n) você não tem nada pra me conta nao? - ai meu senhor, vou matar o jungkook, não acredito que ele ja conto o que aconteceu para a Naty.

(s/n): Não sei tipo o que? - Me fiz de desentendido.

Naty: Aah sei lá, tipo o que aconteceu ontem depois que o kookie te deixo em casa? - É ela ja sabia, Natália nunca sabe disfarça quando ela quer saber as coisas ou quando ela sabe.

(s/n): Ele te contou né?

Naty: Sim, ele me contou, eai você gostou?

(s/n): Para ser sincera, MENINA E COMO GOSTEI, QUE HOMEM É AQUELE. - Talvez eu tenha gritado um pouco.

Naty: Sabia, vocês dois ficam fofos juntos, super apoio vocês.

(s/n): Ta bom, ta bom, vamos termina de se arrumar, daqui a pouco ele vem buscar a gente.

Depois disso terminamos de se arrumar e fomos para baixo. Passou alguem minutos a campainha tocou novamente, era jungkook, abri a porta e ele ja foi pegando as coisas para colocar no carro. Nossa vai ser assim nem um beijo de bom dia, ta talvez ele esteja com vergonha por causa da naty, mais mesmo assim. Entramos no carro e fomos a casa do suga. Chegamos la, jungkook foi ja nos apresentando aos meninos.

JK: Então gente essa aqui é a Naty e ela é (s/n).

Todos: Oii meninas.

Depois disso começamos a conversa com o nanjoom e hoseok, o hobi estava com a namorada dele a Hanna, ela parece ser legal, fui conversa com ela e acabamos tirando amigas, ela parecer ter minha idade, a Natália nao gostou nem um pouco por fiz amizade com a Hanna, menina ciumenta,  estávamos nos dando super bem com todo mundo, até estranhei, incrivelmente a naty estava comportada e parece que ela e o jimin estava se dando muito bem.  Lancei um olhar pra ela tipo, uhmmm safada sei seus planos, ela riu e não falo nada, conversa vai, conversa vem e parecia que jungkook tinha esquecido o que tinha acontecido ontem, ja estava ficando com raiva, então percebi que ele foi na cozinha e fui atrás sem ninguém perceber, cheguei lá ele estava de braços cruzados, encostado na pia.

JK: Sábia que a senhora ia me seguir. - ele falou dando uma risada de lado.

(s/n): Convencido, então você sabe porque eu vim aqui. - falei encarando ele.

Jk: Claro que sei e desculpa por meio que te ignora, é que eu sou meio que novo nessas coisas. - e de novo o jungkook fofo e inocente volta e de uma hora pra outra ele muda com a cara de malicioso novamente - Porque não aproveitamos que estamos sozinhos aqui.

Assim ele me puxa para perto dele e me beija, um beijo feroz, parecia que ele iria me comer (não malícia isso gente), o beijo foi esquentando e na hora que eu percebi ja estava em cima da pia, quase arrancando a blusa dele, mas alguem entra na cozinha e nos assustamos e acabo que eu desci da pia correndo, era a hanna.

HN: Aii gente desculpa, nao queria atrapalha deixa eu vol... - a interrompi ela.

(s/n): Fica calma pode fazer o que veio fazer aqui e não atrapalhou em nada não.

Jk: É atrapalhou em nada não. - ele falou em tom de ironia e dei um tapa no braço dele.

Ele me puxou para fora, pra gente volta la com os meninos, sinceramente fazia tempo que não me divertia tanto, foi escurecendo e ficando tarde falei que ja tinha que ir, pq pelo que eu conheço bem meu pai ele deve estar chamando a polícia ja, jimin falou que ia levar a naty, não me contive e soltei um Safadinhos, quase morri, a naty me atacou seu sapato em mim e depois rimos. Então jungkook foi me levar para casa, no meio do caminho ele me pergunto se eu estava com fome e realmente eu tava, me diverti tanto que esqueci de comer, então ele paro em lugar que vendia Kimbap, entao ele pediu dois e fomos comer no carro, estava delicioso, comemos e agora fomos direto para casa, chegando ele pergunto se eu não queria ir na casa dele, os pais do kookie não estava em casa, nao era tão tarde entao eu fui.
Estávamos no quarto dele, deitados na cama, conversando sobre assuntos aleatórios, fizemos piadas, até que ele começou a fazer cosquinhas em mim, me contorci toda, mais o maior era mais forte que eu, a hora que percebemos ele tava segurando meu braço a cima da minha cabeça e ele estava montado em mim, nos encaramos e ele começou a me beijar novamente, o clima foi esquentando, e de novo estávamos naquela situação, so que dessa vez eu ja tinha arrancado a camiseta dele, entao foi indo, ate que ele ia tirar meu shorts, eu simplesmente travei e nao deixei ele fazer aquilo, eu nao sei porque eu fiz aquilo, na verdade eu sabia, por mais que goste do jeon eu ainda tinha medo de fazer aquilo.

Jk: Que foi pequena, não precisa ter medo, se você não quiser fazer, eu te respeito, vamos fazer no seu tempo. - jeon falou em um tom muito gentil.

(s/n): Obrigado jeon, por mais que eu goste de você, eu ainda tenho medo, e desculpa.

Jk: Não precisa se desculpar. - ele deu aquele sorriso que me deixa com borboletas no estômago.

Deitamos novamente na cama e ficamos lá conversando, só que aconteceu o que eu nao esperava,  eu dormi e ele tambem, acordamos com meus pais e os dele gritando com a gente.

Meu pai: ENTÃO VOCÊ TA AQUI MENINA, VOCÊ QUER MATA EU E SUA MÃE DE SUSTO, A GENTE TA A PREOCUPADOS, PORQUE VOCE NAO AVISOU QUE ESTAVA AQUI. - Ele falou dando um escândalo, eu avisei o jeito que ele era.

Mãe do kookie: JUNGKOOK PORQUE VOCÊ NÃO AVISOU PROS PAIS DELA QUE ELA ESTAVA AQUI.

JK: Calma mãe, desculpa senhor é que acabamos dormindo e eu não queria deixar vocês preocupados. - jungkook falo esclarecendo as coisas.

Meu pai: Okay, mais de proxima vez  vocês me avisam.

Depois disso, fui para casa, pude ouvir a mãe do jungkook dando bronca nele do meu quarto e não demorou muito meu pai veio fazer a mesma coisa, ouvi calada, depois ele saiu do meu quarto e o que eu fiz isso mesmo, fui voltar a dormir, porque se eu ficasse acordado ia matar alguem ou a dor de cabeça que eu ta a ia me matar.


Notas Finais


Obg por ler 💙
Até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...