História O Meu Lado da História - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags 13 Reasons Why
Visualizações 10
Palavras 552
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 8 - Meu vício - Parte 2


Fiquei nessa festa a noite toda. Bebi muito, sozinho. Minha mãe até me ligou, disse que estava estudando ma casa de um amigo. Coitada, nem amigos eu tenho. 

Estava lá uma menina me olhando, parecia jovem, parecia está implorando para que fosse até ela, eu fui. Puxei papo, e ficamos conversando e assistindo as danças que tinha na festa.

Até que apareceu uma drag, muito semelhanye ao meu professor de História, dançando igual na sala. Issso explicava o brilho no rosto, a cara de quem não dormiu e seu estilo de roupa. 

Não dei muita atenção, estava ocupado demais com a moça bonita que estava comigo. Então comecamos a dançar, beber, dessa vez, sem drogas. Nos beijamos e ficamos como pessoas normais, daí ela queria ir no banheiro e que eu a levasse. 

Acabamos entrando juntos. Eu que entrei junto com ela, queria apenas me vingar do que a Melissa havia feito comigo. Então tirei a roupa dela, e ela a minha. Como presenciei a Amanda e Antônio transado, já sabia o que fazer, iria me espelhar nele. Então transamos 3 vezes em quase 1 hora, mas esqueci de ter usado camisinha, na verdade é o de menos né?!

Daí nos vestimos e fomos pra pista de dança, encontramos Amanda dançando com um cara, e por coincidência a garota que eu estava e Amanda se conheciam. A garota me apresentou para Amanda:

_Amanda aqui é o Isac. E Isac aqui é a Amanda... Amanda Assoni! (RISADAS)

Tive que agir normalmente, por mais que já tivesse visto a Amanda, ela ainda nem sabia que eu existia.

_Oi Amanda, Como vai?  -Cumprimentei naturalmente, iniciando conversa.

_Oi, bem! E o que um garoto tão jovem tá fazendo num lugar desses?

_O mesmo que Antônio te procurou quarta-feira!


Ela ficou confusa e supresa e disfarçadamente mudou de assunto.

_Hum, vocês querem bebida? Eu vou buscar.

Ela não deixou ninguém responder e logo já saiu. Eu tinha visto Júlio, meu professor saindo, eu rapidamente fui atrás dele. O encontrei... E perguntei:

_Professor? É você?

Ele escondia o rosto. E mexia a cabeça dizendo que não.

_Eu o vi dançar, igual dançou na sala! -disse, tentando encontrar seu rosto.

Ele virou para mim.

_Isac, o que está fazendo aqui à essa hora?

_Nada. Eu que pergunto, o que o senhor está fazendo aqui a esta hora e ainda vestido assim.

_Eu sou assim, gosto de me ver assim, gosto de ser assim. Mas só aqui, e essa hora, eu posso ser quem eu verdadeiramente sou.

_Mas então por que você dá aula?

_Eu tenho duas paixões. Ensinar, e me vestir assim. Mas  do jeito que tá, não consigo me sentir bem. Nem mesmo aqui dentro. Você, um aluno meu, me vendo dessa forma. 
-exprimiu Júlio colocando a mão em meu ombro.

_Não tenha vergonha, se é o que gosta, não importa o que tenha, lute pelo que você quer.

_Obrigado, tenho que ir amanhã ainda é sexta e tenho aula!


Ele foi embora, fiquei meio sem reação, sem o que falar, sem o que pensar. Mas cada um tem sua vida, e cada um faz suas escolhas. 

Depois que ele foi, eu fui logo em seguida, já era quase 5 horas da manhã. Entrei em casa pela janela do meu quarto, porque a porta de casa estava trancada. 


Notas Finais


Obrigado por ler até aqui.
Beijão, e fiquem com Deus! :^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...