História O Meu Melhor Amigo - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Castiel
Tags Alexy, Ambre, Amor Doce, Armin, Castiel, Dakota, Debrah, Drama, Iris, Kentin, Lysandre, Nathaniel, Peggy, Rosalya
Exibições 193
Palavras 1.523
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


AAAAAEEEE VOLTEIII e..e
DEMOREI MAS CHEGUEI TUTS TUTS UIII UII UII
TA PAREI

SAUDADES DE VCS MEUS AMORZINHOS :3
MAS QUEM QUER CAP?
TEM CAP NOVO UI UI UI
VOU POSTAR DOIS HJ UI UI




POR FAVOR LEIAM AS NOTAS FINAIS <3

Capítulo 9 - Capitulo 8


 

Capitulo  8

*MARI NARRANDO*

Quando acordei já era noite, Castiel dormia ao meu lado, ou melhor dormia enrolado em mim. Olhei o relógio na cabeceira da cama marcava 20 horas me levantei com cuidado com medo de acorda-lo e fui tomar um banho, me olhei no espelho e logo reparei no que tinha acontecido e comecei a me observar pelo espelho, meus lábios estavam inchados, minha pele estava corada e meus olhos brilhantes, meus seios estavam marcados por mordidas e chupões leves, minha cintura estava marcada com um leve vermelho que tinha o formato das mãos de Castiel, sorrir ao ver que realmente aconteceu, e com o homem que eu amo, foi verdadeiro, ai meu Deus.

Respirei fundo e entrei no box do banheiro e liguei o chuveiro sentindo o jato quente bater em minhas costas e as lembranças da minha tarde com Castiel vieram como um lindo e breve sorriso...

*Flashback On*

Suas mãos desciam pelo meu corpo, sentia sua respiração acelerada no meu pescoço enquanto ele gemia baixo no meu ouvido, chama meu nome, minhas mãos arranhavam suas belas costas grandes e musculosas enquanto sentia ele se movimentar lentamente dentro de mim, sentia sua boca em meus seios enquanto ele os chupava e os mordia, uma suas mãos estava em minha coxa que a mantinha suspendida em seu quadril e a outra em meu seio esquerdo sentia ele se movendo, aumentando a velocidade ele estava perto de gozar e eu sentia isso quando eu comecei a sentir algo dentro de mim, uma sensação maravilhosa de prazer e ouvir Castiel dizer para mim baixinho.

Castiel: goza para mim meu amor- e como passe de magica eu o obedece e logo sentir ele gozando dentro de mim chamando o meu nome- MARI! AHH!

*Flashback Off*

Abrir os olhos e logo fechei o chuveiro, sair do box me enrolando na toalha e indo em direção ao quarto onde Castiel continua a dormir, fui ate a minha parte do guarda roupa e peguei um calcinha logo em seguida peguei uma blusa do Castiel e me vestir saindo do quarto e indo em direção a sala, estava com fome e estava com preguiça de preparar algo então optei por pedir uma pizza de calabresa e 4 queijos, que chegaria daqui a mais ou menos uma hora.

Liguei a tv e estava passando um seriado qualquer em um canal, revirei os olhos e comecei a assistir já que SPN começaria as 22 horas e o relógio marcava 20:30. O seriado era ruim, quer dizer era horrível, mudei de canal e estava passando um filme de desenho, ao menos é melhor que aquele seriado, comecei a assistir ate ouvir passos em minha direção e um beijo no topo na minha cabeça, sorrir e o vi indo em direção a cozinha, estava vestindo uma calça de moletom e estava sem camisa, as gotas d’aguas que escorriam de seus cabelos e molhavam suas costas mostravam que ele havia acabado de sair do banho, ouvir a porta da geladeira ser fechada e Castiel resmungar e subir as escadas a passos fortes e bater a porta, logo em seguida vi ele descendo com uma blusa e com tênis indo em direção a porta, olhei em direção ao relógio marcava 21 horas, olhei ele procurar a chave da moto que estava em cima da mesinha da sala, oh menino lerdo viu? Vou te contar ai ai ai

Castiel: amor, você viu a chave da moto?

Mari: talvez, se você me disser onde você vai!

Castiel: vou comprar comida, achei que você iria cozinhar.

Mari: nem precisa já pedir pizza, vai tirar essa roupa e vem ficar comigo

Castiel: e você nem pra me falar ne, nanica? – olhei para ele sorrir fofa e ele me deu um sorriso apaixonado – já volto – disse ele rindo e logo em seguida subiu as escadas em passos lentos.

Ouvir Castiel entrar no quarto e se jogar na cama logo em seguida ouvi o som dos seus coturnos sendo jogados no chão e logo em seguida o som da guitarra, sabia que ele ia ficar mais um pouco la em cima, pois fazia tempo que ele não tocava.

Passou-se quarenta minutos e ouvir a campainha tocar, fui atender e o entregador me olhou de cima a baixo e deu um sorriso malicioso e sentir meu coração congelar

Xxx: boa noite doçura, foi você que pediu uma pizza metade calabresa e metade quatro queijos?

Mari: sim foi eu sim – disse seria – quanto deu?

Xxx: R$ 30,00 reais. Mas para você faço de graça em troca de uns beijinhos – disse se aproximando de mim e dei um passo para trás e sentir uma mão na minha cintura me puxando para trás, vendo os olhos do cara se arregalar – ou não rs

Castiel: você prefere no dinheiro ou receber uns murro?

Xxx: calma cara, desculpa.. – Castiel bufou e tirou duas notas de vinte da carteira e jogou para ele pegando a pizza e fechando a porta na cara dele e ouvimos ele gritar – Quer o troco? Não? Okay, boa noite.

Castiel saio em direção a cozinha e pois a pizza e o refrigerante em cima da mesa e logo em seguida se virou para mim e pude ver seus olhos irritados

Castiel: que merda é essa de você ir atender a porta com essa roupa?

Mari: ...

Castiel: RESPONDE MARIANA WINCHESTER!

Mari: não grita comigo – disse me encolhendo e abaixando a cabeça, enquanto tentava disfarçar minha voz de choro – me desculpa – disse baixinho

Castiel: me desculpa um porra – disse ele com raiva, enquanto pegava os pratos e colocava na mesa com certa brutalidade – parece que não pensa, olha so como você esta vestida, quase não da pra ver a merda desse short – me olhou com raiva e se aproximou segurando meu braço – olha aqui você me chama para eu atender a porra desta porta okay?

Mari: ...

Castiel: OKAY, PORRA? – ele disse alto, me assustando e eu já estava sentindo as lagrimas caírem dos meus olhos e disse um “OKAY” baixinho, ele se afastou e se sentou na mesa.

Mari: eu – ele me olhou com os olhos ainda irritados oque me fez abaixar a cabeça e me afastar – vou deitar perdi a fome, estou com dor de cabeça – ele me olhou e ia dizer algo,mas eu sair correndo e fui para o quarto de hospedes.

Quando entrei no quarto agradeci por esta arrumado, fechei tudo e me deitei logo em seguida ouvir o celular tocar era a Rosa eu a atendi

*Ligação On*

Rosa: amiga? E ai tudo bem?

Mari: oi amorzona, unhum e por ai?

Rosa: ei oque foi? Esta chorando?

Mari: o Castiel, ele gritou comigo – disse olhando a marca vermelha que se formava no meu braço.

Rosa: por que? Oque houve amiga? – pude ouvir sua voz preocupada.

Mari: eu pedir pizza, so que eu fui atender so de blusa e short e o short estava muito curto, o carinha da pizza deu em cima de mim e ele viu, colocou o cara para correr e logo depois ele começou a gritas comigo e..

Rosa: e?? amiga oque houve?

Mari: e ele apertou meu braço, com uma certa força que o machucou – disse chorando

Rosa: ELE OQUE? ELE É DOIDO?

Mari: so estar vermelho so isso, ele me deu medo hoje Rosa..Ele me deu medo – comecei a chorar

Rosa: calma amiga, vamos resolver isso..Oh vai deitar, eu vou conversar com o Lysandre que esta aqui com uma cara de raiva da poxa, amanha na escola a gente conversa, okay?

Mari: okay, acalma ele diz que eu estou bem..Boa Noite Rosa

Rosa: Boa Noite Mari.

*Ligação Off*

Suspirei e me ajeitei na cama e logo ouvir a porta ser aberta e a luz do abajur ser ligada, sentir o cheiro de pizza e coca-cola e o barulho de uma bandeja sendo colocada em cima da peça, sentir ele se sentar na ponta da cama e passar a mão pelo meu cabelo me fazendo encolher-me

Castiel: amor? Porque esta deitada aqui? Porque não esta deitada no nosso quarto?

Mari: ...

Castiel: amor, te trouxe pizza...

Mari: ...

Castiel: amor, por favor, fala comigo – pude ouvir sua voz de choro e suspirei, mas continuei de costas para ele – me desculpa, não deveria ter gritado com você, eu não deveria ter apertado seu braço daquela maneira – sentir ele deslizar a mão pelo meu braço e eu estremeci quando seu braço passou por cima do local machucado, sentir ele suspirar e se levantar fechando a porta do quarto, olhei para trás e vi a comida, sentei-me e comecei a comer.

Um tempo passou e a porta se abriu eu estava terminando de comer quando ele entrou no quarto com um creme e se sentou do meu lado ligou a luz do quarto e os olhos dele se arregalaram e olhei em direção ao braço estava muito vermelho

Castiel: deixa eu passar isso – disse ele e levou a pomada ao braço, massageando-o de forma cuidadosa – me desculpa amor

Mari: tudo bem – eu disse olhando para ele e dei um meio sorriso, ele me olhou triste e me abraçou e começou a chorar

*Mari Off*

 

*Castiel On*


Notas Finais


Gente primeiramente peço desculpas pela minha irresponsabilidade de parar de postar, mas muitas coisas aconteceram, mas eu estou bem..
meu pc voltou, e eu irei voltar a postar..então agradeço a quem esta disposto a continuar a acompanhar a fic, msm dps de eu ter demorado de postar, então ai esta, mais um cap para vcs..me perdoem a demora..amo vcs espero q gostem <3


aee volteii :3 <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...