História O meu melhor amigo - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jinyoung, Mark, Youngjae, Yugyeom
Tags 2jae
Visualizações 150
Palavras 1.245
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiii Gente! Tudo bem?
Trago aqui mais um capítulo como prometido!
Espero que gostem!
Desculpem os erros!
Boa leitura!
Bjs😘

Capítulo 16 - O que?


Fanfic / Fanfiction O meu melhor amigo - Capítulo 16 - O que?

*** JB pov on***

Estou farto de dar voltas na cama e não consigo dormir, vejo as horas e já é muito tarde, penso em mandar uma mensagem para Jae mas supus que ele estivesse a dormir. Decido só mandar uma mensagem de Boa Noite.

#Mensagem para Jae#

" Oi Amor! Estás acordado? Secalhar não! Só queria te desejar Boa Noite. Amo te muito!.Sinto a tua falta!"

Mando a mensagem e pouco o celular em cima da mesinha ao lado da minha cama. Me ajeito no colchão e estava prestes a fechar os olhos quando ouço meu celular vibrar.

Vejo quem é e me admiro. Jae acordado a esta hora?

#Mensagem de Jae#

" Oi meu amor! Não eu não estou a dormir! E você não devia estar? Boa Noite! Durma bem! Também te amo muito"

Leio e respondo. Já que não tenho sono falo com a pessoa mais importante da minha vida.

# Mensagens on #

Eu: Não consigo dormir!

Jae: Eu também não!  Mas porque não consegue? Pesadelos? Insónias?

Eu: Não sei amor apenas não tenho sono e você? Porque não consegue?

Jae: Eu não consigo dormir porque eu me habituei ao calor do seu corpo. Sinto sua falta

Eu: Também sinto a sua falta! Eu até saia de casa agora só para ir ter com você.

Jae: E por que não vem?

Eu: Isso é um convite?

Jae: Talvez....

Eu: Olhe que eu vou mesmo

Jae: Já devia estar a caminho! Eu estou aqui a sua espera de pernas abertas!

Eu: Jae não me provoque!

Jae: Eu? Eu provocar? Você também não sabe o que aconteceu só de pensar em você!

Eu: O que?

Jae: Não se faça de desentendido! Você sabe muito bem! Só de pensar em seu corpo e em seus toques eu fiquei duro e.....Aish fiquei de novo

Eu: Não faça nada estou a caminho

#Mensagens off#

Saiu da cama a correr e visto uma roupa qualquer, pois eu estava só de boxe,acabo de me vestir e saio de casa o mais rápido que consigo para chegar a casa de Jae. Aish Jae so você para me fazer sair a esta hora.

Não demoro muito e chego a casa de Jae.

- JAE ABRA A PORRA DA PORTA- grito e ele abre a porta.

- Você tá louco? Minha mãe está em casa e há vizinhos caso não saiba- ele diz baixo.

- Sim eu estou louco! Louco por você -digo e o ataco com beijos, fechamos a porta com dificuldade pois eu não o largava e subimos para o quarto.

Abrimos a porta e de seguida a trancamos.

- Nao podemos fazer muito barulho- ele diz

- Tudo bem! Mas agora ande cá! Já não precisa de imaginar o meu corpo, agora tens o aqui pessoalmente! Está a espera de que?-pergunto.

- Que você tire a roupa e que fique de quatro- ele diz e fico confuso.

- Como assim? Você está dizer que...- sou interrompido.

- Sim! Hoje você será o passivo- diz.

- Mas..-interrompe Outra vez.

- Não é mas,vá estou a espera- ele diz, Jae só está de boxe e eu consigo ver o volume entre suas pernas.

- Você é quem manda- levanto as mãos em forma de rendimento.

Retiro a minha roupa de uma forma bem sexy e sensual. Quando só faltava a minha boxe subo na cama e espero o mesmo.

Jae sobe em cima de mim e me beija. Eu não me importo de ser o passivo, da última vez que fui foi bem gostoso e vai ser ótimo voltar a sentir aquela sensação de ele dentro de mim. Jae começa a distribuir selinhos pelo meu tronco até chegar à minha boxe, começou a retira la com os dentes de una forma bem provocante. Eu já estava bem duro.

Beijo e retiro sua boxe, pego seu membro e o aperto o fazendo gemer rouco. Ele beija meu pescoço e deixa lá um chupao que deixará marca. Ele tenta se levantar mas eu o puxo pelo pulso.

- Onde pensa que vai?- pergunto.

- Ué vou buscar o lubrificante. Não quero magoar voce- ele diz e tenta se levantar mas eu não deixo.

- Você não precisa. E não me vai magoar- digo.

- Amor você só levou uma vez e se eu não te preparar vai doer e eu não quero- ele diz.

- Mas eu preciso de você agora e tenho certeza de que irá ser cuidadoso! Vá Jae ande eu não aguento mais- suplico fazendo beicinho.

- Ta bom mas se eu te magoar, me avisa e eu paro - ele diz sério.

- Tudo bem-digo. Deito me e abro as pernas.

Jae se ajeita no meio delas.
Me beija e começa a me penetrar devagar. Puta merda aquilo realmente doía mas não vou voltar atrás.

Quando Jae estava totalmente dentro de mim, fechei com força os olhos para poder me habituar ao seu volume. Poucos segundos depois volto a abrir os olhos e Jae está com uma expressão de preocupação.

- Amor você está bem? Está doendo muito? Eu posso parar- ele diz com receio de me magoar.

- Não amor, eu estou bem! Por favor se movimente- peço e o mesmo começa a mover se devagar.

Pouco a pouco a dor foi desaparecendo e deixou a melhor sensação. Agora os seus movimentos pareciam torturantes e eu queria mais intensos.

- Jae vá mais rápido por favor- peço e ele acelera os movimentos.

Aí tão bom! Apesar se Jae ser o passivo até tem jeito para ativo. Os nossos gemidos eram audíveis por todo o quarto, as vezes não me conseguia controlar e saiam mais altos. Coitada da mãe do Jae, não sei como a vou conseguir encarar amanhã.

- Ahhh Jae - Dou um gritinho, pois ele tinha acertado no meu ponto- Outra vez ai- peço

Jae dava estocadas fortes e com uma velocidade enorme, sinto uma mistura de prazer maravilhosa e estou quase a chegar ao meu limite.

- Amor....Eu...Estou quase- digo com dificuldade.

- Eu....também- ele diz a meio de um gemido.

Mais algumas estocadas e chegamos ao nosso ápice. Estávamos os dois ofegantes, ele fica muito lindo com os cabelos suados, fica mais sexy.

- Jae acha que sua mãe ouviu?- pergunto ainda tentado regular a respiração.

- Provavelmente sim- ele diz rindo.

- Não tem piada! E como é que amanhã vamos encarar ela?- pergunto.

- Calma JB minha mãe não é um bicho de sete cabeças!- ele ri- Não se preocupe minha mãe não liga, ela sabe de nós os dois- ele diz.

- Ah ta- digo um pouco sem jeito- Amor vamos tomar banho?- pergunto.

- Vamos- diz e se levanta.

Caminhamos até ao banheiro e tomamos banho. Depois de nos lavar mos Jae teve que me emprestar uma roupa pois eu tinha saído de casa a correr. Deitamos nos na cama e ele deita no meu peito, me olha serio.

- JB eu tenho uma coisa para lhe contar- ele diz.

- E o que é amor?- pergunto

- Você sabe aquele amigo meu? O Yugyeom?- perguntou.

- Sim eu lembro amor mas o que tem ele?- pergunto curioso.

- Bem eu ele discutimos hoje- ele diz

- Amor amigos também discutem-digo.

- Eu sei mas você não sabe o motivo- falou

- E qual é?

- Ele me contou que estava namorando um rapaz! E esse rapaz é o Nail- ele diz e arregalo os olhos.

- O que?


Notas Finais


Bom e foi isso espero que tenham gostado!
Comentem e dêem a vossa opinião
Bjs 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...