História O Meu Melhor Amigo - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Naruto Uzumaki, Personagens Originais, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Hentai, Romance, Sasusaku
Exibições 217
Palavras 1.100
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 8 - Baile


_ Hein Sakura, confessa que você está morrendo de medo!

_ Se você abrir essa boca, eu quebro o seu vídeo-game, está me ouvindo?

_ Você não é capaz...

_ Duvida, é? E, aliás, ele também vai adorar saber, que o filhinho dele, estar matando aula, para jogar beisebol.

Ele me olhou surpreso, eu sabia que ele estava fazendo isso há quase uma semana, só que eu estava esperando o momento certo, para ameaça-lo, e esse momento chegou.

_ Okay, vou ficar quieto, se você ficar quieta.

_ Isso, e se você abrir a boca, já sabe, não é?

Ele foi embora, e eu fechei a porta do meu quarto, e fiquei lá conversando com a Ino durante um tempo, depois que ela foi embora, pensei em ligar para o Sasuke-kun, mas eu ainda estava com vergonha do que tinha rolado, mais cedo, por isso, desistir da ideia.

Quando ia soltar o meu celular, vi que tinha mais uma mensagem do Naruto no messenger, e como sempre, ignorei.

Só tinha aceitado o Naruto no facebook por pena, mas eu estava pensando em deletar aquele garoto, ele era irritante.

Enfim o domingo chegou, e eu estava nervosa porque iria a aquele baile com o Sasuke-kun, eu ainda não tinha me recuperado, do que tinha rolado na sexta, por isso, a gente ficou o resto da sexta-feira e o sábado sem se falar.

A Ino veio aqui em casa como havia dito, e nos duas nos arrumamos juntas, e claro, com a ajuda da minha mãe.

Eu estava vestindo um vestido vermelho, de uma alça só que iam até os joelhos, meus cabelos estavam soltos e a maquiagem era uma coisa discreta, por insistência minha, é claro.

A Ino estava linda também, e como sempre, estava chamando bem atenção, ela usava um vestido tomara que caia roxo, longo, a sua maquiagem como sempre, não era nada discreta e seu penteado era uma trança de escamas de peixes, com alguns cabelos frouxos.

_ E aí, como estou?

_ Chamando a atenção demais.

_ Aff Sakura, você é chata.

_ Não liga para ela, Ino, você está deslumbrante. – Minha mãe falou.

Eu olhei indignada para a minha mãe, a Ino parecia que estava vestida para um casamento, e não para um simples baile da escola.

_ Eu não sei se vocês sabem, mas esse baile, não vai ser um casamento, ou aqueles bailes de contos de fada.

_ E isso, é motivo, para você não ir toda arrumada?

_ Não, o Sasuke-kun, me prefere assim, ele mesmo me disse.

_ Claro né, se usar um vestido longo, fica difícil de tirar depois. – A Ino falou.

Eu olhei para ela assustada e tinha certeza, de que eu estava vermelha, eu tinha vontade de matar a Ino ali mesmo, na frente da minha mãe.

_ Como assim, Ino? Você sabe de alguma coisa, que eu não sei? – Minha mãe perguntou desconfiada.

_ Não tia, estou fazendo isso, apenas para irritar a Sakura.

_ Então tá.

Depois daquela pequena e constrangedora conversa, a gente resolveu calçar os nossos sapatos, se bem, que eu preferia ir de blusa, calça jeans e tênis.

Eu calcei um salto alto preto, que eu fazia questão de nem saber a marca, e a Ino calcou o dela, que era azul.

 ­Já pronta passamos a esperar, os meninos na sala da minha casa, eu então olhei para Ino e perguntei:

_ Vem cá, como o Sai, sabe que você está aqui?

_ Hello! Eu falei com ele, onde eu estava, linda, eu sou loira, mas não sou burra.

Não demorou muito, e aquele branquelo da Ino, chegou, e eu passei a segurar vela, eu me levantei do sofá e caminhei até ficar próxima a porta.

A campainha tocou e eu resolvi abrir a porta, antes que Yuri, que era o mordomo abrisse, quando abrir a porta, eu vi que era o Sasuke-kun, ele estava mais bonito que o normal  se é que era possível.

_ Oi. – A sua voz estava mais rouca que antes, eu sentir o meu corpo todo estremecer.

_ Oi.

Ele entrou em casa, e pude ver a roupa que ele estava usando, ele usava uma blusa branca e um blazer azul escuro e usava uma calça jeans também escura, nos seus pés um sapatênis branco.

_ Você está lindo... – Eu falei.

_ E você... Está magnifica.

Eu sorrir ao ouvi-lo, ficamos nos olhando durante alguns minutos, até a Ino gritar:

_ Hey lindos, vamos?

_ Ah sim, vamos.

A gente saiu da minha casa, e fomos para o baile, quando chegamos na escola, vimos que a festa estava bombando.

Sasuke-kun segurou a minha mão, e depois sorriu de canto, e eu sorrir para ele.

Entramos na escola e então eu percebi, que a Ino e o Sai já tinham sumido, ou seja, agora eu estava sozinha com o Sasuke-kun.

_ Então, quer dançar? – Ele falou alto próximo ao meu ouvido, por causa do barulho da festa.

_ Vamos.

A gente foi até a pista de dança, e passamos a dançar, enquanto nos dançávamos eu vi a Yumi, num canto da festa nos olhando com ódio, enquanto conversava com suas amigas, eu sabia que ela e aquela corja dela, estavam tramando algo, mas resolvi me concentrar em dançar com o Sasuke-kun.

A gente dançava animadamente, o que era surpresa, já que o moreno sempre fora, um cara discreto.

Eu o sentir agarrar a minha cintura, enquanto dançávamos, e me puxar para mais perto dele, sentir a respiração dele no meu ombro, e depois, eu sentir ele dá um beijo ali.

_ Você sabe, que aqui, não. – Eu disse.

_ Okay, vamos beber algo.

A gente foi para o bar, infelizmente ali não vendia bebida alcoólica, por isso nos dois pedimos dois coquetéis sem álcool.

Enquanto a gente bebia, vi que a Yumi ainda olhava para a gente, mas eu resolvi ignorar os olhares que aquela maluca lançava pra gente, não demorou muito tempo, e a desastrada da Mei derrubou sua bebida, em meu vestido, por isso eu falei para o Sasuke-kun:

_ Vou ali ao banheiro, me limpar, já volto!

 Ele concordou com a cabeça, e eu sair do bar, indo em direção ao banheiro, cheguei lá e passei a me limpar, Mei era irmã mais nova da Yumi, mas diferente da mais velha, ela era uma pessoa legal, o problema é que ela era bem desastrada.

Depois que eu me limpei sair do banheiro e fui procurar o Sasuke-kun, quando eu o achei, eu não acreditei, no que eu tinha acabado de ver: O Sasuke-kun estava beijando a Yumi.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...