História O meu único sonho(imagine Jin) - Capítulo 6


Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jin, Personagens Originais
Tags Bts, Colegial, Romance, Sonhos
Visualizações 89
Palavras 705
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Famí­lia, Fantasia, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom gente sai um pouco do contexto alegre ,nos próximos 2 ou 3 capítulos vai ser meio que mostrando um pouco da realidade(não queria isso aconteça dessa forma na Coreia ) ,mas com romance.
(S/N)Significa seu nome.

Capítulo 6 - Por que isso ta acontecendo comigo ?


Fanfic / Fanfiction O meu único sonho(imagine Jin) - Capítulo 6 - Por que isso ta acontecendo comigo ?

Acabo de acordar com a minha música preferida (pense na sua música preferida), levando faço o que tenho que fazer de manhã incluindo tomar café ,fazer minhas higienes,arrumar a bolsa e vestir o uniforme.

--Ainda acho essa saia muito curta,espero que eu acustume--Falo me olhando no espelho do quarto,enquanto puxava a barra da saia.

Sai do prédio ,onde ficava meu quarto ,a escola fica na frente do prédio,então não tenho que andar muito ,entro na escola e vejo muitos alunos ao contrário de ontem e o pior a maioria estava olhando pra mim e cochichando algo,estava curiosa pra saber  o que era mas não iria perguntar ,meus pensamentos foram cortados quando ouvi o sinal ,fui ver qual era a sala que eu iria ficar e era a...A2,fui em direção a sala ,agora sabia onde ficava a maioria das coisas ,graças ao Jin que me guiou ontem.

Quando entrei na sala o professor já tinha chegado,e a maioria dos olhares foram voltados a mim.

Prof:--Bom dia senhorita...

(S/N):--(S/N)--Respondi meio paralisada, o que foi motivo de algumas risadas e comentários.

Prof:--Senhorita (S/N) vejo que a senhorita é nova por favor se apresente a turma.

Apenas acenti com a cabeça e fui pra frente da classe.

(S/N):--Bom dia, como vocês já sabem meu nome é (S/N),muito prazer em conhecer vocês e espero que sejamos amigos.--Falo com um sorriso amigável.

Mas derrepente uma menina de aparência admirável pergunta "você é da Coreia ?",congelei na hora,e logo ouvi comentários que ecoavam pela sala como"verdade o nome dela é diferente","será que ela é da Coreia ?","e se ela for de outro país ?".Logo acabei com a dúvida de todos.

(S/N):--Não,eu não sou da Coreia sou do Brasil.

Foi aí que realmente os comentários começaram,por que,por que tanto espanto,por que tanto preconceito,sendo que sou só do Brasil ,tive que conter o choro,mas estava tão difícil ,parece infantil,mas doía muito saber que tinha algumas pessoas da sala com esse preconseito,ia ser assim o ano todo?! Pra que isso ?!

Prof:--Bom turma , apresentação encerrada ,quero silêncio e senhorita (S/N) sente-se lá atrás por favor.

Enquanto ia até o fundo da classe,recebendo vários olhares pelo caminho,não sabia descrever a minha sensação me sentia humilhada?,me sentia...menor que os outros? Mas por que? Será que perseberam o meu desconforto?minha... insegurança,ou talvez timidez?,não tinha o que eu fizesse apenas aceitei e fui sentar na cadeira vazia do fundo,quando entra um grupo de 7 meninos ,os mesmos 6 de ontem e.....o Jin!! Não acredito estou na mesma sala que ele ,quando vou levantar a mão pra dar um "oii",toda a sala já estava 'encima' deles,eu sabia que os 6 eram populares,mas o Jin também ?,então esse era os amigos de quem ele se referia ?Eles entraram e sentaram nas únicas 7 cadeirante vazias que ficavam no meio da sala,como não percebi essas cadeiras ?,mas acho que o Jin nem me percebeu.

~Quebra de tempo~

Não demorou muito pra que as aulas acabasse e começasse o recreio.Estava com muita fome,fui logo na cantina pegar o lanche que era servido em uma bandeja ,tinha arroz ,purê de batatas ,feijão,carne e suco ,o básico além de algumas saladas terminei meu prato e enquanto tentava achar uma mesa pra sentar,do nada chegou uma menina por trás de mim e me empurrou fazendo eu cair e derrubar a minha comida em minha roupa,comecei a ouvir as risadas não só da menina que me empurrou ,ela dizia em tom de deboche "você ainda quer tomar nosso lugar brasileira?" ,Eu nao queria roubar o lugar de ninguem ,mas as risadas do refeitório todo não me deixavam pensar, não,não, isso tinha mesmo que acontecer ? ,eu não tinha reação apenas sai correndo do local,queria me esconder,ou talvez sumir ,um abraço de meu pai ou minha mãe ,mas eles não estava aqui comigo tinha que me virar sozinha, por que ,por que? Isso martelava na minha cabeça,quando lembrei do terraço,fui até a sala peguei a minha bolsa e a chave e fui até a porta que dava no último andar , e com a chave abri a porta, entrei no terraço e fechei a mesma,eu poderia gritar,ligar para meus pais,falar com a diretora,mas a única coisa que fiz foi chorar,chorar vendo a minha situação,chorar vendo o meu estado ,com aquele uniforme sujo, a única coisa que vinha na minha cabeça era chorar.

CONTINUA...


Notas Finais


Bom gente espero que tenham gostado e desculpe mudar assim bruscamente de ambiente (emoções).alguma ideia ou opinião so comentar.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...