História O Mistério da Caixa de Música/ Imagine Sobrenatural Jungkook - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 80
Palavras 868
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Luta, Mistério, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiin gente, espero que gostem do novo capítulo e que tenham uma ótima leitura.

Capítulo 16 - Seria o último adeus?


Fanfic / Fanfiction O Mistério da Caixa de Música/ Imagine Sobrenatural Jungkook - Capítulo 16 - Seria o último adeus?

Ao fazer seu pedido os anjos sumiram levando aquela paz e aquela luz, todos ali estavam sem entender nada então a Carmen pediu uma explicação e então ouviu a resposta.

(S/n)- Sua irmã me disse no começo de tudo isso que eu teria três anjos fortes comigo, que eu saberia quando chama-los e bom eu estava me virando com aqueles demônios, mas vi que a hora certa seria essa... Então os chamei.

Carmen- E eu te agradeço, espero que eles a encontrem e que ela esteja bem.

Todos que ali estavam ajudaram Carmen a levar o corpo de sua irmã até o quarto dela, colocaram seu corpo desacordado em cima da cama, a cobriram e desceram, Carmen então foi preparar o jantar enquanto o doutor se despedia de (s/n) e Kookie, com certeza seus serviços não seriam mais necessários.

Dr. Carlos- Bom minhas crianças estou indo embora, você acordou bem (s/n) então não serei mais útil.

(S/n)- Tem certeza? E se a senhora precisar do senhor?

Dr. Carlos- Qualquer coisa é só me ligar que eu venho correndo, eu tenho que ir estou com saudade da minha família.

(S/n)- Tudo bem então, pode deixar que eu ligo sim se precisar, muito obrigada pela ajuda.

O doutor entrou em seu carro e foi embora, ele torcia para que sua velha amiga voltasse bem e que seguisse sua vida, eles não sabiam o que estava por vim naquela noite, (S/n) e Kookie então entraram para ajudar a colocar a mesa do jantar, comeram como se não houvesse amanhã, mas não se depararam com a presença de mais alguém na sala de jantar, era o que parecia ser Lúcia estava ali parada na porta com os olhos abertos olhando fixamente para (S/n).

Foi quando perceberam sua presença Carmen então levantou sua cabeça e viu aquela cena, Kookie não podia acreditar no que estava vendo, (S/n) olhou de canto de olho e disse:

(S/n)- Não é a Lúcia...

Kookie- Não fale besteira, lógico que é ela, senão ela não estaria acordada.

Carmen- Irmã? Venha sente-se com a gente.

(S/n)- Eu posso provar que não é a Lúcia...

Kookie- É sério que você vai continuar com isso (s/n)?

(S/n) então se levantou da mesa e foi em direção ao que parecia ser Lúcia, olhou fixamente nos olhos dela e disse:

(S/n)- Se fosse a Lúcia ela estaria com essas marcas no pescoço? Se fosse a Lúcia ela ficaria aqui parada enquanto a gente comeria na sala dela? Se fosse a Lúcia ela estaria com esse ar de raiva olhando pra mim?

Kookie- Onde você quer chegar com isso?

(S/n)- Se fosse mesmo a Lúcia ela não estaria com esses olhos completamente pretos... E eu conheço esse olhar... Não é mesmo Taehyung...

Lúcia- Ora, ora não é que você não é tão tonta assim... Pensei que fosse mais burra, com esse seu ar de menina ingênua que não engana ninguém...

(S/n)- A culpa não é minha se você não presta nem pra transar...

Lúcia- Eu vou te mostrar quem é que não presta aqui.

(S/n)- Tenta, aposto que Jimin vai amar saber que você está aqui.

Lúcia- Eu vou acabar com a sua vida, sua vagabunda.

(S/n)- Não se eu acabar com a sua primeiro...

Taehyung então deixou o corpo da senhora e ela simplesmente caiu no chão desacordada, Kookie estava com os olhos arregalados vendo tudo aquilo, Carmen então foi correndo pra tentar levantar o corpo de sua irmã quando de repente ela acorda assustada, em seguida Jin aparece dizendo:

Jin- Criança eu achei a alma da senhora, mas se prepare por que Taehyung vai querer se vingar.

(S/n)- Ele já veio... Mas não conseguiu nada.

Jin- Vou chamar os outros, mas me faça um favor, pegue essas senhoras e seu irmão e sumam daqui, por que essa casa virá abaixo essa noite.

(S/n)- Tudo bem deixe comigo...

Eles então pegaram as senhoras enfiaram no carro e simplesmente iriam se mandar, quanto mais longe daquela casa melhor, mas (S/n) não quis entrar no carro, olhou no fundo dos olhos de Kookie e disse:

(S/n)- Eu quero que você as salve não se preocupe comigo.

Kookie- De jeito nenhum, você vem comigo sim!

(S/n)- Kookie, talvez o meu destino seja morrer... Não era pra eu ter ido pra sua casa no dia do acidente dos meus pais, por favor, salva elas... Nenhuma das duas tem culpa do que está acontecendo.

Kookie- Mas quanto a mim? O que vou fazer sem você na minha vida?

(S/n)- Eu sempre vou está com você meu amor...

Kookie- Amor...?

(S/n)- Eu sempre te amei Kookie, pena que tudo tenha que acabar assim, agora vai... Eu preciso acabar com tudo isso.

Kookie- Eu também sempre te amei (S/n)...

Ele naquele momento percebeu que ela era a mulher de sua vida, e percebeu também que aquela seria a última vez que iria vê-la, não pensou duas vezes pegou ela pela cintura e lhe deu um beijo que ela em vida jamais tinha experimentado, em lágrimas ele a abraçou e disse sussurrando em seu ouvido.

Kookie- Eu te amo...

Ela olhou no fundo dos olhos dele e não disse nada, apenas soltou suas mãos e entrou na casa, ele entrou no carro e seguiu o que ela tinha lhe pedido, ele iria salvar aquelas senhoras, do mesmo jeito que salvou (S/n), ela então volta para dentro da casa pega aquela maldita caixa e olhando pra ela diz:

(S/n)- E que comecem os jogos...


Notas Finais


Oiin gente, espero que tenham gostado, me desculpem os erros e até o próximo capítulo. Beijos!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...