História O mistério de Min Yoonji - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jimin, Suga, Yoongi, Yoonmin
Visualizações 13
Palavras 1.308
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shonen-Ai, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oir, voltei
Gente eu cheguei em casa agora e pensei, acho que vou escrever um pouco.
Dormir pra trabalhar cedo amanhã ninguém quer né shuashua
Espero que gostem do capítulo <3

Capítulo 3 - A garota que quebra promessas


Fanfic / Fanfiction O mistério de Min Yoonji - Capítulo 3 - A garota que quebra promessas

 

Como prometido, quando Jimin acordou era como se fosse um sonho. As manchas de sangue sumiram, os sinais de arrombamento, e até mesmo o abajur que havia quebrado estava reposto, mesma marca, mesma cor. Ele estava deitado na cama em seu quarto, vestido em suas roupas de dormir, por um momento imaginou se Yoonji havia trocado sua roupa, mas logo decidiu que não importava porque ele nunca mais iria ver aquela garota louca em sua vida.

Jimin estava de férias, estava se divertindo, estava com seus melhores amigos na ilha mais bonita da Coréia, ninguém ia bagunçar seus momentos de curtição. Sentiu-se até mesmo um pouco irritado com tudo aquilo. E olha que Jimin nunca se estressava por nada.

Jimin decidiu agir como se nada tivesse acontecido, tomou um bom banho quente e vestiu roupas para ir à piscina, colocou uma toalha no ombro e parou em frente ao elevador, aproveitou para ler as mensagens de texto dos seus amigos, fazendo piadas sobre ele acordar tarde porque a garota da noite anterior havia tirado toda a sua energia.

- Quem dera... - Jimin murmurou para si mesmo e logo a porta do elevador se abriu.

Para sua surpresa, Min Yoonji estava dentro dele. Dessa vez ela vestia um pijama amarelo com pequenos desenhos de sóis, mas usava as mesmas pantufas de coelho da primeira vez que Jimin a viu.

- Bom dia vizinho - ela disse, não havia nenhum tom de cinismo por trás da sua voz, era plano e ligeiramente entendiado.

- Bom dia - respondeu, normalmente ele sorriria abertamente ao dizer aquela frase, mas não para a garota que o fez dormir tremendo de pavor.

- Vai chover hoje, cuidado lá fora - ela falou ao sair do elevador.

Jimin não respondeu, apenas adentrou e contou os segundos para a porta se fechar, parecia que uma eternidade havia se passado quando o mesmo começou a se mover em direção ao térreo.

Porque ela tinha que ser tão bonita àquela hora da manhã? 

****

- Jimin olha o que eu fiz ontem! - Taehyung virou-se pra ele assim que ele adentrou a área da piscina. Taehyung estava sem camisa e logo deu pra ver a tatuagem no seu braço esquerdo com o número "42". - Cara você perdeu a noite mais louca da nossa vida! - Taehyung continuou.

- Credo Tae, deixa ele pelo menos acordar - Jungkook falou, ele tinha uma tatuagem igual, e por mais que ele estivesse se contendo dava pra ver a felicidade transbordando dos dois.

Jimin se perguntava quando foi que ele deixou de ser literalmente o sol, pra virar alguém que se incomodava com a felicidade alheia? Ele que estava sempre no clima, de repente não estava mais. Ele que estava sempre pronto pra uma festa, de repente só queria dormir mais um pouco, pelo menos até esquecer todo aquele cheiro de sangue e cigarro da noite passada.

- Sem spoilers, mas eu posso dizer que a nossa aventura envolve dançarinas de um clube de striptease, um lustre, um estúdio de tatuagem e um helicóptero. - Taehyung disse animado, Jungkook sorriu com ele como se fosse uma piada interna.

- Fantástico - Jimin murmurou, seus amigos estavam animados demais pra perceber o tom sarcástico de sua voz.

À medida que a história fluía Jimin odiava mais Yoonji, ela que fez ele participar da noite mais depressiva de sua vida enquanto seus amigos estavam passeando de helicóptero e fazendo tatuagens de casal. Eles farrearam com estranhos, beberam até não poderem mais, Taehyung até mesmo dançou no palco de um lugar que eles haviam confundido com uma boate mas na verdade era um club de strip, e quando a história chegou no lustre Jimin simplesmente havi aparado de ouvir e estava praguejando aos ventos por de repente ter tanto azar.

- Mas e a garota de ontem, valeu a pena perder tudo isso? - Tae perguntou, os pés deslizando na água cristalina da piscina enquanto tomava um smoothie de morango que parecia ser extremamente doce.

- Nem me fala daquela vadia - Jimin se chutando a água.

- Quem é você e o que fez com o Jimin? - Jungkook disse sorrindo. - O que foi que ela fez?

- Você quer dizer, o que ela não fez - falou entredentes.

Jungkook e Taehyung trocaram um olhar significativo por detrás de Jimin.

- Ah, agora eu tô curioso pra saber quem ela é, ela tá hospedada aqui?

- Não faz diferença, nunca mais eu vou olhar pra cara daquela puta - Jimin disse, ele não costumava xingar e muito menos não gostar de alguém. Jimin fazia amizade até com as pessoas do metrô, por isso que o modo como ele falava deixou Taehyung e Jungkook completamente intrigados.

- Assim você fere os meus sentimentos Jimin - uma voz veio por detrás dos três, Jimin quase caiu na piscina com o susto. Ele virou-se exasperado para vê-la de pé, tampando o sol, vestida em um roupão preto com um bordado dourado de suas iniciais: M e Y.

Seus óculos escuros formavam um coração como os da Lolita do filme do Kubrick, o que deixava o seu penteado channel de certa forma mais sofisticado e amedrontador. Era como se o sol tivesse escolhido aquele exato momento para se esconder por detrás da sua silhueta esguia.

Taehyung se levantou rapidamente ficando de pé ao lado da garota.

- Oi, eu sou o Taehyung, melhor amigo do Ji-

- Não me interessa. - ela disse grossa, colocando a mão em frente ao rosto de Taehyung como s aquilo fosse fazê-lo desaparescer - Eu só preciso falar com o Jimin.

- Que pena porque eu não quero falar com você - Jimin falou virando-se novamente para a piscina.

- Você é um bebezão mesmo - ela revirou os olhos. - sendo assim você não me dá outra alternativa senão... - ela colocou a mão direita dentro do roupão e Jimin entrou em desespero.

Ela não ia sacar a arma na frente de todos aqueles hóspedes, certo? Ou pior, na frente dos seus amigos.

- Tá eu vou com você - Jimin pôs-se de pé em um pulo e segurou a mão dela para afastá-la o mais rápido possível do recinto, a guiando na direção do hall do hotel onde pelo menos haviam menos testemunhas.

- Devagar, eu tenho pernas curtas - ela reclamou enquanto era puxada pelo garoto.

- Você é louca? Estava planejando me ameaçar na frente dos meus amigos? - ele parou de repente.

- Do que você tá falando? - ela disse confusa.

- A arma que você está escondendo no roupão.

- Não tem arma nenhuma, credo.

- Então...

- Eu só ia pegar o telefone, meu chefe quer falar com você, ter certeza que você está bem. Ele está preocupado se você não sofreu nenhum tipo de trauma... - ela disse dando ombros como se não se importasse. 

Ela provavelmente não se importava se Jimin teria pesadelos pelo resto da semana por ter sido cúmplice de um assassinato, pelo jeito como ela se portava, ela provavelmente não se preocupava com nada. Jimin olhou pra ela com desconfiança.

- Eu ligo pra ele, você diz que tá bem e eu sumo da sua vida pra sempre - ela disse.

- Promete?

- Claro - disse e quando levantou o rosto percebeu que Jimin estendia o mindinho para ela.

- Você não tá falando sério...

- Uma promessa de mindinho não pode ser quebrada. - Jimin disse firme olhando diretamente em seus olhos, como se não tivesse nenhum óculos escuros para impedir que ele os enxergasse. Yoonji desviou o olhar por um segundo.

- Tá, é uma promessa - ela cruzou o mindinho com o dele e logo pôs-se a digitar um número no celular.

Jimin queria muito acreditar que ela estava falando a verdade.
 


Notas Finais


Mds Jimin shaushauhsau
Tadinho desse bb, a yoonji não tem pena dos nervos do jimin
Você não pode fazer isso com ele, ele é cardíaco -q


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...