História O mistério que virou uma paixão - Capítulo 67


Escrita por: ~

Postado
Categorias 50 Tons de Cinza, A Dança da Morte, Dance Academy, Romeu e Julieta, Um Amor para Recordar
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Hentai, O Sequestro, Romance
Visualizações 34
Palavras 376
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 67 - O melhor dia


- Christian 

Quando eu entrei dentro dela, nossa eu senti tanto prazer como nunca sentir antes.                                                   Começei a fazer movimentos e dá entoscadas mas devagar e com carinho. A expressão de dor sumiu e ela gemia e eu conseguia ver que ela está sentindo prazer e isso me deixou ainda mais excitado. Estava tudo gostoso demais, isso tá sendo diferente de tudo que já fiz. Finalmente estou fazendo " Amor " com alguém, mas não qualquer alguém e sim a dona do meu coração.                   Saí de dentro dela e voltei a beijar seus corpo e desci até sua intimidade, queria ver ela sentir muito prazer até chegar ao seu ápice de prazer.                                      Abri as pernas dela bem devagar e passei minha língua em sua clitóris, seu corpo inteiro se extremeceu. Ela segurou meu rosto e gemia com vontade, alto e sem medo. Eu chupava sua intimidade com vontade também e um pouco de delicadeza, ela se contorcia e hora ou outra soltava um grito. Intensifiquei os movimentos com a li via em seus clitóris.

- Tara: Meu Deus o que é isso... AAAAAH. Após ela disse isto e gemer com tanta vontade assim eu senti um gosto doce em minha boca, ela havia chegado em seu ápice. Chupei tudo e subi, me encaixei entre suas pernas e voltei a penetra-la e entrou até com mais facilidade. 

- Tara: Não para amor tá muito bom. Ela disse então começei a entocar, joguei a cabeça para trás e fechei os olhos, minhas mãos apertavam sua cintura e massageava seu seio. Ela gemia e nossos sons ecoavam pelo quarto. Tá muito gostoso! Sai novamente de dentro dela e me deitei puxei ela e a coloquei de lado e penetrei, ela gemia perto do meu ouvido e eu sentia que ia explodir de prazer.

-Christian: Você é muito gostosa amor, nossa.

- Tara: Você também amor muitooo. 

- Tara: Tô amando. Ela disse e eu sorri e continuei. Ela me empurrou um pouco e sai de dentro dela, ela me fez deitar e veio por cima, segurei meu pênis contra sua entrada e ela se sentou e começou a sentar devagar e rebolar. Segurei em sua boca ajudando com os movimentos. 

- Christian: AAAH amor você é muito boa. Disse e ela continuou. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...