História O Motivo Que Me Faz Sorrir...... ~Jikook~ - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~Didiyaoi

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Exibições 71
Palavras 767
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Fantasia, Ficção Científica, Lemon, Magia, Mistério, Romance e Novela, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom mais um capítulo beijinho boa leitura

Capítulo 2 - Ele acordou!


Cap 2:

 P.O.V Jimin

 Eu estava esperando o garoto acordar, enquanto estudava, tinham se passado uns 15 minutos e o garoto acordou 

- Você está bem? - Pergunto olhando para ele, e ele olha para mim com um olhar confuso. -

 Eu tô bem. Achei que fosse morrer - Ele disse olhando para o galho onde estava a corda amarrada e colocando a mão na cabeça, parecia que estava com dor 

 - Como você foi parar com uma corda amarrada no pescoço? - Perguntei curioso, mas eu recebi um grande de um nada como resposta

 - Se não quiser falar não tem problema, mas como foi eu que te salvei, acho que eu deveria saber. - Disse arrumando as minha coisas e me levantando com um pouco de raiva já que eu odiava quando as pessoas me iguinoravam. 

Quando fui andar o garoto segurou minha mão, naquele momento meu coração foi a mil. 

 P.O.V Jungkook 

 - Desculpa não te contar, mas é algo complicado, e eu não gosto de falar sobre isso - Digo e sinto um lágrima escorrer pelo meu rosto, não aguento e começo a me desabar em lágrimas, sinto o garoto chegar perto de mim e me abraça, não sei porque mas naquele abraço senti como se todos os meus problemas acabassem, era tão reconfortante. 

 - Não chore, está bem? Não gosto de ver ninguém triste - Ele disse enxugando as lágrimas do meu rosto

 - Qual é o seu nome? - Ele me perguntou e o meu coração foi a mil.

 - Meu nome é Jungkook, Jeon Jungkook. Mas pode me chamar de Kook. Qual o seu nome? - Perguntei curioso, e enxugando o restos das lágrimas do meu rosto.

 - O meu é Park Jimin, mas me chame apenas de Jimin. - Disse ele dando um sorriso que transformar os seus olhos em dois risquinhos (A: ESTÁ COM CERTEZA É A CENA MAIS FOFA DESSE MUNDO. Ok, parei. Vou voltar a fic). 

Ficamos conversando sobre coisas aleatórias, e o Jimin me perguntava a cada 5 minutos se eu tava bem, e a cada 5 minutos eu respondia que sim, até que escurece, e me lembro que não posso voltar para casa, mas tenho uma ideia

 - Jimin... Eu poderia dormir na sua casa? - Pergunto um pouco envergonhado, no começo ele fica surpreso com a pergunta, mas depois da um sorriso 

 - Mas é claro, quer passar na sua casa para pegar alguma...roupa? - Ele nem tinha terminado a frase, e eu já tinha começado a chorar de novo, só de ouvir a palavra "casa" e ela estar se referindo a minha casa, eu lembro dá minha Omma, do meu Appa biológico, e do maldito do meu padrasto me xingando e tudo isso só me fazia querer chorar, e foi o que eu fiz, chorei muito, e de novo o Jimin me abraçou e ficamos em silêncio por uns 5 minutos, até que o Jimin decidi quebrar o silêncio

 - Tá bom Kook, não vou mas falar na sua casa, já que você fica tão triste, mas pare de chorar, ok? - Ele disse e eu apenas movimentei a cabeça, e sinal de confirmação. Logo apos isso Jimin me levanta, e vamos juntos para a casa dele.

 P.O.V Jimin

 Eu fiquei surpreso quando ouvi o pedido do Kook, mas aceite, já que tive o pressentimento de que ele não queria voltar para casa, então dei um sorriso, e falei se ele queria passar na casa dele para pegar algumas roupas, mas do nada ele começou a chorar e eu o abracei (por algum motivo não conseguia o ver chorando), e percebi que ele não queria falar sobre a casa dele, ou sobre sua família. 

 Chegando na minha casa, lembrei que quando o Tae, Yoongi, Jin é Namjoon vieram dormir na minha casa, estragaram todos os meus colchões, e como minha casa era pequena, só tinha um quarto

 - Droga! - Falei em um tom baixo, mas ainda audível, e pelo visto o Kook me ouviu. 

 - Tá tudo bem Jimin? - O Kook Perguntou chegando um pouco perto do meu rosto. ESSE GAROTO É MUITO LINDO PQP

 - Tá sim, só lembrei que não tem colchão aqui em casa, e só tem um quarto... - Falei e Kook me olha com um olhar de decepção 

 - Se eu for um incômodo, não precisa me deixar ficar, eu arranjo outro lugar para ficar - Kook diz indo em direção a porta, mas eu o impesso. 

 - Você não é incomodo algum... só que vamos ter que dormir na mesma cama, tem algum problema?


Notas Finais


Mais um capítulo
Beijo na nadega direita xau ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...