História O Motivo Que Me Faz Sorrir...... ~Jikook~ - Capítulo 4


Escrita por: ~ e ~Didiyaoi

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Exibições 46
Palavras 1.031
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Fantasia, Ficção Científica, Lemon, Magia, Mistério, Romance e Novela, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi gente, desta vez é a Didi que está postando, não a Passoquiita, enfim, espero que gostem (se tiver algo errado na escrita, me desculpem).

Boa leitura.

Capítulo 4 - LEMON JIKOOK


 P.O.V Jimin

No meio da madrugada:

Eu fingia estar dormindo porque depois daquele beijo eu fiquei imaginando muitas coisas (inapropriadas para menores de 18 anos), eu fiquei imaginando a continuação do beijo, e até onde eu podia ir com ele, resumindo EU TAVA DURO (A - A safadenho JM - CALA BOCA).

Eu não sabia o que fazer, quer dizer sabia só não queria, eu queria aquele biscoito do meu lado então, eu o acordei e o chamei

- Kook acorda - Disse chegando perto do seu ouvido

Jk- Não estava dormindo - Ele disse abrindo os olhos (Jimin - E QUE OLHOS)

- Não? - Perguntei com uma cara de desentendido.

Jk- Não to conseguindo dormir depois daquele beijo - Disse ele corando um pouco

-Porque? - Perguntei curioso.

Foi então que eu percebi o volume embaixo da sua coberta....

-Se eu fizer uma coisa vc vai achar estranho? - Eu digo mordendo meu lábio inferior, case o machucando de tão forte que era a mordida.

Jk- O que vc quer dizer com isso -ele diz corando mais ainda.

- O que eu quis dizer foi isto - Digo o puxando para um beijo cheio de desejo, então começo massagear seu membro por cima da coberta e calça e ele faz o mesmo comigo....

P.O.V João Biscoito

Ele começou a me beijar e massagear o meu membro por cima da calça e da minha coberta, faço o mesmo com ele.

Logo nos separamos pela falta de ar.

- Você não precisa desses tecidos cobrindo você precisa? - Digo já levando a minha mão para baixo da camisa dele, e a tiro rapidamente, e ele faz o mesmo comigo.

Depois eu ataco o seu pescoço com lambidas, cupões, e mordidas, e ouço ele gemer no meu ouvido, e isso me deixa mais louco...

 P.O.V Jimin

Ele atacou o meu pescoço e eu sem querer gemi no seu ouvido, ele parou oque estava fazendo no meu pescoço e começou a me beijar com tanto desejo, que o volume da minha calça até aumento (Jimin - Coisa que eu achei que era impossível), nos separamos pela falta de ar, e eu fui passando a minhas mãos por toda a extensão do seu corpo, até que retiro a sua cueca e sua box com tudo, e jogando em um canto do quarto. Quando vejo o tamanho do seu membro me espanto de tão grande, mas logo desso até ele é começo lambendo toda a sua extensão

Jk - Vai logo Minnie, não me deixe mais excitado do que eu já estou - No momento que ele fala isso, paro o que estava fazendo en seu membro, vou até sua orelha, e falo de um jeito sexy

- Eu quero que você me foda Kookie. Me foda tanto que eu nem vou conseguir andar amanhã. - Quando falo isso, um brilho maliciosos surgi nos olhos do Kook e quando percebi ele já tinha tirado a minha calça e box (JM - Não vou mentir, eu senti um alívio muito grande sem a box), e já estava mandando eu ficar de quatro para ele.

Jk - Fica de quatro para mim Minnie? - Quase fiquei, mas eu resisti a isso, e fui até o seu ouvido novamente

- Calma, eu quero que isso dure o máximo possível... Daddy. - Assim que eu disse isso Kook me pôs na altura do seu membro

Jk - Chupa - Fala ele autoritário, e apontando para seu membro.

- Claro Daddy. - Falei e abocanhei seu membro com tudo, e fui fazendo movimentos de vai e vem lentos que depois foram acelerando com o tempo, ele agarra os meus cabelos com força ajudando nos movimentos. Eu quase engasgo com algumas chupadas mas eu não ligo, porque era tão prazeroso. Em uma das chupadas Kook geme alto, o que me deixou mas louco (A: Sua mãe não tá em casa? / JM: NÃO LIGO. É GOSTOSO PARA POHA FAZER ISSO). Tirei minha boca do seu membro recebendo alguns resmungos de reprovação

- Não se preocupe. Eu quero você dentro de mim Kookei. - Enquanto eu dizia isso fiquei de 4 para o mesmo.

Jk - Você tem certeza disso Minnie? - Ele perguntou já se posicionando na minha entrada

P.O.V Jongkook

Jm - Claro que tenho! - Ele falou e eu senti um pouco de indignação na sua voz.

- Mas Jimin eu tenho medo de te machu... - Nem término a frase e o Jimin me interrompe.

Jm - Escuta Kookei, eu sei que você não vai me machucar. Eu vou ficar bem, eu prometo para você. - Depois que o Jimin disse aquilo eu só concordei com a cabeças e comecei a penetra-lo, primeiro coloquei só a cabeça do meu membro, que fez o Jimin dar alguns gemidos/gritos (Jk: Parecia que ele nunca tinha feito isso antes/ A: E você já fez senhor Jungkook?/ Jk: Nada a declarar) de dor e prazer misturados. Com o tempo ele começou a mexer o quadril,para me dizer que já tinha se acostumada, e eu comecei a enfiar o meu membro, até que eu vi que já tinha colocado todo o meu membro dentro do Jimin, o mesmo agarrava os lençóis de dor, foi aí que eu comecei a beijar as suas costas.

- Vai ficar tudo bem baby, já vai passar - Jimin logo se acostuma com o meu membro e eu comecei as entocadas, a cada gemido do Jimin eu perdia mas a sanidade.

Depois de algumas entocadas eu achei sua próstata, eu a atingi algumas vezes até que eu gozo em seu interior...

P.O.V Jimin

Ele se desfaz em meu interior, isso é tão bom. Depois que ele goza atinge minha próstata mais algumas vezes e deita do meu lado, nos dois estávamos suados e cansados, então deitamos de conxinha.

- Kookei, eu sei que nos conhecemos hoje, mas eu sinto algo muito forte por você... Acho que eu ti amo Kookei e... - Parei ao ouvir o ronco do Kookei, coitadinho acho que estava muito cansado, se bem que eu não tava diferente, então parei de falar e fechei os meus olhos, até que ouço o meu celular despertar...


Notas Finais


Espero que tenham gostado e até o próximo capítulo.

Beijo na nádega direita ❤.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...