História O Motorista - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Jeremy Bieber, Justin Bieber, Personagens Originais
Exibições 48
Palavras 769
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Desculpem a demora para postar

Capítulo 9 - Provocação


Mexia entediada no meu milkshake com o canudo. Enquanto sentia o olhar de Lizzie sobre mim. Isso já estava me irritando. 

—Para de me olhar assim. -falei bufando me jogando na cadeira.

—Não tem como te olhar de outro jeito, Meredith! Se você acha que dando a entender que estar dando para o Chaz, amigo do Justin, fará com que ele fique com você. Está bem enganada. Só fará com que ele pense que você é uma vadia. Sério, imagine ele achar que você deu para o melhor amigo dele. 

Revirei os olhos sabendo que tudo que ela havia disto fazia sentindo. Quando abrir a boca para responder um homem parou ao nosso lado.

—Oi meninas! -abriu um sorriso amarelo.

—Chaz! -olhei assustada para Lizzie.

Chaz puxou a cadeira sentando ao meu lado e tomava um gole de seu café.

—O que faz aqui? -o olhei desconfiada.

Lizzie nos olhava e podia ver seu divertimento estampado em seu rosto. Ela estava adorando aquela situação.

—Café é um ótimo remédio para a ressaca. -ele levantou seu copo meio óbvio. 

—Ah.... claro! -sorri falsamente.

—Você está meio estranha! -ele falou em um tom risonho.

—Estou normal, ora! -ri.

Justin Bieber 

Deixei o carro estacionado do outro lado da rua para Meredith não me notar. Queria ter a plena certeza de que Chaz iria aparecer. 

Esperei alguns minutos, e vi seu carro parando uns centímetros da cafeteria e logo o mesmo entrando.  
        Sair do carro disposto a tirar satisfação com os dois. Olhei para os olhados e atravessei a rua. Parei em frente à porta. 

"O que você falaria para eles? Não tem nada para dizer ou querer explicações dos dois. Você não tem nada com ela." pensei comigo mesmo. 

Recuei e voltei para a beira da calçada esperando o sinal fechar para voltar para o carro. 

—Justin?! -escutei alguém me chamar e virei para olhar quem era.

Esther estava parada me olhando surpresa. Ela continuava a mesma de sempre, não mudou nada, só ficou com mais jeito de mulher. 

—Esther?! -sorri. 

Seu sorriso enlanguesceu em minha direção e veio de encontro ao meu abraço.

—Quanto tempo! -disse enquanto me abraçava.

—E você continua a mesma. -a soltei olhando da cabeça aos pés.

—Você também. Não mudou nada. -mordeu o lábio maliciosa. —Mas... como anda a vida? 

—Nada bem! -suspirei.

—Quer conversar? -ela apontou para a cafeteira atrás de nós.

Esther sempre foi uma boa ouvinte. Depois do sexo ela sempre ouvia meus lamentos sobre Lana. Foi assim por todo o colegial. 

Olhei para a cafeteria e voltei a olhá-la. Era uma bela oportunidade de entrar e saber o que estar se passando entre Meredith e Chaz. 

—Claro!!! -sorri.

Esther passou na minha frente e a segui. Passei por aquela porta e meu corpo entrou em uma completa tensão. Estava com medo do que poderia ver ali, mesmo já imaginando diversas cenas dos dois na minha mente. Respirei fundo tentando me acalmar. Esther me olhou confusa e soltou um riso divertida.

—Olha!!! O Chaz! -apontou para a mesa ao fundo. —Vamos lá falar com ele. 

—Não!!! Espera! -tentei não parecer desesperado, mas foi inevitável.

—Vocês não estão se falando?! -me olhou confusa.

—Estamos... 

Quando fui me dar conta já estávamos indo em direção a mesa em que eles estavam.

Meredith Moore

Vi Justin se aproximar da nossa mesa junto de uma morena. Ele só podia estar de sacanagem com a minha cara. Chaz olhou e riu.

—Esther e Justin... pensei que fosse só a comidinha dele do colegial. -sussurrou para nós.

Estava morrendo de ódio. Ainda mais por saber que ela já havia tido algo com ele. Os dois pararam na nossa mesa.

—Oi, Chaz! -a morena falou animada. —Quanto tempo!! 

—Resolveram se assumir? Pensei que fosse só um casinho do colegial, Drew! -Chaz riu.

Justin o fuzilou com os olhos. Seus lábios estavam fechados formando uma linha, e seus olhos estavam cerrados em sua direção.

—Você é rápido mesmo, viado! -Chaz tomou um gole do café.

—Oi, Meredith! -Justin desviou seu olhar de Chaz e olhou para mim.

—Oi e tchau! -levantei pegando minha bolsa e indo em direção a entrada.

Sentir alguém pegar no meu braço e me puxar bruscamente. Meu corpo chocou com o de Justin e nossos rostos ficaram a centímetros de distância.

—Irei te levar em casa. 

—Não precisa, pego um táxi. Vai ficar com sua comidinha do colegial. Não se preocupe comigo.

—Eu quero ficar com você! 

—Pensou nisso quando entrou com ela na cafeteria sabendo que eu estaria aqui? 

—Eu quero ficar com você! -falou baixo e firme, ignorando qualquer coisa que havia dito antes. 


Notas Finais


Sei que ficou uma bosta. Me desculpe!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...