História O mundo do glamour - Capítulo 8


Escrita por: ~ e ~YangMinHee

Postado
Categorias NU'EST
Personagens Aron, Baekho, Jr, Minhyun, Ren
Tags Conflitos, Drama, Nu'est, Revelaçoes, Romance, Sonhos
Exibições 33
Palavras 1.145
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Esperamos que gostem...

OBS: Está fic contém conteúdo Homossexual e cenas de sexo. Se não gosta ou é menor de 18 não leia. Gostaria de lembrar que está é uma fic Yaoi, mas isso não significa que os cantores da banda sejam Homossexuais, muito pelo contrario.

Capítulo 8 - Esse sou eu


Fanfic / Fanfiction O mundo do glamour - Capítulo 8 - Esse sou eu

@JR

-Acho que aqueles dois vão ter algo no futuro. Sei que não é "permitido", mas os sentimentos deles estão nítidos.

Aron me olhou e eu comentei:

-Acho que é só questão de tempo. Até eles se entenderem digo.

 

@Aron

-Estás a dizer que eles têm sentimentos um pelo outro?

Aquilo seria um problema. É. É melhor eu começar a alterar clausulas nos contratos já que nem eu dei o exemplo.

-Eu vou mudar as cláusulas.

Ele ficou a olhar para mim

-Eu quero assumir isto. Não vou mais impedir o relacionamento de ninguém na empresa. Eu sei que estava a ser idiota. E não são só eles que eu sei muito bem dos outros todos!

 

@Ren

-Realmente você não gostou?

Eu perguntei preocupado enquanto o olhava chateado:

-Desculpa. É a primeira vez que faço algo completamente meu sem as restrições da faculdade digo.

 

@Minhyun

-Idiota – olhei-o serio – achei que ias gritar comigo pelo que eu disse mas não!

O que aconteceu? Ele mudou um bocado!

-Eu vou dizer isto Ren como amigo tem pelo menos orgulho naquilo que és capaz de fazer por ti mesmo. Mesmo que seja criticado não peças desculpa.

Olhei-o nos olhos

-E não! Está ótima. Melhor do que a que me arranjaste no desfile!

 

@JR

-Porque essa mudança de opinião do nada?

Eu perguntei surpreso e falei:

-Você realmente quer assumir o nosso? Digo para todos?

Ele concordou e eu corei. Não esperava isso

 

@Aron

-Mas não o vamos fazer se tu não quiseres como é obvio.

Aproximei-me dele.

-Vamos sair numa capa de revista de alguém nos fotografar. Sabes disso também né?

Eu também não vou mais adiar nada na próxima vez que ele se insinuar para mim. Mas que espero pelo menos eu ver alguns pornos!

 

@Ren

-Mesmo?

Eu perguntei inseguro e ele concordou. Sorri e falei:

-Você quer ir tomar um café? Acho que seria bom conversarmos.

Eu pedi envergonhado e com medo da resposta.

 

@Minhyun

-Podíamos era ir dar uma mas um café também serve

A cara do Ren estava prestes a explodir

-Não morras por favor – abanei-o – respira! Era a brincar!

Aí sim ele olhou-me e picou-me de propósito com um alfinete

-Mau!

Esfreguei o local que tinha sido picado. Porra ele também não precisava de ser violento

 

@JR

-Eu não me importo. Só de poder te beijar em público eu já vou estar feliz.

Eu falei e comentei:

-Você não sabe como me fez feliz com essa ideia. Eu te amo muito sabia?

Ele concordou e eu falei:

-Queria te apresentar a minha mãe, posso?

 

@Aron

Acho que o meu coração parou por alguns segundos

-Para a tua mãe? De certeza?

Eu não sei se a ideia me agradava muito. Mas era um pedido dele, como ia recusar?

-Pode ser amor.

 

@Ren

-Idiota.

Eu comentei totalmente envergonhado e falei:

-Se troque. Vamos até um café próximo daqui. Quero contar algo a você.

Ele pareceu curioso é eu falei:

-Vai logo antes que eu mude de ideia.

 

@Minhyun

Era só a brincar… ou não.

Troquei de roupa e esperei o Ren para sairmos até ao dito café. Entramos e sentado numa mesa no canto.

Pedimos bebidas e eu fiquei a olhá-lo por algum tempo

-O que me queres dizer?

Deixei o queixo em cima da mão

-Desembucha!

 

@JR

-Obrigado. Minha mãe é uma boa pessoa. Ela não tem preconceito. Na verdade já falei de ti várias vezes e ela já está me enlouquecendo de tanto dizer que quer te conhecer.

Eu falei e comentei:

-Não fique nervoso com isso. Ela não é um cão de sete cabeças.

Ri com a expressão dele.

 

@Aron

Mordi o lábio para não me rir. Okay se ela me queria conhecer e não tem preconceito talvez seja uma ideia boa. Sinceramente eu sempre quis conhecer as raízes do JR é uma forma de o conhecer melhor.

-Quando vamos lá? – perguntei curioso

Ri

-Agora estou ansioso para conhecer a sogrinha!

 

@Ren

-Você continua delicado como sempre.

Eu comentei e falei:

-Já que decidimos ser amigos eu quero te contar algo.

Ele ficou me olhando curioso é eu falei:

-Você deve ter percebido que me chamaram por outro nome na faculdade ou não?

Ele concordou e eu falei:

-Meu nome artístico é Ren, mas meu nome real é Choi Minki.

 

@Minhyun

-É igual! Não vou comer o teu nome!

Ele ficou com vontade de me bater

-Desculpa eu sou idiota eu sei!

Esfreguei a cara e bufei.

-Sim eu percebi isso na faculdade quando o outro chegou perto de nós. Obrigado por me contares!

Porque será que ele decidiu contar? Será que foi só por sermos “amigos” agora?

 

@JR

-Podemos ir agora que tal?

Eu falei notando a vergonha dele e comentei:

-Minha mãe adora comida italiana. Podemos pegar em um restaurante e ir para lá que tal? Topa?

 

@Aron

Aish não é justo. Porque é que ele falou em comida italiana!? Ele sabe muito bem que não é só a mãe dele que gosta de comida dos deuses!

-Vamos lá!

Acabei por concordar.

-Vou desligar o computador na minha sala! Encontramo-nos na saída!

 

@Ren

-Nada. Na verdade tudo em mim é diferente do que você sabe. A única coisa real é minha idade.

Eu falei e suspirei contando:

-Meus pais não aceitaram minha sexualidade muito menos a minha escolha de carreira, por isso sai cedo de casa. Minha vida só melhorou quando eu comecei a modelar e assim pude pagar a faculdade. Para falar a verdade o meu "ódio" por você nunca existiu. Eu só tinha medo.

Ele me olhou confuso e eu falei:

-Tinha medo de ficar sem trabalho. Medo de ser substituído por você. Desculpe

 

@Minhyun

-Eu entendo. Nunca estamos a vontade cm tudo. Mas eu já sabia algumas coisas.

Calei-me para não meter o JR na conversa

-Eu também não te odiei, não te odeio também. No meu caso não é medo de ser trocado até porque sei perfeitamente que és melhor do que eu como modelo. E não vale a pena abrires a boca para dizer que não! No meu caso eu acho só que é apenas um desejo frustrado!

Eu nunca tinha sido tão sincero com ele.

 

@JR

-Você sempre fica doido quando se trata de comida italiana né?

Eu ri com a expressão dele e logo sai ficando à espera dele. Minutos mais tarde ele veio e eu falei:

-Eu já falei com a minha mãe. Ela está esperando a gente.

 

@Ren

Nós ficamos conversando ali por uma hora até que eu tive que ir a faculdade. Naquele dia, o Min me deu novamente carona. Eu achei que seria um dia normal, porém as coisas foram diferentes. Eu mal havia chegado ao local quando fui rodeado pelos meus colegas que aparentemente descobriram minha identidade.

-Calma. Sou apenas eu.

Eu olhei para o Min pedindo ajuda, mas quando ele tirou o capacete a situação só piorou.


Notas Finais


Gostaram do capítulo...
Logo tem mais...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...