História O Namorado da minha Filha - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Ódio, Violencia
Visualizações 5
Palavras 1.513
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 4 - Fique longe Dele


 Depois do jantar ficamos assistindo um pouco de TV ate irmos para o quarto....

                     [...]


 Acordei de madrugada meio contrariada comigo mesma, eu nao conseguia dormir, eu so pensava no Castiel...

 Acendi a luz do meu abajur e desci da cama, sai do meu quarto devagarzinho pra nao fazer barulho, fui ate a cozinha e peguei um copo de agua, quando me virei quase cuspi a agua que eu tinha colocado na boca, Castiel estava encostado no balcão apenas com uma calça de moletom preta e parecia escutar musica com os olhos fechados, eu nao conseguia tirar os olhos daquela imagem maravilhosa, eu ia sair dali mas Castiel me chamou...

    Castiel - Juliana!

    Juliana - O-oi Castiel(digo sem tirar os olhos dele)

    Castiel - oque faz aqui?

    Juliana - Bem... essa casa é minha ne, brincadeira(rio minimamente) eu nao conseguia dormir...

    Castiel - Bem vinda ao club(ele sorri de maneira fofa) posso... posso te perguntar uma coisa?

    Juliana - Manda(digo me colocando ao seu lado)

    Castiel - Sabe dançar valsa?

    Juliana - Sei porque?

    Castiel - Eu preciso dançar no dia da festa de inauguração do meu pai, mas nao quero fazer aulas, vai ser muito constrangedor...

    Juliana - Entao quer minha ajuda?

    Castiel - Sim

    Juliana - Claro que te ajudo(sorrio grande)

 Fui ate Castiel e coloquei sua mao em minha cintura enquanto ele me olhava, coloquei minha mao esquerda em seu ombro e peguei sua mao com a outra, começei a conduzi-lo pelo pequeno espaço da cozinha enquanto nossos olhos praticamente se conectavão, Castiel havia pisado umas duas vezes no meu pé, ele pedia desculpa mas nao tirava seus olhos dos meus e continuavamos a dançar...

 Estavamos indo bem ate que eu acabei tropeçando no pé de Castiel fazendo nos dois cairmos no chao, Castiel foi pra tras e eu cai em cima dele, meus cabelos faziam meio que uma barreira que combria nossos rostos deixando assim tudo bem escuro, senti a respiração dele batendo contra a minha me fazendo arrepiar e eu automaticamente começei a chegar perto dos seus labios, minha mente gritava para que eu parasse mas meu corpo fazia outra coisa, quando começei a sentir o volume de meus labios tocando nos seus labios ouvi a voz de Manda gritando por Castiel, sai de cuma de Castiel vermelhissima e o ajudei a levantar, segundos depois apareceu Amanda que me olhava com raiva

    Amanda - oque faz aqui com meu namorado

    Juliana - N-nada(dou uma risada nervosa) nao aconteceu nada f-filha

    Amanda - Mae, precisamos conversar, Castiel sai daqui

    Castiel - Ok, eu... vou indo(Castiel disse saindo da cozinha rapido mas diminuiu a velocidade quando chegou nas escadas)

    Amanda - Nao tem vergonha nao mae?

    Juliana - C-como assim?

    Amanda - Olha pra você, olha como você esta vestida e ainda fica com o MEU NAMORADO aqui sozinha

    Juliana - Filha! Oque você esta insinuando

    Amanda - Por enquanto nada mae, mas eu quero você longe do Castiel entendeu bem?, nao fale com ele, nao chegue perto dele eu quero distancia entre vocês

    Juliana - CHEGA AMANDA, ISSO É INFANTIL, OQUE VOCÊ ESTA PENSANDO SOBRE MIM? ACHA QUE EU VOU ROUBAR O SEU NAMORADO? DOQUE VOCÊ TEM MEDO??

    Amanda - SO FAZ COMO EU MANDEI, NAO CHEGUE PERTO DELE, AGORA VAI EMBORA

    Juliana - MAIS RESPEITO COMIGO(digo agarrando seu pulso e a puxando pra perto de mim) tenha mais respeito, com a sua mae

    Amanda - Eu nunca pedi pra ter uma mae como você, eu NUNCA PEDI

    Juliana - CHEGA(digo com voz de choro) CHEGA, VAI PRO SEU QUARTO AGORA(digo soltando seu pulso)

    Amanda - nao esqueça doque eu te disse(ela diz enquanto vai em direção a escada) Ah! Mais uma coisa, EU.ODEIO.VOCÊ(ela diz pausadamente e sem olhar pra mim)

 Deixei meu corpo cai no chao em meio a lagrimas, me escorei na parede e fiquei por alguns minutos chorando naquele canto escuro e frio...
 - Nao, eu nao posso estar me apaixonando por ele, nao, nao, nao, nao, por favor nao, nao, naao... - minha mente grutava dentro de mim...

 Depois de alhuns minutos ali apareceu Rosa que correu ate mim preocupada...

    Rosa - Ju! Oque aconteceu, por esta chorando?

    Juliana - e-eu briguei com Amanda

    Rosa - Porque?

    Juliana - Nao quero falar sobre isso... eu so quero ir pro meu quarto, vem comigo?

     Rosa - ok mas toma um pouco de agua primeiro, pra se acalmar...(rosa diz me entregando um copo com agua)

    Juliana - Amanda esta certa(murmuro pra mim mesma)eu tenho que me afastar

    Rosa - Oque você disse?

    Juliana - Nada(digo baixo)

 Depois que terminei de tomar a agua fui pra meu quarto com Rosa, ela ficou fazendo carinho nos meus cabelos ate que eu dormi...

                            [...] 


 Acordei com raios de sol que iluminavam meu quarto e uma certa mao em cima do meu rosto, olhei o relogio e era 7:40, nao consegui dormir direito...

    Juliana - *suspiro*

Me levantei com cuidado para nao acordar rosa, fui ate meu closet, opinei por uma saia preta colada e uma blusa branca social, coloquei um salto preto simples, fiz babyllis em meus cabelos e passei um batom vermelho...

 Quando desci pra tomar café la estava Castiel e Amanda, quando me aproximei da mesa Amanda me olhou com raiva, me sentei bem longe deles e todos os enpregados me olhavam confusos...

 Depois de terminarmos de tomar café eu resolvi levar eles a e escola, mas quando estavamos do lado de fora Amanda disse que tinha esquecido algo e saiu correndo pra buscar...

    Castiel - tudo bem com você?

    Juliana - S-sim(digo me afastando dele)

    Castiel - Porque esta se afastando de mim(ele diz tocando meu braço)

    Juliana - P-por nada

    Castiel - Você esta estranha(ele sorri de lado) esta me evitando...

 Fiquei encarando o chao enquanto o silencio se estendia naquele local mas tomei um susto quando senti os braços de Castiel rodearem meus ombros e começar a me conduzir ate o carro...

    Castiel - Você nao esta bem, mas nao vou insistir

    Juliana - o-obrigada(digo me soltando de seus braços sentindo uma angustia)

 Na mesma hora apareceu Amanda que estava com uma cara de poucos amigos...

    Amanda - Mae vem aqui

    Juliana - S-sim

    Amanda - Oque eu te disse ontem?

    Juliana - Mas filha

    Amanda - Poderia por favor nao me chamar de filha...

    Juliana - Amanda... por favor... pare com isso

    Amanda - Anda Juliana, nos leve ate a escola(ela diz saindo com raiva e batendo sua mochila em mim)

 Levei eles pra escola e depous fui pra empresa...

                        [...]

 Fiquei o dia inteiro na empresa sai apenas porque Rosa me chamou pra almoçar junto de uma amiga dela...

 Cheguei em casa as 9 da noite, nao tinha ninguem alem dos enpregados...

    Juliana - Louiza... onde esta minha filha e Rosa?

    Louiza - A senhorita Rosalya saiu agora pouco com o senhor Armin

 (Eu rapidamente adquiri um sorriso enorme)

    Louiza - e a senhorita Amanda eu nao sei, so vi ela saindo de casa com uma mochila, eu olhei pela janela e ela estava com charllote e logo depois chegou um carro preto, ela entraram la e sairam...

    Juliana - Ok, obrigada...

    Louiza - Quer que eu começe a preparar o jantar?

    Juliana - Eu nao vou jantar obrigada

 Fui ate meu quarto e peguei meu telefone e liguei pra Amanda...

                CHAMADA ON

    Juliana - ONDE VOCÊ ESTA?

    Amanda - Nao te interessa

    Juliana - AMANDA ADAMS SE VOCÊ NAO ESTIVER AQUI EM 10 MINUTOS EU VOU AI TE BUSCAR A FORÇA

    Amanda - Hahahahaha você nao seria capaz

    Juliana - AMANDA! EU QUERO VOCÊ AQUI EM 10 MINUTOS, ESTA AVISADA

            CHAMADA OF

 Peguei carro e fui em direção a casa de Charllote, quando cheguei la a casa dela estava cheia de garotos aue pulavam e dançav com suas bebidas na mao...

    Juliana - AMANDA(grito andando em meio a multidao)

 Encontrei Amanda que dançava no meio de uma rodinha feita de homens e mulheres, entrei na rodinha empurrando todos pra o lado, agarrei o pulso dela e começei a puxa-la

    Amanda - ME SOLTA

   Juliana - NAO, VAMOS PRA CASA AGORA

    Amanda - EU NAO QUERO IR COM VOCÊ, VADIA(ela grita de olhos fechados)
 

  Me virei para Amanda sem soltar seu pulso e dei um tapa estralado em seu rosto fazendo todos ficarem em silencio e so se podia ouvir aquele funk orripilante e cheio de palavras escrotas...

    Amanda - Você(ela coloca a mao em seu rosto e depois olha a mesma) Sua...

    Juliana - D-desculpe...(começo a sentir meus olhos arderem)

    Amanda - Nunca, VAI EMBORA DAQUI

    Juliana - Eu vou mais você vai junto, nao importa oque você pensa ou quer, vamos agora...

 Agarrei o pulso dela com mais força e começei a puxa-la para o carro, o percurso todo ficamos em silencio ate que ela acabou pegando no sono...

    Juliana - me desculpe(sussuro)

 Quando cheguei em casa peguei ela no colo com um pouco de custo mais consegui, a coloquei no sofá e fui pra meu quarto
 - ela era muito pesada eu nao consigo subir as escadas com ela...- pensei...

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...