História O Namorado da minha Filha - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Ódio, Violencia
Visualizações 4
Palavras 714
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 5 - Porque comigo...


          JULIANA OF ~ AMANDA ON

 
 Acordei com uma terrivel dor de cabeça, e o meu telefone que vibrava, ja eram 7:30, me levantei meio desorteada e fui para meu quarto, troquei de roupa e arrumei meu cabelo, desci correndo e fui pra escola...

 Quando cheguei la todos começaram a coxichar quando eu passava por perto e alguns riam... - isso nao pode estar acontecendo - pensei...

 Na aula eu fiquei no fundao calada e na minha, quando deu o recreio fui ate Alicia e Charllote...

    Amanda - Porque esta todo mundo me evitando e rindo de mim?

    Alicia - Amiga ontem você passou mo vergonha quando apanhou da sua mae na frente de todo mundo(ela diz rindo) foi ilario, ela tinha odio nos olhos e ver você chorando foi mais ilario ainda

    Charllote - Verdade, eu ate gravei e postei

    Amanda - Nossa que amigas vocês sao

    Charllote - Baby, fazemos de tudo pra ser bem conhecidas na escola, mesmo que pra isso temos que destruir a reputação  nossa querida amiga que é a rainha da escola...

    Amanda - Queridas, eu sempre vou ser a rainha daqui, meu brilho faisca o de vocês

    Alicia - Nao mais(ela diz rindo) sorry miga(ela me manda um beijo)

    Amanda - Cobras, vadias de quinta...

 Sai correndo ja sentindo as malditas lagrimas rolarem pelo meu rosto, me trombei com varias pessoas que riam de mim - Quando eu virei a garotinha zuada da escola?!! - pensei...
 
 Fui correndo ate o gremio e me sentei no chao escorada em um pequeno espaço entre dois armarios...

 Fiquei chorando com a mao na boca pra abafar meus soluços quando escutei a porta ser aberta e rapidamente encolhi meu corpo mas acabei  fazendo um barulhao...

    Nathaniel - Tem alguem ai?!

    Amanda - Sai daqui seu nerd ridiculo

    Nathaniel - Amanda?

     Amanda - Sim porque? SAI DAQUI

    Nathaniel - Oque faz aqui

    Amanda - Nao te interessa
 
Nathaneil sentou ao meu lado e começou  me encarar, segundos depois senti seu polegar na monha bochecha secando minhas lagrimas...

    Nathaniel - esta tudo bem

    Amanda - nao te interessa(digo tirando sua mao do meu rosto com brutalidade)

    Nathaniel - Amanda, para com isso, eu quero ser apenas ser seu amigo, te confortar...

    Amanda - Porque comigo? Me diz... porque justo comigo isso, minha mae nunca tem tempo pra mim, o meu refugio era aqui, era a popularidade, eu so queria alguem que me amasse... eu sempre fui sozinha e fraca mas mostro ser forte(digo encarando meus pes) porque comigo?

    Nathaniel - Amanda...(ele diz colocando sua mao sobre a minha) você nao precisa ter popularidade pra mostrar que ser forte... tem pessoas que te amam e você nem percebe isso(ele aperta minha mao)

 Olhei para Nathaniel meio confusa e ele sorriu de lado, ele tirou sua mao da minha e a colocou no meu rosto me aproximando ao seu rosto, eu começei a ficsa-lo e a começei a me perder em seus belos olhos cor âmbar... - Oque eu estou fazendo??!! - pensei

 Nossos rostos ja estavam muito pertos, fechei meus olhos sentindo sua respiração batendo contra meu rosto, coloquei minha mao em seu rosto e começei a puxa-lo mais rapido, quando nossos labios se tocaram a porta foi aberta rapidamente fazendo eu me afastar de Nathaniel...

    Melody - Nath?... Amanda(ela ri minimamente)

    Amanda - *suspiro*

 Me levantei rapidamente e peguei minha mochila, quando parei na porta olhei pra Nathaniel atravez do meu ombro, ele estava se levantando com a ajuda de Melody, respirei fundo e sai dali...
 - Nao, essa paixao nao pode voltar - pensei...

           AMANDA OF ~ JULIANA ON

 Acordei com o sol aue batia direto no meu rosto, ja era 10:00...
 Fui ate o banheiro e fiz minha igienes matinais, fui no meu closet e coloquei um vestido preto formal de manga longa e uma botinha de cano curto, penteei meus cabelos e passei um batom vermelho...

 Desci as escadas com uma aria triste e nem comprimentei ninguem muito menos tomei café, peguei meu carro e fui pra empresa...

 Passei o dia todo na empresa, eu estava com tres grandes angustias cravadas no peito...

Eu nao podia falar com Castiel, eu tinha brigado e batido em minha filha e... e eu acho que estava me apaixonando pelo namorado da minha PROPRIA filha...


Notas Finais


Pra quem nao entendeu( A Amanda era apaixonada pelo nath, mas como ele era pobre ela nao podia ficar com ele tendeu, ai ela começou a maltrata-lo)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...