História O namorado da minha irmã ( JIKOOK) - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangton Boys, Bts, Jikook, Jimin, Jungkook, Kookmin, Nanjin
Visualizações 23
Palavras 1.515
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Famí­lia, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Slash, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom gente eu sei que demorei pra att, mas bem aqui estou eu novamente espero que vcs gostem até as notas finais e boa leitura.

Capítulo 5 - A ligação


Fanfic / Fanfiction O namorado da minha irmã ( JIKOOK) - Capítulo 5 - A ligação

Capitulo 5

 

P.O.V JIMIN

 

            A sensação de ter Jungkook abraçado a mim é muito boa, me dá a certeza de que em seus braços estou protegido, e foi assim que consegui pegar no sono, dentro dos seus braços totalmente confortável e quentinho.

            Acordei no dia seguinte ainda abraçado a ele, tentei virar de frente pra ele sem que o mesmo acordasse, me peguei decorando cada detalhe do seu rosto lindo em minha mente não querendo deixar passar nada despercebido. Não quero perder ele pelas ameaças do meu pai, mas sei que o que ele promete ele cumpre, e não quero Jungkook machucado ou coisa pior, prefiro proteger ele o quanto puder. Mesmo o conhecendo a tão pouco tempo sinto que devo proteger ele, mas tá parecendo que ele que vai me proteger por mais irônico que isso possa ser já que sou o mais velho.

- Bom dia Jiminnie. – diz se espreguiçando na cama.

- Bom dia Kookie- falo sorrindo, me levanto mas sinto ele segurar no meu pulso me fazendo cair em cima dele na cama. – anda Jungkook me solta vai se atrasar pra escola – falo corando pela posição.

- Ah mas aqui tá melhor do que eu ter que me levantar. – coloca suas mãos na minha cintura e aperta. Ofego.

- Nã ...não faz assim Kookie vai logo- tento sair mais uma vez mas ele aperta mais forte minha cintura. Coloco minhas mãos em seu peito para ,me equilibrar melhor.

- Tem certeza que quer que eu saía daqui ?- me pergunto mas nesse momento não penso em mais nada se não seus lábios nos meus, me aproximo dele e acabo com a distancia que tinha entre nós, colando nossos lábios em um beijo calmo, para o beijo com uma mordida no meu lábio inferior. – pois é você ta certo melhor eu ir antes que me atrase.

            Ele se levantou e saiu como se nada tivesse acontecido, fico pasmo  no mesmo lugar com cara de taxo. Quando dou por mim ele já esta saindo do banheiro, me levanto vou ao banheiro faço minha higiene matinal vou para o quarto onde estão minha roupas, escolho um moletom cinza e uma camiseta branca que fica folgada mim. Desço e começo a preparar o nosso  café da manhã, termino e chamo Jungkook para comermos.

            Comemos tudo calmamente como deve ser um café da manhã, de vez em quando trocando sorrisos ou com mão boba do Jungkook por de baixo da mesa, mas nada que eu não possa lidar.

- Então como vai ir pra escola quer carona ? – perguntei já que não tinha nada de mais pra fazer pois a faculdade começaria mais tarde hoje.

- Não precisa Jiminnie, não quero te atrapalhar, aliais você não tem faculdade não ?

- Tenho , mais hoje vai começar só mais tarde, por isso te ofereci, aliais aproveitava para passar onde trabalho para resolver algumas coisas e depois iria para a faculdade.

- Se não for atrapalhar eu aceito.

- Só vou pegar algumas e a gente já sai ta bom.

- hum.

            Subi para o  ¨ meu quarto¨  peguei tudo que precisava e desci vendo Jungkook no sofá mexendo no celular.

- Vamos

Saímos de casa e ele trancou a porta, seguimos para a minha moto, entreguei um capacete pra ele e coloquei o outro. O caminho até sua escola foi tranquilo, as vezes ele me apertava quando acelerava, sei que ele tem um pouco de medo, mas por que não me aproveitar isso.

- Chegamos, boa aula Kookie – falei pra ele

- Obrigado, até depois Jiminnie.

- Fica com o capacete eu venho na saída tudo bem pra você ?

- Claro hyung- ele me da um beijo no canto da boca e entra portão a dentro. Segui para o meu trabalho.

.

.

.

.

.

.

.

{ .................................................}

 

Resolvi as coisas que tinha que resolver como o horário das minhas aulas e conversei com alguns alunos e alunas que queriam tirar alguma dúvida e aproveitei para pedir uma coreografia nova para a próxima aula. Depois disso finalmente fui para a faculdade, no caminho quando parei em um sinal vermelho, reparei em um casal de meninos andando de mãos dadas, pareciam felizes juntos, nesse momento me peguei com um pouco de inveja deles que são livres. Segui o caminho sem mais nada de interessante só o de sempre.

Cheguei na faculdade e já fui para a minha   sala, não estava com saco para depois ter que enfrentar aquele monte de gente se esbarrando para conseguir ir cada um para sua devida sala.  Logo depois de um tempo o sinal bateu e as pessoas começaram a aparecer, depois de longos minutos o professor entra na sala dizendo que ia ter uma prova surpresa, para a minha sorte é uma das matérias que eu entendo, mas mesmo assim continua sendo difícil.

Fui um dos primeiros a terminar a prova por isso o professor me liberou para andar pela faculdade. Depois de muito tempo andando pelo aquele lugar esbarrei em um menino, fazendo este derrubar os livros que derrubava nas mãos.

- Da próxima vez podia andar por onde anda. – o olhei chocado.

- Olha não fui só eu que esbarrei aqui não tá bom, você poderia muito bem, ter desviado se estivesse prestando atenção. – falei o que pensava, aquele menino estava me parecendo muito abusado.

- Okay eu poderia ter desviado, mas não vi um tampinha que nem você, desculpa se você não estava no meu campo de visão.

- Nossa como você é infantil não sabe nem pedir desculpas pelo erra que cometeu e vem querer falar que eu estava errado, ainda quer tirar sarro da minha altura, a por favor ne moço. Nem te conheço já percebi que não tenho nenhum interesse em conhecer, tchau e passar bem. – saí deixando aquele muleque falando sozinho .

.

.

.

{...............,.......}

Saí da faculdade e fui direto para a escola do Jungkook, fiquei esperando o sinal bater encostado na moto com o capacete na mesma. O sinal bateu vi um monte de aluno sair menos  Jungkook, já estava agoniado de tanto esperar, quando finalmente ele saí com seus amigos e me olha com um sorriso de ladino. Ele se despede dos amigos e vem andando em minha direção sorrio pra ele.

- Nossa demorou em – falei dando uma risadinha, ouvindo ele rir também.

- Desculpa mas foi tudo culpa da professora, ela que me prendeu na sala junto com mais algumas pessoas.

- Entendi vamos logo cansei de ficar de pé.- ele ri.

- Nossa o senhor eu cansei de ficar de pé, vamos então antes que você morra de pé. – rimos.

            Seguimos para casa, chegando lá estacionei minha moto, e entramos.

- Vou tomar um banho tá.  Já volto .

- Tá precisando mesmo Jiminnie.

- Tá querendo falar o que com isso Jeon Jungkook? – pergunto fingindo indignação.

- Ué entenda como quiser – ele se aproxima do meu ouvido- hyung – me arrepiei, logo depois subi e tomei um banho um pouco demorado.

            Sai do banheiro enrolado na toalha, passei meu desodorante meu perfuma coloquei uma cueca box, uma calça skinning preta com meu coturno caramelo e uma regata preta com alguns escritos. Desci e vi Jungkook jogado no sofá assistindo algum programa na televisão.

- Hyung uma menina te ligou bastante vezes e falou pra você ligar pra ela assim que puder – ele se virou pra mim e me olhou de cima á baixo – nossa onde você vai desse jeito hyung tão cheiroso e bonito ? – posso jurar que senti uma pontada de ciúmes na sua fala.

- Nossa isso tudo é ciúmes, relaxa não sei só quero sair de casa e você vai ir comigo, mas enfim qual o nome da menina que te ligou mesmo?

- O nome dela é SunHee parecia que ela estava com pressa de falar com você e seila ela estava estranha.

- merda já volto, onde você colocou o meu celular Jeon ?

- ele tá ali em cima da mesinha.

            Corri até e disquei o numero da SunHee ali mesmo, só queria saber o que aconteceu de tão importante para minha irmã me ligar várias vezes, ela nunca faz isso, só se aquele cara enconstou um dedo nela, se ele fez não respondo por mim.

CHAMADA ON

 

Sun o que aconteceu? Tá tudo bem ? – perguntei já aflito

O..Oppa – ela fungou – ele me bateu, bateu muito dessa vez- ouvir sua voz chorosa era uma das piores coisas- não quero mais ficar aqui, tá cada vez pior, ele sempre fica mais agressivo, quase nem para em casa e quando para é tudo um desastre, por favor me deixa morar com vc ?

Eu não acredito que ele teve a capacidade de te bater, não tô crendo que ele está descontando todas as frustações dele em você e na mamãe isso não vai ficar assim, com certeza não vai. Estou indo ai agora me espera no seu quarto.

Tudo bem mais toma cuidado mano por favor ele está de cabeça muito quente.

Ta bom. – desliguei o celular.

CHAMADA OFF

 


Notas Finais


bom gente foi isso espero que tenham gostado até o próximo, por favor comentem isso me ajuda muito BEIJOS.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...