História O namorado da minha melhor amiga - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Luan Santana
Tags Fanfic, Luan Santana, Romance
Exibições 152
Palavras 1.525
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura amores 💕
Preparem o core para esse capítulo 💔

Capítulo 30 - Está tudo acabado


Fanfic / Fanfiction O namorado da minha melhor amiga - Capítulo 30 - Está tudo acabado

“ Te amei, fui sincero, te quis

E você sabe disso

Eu não merecia isso” Luan Santana

 

[...]

 

- Tá bem vou te falar logo sem rodeios mas antes veja as fotos que tem dentro deste envelope – Ela me entregou um envelope e eu o abri com o coração disparado

- O que significa isso? – Perguntei com olhos marejados ao ver fotos de Luan e ela se beijando

- Bom Mari ... – Ela suspirou

- Me chame de Mariana – Eu a corrigi e ela assentiu

- Com quiser – Ela disse assentindo – Não sei se você percebeu mas essa foto é na casa do Rober – Ela disse e eu voltei a olhar a foto

- Não é possível – Eu sussurrei para mim mesma deixando uma lágrima cair de meu olho

- Será que posso explicar? – Ela perguntou e eu ri irônica

- Você deve explicar – Eu disse limpando as lágrimas

- Se eu não me engano vocês já estavam juntos – Ela disse e eu assenti

- Isso não importa Eloisa – Eu disse e ela assentiu

- Bom ... Naquele dia eu e todos nós embebedamos e acabou rolando – Ela disse e eu suspirei me levantando da mesa – Me devolva essas fotos – Ela pediu e eu a olhei seria

- Isso vai ficar comigo – Eu disse ríspida e ela sorriu

- Ah só mais uma coisa – Ela disse e eu a olhei

- Pode falar – Eu disse e ela se levantou ficando em minha frente

- Agradeça ele pelo beijo, foi muito bom – Ela disse e eu respirei fundo dando um tapa estalado na cara dela chamando a atenção do restaurante inteiro para nós

- Mulheres que nem você ele só pega usa e depois joga fora e você deveria se envergonhar disso – Eu disse saindo a deixando ali massageando seu rosto com a mão

Peguei um táxi e enquanto ele me levava de volta para casa eu encarava aquelas malditas fotos, as lágrimas desciam desesperadamente de meus olhos e eu não conseguia as controlar, meu corpo estava trêmulo e eu não conseguia tirar Luan de minha cabeça, e inacreditável que aquele homem que diz me amar todos os dias, o homem que me assumiu publicamente, o homem que fez tantas e tantas surpresas e o mesmo homem que me traiu desta maneira e ainda mentiu me fazendo acreditar que ao menos a mim ele valorizaria.

- Tá tudo bem moça? – O taxista perguntou e eu limpei as lágrimas

- Tudo sim moço, obrigada – Eu agradeci e ele sorriu assentindo

Cheguei no meu prédio e subi rapidamente para  o meu apartamento aos prantos, entrei no chuveiro e tomei uma ducha chorando tinha que eu tinha que chorar ali em baixo, com certeza esse é o pior dia de toda a minha existência, briguei com minha melhor amiga por conta de um homem e pra piorar um homem que ainda não presta.

Sai do chuveiro e vesti uma roupa básica, deixei meus cabelos molhados em um coque e fui até a geladeira procurar algo para comer quando ouço a campainha tocar, suspirei segurando as lágrimas e fui até a porta.

- Oi minha morena – Luan sorriu e eu apenas dei espaço para ele entrar sem o responder – Tá cansada né ? – Ele perguntou e eu assenti

- Precisamos conversar – Eu disse e ele assentiu

- Tá bem mas antes vem cá – Ele disse me puxando para um beijo do qual eu me deixei levar, foi um beijo calmo e cheio de paixão logo comecei a chorar porque sabia que essa era a nossa despedida, esse seria o nosso último beijo

- Mari o que aconteceu? – Luan perguntou e eu o olhei me rendendo ao choro – Mari conversa comigo – Ele pediu e eu limpei as lágrimas me distanciando dele

- Luan a gente precisa conversar – Eu disse e ele se sentou no sofá – Já volto – Eu disse e fui até a cozinha pegando o envelope com as fotos em cima  do balcão

- O que é isso? – Ele perguntou  o e eu entreguei o envelope a ele

- Abre Luan – Eu disse e ele abriu receoso pegando as fotos, assim que as viu voltou seu olhar para mim, seu olhar era de tristeza, angústia e logo os vi marejarem

- Eu posso explicar – Ele disse e eu assenti

- Comece então – Eu pedi e ele assentiu

- Mari foi naquele dia no Rober – Ele disse se aproximando de mim e eu o olhei – Eu tava bêbado na verdade todo  mundo tava mas eu juro morena, juro que eu não tava nem aí pra Eloisa, daí Rober pediu para que eu fosse buscar mais uma cerveja e eu fui aquela louca me seguiu e me beijou – Ele explicou e eu assenti – Mari acredita em mim – Ele pediu e eu assenti

- Eu acredito Luan – Eu disse e ele sorriu aproximando nossos rostos – Luan tenho uma pergunta – Eu disse e senti meus olhos marejarem outra vez

-  Pode falar Mari – Ele disse e eu me afastei dele – Mas antes diz se me perdoa – Ele pediu e eu o olhei

- Depois da minha pergunta eu te respondo – Eu disse e ele assentiu – Luan por favor seja sincero – Eu disse e ele assentiu – Me diz se você correspondeu ao beijo – Eu disse e ele suspirou me olhando

- Mari ... Eu estava bêbado – Ele disse e eu o olhei

- Não foi essa a minha pergunta Luan – Eu disse e ele assentiu

- Sim eu correspondi – Ele disse e eu suspirei me entregando ao choro

- Então já tem a sua resposta Luan – Eu disse e ele me olhou com os olhos marejados

- Mari por favor ... por favor – Ele pediu e com  as lágrimas descendo de seus  olhos

- Luan acabou – Eu disse tentando me manter calma quando ele se ajoelhou em minha frente

- Mariana eu te amo por favor não desiste da gente – Ele pediu e eu o olhei chorando

- Você quem me fez desistir Luan – Eu disse e ele se levantou juntando nossos rostos

- Me perdoa – Ele pediu e eu apenas neguei com a cabeça

- Luan por favor sai daqui – Eu pedi

 

 

P.O.V Luan

 

Esse de fato foi o pior dia da minha vida, não sei como mas Eloisa conseguiu nos fotografar na casa do Rober e agora Mariana sabe de tudo e terminou comigo, não consigo acreditar no que Eloisa fez.

- Luanzinho – Ela me deu espaço e eu entrei

- Eloisa porque você fez isso? – Perguntei e ela sorriu

- Porque depois que você me perguntou o que eu queria para te deixar em paz eu cheguei a uma única conclusão – Ela disse e eu a olhei furioso

- E que poha de conclusão foi essa? – Perguntei me aproximando dela

- Que eu quero você é essa foi a única maneira de eu ter você – Ela disse e eu ri irônico

- Você nunca vai me ter Eloisa, sempre serei da Mari – Eu disse saindo dali furioso enquanto ligava para o Rober

 

Ligação On

- Fala boi

- Rober tá em casa?

- Tô sim cara

- Tô indo pra aí

Ligação Off

Cheguei ao prédio de Rober e subi, toquei a campainha e ele abriu sorrindo.

- Aconteceu alguma coisa boi? – Ele perguntou e eu me sentei no sofá da casa dele

- Cara Mariana terminou tudo – Eu disse e Rober me olhou sem entender – A vagabunda da Eloisa armou tudo boi, tirou fotos e mostrou pra Mari – Eu disse e Rober me olhou

- Eu te falei pra você não mentir  boi – Ele disse e eu assenti

- Agora já era – Eu disse e suspirei – Só quero minha Mari de volta – Eu disse e Rober me olhou

- Tem ajudo no que for preciso cara – Ele disse e eu assenti

P.O.V Mariana 

 

No outro dia

 

Acordei as 07:00 e liguei para a Safira avisando que estava com um mal-estar e que não iria trabalhar hoje, fui até o banheiro e me olhei no espelho, eu estava completamente acabada, cheia de olheiras, olhos inchados e vermelhos por não conseguir dormir e minha pele estava um caco.

Tomei um banho e me deitei no sofá da sala, coloquei um filme para tentar ocupar minha mente mas Luan invadia todos os meus pensamentos.

- Droga! – Eu exclamei tirando o anel de compromisso de meu dedo e o guardando num porta jóias que ficava na mesa central da sala quando ouvi a campainha tocar, suspirei caminhando até a mesma quando vi Luciana na minha frente.

- Oi – Eu disse e ela me olhou dos pés a cabeça

- Já sei do que aconteceu Mari – Ela disse e eu a olhei

- O que veio fazer aqui? Rir de mim? – Perguntei e ela negou com a cabeça

- Não verdade vim te consolar – Ela disse e eu a olhei com os olhos marejados

- E porque você faria isso depois de tudo que eu fiz? – Perguntei e ela me olhou levantando seu dedo mindinho

- E isso que melhores amigas fazem – Ela disse e suspirou – Somos melhores amigas para sempre Mari – Ela disse com os olhos marejados e eu a abracei me entregando ao choro


Notas Finais


Acabou #LuMari 💔💔💔💔
Ao menos Luciana a perdoou
Até amanhã 💔


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...