História O namorado da minha melhor amiga - Capítulo 36


Escrita por: ~

Postado
Categorias Flavia Pavanelli, Luan Santana
Personagens Luan Santana
Tags Fanfic, Luan Santana, Romance
Exibições 315
Palavras 1.375
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Enrico ali na foto de capa do capítulo 😍😍
Boa leitura amores 💕

Capítulo 36 - Recaídas?


Fanfic / Fanfiction O namorado da minha melhor amiga - Capítulo 36 - Recaídas?

“Mas foi só te ver

Caiu a ficha do quanto eu te quero

Que recaída, eu tô falando sério 

Parei, pensei e não me segurei

Olha eu de novo, na estaca zero”Luan Santana

                           [...]

– Um prazer revê -lá novamente Mariana – Ele disse e me lançou aquele maldito sorrisinho de canto que me tirava do sério.

- Vamos começar logo com isso – Eu disse e vi Enrico assentir

Fui para o canto da sala e vi Enrico se aproximar, a raiva me possuía, ele sabia que eu estava fazendo de tudo para me manter longe de Luan, não é justo me trazer para esse ensaio já que ele tem uma equipe enorme.

- Mari me desculpa – Enrico sussurrou e eu o olhei séria

- Enrico porque fez isso? – Perguntei e vi Luan nos observar de longe

- Eu precisava de você nesse ensaio – Ele disse e eu assenti

- Tá bem, vamos começar logo isso – Eu disse pegando minha câmera enquanto me distanciava de Enrico

- Mari não fica chateada – Ele se aproximou e eu o olhei

- Não estou – Eu disse e ele suspirou aliviado – Mas você não deveria ter mentido – Eu disse e ele assentiu – Mas não importa, vamos começar logo quanto mais rápido começo mais rápido eu termino – Eu disse e ele assentiu

- Vamos começar – Enrico bateu palmas chamando a atenção de todos – Tá pronto Luan? – Ele perguntou e Luan assentiu

- Já nasci pronto – Luan disse e deu uma leve piscadela enquanto arrumava  seus cabelos, ele nunca perde essa mania

Peguei a câmera e tirei uma foto de Luan apenas para teste, ele me olhou assustado e eu sorri de lado.

- Era apenas um teste – Eu o alertei e ele assentiu

- Ou você tirou para poder revelar para me olhar todos os dias antes de dormir – Ele disse e riu

- Claro – Eu disse e ele arqueou a sobrancelha – Vou usar para espantar os mosquito da minha casa – Eu disse e todos caíram na gargalhada enquanto Luan apenas sorriu de lado balançando a cabeça – Vamos agora é pra valer – Eu disse e ele assentiu arrumando a gravata

Luan estava de terno por ser um ensaio mais sério e um tanto sensual, comecei a fotografá-lo e era extremamente incrível a sua desenvoltura para com a câmera, achei que com a minha presença ele ficaria mais travado mas me enganei completamente, ele estava solto até demais.

- Hora da troca de roupas – Enrico avisou e Luan assentiu enquanto eu fui me sentar na cadeira no final do estúdio

Peguei a câmera e fui me sentar na cadeira  enquanto Luan se trocava comecei a ver as fotos e era incrivel como a cada foto ele ficava ainda mais bonito.

- Tá se sentindo incomodada? – Enrico perguntou e eu neguei com a cabeça ainda olhando para as fotos

- Nem um pouco – Eu disse e ele sorriu pelo nariz

- Gostou das fotos? – Ouvi a voz de Luan e levantei meu olhar para ele que sorria torto, como esse homem pode ser tão imbecil e lindo ao mesmo tempo?

- Estou analisando – Eu disse me levantando da cadeira e ele assentiu

- Claro – Ele disse e eu revirei os olhos

Voltei a fotografá-lo e dessa vez seus trajes eram mais comuns, trajes do cotidiano, as fotos estavam ficando cada vez mais incríveis, se Luan não fosse cantor me atreveria a dizer que teria talento para modelo.

- Posso ver como está ficando? – Luan perguntou se aproximando de mim e eu suspirei assentindo

- Claro – Eu respirei fundo mostrando as fotos a ele que sorriu

- Você é muito talentosa – Ele disse baixinho e eu me arrepiei

- Obrigada – Agradeci me afastando dele enquanto Enrico nos olhava sério no fundo do estúdio.

(...)

Graças a Deus o ensaio havia chegado ao fim, Luan mexia comigo de um jeito inexplicável, até a forma como ele me olha me deixa encantada, o que esse homem fez comigo?

Enrico foi conversar em particular com Arleyde enquanto eu guardava todos os equipamentos sozinha.

- Você tá bem Mari? – Luan perguntou e eu assenti

- Tô sim, porque? – Perguntei ele coçou o queixo

- Curiosidade – Ele disse e eu assenti – Mari ... – Ele gaguejou e se aproximou de mim – Queria tanto conversar com você – Ele disse e eu olhei em seus olhos

- Pode falar – Eu disse e ele coçou o queixo

- E que ... – Ele gaguejou – Mari ... – Ele desceu seu olhar para minha boca e mordeu seu lábio inferior – Tô morrendo de saudade de você – Ele disse baixinho me dando uma juntada enquanto eu o olhava incrédula, devagar ele foi aproximando nossas bocas e então selou nossos lábios em um beijo calmo e cheio de saudades , suas mãos foram para minha nuca aprofundando o beijo enquanto eu acariciava seus cabelos, logo sua língua pediu espaço e eu cedi, e claro que eu cedi, eu estava com tanta saudade de seu beijo, seu toque, seu cheiro que naquele momento não pude evitar, tive sim uma recaída.

- Nossa – Ele exclamou assim que nos faltou o ar, nossas testas estavam coladas e nossas respirações descompassadas, um sorriso bobo se formou em seus lábios e eu me afastei dele voltando a mim

- Mari? – Ouvi a voz de Enrico e suspirei aliviada, salva pelo gongo

- Oi – Eu disse e vi ele adentrar o estúdio enquanto me olhava desconfiado

- Vamos? – Perguntou e eu assenti

- Claro – Eu disse e voltei meu olhar para Luan que estava com a sobrancelha arqueada

- Então Luan foi um prazer trabalhar com você e sua equipe – Enrico estendeu a mão e Luan sorriu o cumprimentando

- O prazer foi meu – Ele disse e me olhou maliciosamente – Tchau Mariana foi um prazer revê-la e espero te ver em breve novamente – Ele disse e deu um beijo na minha bochecha me deixando corada

- Tchau – Eu disse apenas e sai do estúdio envergonhada, como Luan conseguia ter total poder sobre mim?

P.O.V Luan

Acordei super animado para o dia de hoje, além de ter uma sessão de fotos faltavam apenas uma semana para reencontrar minha Mariana.

- Bom dia donzela – Rober brincou e eu joguei uma almofada nele

- Cala essa boca Rober – Eu disse rindo

- E hoje o teu ensaio fotográfico né? - Perguntou e eu assenti

- E sim, aliás acho que você como meu fotógrafo e quem deveria fazer esse ensaio – Eu disse e ele assentiu sorrindo 

- Esse ensaio e mais chique boi, dizem que a fotografa que contrataram e maravilhosa – Ele disse malicioso

- Vou analisar os serviços dela – Eu disse e ele riu

- Serviços? – Perguntou e eu assenti – Boi ela é maravilhosa em outro sentido – Ele disse e eu assenti

- Pode até ser, mas Mariana e mais – Eu disse e ele me olhou

- Como sabe? – Perguntou e eu o olhei

- Nenhuma mulher nesse mundo e mais maravilhosa que Mariana – Eu disse e ele sorriu

- Eita que paixão demais – Ele disse e eu ri

(...)

Fomos para o ensaio conhecer a tal fotógrafa maravilhosa e tenho que falar ela é maravilhosa mesmo afinal a fotografá era Mariana, ela me olhou surpresa assim que cheguei, será que ela não sabia quem ela iria fotografar?

O ensaio foi tranquilo, Mariana mandava muito bem na fotografia, não é a toa que é fotógrafa não é mesmo? Não gostei daquele patrãozinho babaca a acompanhar, aliás ele a acompanhava para onde ela ia e isso estava me irritando. O único momento que ele deu uma trégua foi quando ele foi conversar com minha assessora e foi aí que aproveitei para beijar Mariana, a saudade dela estava me matando, fiquei surpreso por ela ter retribuído o beijo já que a um mês atrás ela não queria me ver.

E como de costume o patrãozinho chegou para atrapalhar o clima, o cara chato viu!

- Boi o que rolou? – Rober perguntou e eu o olhei sorrindo

- Nós nos beijamos – Eu disse e Rober riu

- E? – Perguntou e eu suspirei

- O patrãozinho chato chegou para estragar o clima – Eu disse e Rober riu

- Vish – Rober disse e eu o olhei

- Daqui uma semana tô de volta boi, Mariana vai ser minha novamente – Eu disse e ele assentiu sorrindo  


Notas Finais


Esses dois não tem jeito viu 💕
Mas Luan vai ter que ralar pra ter Mari de volta viu kkkk dei um pequeno spoiler ❤
Até breve amores 😍
Comentem muito 💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...