História O namorado da minha omma - Jikook - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Drama, Jikook, Kookmin, Lemon, Omma, Romance, Shoujo
Visualizações 152
Palavras 1.105
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Me desculpem por não ter postado na semana passada ;---;

Estava muito ocupada e não consegui postar

Demorei, mas cheguei ;)

Capítulo 14 - Treta


Fanfic / Fanfiction O namorado da minha omma - Jikook - Capítulo 14 - Treta

Acordei no outro dia totalmente perdido, ainda estava me perguntando o que havia acontecido na noite passada.

Ele não tinha esse direito, quer dizer... Eu deixei, mas quem, em sã consciência negaria Jeon Jungkook ?! Eu que não.

Mas eu não devia ter cedido tão facilmente, até porque, eu disse para ele que estava namorando com o Jin hyung, então de certo modo, eu estava sendo um filho da puta com o hyung.

Bom... Eu vou ter que resistir mais a partir de agora, tenho que ser um pouco frio com ele e tentar deixar de lado o que sinto, pelo menos por um tempo até ele aprender a lição.

E espero que isso aconteça logo, quero sentir seus braços me apertando em um abraço aconchegante o mais rápido possível, mas sei que não vai ser tão fácil assim, não vai ser uma hora para a outra que as coisas vão virar um mar de rosas.

*~*~*~*~*~*

Depois de ter ficado pensando nisso tudo, percebi que o Jin não estava mais dormindo ao meu lado na cama de casal espaçosa que possuo no meu quarto.

Peguei meu celular rapidamente e logo chequei as horas, já se passavam das nove da manhã.

Decidi, então, sair da cama e colocar uma roupa decente para logo depois sair do meu quarto e ir direção á cozinha.

Quando cheguei lá vi o Jin hyung sentado em uma das poucas cadeiras que rodeavam a pequena mesa tomando café.

— Bom dia hyung — falei enquanto servia café em minha xícara e sentava em uma cadeira próxima da do Jin

— Bom dia dongsaeng — disse calmamente levando a xícara que continha seu café até seus lábios cheinhos

— Está acordado desde que horas ? — perguntei o olhando

— Acho que acordei mais ou menos às seis e meia da manhã, mas só saí da cama as sete horas — respondeu levantando da cadeira e indo em direção á pia para lavar a xícara dele que no momento se encontra vazia

— Como assim ?! Hoje é sábado hyung! — falei levantando da cadeira indo na direção dele e ficando ao seu lado

— Eu me acostumei a acordar cedo Jiminie — disse acariciando meus cabelos

Quando ele foi tirar a mão do meu cabelo eu escuto o barulho da porta da cozinha abrindo e vejo Jungkook entrando, então, rapidamente, puxo o meu hyung e o abraço dizendo coisas como "obrigado por me desculpar Jinnie, eu te amo", o Jin retribuio o abraço quando percebeu o que estava acontecendo.

Ele rapidamente começou a atuar e disse " eu também te amo ChimChim, tá tudo bem agora" enquanto voltava a acariciar meus cabelos e por fim dava um beijo na minha testa.

Eu e o hyung ficamos desse jeito até ouvirmos a porta da cozinha ser fechada com força, fazendo um estrondo alto.

— Você atua bem Jin — falei o soltando

— Obrigado Jiminie, mas agora você vai me explicar esse negócio de "desculpas" — disse me olhando e cruzando os braços na frente do seu corpo

— Okay, basicamente aconteceu que o Kookie me beijou ontem à noite, foi só um selinho mas como ele acha que nós dois somos namorados ia pegar mal, então eu decidi "pedir desculpas" agora, pra ele achar que você me perdoou pelo acontecimento de ontem — falei explicando o que havia acontecido

— E você só me conta agora, Park Jimin ?! — disse ficando aparentemente bem irritado

— Desculpe hyung, mas já estava tarde e você estava tão bonitinho dormindo abraçado em um travesseiro que não tive coragem de te acordar — falei indo até ele e apertando suas bochechas

— Aish, isso dói sabia ?! — disse fazendo um biquinho realmente muito fofo

— Eu não tenho culpa se você é tão fofo, e para de fazer esse bico se não eu vou morder — continuei apertando as suas bochechas só que com menos força do que antes

— Estou atrapalhando algo ? — escuto a voz da minha mãe e me viro em sua direção, junto com ela estava Jungkook com a mão em sua cintura, me deu vontade de vomitar com essa cena e me segurei para não ir até lá e dar na cara dela

— Na verdade sim, o que querem ? — disse com sinceridade

— Pera... Você tá tendo alguma coisa com essa putinha nojenta ? — minha omma falou fazendo uma cara de nojo

— Você me chamou de que ?! — Jin disse já ficando vermelho de raiva

— Putinha nojenta, foi disso que eu te chamei, fica aí se esfregando no meu filho na maior pouca vergonha — minha omma disse o olhando diretamente

— A única putinha nojenta que eu estou vendo aqui é você — digo com calma olhando para ela

— O que você disse, garoto ? — falou me olhando com ódio

— Foi o que você ouviu, não era você que me deixava sozinho todos as noites pra se esfregar em qualquer um por aí ? — disse sendo totalmente cínico, quem diria que eu estaria brigando com a minha omma e a chamando de puta

— Isso não é verdade Jimin, você sabe que eu saia com as minhas amigas pra me divertir, o trabalho era entediante, eu precisava me divertir um pouco — falou me olhando como se tivesse achado a melhor resposta do mundo

— Ah é? Então como achou Jungkook em uma balada se estava se divertindo com as suas amigas ? — disse cruzando os braços e sustentando seu olhar raivoso que pairava sobre mim

Ela veio até mim rapidamente e deu um tapa no meu rosto.

— Ficou sem resposta é ? Não aguentou a verdade ? Eu também sei bater, sabia? Mas não vou fazer isso pelo pouco respeito que ainda tenho com você — disse a olhando com um sorriso de canto

Ela não falou mais nada e saiu da cozinha batendo a porta com força.

Sorri vitorioso e peguei um pirulito que estava dentro de um potinho alí por perto em seguida o colocando na boca.

Todos tinham ficado em silêncio e seus olhares estavam voltados pra mim.

— O que vocês tanto olham, hm? — perguntei

— Você acabou de brigar com a sua omma e a chamar de puta... Isso foi totalmente inesperado — Kookie disse ainda meio boquiaberto

— Eu até te daria um puxão de orelha pelo palavreado que você usou mas ela merecia então vou deixar passar — hyung disse me olhando

   — Nunca queiram bater boca com Park Jimin, vocês vão perder sempre 


Notas Finais


E então o que acharam dessa bela treta ?

Espero que tenham gostado :3

Comentem o que acharam :D

Até a próxima :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...