História O namorado do meu amigo - Jikook - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Amigo, Amor, Ciumes, Homossexualidade, Jikook, Jimin, Jungkook, Namoro, Romance, Taehyung, Vkook, Yaoi
Visualizações 123
Palavras 993
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Festa, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Esse capítulo ficou maior que o primeiro pq minha animação tava la em cima, como a aula tava uma chatisse, fiz na escola mesmo. Desculpa pelo título, mas eu não tinha ideia de nenhum, então peguei uma frase do capítulo.
Sem mais enrolações...
Boa leitura

Capítulo 2 - Eu sou hetero e um hetero não pode pensar como um gay


Fanfic / Fanfiction O namorado do meu amigo - Jikook - Capítulo 2 - Eu sou hetero e um hetero não pode pensar como um gay

É, eu sabia que Taehyung estaria lá, obviamente o namorado do meu melhor amigo estaria lá. Antigamente (não muito tempo porque Jimin não é velho), eu e Jungkook até sentíamos falta de algum amigo, mas a única coisa que eu quero é estar sozinho, em paz com ele, pelo menos por um dia queria que Jungkook notasse que eu estou ali e que sou seu melhor amigo. Nos nossos encontros semanais, eu sou o mais isolado, mas tento interagir um pouco.

Como ainda era muito cedo, eu fui olhar TV, mexer um pouco no celular. E o almoço? Bom, como a essa hora meus pais trabalham e eu não sei fazer absolutamente nada de comida, eles contrataram uma empregada, ela não faz o almoço tão cedo, as vezes dá 13:00 e eu ainda não almocei. Eu gosto dela, sua comida é muito boa, ninguém faz igual, sem contar que ela é bem animada, seu jeito me faz rir.

Almocei, me arrumei e peguei meu celular.

13h32 PM

Cedo ainda. Sempre quando vou à casa de Jungkook, demorava um século para chegar ao horário combinado, é um saco! As coisas ruins sempre passam devagar. O tempo é uma coisa ruim (na maioria das vezes).

*Depois de um tempo*

Finalmente 13:55! Como a casa de Jungkook não fica tão longe da minha, fui caminhando até lá. Daria no máximo 5 minutos, mas chegando cedo ou tarde, dá no mesmo, não estamos falando de trabalho.

Chego lá, bato na porta algumas vezes, e nada. Espero um pouco, até que Jungkook atende a porta, ofegante.

- Oi Jimin – dá um sorrisinho sem graça

- Oi Jungkook, demorou em... – retribuo o sorriso

- Ah, é que... Hm... – ele coçava a cabeça, enquanto que pensava alguma desculpa para ter demorado tanto.

- Não precisa falar, eu já sei – o sorriso que antes estava em meu rosto some quando vejo Taehyung o abraçando por trás

- Sobre o que estão falando? Estava esperando vocês na sala

- Nada não Taehyung, nada não... – Jungkook diz e me puxa para sala, junto a Taehyung

- Vamos assistir um filme?

- Ah não Tae, na ultima vez que vim aqui a gente assistiu, hoje vamos jogar vídeo game – digo, e ele assente

- Já que Jimin propôs e Taehyung concordou, vão vocês dois, quem ganhar joga comigo

- Okay – disseram os dois

Passei um tempo jogando com Tae, e como previsto, ganhei. Pude jogar novamente com Jungkook depois de um bom tempo. Eu que o ensinei, ele até era melhor que eu, mesmo sabendo pouco.

- Caralho Jungkook! Como você sabe isso? Eu não te mostrei! – falei concentrado na TV

- Tae me mostrou

- Ah porra! Isso não vale! – largo o controle bufando, fui derrotado.

Passamos a tarde inteira jogando, Tae ria quando eu caía com Jungkook e perdia. Palavrões não faltavam. No fim, concluí que Jungkook realmente é um bom jogador, ele acumulou mais pontos. Já Taehyung parecia sem vontade, perdia várias vezes.

- Tae, você sempre me ganha, o que aconteceu? Desaprendeu de como se joga?

- Não, – ri com o que Jungkook disse – é que hoje estou um pouco cansado.

- Ai ai, minha mão tá doendo! - digo, balançando a mão 

- Ninguém mandou você jogar com tanta agressividade. Quase quebrou o controle.

- Não é pra tanto, Jungkook!

- Tá, tá, eu to com fome, vamos comer algo.

- Faz uma pipoca aí Taehyung! Vou ficar com Jungkook aqui na sala pra escolher um filme, já que eu sei que você já iria pedir – digo

- Ta bom! – diz já na cozinha – só não beija meu namorado

- Eu já disse que sou hetero!

As risadas de Tae eram ouvidas na sala.

- Vamos assistir um de terror?

- Eu até aceitaria, mas Tae tem medo, então né...

- Que gay

Jungkook ri – isso fez sentido

Depois de um tempo, decidiram que assistiriam “ White Night “ ( pra quem não sabe, é um filme gay coreano )

- Taehyung, já ta pronto?!

- Ta sim! Perae – grita da cozinha - toma aqui – vem até a sala e estende o pote de pipoca para Jimin

- Não tem como tomar pipoca – ri

- Você entendeu! – ele senta ao lado de Jungkook

( Jungkook estava no meio )

Eu sabia que o filme era gay, não queria assistir, mas Jungkook insistiu, então o único jeito foi aceitar.

A parte que eu queria que não acontecesse, aconteceu. Mas algo estranho tinha... Parecia Jungkook, seu peitoral era visível na imagem, seu topete era o mesmo, seus lábios finos... tudo igual. Eu sabia que quem realmente estava ali não era Jungkook, mas era parecido. Quando a “cena” acaba, pude perceber que havia um peso em meu ombro, olhei para o lado, era Jungkook, dormindo. Parecia um anjo....

O que você está pensando Jimin? Pare! Eu sou hetero e um hetero não pode pensar como um gay. Pare de pensar nessas coisas Park Jimin!!

O filme acaba, penso em um jeito de tirar Jungkook do meu ombro, sem que ele acorde e sem que Tae perceba (Tae estava dormindo). Levanto de leve a cabeça de Jungkook e a empurro para trás, para ficar apoiada no tecido macio do sofá. Pego meu celular para ver a hora

22h24 PM

E agora? Deixo eles ali e desligo a TV ou os acordo?

Já sei! Acordo o Jungkook primeiro e ele se vira com o Tae

- Jungkook! Acorda! – digo o sacudindo

- Para Taehyung! Deixa eu dormir – ele me dá um leve empurrão

- Jungkook! Vai logo! – continuo sacudindo

- Ai Tae.. – sua voz soa cansativa, ele não se dava o trabalho de abrir os olhos. Pra eu parar de o incomodar, ele passa sua mão em minha boca, mas ao sentir meus lábios, que eram diferentes aos de Taehyung, ele acorda assustado.

- Jimin? A-ah, você ainda está aqui

- É, você e Taehyung dormiram, eu tive que ver o filme sozinho

- Que horas são?

- Agora... 22:30

- JÁ? – seu rosto cansado agora se transformou em assustado

- Pois é... Eu vou pra casa, você consegue se virar com o Tae?

- Ah, sim. Tchau Jiminnie – ele me dá um abraço, coisa que ele nunca faz – até amanhã

- Até...

Abro a porta e saio


Notas Finais


Então, espero que tenham gostado e desculpem os erros
Até o próximo capítulo ;)
Beijos😙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...