História O namorado do meu pai - Mark Got7 - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Got7
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Chen, Jackson, JB, Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, JR, Jungkook, Kai, Lay, Lisa, Lu Han, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Sehun, Suga, Suho, Tao, V, Xiumin, Youngjae, Yugyeom
Exibições 119
Palavras 1.147
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Hentai, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 12 - A melhor noite da minha vida


*Nick*

 

Eu: pelo contrario, acho eles mais excitantes – NÃO CREIO Q EU DISSE ISSO

 

???: interessante – ele me olha com olhar malicioso – quer alguma bebida?

 

Eu: quero – wtf? Eu nem bebo, oq deu em mim?

 

???: não foge, já volto – ele me dá um beijo no pescoço e vai em bora.

 

Rosé: quem era ele?

 

Eu: não sei, mas quero descobrir.

 

Rosé: tá, to indo, se precisar de alguma coisa só chama tá?

 

Eu: tá, chama a Maddu porfavor?

 

Rosé: claro – ela foi em direção a Maddu que dançava com o Yoongi

 

Maddu: migaaaaaaa, eu vi tudo, fala ai, ele tem pegada?

 

Eu: calma ai, tem

 

Maddu: mel deoz, minha miguinha vai desencalhar, to tão feliz – ela colocou a mão na boca fingindo que ia chorar

 

Eu: também não é assim, eu nem sei quem ele é

 

Maddu: tira a mascara dele

 

Eu: tá loka? Não – ele tava vindo – tchau, ele tá vindo

 

Maddu: tchau, faz oq eu disse – eu não ia fazer isso.

 

???: oie – ele disse me entregando o copo com a bebida

 

Eu: oie – eu disse virando o copo de um vez

 

???: calma – ele disse rindo. Começou a tocar uma musica muito barulhenta – vamos sair daqui?

 

Eu: vamos – eu puxei ele pelo braço até a beira da praia (aquele lugar onde vc vai andando e as ondas molham os seus pés) começamos a andar na direção oposta do hotel

 

???: então – ele começa a coçar a nuca de nervoso – vc estuda na escola que tá fazendo um passeio aqui?

 

Eu: sim, e vc? – ele pensou um pouco antes de responder

 

???: vai ficar sem saber.

 

Eu: quero saber quem vc é – disse fazendo voz manhosa.

 

???: o mistério é mais excitante – ele sussurrou no meu ouvido, me fazendo arrepiar.

 

Eu: v-vamos andar mais um pouco – eu disse e ele concordou.

 

Ficamos jogando agua um no outro, e fazendo brincadeiras.

 

???: vem – ele me puxou pra uma plataforma de salva-vidas que tinha lá e me ajudou a subir, ficamos sentados na plataforma, ele me puxa pra deitar em seu peito, e ficamos olhando o nascer do sol.

 

Eu: é lindo de mais

 

???: sempre fazia isso comeu pai quando morava em Las Vegas

 

Eu: vc morava em Las Vegas?

 

???: sim, por que?

 

Eu: lá é minha cidade natal

 

???: coincidência

 

Eu: é, muita – depois de um tempo observando o nascer do sol, eu peguei no sono deitada no peito dele.

 

*Sonho*

 

Eu era criança e estava em Las Vegas brincando na areia da praia, até que chega um garoto com traços orientas e fica me encarando.

 

Eu: quem é você?

 

???: quem é você?

 

Eu: para de me imitar

 

???: posso brincar com você?

 

Eu: pode – ele pegou os brinquedos dele e começamos a fazer um castelo de areia. – ficou incrível, bom trabalho companheiro - fiquei com a coluna reta e estendi a mão para o mesmo apertar, ele olhou minha mão e corou olhando pro lado – ei, não fica com vergonha, somos amigos agora.

 

???: serio?

 

Eu: sim – ele me abraçou, eu fiquei parada, não sabia como reagir então retribui o abraço.

 

???: qual seu nome amiga?

 

Eu: Nicole Collins, e o seu?

 

???: vamos brincar de outra coisa

 

Eu: pega-pega, tá com você – sai correndo olhando pra trás pra ver a distância que ele estava de mim, até que eu caio no chão e bato a cabeça.

 

???: NICOLE – ele grita correndo na minha direção

 

*Sonho*

 

???: ei, menina misteriosa, acorda – ele disse me dando beijos na bochecha e no pescoço.

 

Eu: quanto tempo eu dormi?

 

???: meia hora

 

Eu: que horas são?

 

???: são 10 da manhã

 

Eu: POTA QUE PARIU

 

???: que foi?  

 

Eu: tenho que ir para o meu dormitório.

 

???: eu te levo.

 

Eu: não precisa – digo me virando para ir em bora mas ele segura meu pulso

 

???: espera – eu me viro para ficar de frente pra ele – preciso de uma coisa antes – eu ia perguntar o que era essa coisa mas não deu tempo, ele me beijou, no inicio eu me assustei mas depois eu cedi, ele pediu passagem com a língua e eu cedi, o beijo foi bem demorado, nos separamos pela FILHA DA PUTA DA FALTA DE AR AI QUE ODIO – agora sim, tchau garota misteriosa.

 

Eu: tchau garoto misterioso. – sai correndo em direção ao quarto da Maddu. – MARIA EDUARDA – entrei batendo a porta do quarto, a cobra não tava lá, deve tá dando o cú por ai, vida de puta sabe como é né.

 

Maddu: QUE É CAPETA – ela acorda assustada.

 

Eu: adivinha – eu digo sorrindo.

 

Maddu: o que?

 

Eu: aish vc é mt lerda msm – digo e ele me olha com carinha sequisi e eu retribuo o olhar – vem vamos chamar as meninas – digo puxando ela pelo pulso em direção do quarto da Jisoo – no 3. 1, 2, 3 – nós abrimos a porta com tudo

 

Eu/Maddu: KIM JISOO ACORDAAAAAAA – a gente pulou em cima dela, que fez ela jogar a gente pra fora da cama dela.

 

Jisoo: PORRA TU QUER ME MATAR CARALHO?

 

Maddu: boa noite pra vc também

 

Jisso: boa morte – ela saiu correndo atrás da gente com um olhar de demônio com um travesseiro na mão, nós entramos no quarto da Jennie e trancamos a porta.

Jennie: o que vcs tão fazendo aqui? – eu e a Maddu fizemos um sinal pra ela ficar quieta.

 

Eu: vem – eu disse sussurrando pra Jennie, saímos do quarto dela e fomos em direção ao quarto da Rosé, entramos e trancamos a porta, disse pra elas ficarem quietas enquanto eu ia no quarto da Lisa. Entrei no quarto da Lisa e levei ela até o quarto da Rosé. – silencio – eu sai e fui até a Jisoo. – vem – puxei a Jisoo pelo braço e levei ela até o querto da Rosé. – tá, seguinte, não tem aquele cara que tava comigo ontem na festa? – elas concordaram – então, depois que saímos da festa ele me levou pra andar na praia, e nós ficamos brincando e talz. Ai ele me leva pra uma plataforma de salva-vidas e ficamos observando o nascer do sol, eu pego no sono e ele me acorda – eu suspiro – e ai ele me beija, foi o melhor beijo da minha vida.

 

Lisa: Nick vai desencalhaaaaaaar

 

Maddu: quero ser madrinha dos filhos

 

Jennie: e eu do casamento

 

Rosé: eu organizo o pedido de namoro

 

Jisoo: eu quero ser dama de honra

 

Eu: CALMA, eu nem sei quem ele é.

 

Maddu: a gente vai te ajudar a descobrir

 

 

*Mark*

 

Eu tava cansado, depois daquele beijo, eu meio que de repente fiquei feliz. Não ia voltar pro meu dormitório pra Nicole me tirar essa felicidade, então fui pro quarto do Nam. Entrei sem bater mesmo e me joguei na cama ao lado da dele.

 

Nam: fala ai o que aconteceu, onde vc foi depois da festa

 

Eu: eu simplesmente fui ter a melhor noite da minha vida 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...