História O Nascer do Sol - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Arthur Weasley, Bellatrix Lestrange, Dino Thomas, Dolores Umbridge, Draco Malfoy, Fred Weasley, Fred Weasley Ii, Gina Weasley, Gui Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Jorge Weasley, Lilá Brown, Lucius Malfoy, Luna Lovegood, Narcissa Black Malfoy, Neville Longbottom, Pansy Parkinson, Parvati Patil, Percy Weasley, Ronald Weasley, Simas Finnigan, Sirius Black, Theodore Nott, Tom Riddle Sr., Viktor Krum
Tags Dramione, Harmione
Exibições 57
Palavras 3.688
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oiiii, gente eu ia escrever mais nesse capítulo, mas eu tinha que postar logo então no próximo será parte 2, eo maior capítulo até agora bjs....

Capítulo 15 - Pessoas complicadas


Pov Draco

Acordo de manhã, porque eu deixei aquela janela merda aberta, o sol fica sempre batendo na minha cara, vejo no despertador que ainda falta um hora pra aula começar. Levanto e tomo um banho, parece que começou a chover.

Saio do banheiro e visto minhas vestes, cara pra que tanta roupa, isso atrapalha quando agente que dá uns pega, acho que é por isso que a escola que, que agente nos vista como freiras. Só pode, só pra atrapalhar.

Saio do quarto e vou atrás daquele nego.

(N/a- não é nego, e afrodescendente.

Draco- Lá veim.

Draco- não chamo ele de nego tipo tendo algum tipo de preconceito, eu odeio esse tipo de coisa.

N/a- tô muito orgulhosa de você draco.

😂😂😂😂😂😂 Já não tem preconceito com isso, só falta mudar sua arrogância, blasfêmia, se achar.....

Draco- se liga eu nunca tive preconceito com isso.

N/a- só se for só com isso não é?

Draco- o que você está insinuando?

N/a- o seu jeito de achar que as mulheres são objetos?

Draco- você só tá falando isso porque sexta feira passada eu não te liguei.

N/a- cala tua boca, seu merdinha.

Draco- eu preciso voltar a narrar.

N/a- você ainda vai se apaixonar e sofrer a dor do amor.

Draco- só que não, o que te faz pensar isso?

N/a- nada me surpreende mais, depois que o Trump ganhou as eleições do estados unidos tudo é possível.

Draco- pois fique sabendo que sua tese é um completo fracasso.

N/a- fracasso ou não, nada e impossível).

Entro no  salão comunal da Sonserina pela porta que existia no dormitório dos monitores, e vejo ele.

Draco- fala seu merda.

Falei já fazendo o nosso aperto de mão sincronizado.

Blás- Fala seu viado.

Draco- tu já comeu hoje?

Falei me sentando em um dos sofás da Sonserina.

Cara eu tava morrendo de fome.

Blás- olha sinceramente comer pra valer não deu.

Falou ele se sentando no sofá a minha frente.

Draco- tô falando se tu já tomou café da manhã seu merda.

Blás- não, não tomei ainda seu merdinha.

Draco- pois então vamo antes que minha fome me mate.

Blás- bora, nem sei porque agente se sentou.

Passamos pela porta e fomos diretamente para o salão comunal enquanto no caminho discutirmos sobre isso:

Blás- duvido você dá mais sarrada no ar nas garotas do que eu.

Draco- Qualquer garota?

Blás- não, eu escolho as suas é você escolhe as minhas.

Draco- cara negócio da sarrada tem que ser rápido, como tu vai Falar pra me qual e a garota?

Blás-Assim.

Falou ele abrindo a mão e fechando ela.

Draco- como é que eu vou saber qual ea garota?

Blás- af tu é muito lerdo sabia?, Quando tu tiver perto de uma garota

Aí eu faço o sinal.

Draco- tá bom é nós vamos ganhar o quer com isso além de ficar sonhando em trepar?

Blás- calma jovem, nem deixou eu terminar, se eu perde te dou 30 libras, se você perder você me paga 30 libras.

Draco- pode dar a deus ao seu dinheiro fi.

Blás- só que não, eu sarro a mais tempo que você, seu merdinha.

Draco-  Querido eu sou o mestre das sarradas, você é quem vai perder aqui.

Blás- só se for nós seus sonhos.

Entramos no salão comunal e se sentamos na mesa da Sonserina,

Botei alguns bacons e outras coisas.

Cara agente vai acabar com a Grifinoria na quinta.

Draco- ei blás a seleção de quinta já foi escolhida?

Blás- parece que já, mas com certeza eu tô nela.

Falou ele comendo bacon.

Draco- eu concerteza é que estou nela.

Falei comendo e butando uns trinta bacons na boca.

Existe uma competição de futebol na escola às casas sempre ganham pontos e taças pra quem tiver mais pontos no final.

A porra do capitão era o Theodoro, mas ele ainda não voltou de uma viagem que ele foi fazer pra sabe meu cu aonde.

Então quem fazia a seleção de quem ia jogar era um garoto chamado: Jessie, espero que a tática pra ganhar daquela coisa da Grifinoria funcione. A última vez que ganhamos uma taça de futebol foi no 3° ano depois disso não ganhamos mais.

Blás- ei!.

Falou ele uns 15 minutos depois que agente tinha começado a comer.

Draco- que foi?

Blás- e melhor agente ir pra aula do snape logo.

Draco- olha ele se preocupando em passar de ano.

Blás- cara, só quero ir pra ver ele Sá cania com o pessoal da Grifinoria.

Draco- explicado, esse seu interesse todo pela aula.

Draco- vamo.

Falei me levantando da mesa e me dirigindo para a porta principal.

Viramos a porta de madeira.

Blás- já tá valendo o lance da sarrada.

Draco- vai pode falar logo a "vítima" que tu que.

Blás- tá vendo aquelas duas meninas ali no corredor?

Draco- sim.

Falei parando no corredor e me esforçando.

olhei para duas meninas que reconhecir ser da Corvinal, não eram tão feias.

Blás- pode escolher uma das duas.

Draco- ok

Falei andando até a que estava mais perto ou seja a que estava escorada na parede e virada para trás.

Botei minhas mãos meio que nas pernas e meio que empurrei meu quadril para frente à menina que estava de costas pra me virou assustada sem saber o que fazer, acho que ela não entendeu que foi sarrada.

Riu com esses pensamentos e me afasto das garotas indo até onde blás estava no outro corredor, ele estava observando tudo sua cara era de quem tentava controlar o riso que estava quase transbordando em sua cara.

Blás- o mais legal foi a cara dela.

Falava enquanto ria

Draco- ela não entendeu que eu tinha sarrado ela.

Falei rindo.

Draco- mas acho que a amiguinha dela entendeu.

Estava quase chorando.

Estávamos perto da sala de aula, só pelo frio da porra do ar condicionado já dava pra saber, gosto do frio é ele que faz agente querer se esquentar.

(Talvez sexo, CLARO que não).

Entramos na sala e quase todo mundo já havia chegado.

Me sentei no fundão onde era a minha predominância.

E comessei a falar com o Blásio que estava ao meu lado.

Draco- você vai ver eu vou escolher uma garota bem bonitinha.

Blás- olha que a vingança vem bem rapidinho.

Draco- que tal se por acaso a Daniela aparecesse e eu escolhesse ela?

Blásio Zabine iria se fuder porque se tem uma coisa que ele detesta ea Daniela, ela é doente pelo Blásio se ele fizer uma sarrada nela, pra ela vai ser um pedido de casamento.

Blás- cara se tá louco né?, Pelo amor do seu ovo, não manda fazer sarrada nela!

Pansy- sarrada?, O que é que os dois idiotas tão aprontando agora?

Falou ela com uma cara de curiosidade e cansaço, se sentando atrás da gente.

Pansy era só minha amiga embora eu soubesse que ela tinha uma paixonite aguda por me.

Mais sempre deixei claro pra ela que nunca se um dia agente se pegasse de novo eu nunca ia querer algo sério.

Pansy- já sei.

Fez uma cara de quem já sabia a cagada.

Pansy- vocês apostaram o Que?

Blás- dinheiro

Pansy- ea aposta é de que?, Não me diga que é quem da mais sarrada?

Falou ela virando a cara pra me.

Draco- acertou, agora que o Nobel de maior trambiqueira vidente de todos os tempos?.

Pansy- cala tua boca seu merdinha.

Blás- vão se comer pra acalmar por favor.

Draco- olha pansy já vou logo te avisando que vai ser só curtição.

Pansy- vai a merda eu nunca transaria com você.

Blás- nossa Draco a sua primeira vez com ela foi tão ruim assim?.

Pansy- cala tua boca.

Sim fui eu que tirei a virgindade dela.

Blás- só tô falando se a sua primeira vez foi tão ruim assim, pra você ter tanto medo de transar com o Malfoy.

Draco- Pelo menos a pansy não é uma Daniela, por que aquela menina parece gostar de uma transa bem ruim pra gostar de você.

Merecia até aquele meme do óculos

Tantanran tan tarantan.

Pansy- com essa eu ia pro dormitório ou melhor voltava pra casa.

Blás- vocês dois são uns merdas, porque eu ainda sou amigo de vocês?.

Draco- porque você também é um merda.

Só ouvi o estralo da porta se abrindo eo Snape chegando.

Falando não querer conversinhas é

Blá blá.

Só reparei quando a ladrazinha da Granger a levantou a mão.

E o snape comessou a dar uns toques de fora nela.

Eo o Blásio ea pansy comessamos a rir.

Pansy- vai snape arranca o pescoço dela.

Falava a pansy num tom baixo que só eu eo blás conseguimos entender.

Estávamos dando risinhos baixos.

Depois de uma explicação que eu não prestei atenção.

Só a vistei a Granger eo Potter pobre

A levantarem as mãos.

E Snape da outro fora legal, mais aí ele passou um trabalho.

( Filho da******)

Ia me fuder, não tinha muitos amigos inteligentes, então ia fazer mais merda do que eu faço.

Blás- aí Draco arruma uma menina que seja nerd pra gente.

Draco- é qual eo seu plano infalível?

Pansy- você por acaso não entendeu ainda?, Ele Quer que você use uma garota bem nerd pra ela fazer o trabalho pra vocês.

Falou ela virando a cara pra gente e se voltando pro caderno.

Draco- num creio que vô ter que ficar indo atrás de nerd.

Blás- é melhor cara.

Pansy- vocês não podem nem considerar a ideia de fazer o trabalho?

Blás- não

Draco- não 2

Falamos.

Pansy- eu vou ficar com a pessoa mais inteligente que eu pegar.

Draco- porque você não faz o trabalho com agente?.

Falei dando o meu sorriso sedutor pra ela.

Pansy- você tá achando que eu sou idiota é?, Você só quer eu na dupla pra fazer o trabalho sozinha.

Draco- claro que não nunca faríamos isso.

Falei com uma cara de magoado.

Pansy- nem veim, além disso o trabalho e em dupla.

Blás- nos somos sonserinos ele abriria

Uma exceção.

O Blásio acha que a pansy e idiota mermo.

Blás- por favor pansyzinha do meu coração.

Vou entrar na onda dele.

Draco- se você ficar na nossa equipe eu prometo que vamos ajudar.

Ela olhou pra me como quem disse se: tá me achando demente?.

Pansy- tudo bem, mas se vocês não fizerem nada eu saio dessa porra, é arrumo nerd pra fazer o trabalho pra me, é aí vocês dois se ferram.

Pansy não era tão inteligente, mais era mais do que eu é Blásio juntos.

Só pra você ver o meu cérebro amigo.

Blás- você não vai se arrepender.

Pansy- e melhor que eu não me arrependa mesmo.

-Silencio!...........

Puta que pariu mais que porra.

Mandei o papelzinho pro Blásio.

Aquela porra do Snape já manda um trabalho merda e ainda ele que vai escolher as porra das duplas.

Blás- carraio já tava tudo arrumado, aí veim esse merda e decide escolher essa porra.

Escreveu blás no papel que passou na pansy e depois veio pra me.

Logo depois pansy estáva com a cara no caderno escrevendo alguma coisa.

Pansy- depois ele reclamam que não somos organizados.

Falou ela passando o papel pra me é depois blás.

Fizemos Sim com a cabeça.

Tava tudo tão bem até o s.r merdinha inventar o trabalho.

Aí ele começou a fazer mais merda.

primeiro foi o testa rachada e Gina.

Blás- acho que agora ele perde o cabaço.

Draco- do jeito que ele é e bem capaz que não, a Gina pode estar nua e pronta pra dá é ele vai dizer que vai infringir mais de 389 regras e blá, embora eu ache que ela não queira nunca ia querer, mas a Pansy pegaria né? Se ela ficou com o Emanuel ela fica com todo mundo.

Eu eo blásio estávamos nós segurando pra não ter um Ataque.

Pansy- vocês são dois dementes.

Continuamos rindo baixinho.

Até o nome do blás chegar nessa porra.

pansy- quem é que tá rindo agora?

Falou ela baixinho.

Blásio estava com uma cara bem fudida de raiva.

Pansy- vou falar pra Daniela que você tá fazendo trabalhos com garotas que não sejam eu.

Blás- cala boca.

Ela ia infernizar ele, pronto era o fim da paz do blás, ela uma vez descobriu que o blás tinha transado com uma garota. Quase que a menina foi parar na enfermaria.

-  Neville Longbottom e Pansy Parkinson.

Blás- parece que o jogo virou não é mesmo?.

Draco- se fudeo pansyzinha.

Pansy- cala boca blás, e você draquinho não contaria tanta sorte antes da hora.

-Hermione Granger.

Coitado de quem for ficar com esse ser insignificante.

É Draco Malfoy.

Mais que porra é essa?

Eu ouvi direito?

Blás- cara eu tô até me sentindo bem melhor depois que você tirou a Granger.

Pansy- eu também, faz eu sentir que não eo fim da minha vida ter ficado com aquele retardado.

Falou ela com a voz sonhadora.

Draco- vão cagar seus merda, já basta essa porra.

Falei com raiva.

Quero morrer.

Caraio.

É então a Granger ficou me encarando.

É eu fiz cara de paisagem.

Acabou aquele negócio que se chama de aula.

Eu saí Dá sala junto com o blás, a Pansy foi a outro lugar.

Estava saindo quando vi o santo Potter parado num corredor olhando uns papéis idiotas.

Draco- vamo da uma aterrorizada de leve?.

Blás- vamo.

Chegamos perto do Potter e eu joguei minha mão nos montes de papéis que ele estáva segurando, de modo que todos voaram ficaram no ar.

Draco- gostou das duplinhas Potter?

Harry- Tanto quanto você seu idiota.

Falou ele tentando pegar os papéis que agora estavam no chão.

Blás- olha como você fala com seus superiores.

Harry- só se for superiores da idiotice.

Draco- sério?, Você que levar um corretivo?.

Harry- é você que vai levar uma surra.

Blás- tá pedindo com misericórdia, bate nele Draco.

Hermione- Harry?

Falou aquela ladrazinha pegando os papéis que estavam no chão.

E chegando é dando para o Potter as folhas que tinha pegado.

Hermione- vem Harry, vamos.

Falou ela me encarando é passando o braço pelo do Potter e puxando ele pra frente.

Aí foram logo surgindo, a lora eo esquisito que se juntaram com eles desaparecendo no corredor. O santo Potter ainda olhou um pouco para trás.

Draco- logo agora que tava ficando interessante.

Pov Hermione.

Sinto o sinal tocar é percebo que a aula acabou, estava com raiva queria que Snape volta-se para o seu buraco imundo.

Falei com Harry durante a aula, ele acha que Snape não vai mudar de ideia então

Por isso ele saío da sala assim que o sinal tocou.

Ficou na sala somente eu Neville e luna. Nós nos levantamos indo em frente à mesa do professor.

Snape- querem falar alguma coisa?.

Falou ele sentado em sua mesa.

Hermione- professor Snape queriamos perguntar se o senhor não podia mudar as duplas.

Snape- Não estava prestando atenção na aula?, Sem objeções.

Falou ele pegando a caneta e anotando alguma coisa no papel.

Luna- mais professor não iremos conseguir fazer um bom trabalho se estivermos com eles.

Snape- é por que não conseguiriam?

Neville- digamos que não temos um relacionamento muito bom com sonserinos.

Fudeo, Neville seu burro. Dei um olhar de repreenção pra ele.

Snape- o que você quis dizer com isso?

Neville- só que não nos damos bem com eles professor.

Falou ele já com um pouco de nervosismo.

Snape- Vão embora,. AGORA!. Falou ele com seu tom desprezível.

Voltamos a nossas cadeiras pegamos nossas bolsas e fomos embora o mais rápido possível.

Neville- aí!

Falou Neville parando no meio do corredor.

Luna- oque foi Neville?

Neville- acho que o zíper da bolsa ficou preso na minha roupa.

Luna- fica parado.

É luna começou a tentar tirar o zíper da roupa dele.

Hermione- vou procurar o Harry. Falei continuando à andar.

Luna- ok.

Neville- aí luna!

Luna- desculpe.

Ouvi isso ao longe quando estava dobrando o corredor.

Não creio, não posso nem virar o corredor direito que aqueles dois já estão quase se matando, eu mataria o Malfoy se eu pudesse.

Hermione- Harry.

Tinha algumas folhas espalhadas no chão então juntei todas é percebi que eram suas anotações.

Estendo suas anotações e ele pega juntando todas.

Passo meu braço pelo seu.

Hermione- vem Harry vamos.

Puxo ele é começo a andar.

Logo luna e Neville nos alcançam.

Harry- eu tô me segurando.

Sua cara tava bem ruim.

Hermione- não vale apena você vai encostar suas mãos limpas? Vão ficar imundas já pensou se você fosse puxar aquele cabelo engordurado?.

Luna- Hermione tem razão Harry suas mãos vão ficar cheias de óleo.

Todos nós estávamos rindo que nem retardados.

2 dias depois

Harry- então?

Hermione- o que?

Harry- ele já veio falar com você?

Luna- são vocês mesmo?, Por que burros vocês não são.

Neville- Malfoy nunca vai vim atrás dela, ela é que vai atrás dele.

Luna- Neville tá com razão.

Estávamos sentados em poltronas perto da laleira no salão comunal eu e luna estávamos no chão segurando um travesseiro e apoiando as costas nas poltronas, já os meninos estavam sentados nas poltronas onde agente estava sentada, conversando sobre como os nossos integrantes das nossas duplas eram insignificantes.

Hermione- é algum dos senhores gostosões  já apareceram pra fazer o trabalho?.

Luna- não

Neville- não 2

Harry- não 3

Hermione- parece que eu vou ter que ir atrás do Malfoy mesmo.

Luna- eu não quero ficar no mesmo ambiente que aquele negócio.

Hermione- nem eu.

Harry- tive uma ideia.

Neville- qual?

Harry- vamos marcar o dia pra fazer o trabalho na biblioteca sempre lá na biblioteca, marcamos no mesmo dia que todo mundo aí ninguém fica sozinho lá.

Luna- boa idéia.

Neville- já agradeço.

Hermione- aquele seboso tinha que colocar agente com aqueles...

Luna- filho da puta?

Hermione- pode ser.

Neville- vocês vão pra casa no feriado?, Eu vou.

Luna- também tenho que ir.

Hermione- eu é o Harry vamos.

Harry- agente pode fazer uma visita pro Hagrid quando voltar.

Neville- tomara que ele tenha aprendido a cozinha melhor.

Luna- Neville!.

Falou ela dando um tapa na cocha dele.

Neville- só tô falando a verdade, ele cozinha muito mal.

Hermione- pelo menos ele se esforça.

Harry- de uma coisa vocês podem ter certeza ele cozinha melhor que a Hermione.

Falou ele num tom de cochicho e botando a mão do meu lado impedindo deu ver sua boca se menchendo.

Hermione- ei!, eu escutei.

Hermione- isso é mentira eu sei cozinhar muitas coisas.

Hermione- arroz, macarrão,feijão, ovo, bolo .

Harry- isso é o básico, não é me gabando nem nada mas eu sei cozinhar muito bem.

Hermione- eu me esforço!

Harry- não se esforça não, quando mamãe tá cozinhando você vai e logo pra mesa.

Hermione- olha Harry quando agente for morar nos estados unidos pra fazer a faculdade de Hogwarts lá você vai ficar encarregado de fazer a comida, a faxina, tudo que você quiser.

Harry- então você vai me explorar?, Acho que não.

Falou ele indo pro chão e ficando em cima de me é me fazendo cosquinha.

Meu corpo tremia era dor misturada com alegria.

Harry- quem é o melhor cozinheiro do mundo Hermione?.

Falou ele fazendo mais cosquinhas em me.

Hermione- eeeuu.

Falei com o pouco de voz que tinha.

Harry- errado.

Falou ele intensificando as mãos nos meus pontos sensíveis. Apoiava minhas mãos em seus ombros, mais ele era mais forte.

Hermione- porrr faaavoor hharry

Harry- fale a resposta.

Hermione- você.

Falei é ele parou de fazer cosquinhas.

Harry- eu oque?

Hermione- é mo nerdão.

Falei empurrando ele é correndo até atrás da poltrona do Neville, ela é Neville não estavam mais lá.

Hermione- ue cadê eles?. Falei um pouco abatida por causa da falta de ar.

Harry- devem te ido dormir.

Hermione- sem nem dizer boa noite?.

Harry- pois é, nosfa Que agressivos.

Harry- vamos dormir também?

Hermione- você vai na frente, pode ir eu vou ficar bem atrás de você.

Falei isso é ele riu, não estava preparada  o suficiente pra outro ataque de coxcegas.

Subimos as escadas no final do corredor dos dormitórios da Grifinoria, até chegar no em frente ao nosso quadro.

Harry- florestal.

Entramos no nosso dormitório mas quando eu passei, Harry me puxou de frente e comessou a fazer coxcegas de novo.

Hermione- hhhaarry poorr ffavorr.

Harry- você disse que eu era o que?

Hermione- mmmuitto bbbom na cozinhaaa.

Harry- acertou. Falou ele parando de fazer coxcegas em me.

Hermione- é também é mó nerdão.

Saí correndo, é ele veio atrás de me fechei a porta em sua cara.

Harry- Hermione,Hermione você tá abusando da sorte.

Ele estava encostado em minha porta.

Hermione- Harry eu preciso dormir, vai pro seu Quarto.

Harry- quando você menos esperar eu vou fazer coxcegas pode ter certeza.

Comessei a rir.

Hermione- ok, boa noite.

Falei abrindo a porta onde ele estava parado.

Harry- boa noite.

Hermione- sonha comigo viu.

Harry- aí não vai ser uma boa noite.

Dei um tapa no seu ombro, ele começou a rir.

Harry- espera deixa eu terminar, vai ser uma noite maravilhosa.

O tom de sua voz na frase: vai ser, foi o tom muito sarcástico.

Hermione- tchau.

Falei dando um beijo em sua bochecha e fechando a porta.

Tomei um último banho e me deitei na cama.

Mais a minha perna começou a doer.

Outro efeito da minha querida escada, tinha fraturado muitos ossos então essas dores talvez nunca passassem pelo menos foi o que o médico disse.

Me a levanto e abro a minha cômoda.

Tiro de lá uma bolsinha azul, onde continha muitos remédios que talvez eu nunca pare de tomar.

Pego uma cápsula e boto na boca

Pego minha garrafa dágua e bebo junto com o remédio, minha perna lateja é eu me sento na cama, não é tão ruim sentir essas dores, elas fazem eu me lembrar de uma coisa que eu quero esquecer, mais eu não posso.

Ela vai pagar, mas eu não sei como começar.

Com esses pensamentos me deito e durmo.

Acordo-me com o despertador, bato no botão e me levanto para o banheiro.

Visto minhas roupas e saío do quarto entrando na sala.

Harry- está numa escrivaninha escrevendo ou estudando, me sento no sofá e ligo a televisão.

Harry- bom dia dorminhoca.

Hermione- bom dia.

Botei num canal onde estava passando um filme de terror.

Harry- veio se sentar comigo no sofá.

Harry- terror Hermione?

Hermione- uhum

Harry- bota na fox pra vê se tá passando Simpsons.

Hermione- não tá eu marquei, é e na hora da aula.

Falei desanimada.

Harry- af, mas vai ter de tarde né?

Hermione- só de noite.

Harry- e melhor você ir comer no salão logo.

Hermione- você já foi?, Seu cretino nem Me espera.

Harry- acorde mais cedo e você terá o prazer da minha companhia.

Hermione- é melhor assim mesmo, poque de prazer a sua companhia não tem nada.

Harry- aí essa doeu no coração.

Falou ele botando a mão no peito

Hermione- eu já vou, talvez luna aínda esteja lá me esperando.

Me a levantei e saí do dormitório pelo quadro da frente.

- bom dia.

Hermione- bom dia.

Fui andando até o salão principal, parece que eu vou ter que ir atrás daquele merda, pra fazer o trabalho.

Quem é que tem os genis tão ruim assim pra da o snape?.

Fui mesa da Grifinoria é me sentei, nenhum dos meus amigos tinha vindo comer.

Começo a comer até que alguém se sentar de frente pra me.

Cormago- bom dia.

Hermione- bom dia.

Cormago- cadê seus amigos?

Hermione- cadê os seus?

Cormago- comeram antes de me.

Hermione- você tá fazendo cosplay de me.

Cormago- nem o Harry?

Hermione- nem ele

Continuava a comer.

Cormago- você tá livre esse final de semana?

Mas oque ?

O que ele queria com essa pergunta.

Hermione- não, vou pra casa, porque?

Cormago- eu ia te convidar pra sair comigo.

Falou ele diretamente direto.

Acho que estou vermelha.

Cormago- tenho que ir, tchau.

Ele se levantou e foi embora.

Um garoto me chamou pra sair como assim?

Acabei meu lanche e voltei pro dormitório, abri o quadro da menina bonita e passei vi que luna estava sentada no sofá então falei entrando logo.

Hermione- luna você nem sabe o que aconteceu o Cormago acabou de me chamar pra sair acredita?.

Parei de falar assim que vi Harry e Neville saindo do quarto, droga.

Harry- quem foi que chamou você pra sair?

Hermione- am, ninguém não nada de importante.

Harry-Você acha que eu sou surdo?

Hermione- eu não aceitei.

Harry- quem foi?

Hermione- ninguém.


Notas Finais


Bjs lindos do meu coração....


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...