História O Nascer do Sol - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Arthur Weasley, Bellatrix Lestrange, Dino Thomas, Dolores Umbridge, Draco Malfoy, Fred Weasley, Fred Weasley Ii, Gina Weasley, Gui Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Jorge Weasley, Lilá Brown, Lucius Malfoy, Luna Lovegood, Narcissa Black Malfoy, Neville Longbottom, Pansy Parkinson, Parvati Patil, Percy Weasley, Ronald Weasley, Simas Finnigan, Sirius Black, Theodore Nott, Tom Riddle Sr., Viktor Krum
Tags Dramione, Harmione, Hermione
Visualizações 255
Palavras 576
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Eai ???

Capítulo 2 - Mão de terra


Fanfic / Fanfiction O Nascer do Sol - Capítulo 2 - Mão de terra


Após algumas semanas depois da visita da bela mulher que se casaria com seu pai, Hermione já não se sentia muito bem com a presença dela. Fizera à chamar de mãe sem a mesma ser. E já não sentia que a mulher que se apresentou no almoço fosse realmente verdadeira, estava brincando com suas bonecas quando ao longe ouviu um barulho de alguma coisa se quebrando, correu para vê Cláudia que era à governanta da casa , é quem praticamente tinha a criado tecnicamente era como se fosse sua segunda mãe, foi correndo um pouco de pressa à cozinha quando aos fundos viu Cláudia ajudando a despachar uma caixa e levando para à antiga casa do jardineiro, e perto da caminhonete onde Cláudia ajudava pegando caixas uma mulher ruiva brigava e apontava para um menino de cabelos pretos que parecia muito desapontado ao lado dele estava um caixa que parecia estar cheia vasos e xícaras que agora jazia no chão quebradas em sincronia o sol batia nos cabelos vermelhos e sua cabeça flamejava ela aparecia está nervosa é ele parecia está triste de cabeça baixa e segurava em sua mão um carrinho de brinquedo enquanto escutava a mulher lê dizer:
- Harry você está louco você podia estar machucado e quebrou todo o conjunto de chá da vovó, saia da qui vai brincar em outro lugar, vai. falou a mulher com um pouco de raiva e preocupação. Enquanto o menino ia para o outro lado do imenso jardim que mais parecia um labirinto verde. Enquanto Hermione observava A mulher que logo reapareceu e ressurgiu com um homem e logo ela eo rapaz estavam despachando as caixas da camionete e logo estavam sorrindo um para o outro, até Cláudia pegar em seu ombro e tirar ela do seus devaneios.
- o que foi querida?
- quem São eles?
- são os novos empregados da casa, aquela mulher ali e a Lilian eo marido dela eo Tiago, ela vai trabalhar com migo na cozinha é ele vai ser o jardineiro
- e aquele menino?
- eo o filho o deles Harry. Respondeu Cláudia com um sorriso no rosto.
- eles vão morar aqui?
- sim, você poderia brincar com ele.
- ele não tem muitos amigos agora que se mudou pra cá
- tudo bem. Falou se dirigindo a seu quarto, era legal ter alguém pra brincar de vez enquando em quando.
Havia dois dias que os novos membros do jardim haviam se mudado, Hermione ainda não tinha falado com o menino de óculos redondo é cabelos muito preto, estava desenhando em seu quarto na escrivaninha em frente à janela que se via o jardim dos fundos da mansão, o vento em seu rosto batia em seus cabelos castanhos, mas quando foi se esticar para pegar um lápis que estava lonje de seu ao canse, de repente o vento levou seu desenho indo direto para o jardim.
-ah não!
Ela correu o mais rápido que pode para o jardim, foi correndo Até que viu seu desenho nas mãos de um menino de óculos e cabelos pretos.
- e seu?
- sim, disse pegando o meu desenho
- e muito bonito, disse ele
- obrigada.
- como é seu nome?
- Hermione Granger
- prazer eu sou Harry Potter
é ele estendeu a mão, mas estava suja de terra
- ah me desculpe
- não Tudo bem . Ela sorriu e apertou a mão do menino mesmo estando suja.


Notas Finais


:O:O:O:O:-D;-)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...