História O ninja da vila - Capítulo 4


Escrita por: ~ e ~olaclarice

Postado
Categorias Pucca
Tags B1a4, Coréia, Garu, Kpop, Mystic Messenger, Ninja, Orange Caramel, Pucca, Romance
Exibições 91
Palavras 2.752
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Comédia, Crossover, Escolar, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá a todos! Bem-vindos ao seu capítulo semanal de Ninja da Vila!
Tava muito fumada de sono ao escrever esse capítulo, e já de antemão agradeço a minha beta-reader perdão pelos extremos erros de gramática, coesão e coerência do texto. Não sou boa em escrever..
Para quem não sabe o que é Chuseok, o BrazilKorea tem uma explicação legal sobre ele (colocarei o link nas notas finais), e no Sarangingayo (ou em outros sites de kpop por aí) têm umas explicações sobre o que os coreanos fazem nesse dia.
Enfim, sem mais delongas, boa leitura~

Capítulo 4 - Curtindo o Chuseok


Fanfic / Fanfiction O ninja da vila - Capítulo 4 - Curtindo o Chuseok

Um ano tinha se passado desde aquele ocorrido das cartas. Pucca já tinha se acostumado a realidade de não poder ver Garu todo dia, e começou a investir sua atenção a outras atividades e hobbies com a desculpa de “ocupar a cabeça”, senão ela perderia algum parafuso. A jovem havia começado aulas de costura, atuação e dança, porque se interessava na área de moda tanto quanto em culinária.

Já Abyo continuava dedicado em seu treinamento kung-fu, assim como Ching havia continuado o seu treinamento de espadas e havia entrado no clube de esgrima do colégio. O casal, por coincidência (só que não, por parte da garota) faziam aulas de chinês; e Chan começou aulas de japonês, pois se interessava pela língua, e ajudou a amiga dos coques a se adaptar e enturmar nas aulas de teatro e de dança.

E com Yoosung…

 

- Não é justo! Todos os meus sunbaes estão fazendo coisas legais e não posso fazer!

- Mas por que você não pode, Yoosungie? - perguntou Ching, enquanto saboreava sua caixinha de leite de morango.

- Na realidade, ele faz aulas, Ching… Ele entrou na aula de piano e de bons modos, porém ele tem faltado todas. - revelou Pucca, apreciando seu omurice - no momento, ele só faz parte de clubes de jogos e rpg.

- Ching encara Pucca, percebendo que a amiga realmente não perdera seu instinto de investigar a vida alheia, e deu um sorriso.

 

- No que você está interessado, Yoosung?

- Ah noona, se eu pudesse, ficaria jogando o dia todo meu Conte Strike né.

- Isso obviamente não vai acontecer até você se formar do colégio, queridinho...

- Ah, Yoosungie… Uma vez você comentou que gostaria de visitar a cozinha do restaurante, então que tal um dia nós dois irmos lá e vermos como meus tios trabalham?

- Boa ideia Pucca noona! Eu tenho muita vontade de ver como eles fazem aqueles ramens deliciosos! - falou o pequeno, com os olhos brilhando - se pudesse, iria agora mesmo!

- Olha, no momento eles não estão cozinhando ramen, mas eles estão fazendo muitas outras comidas deliciosas pro Chuseok! Podemos ir dar uma olhada neles, se quiser.

- Fechou então!

 

Era temporada de Chuseok, e as ruas da cidade estavam bem cheias. As pessoas aproveitavam os dias de folga para reencontrar parentes distantes e sair com as crianças na rua. Haviam feiras, barraquinhas com comidas e várias outras atividades para pessoas de diversas idades se divertirem. E, aproveitando a oportunidade, Abyo estava com seus sensos mais alertas que o normal. Ele aparecia bem arrumado com seu uniforme novo de kung-fu, e também estava ganhando atenção e uns trocados dos que passavam ao demonstrar suas habilidades (que incluía pirotecnia de nível básico).

Chan também estava ocupado em demonstrar suas habilidades: ele encontrou Abyo por acaso enquanto passeava pelas ruas ao lado de um dos membros do grupo de dança devido àquela excêntrica apresentação. Após terminar a performance foi direto cumprimentar e conversar brevemente com o amigo.

 

- Ah, então é esse o menino que você estava querendo me apresentar, Chansikkie?

- É sim, mas você já deve o conhecer de vista. Ele é da mesma série que você, Seonwoo hyung.

- Ahhh é claro que a gente se conhece, essa peste Seonwoo. - Abyo fala ironicamente enquanto abraça o amigo.

- Olha só quem fala, senhor Lee. Eu não sabia que você e nosso Channie eram próximos.

- Na verdade foi por causa da Pucca, hyung. Nós somos da mesma sala desde que as duas turmas do sexto ano se juntaram… E depois que fizemos uma apresentação na aula de geografia juntos ficamos amigos.

- Mas você está interessado nela, Channie? Depois que o pseudo-namorado dela foi embora já tiveram uns garotos que estão tentando falar com ela.

- Corta essa, hyung haha.. Eu só consigo ver a Pucca como uma irmã, não como mulher… Acho que ficou muito marcado o fato dela correr atrás demais do Garu hyung e não consigo imaginá-la com mais ninguém.

- O que importa mesmo é: você está interessado, Seonwoo? - perguntou Abyo, descaradamente.

- Bem… - ficou avermelhado e cogitou - eu tentaria me aproximar dela agora no Chuseok mas primeiro, com uma abordagem de irmão mais velho sabe.

 

Chan e Abyo se olharam e foi quase como se tivessem falado que sim, ele estava super afim da amiga. Seonwoo percebeu essa conexão, e tratou de se explicar de alguma maneira.

 

- N-não levem isso em outro sentido, ouviram? Eu realmente só a vejo como uma irmã mais nova.

- Entendido, Seonwoo, não se preocupe com isso - respondeu Abyo, abraçando o amigo sorrindo.

- A-aliás, eu e o Chansik estávamos indo atrás dela para que visse nossa apresentação de dança. Se você quiser ir, está mais do que convidado.

- Aish... Quero muito ir, porém preciso continuar aqui as minhas performances, ganhar um dinheirinho para o final do ano, sabe. Mas se eu terminar aqui a tempo, talvez dê pra ir…

- Ah, então estamos toda nessa, Abyo hyung! Preciso de dinheiro pro dia do peppero e pro natal… E antes que vocês me olhem de outra maneira, é porque eu quero dar lembrancinhas para todos!

- Ou… você pode conhecer alguma outra garota até lá que se interesse e gastará tudo com ela, né Chansik!

- É claro que não, Seonwoo hyung! - retrucou Chan - bem, acho que já tá na hora de irmos também, hyung. Temos que encontrar os outros para nos aquecermos.

- Boa sorte para vocês dois, Chansik e Seonwoo!

- Valeu, Abyo! Boa sorte para você também! - acenou Seonwoo, já acompanhando o dongsaeng.

- É, não vai inventar loucura aí com esse fogo, hyung!

 

E, como sempre, Abyo ignorou os conselhos de seus amigos e continuou a fazer suas apresentações como antes.

 

*/*

 

Chan tinha uma suspeita de onde poderia encontrar sua amiga que adorava usar dois coques no cabelo depois de ter mandado mensagem de texto e não receber uma mensagem rápida: se dirigiu a barraquinha dos tios dela apenas para perguntar a localização da jovem, e realmente a encontrou lá. Na realidade, ela estava auxiliando Yoosung a mexer com os utensílios de cozinha junto com Ching, já que o pequeno não sabia como manuseá-los corretamente.

 

- Olá, Pucca, está passando sua sabedoria para o nosso dongsaeng?

- Na realidade, são os meus tios que estão ensinando alguns doces de tteok com pasta de feijão para o Yoosung, já que eles não estão fazendo o famoso ramen hoje.

Eu vou fazer doces para todos os meus sunbaes, hyung!

- Tenho certeza que ficarão uma delícia, Yoosungie. - Comentou Chan, e foi puxando seu amigo Seonwoo para perto dele, e já foi começando a ajudar o amigo - Aliás, vocês dois já conhecem o Seonwoo hyung? Ele também faz parte do grupo de dança que participo.

- Ah, quanto tempo, Seonwoo! Faz uma semana desde que nos vimos na aula, né? - Comentou Ching, ironicamente.

- É verdade Ching haha… Ah, seria muito legal se vocês três pudessem me apoiar a nossa apresentação de hoje, sabe, quanto mais gente apoiar melhor.

- Oh, pode ser! Estou muito animada para assistir! Que horas vai acontecer?

- Daqui a meia-hora mais ou menos, do lado do chafariz. Temos que encontrar os outros só pra treinarmos um pouco antes.

- Então vamos indo, depois eu apresento todo mundo direitinho, tá bom? Até depois! - disse Chan puxando já o amigo, pois estavam atrasados.

- Oh, têm mais meninos no grupo, Ching?

- Uhum. Eu já assisti um treino deles, estavam pegando uma coreografia para se apresentar durante esses dias… Eu sei que eles dançarão pelo menos 5 músicas, então devem ter sido dias difíceis.

- Sim, se pensar que o Chan saía mais cedo do clube da dança mais cedo… Ahh, por que nunca acompanhei o Chan pra assistir também? - choramingou a menina dos coques.

 

Porém, ao observar Yoosung empenhado na tarefa de preparar os doces, e mesmo se enrolando um pouco, coração da jovem se acalmou. Ela estava esse tempo para não partir o coração com outros meninos, estava dedicando-se àquele menino, e não no… Garu. Era a saída mais próxima, embora tivessem outros garotos que também estavam interessados nela. O instinto de cuidar de alguém era maior, então quando foi assistir o grupo de dança de Chan, ela sabia que sim, acharia os garotos lindos e maravilhosos, mas que não seria o foco dela.

Realmente, eram garotos mais bonitos que a média da cidade. Já sabia que Chan era bonito (mesmo não tendo pálpebras simétricas), mas era charmoso e magro. E os outros meninos, nossa… Os cinco juntos como se fosse colírios, segundo cochichos de Ching - porque uma multidão de mulheres já estava se formando em volta deles. Infelizmente, apenas Yoosung não entendia os reais motivos de terem tantas meninas ali, porém sabia que alguma apresentação estava para acontecer - ‘Os meninos da Vila de Sooga’ estavam para brilhar.

E, de maneira fluída, com microfones conectados a uma caixa de som, os meninos foram se apresentando para todos. A sequência de músicas foi DBSK “Rising Sun”, SS501 “Deja vu”, Super Junior “Sorry sorry”, 2PM “Again and again” e Big Bang “Haru haru”.

 

- Todos ficaram embasbacados com o alto nível de dança, os cinco estavam perfeitamente sincronizados. Todos os amigos de Chan gritaram e torceram por ele, e assim que terminaram de dançar, a turma foi para a direção dele e logo parabenizaram-no pela performance.

 

- Nossa, vocês pareciam dançarinos profissionais! - exclamou Ching.

- Tiveram horas em que achei que vocês eram minhocas, porque vocês estavam estão soltos! - disse Yoosung, cutucando o braço do membro mais baixo do grupo.

- Acho que não nos apresentamos formalmente, né Pucca? - comentou Seonwoo - Mas num geral você deve conhecer todos de vista. Quem nos recrutou foi o Jinyoung hyung, o líder.

- Ei, falando assim até parece que sou tão mais velho que você, Seonwoo! Haha - ele pega a mão de Pucca e dá um beijo - Mas para vocês duas, podem me chamar de lindo Jin oppa.

- Eii que irritante, Jin… E corta essa de parecer mais velho, se você fala que é velho sou um idoso? Haha, conheço vocês três só de vista, mas prazer, eu sou Dongwoo Shin.

- Por que esse garoto tá cutucando o meu braço? E eu conheço você Pucca, da aula de culinária haha, mas nunca conversamos. Eu sou Jeonghwan Lee. MAS PERA, isso que você tá segurando são doces de feijão, moleque?

- Eles NÃO SÃO para você! Meh-rong! - Yoosung mostra a língua.

- Yoosungie, ele é um dos melhores cozinheiros do clube de culinária! Peço desculpas, Jeonghwan oppa.

- E eu não preciso me apresentar de novo né haha - comentou Seonwoo - Até porque, não pega legal..

- E eu também não porque nos vemos praticamente todo dia, senhoritas. Aliás, hyungs, sabia que a Pucca também está fazendo parte do clube de dança do colégio? Ela é boa, para falar a verdade, tem ritmo.

- Opa, então significa que podemos fazer uma parceria no futuro, né Pucca? - sorriu Jin.

- M-mas é claro! S-só me chamar que eu vou, Jin oppa! - exclamou a garota, com o rosto avermelhado.

- Epa, só não vale cair na onda do Jinyoung tão fácil - cortou Seonwoo - vamos ver quem rouba seu coração antes disso..

 

As duas jovens se olharam surpresas e rapidamente se despediram dos meninos, e voltaram para a barraca dos tios para comentarem mais privadamente sobre as performances. Enquanto ajudavam os tios, também conversavam sobre a apresentação. Mas enquanto atendiam a clientela, encontraram uma colega de sala.

 

- Olá meninas, eu não sabia que vocês estavam trabalhando aqui também!

- Oh, Lizzy! Eu não sabia que você estava na cidade durante o feriado.

- Pois é, é que fiquei cuidando das coisas lá de casa… Vocês viram aquele grupo de dança? O Seonwoo e o Jeonghwan da nossa sala também fazem parte dele!

- Nós vimos! Eles não estavam muito gatos?

- Estavam sim! Eu nunca vi nada parecido com isso antes e blá blá..

 

Pode-se ter certeza de que elas conversaram sobre isso por um tempo, porém o que importa é que elas não sentiram a falta do mais novo da turma. O próprio ficou conversando um pouco com o pessoal e zoando/sendo zoado, até comentar que voltaria a conversar com Pucca e Ching. Chan decidiu então levar de volta o garoto, e ao encontrar as moças na barraca, encontrou também com uma incrível vista: a garota mais bonita que ele já tinha visto na vida, ali, conversando com suas meras amigas mortais. Ele ficou muito surpreso.

 

- O-o Yoosung tinha se perdido de vocês então vim trazê-lo aqui… - e após ouvir o agradecimento das amigas, engoliu seco e dirigiu-se a cliente delas - O-olá muito prazer, com licença..

- Ah, você é um dos garotos que estavam na performance de hoje mais cedo, né? Foi incrível!

- O-obrigado… Não foi nada demais, na verdade.

- Ah, foi sim! você brilhou tanto quanto os meus amigos de sala… Aliás, de que sala você é?

- Bem, eu sou-

- Depois vocês se apresentam por favor, tem uma fila de pessoas ainda pra atender! - cortou Pucca, nervosa com a fila caótica que se formara atrás da menina.

 

E assim, as meninas continuaram a ajudar os tios e Yoosung com suas tarefas. Ao terminarem, as duas decidiram visitar Abyo novamente, apenas para garantir se ele estava bem, e o instinto delas foi certeiro: o garoto usava apenas uma samba-canção e tinham várias senhoras em volta dele tentando agarrá-lo. As duas pularam e rapidamente puxaram Abyo para uma rua próxima de onde estava e que quase não haviam pessoas apenas para desafogar o garoto e “salvá-lo” dessa situação vergonhosa. Ching estava vermelha e nem conseguia olhar para ele, enquanto Pucca se encarregou de fazer a pergunta mais óbvia - o que raios tinha acontecido com ele?

 

- Pois bem, eu estava fazendo minhas apresentações, e cada vez mais que realizava as ações com o fogo, eu ficava com mais calor, daí fui tirando tudo que tava me fazendo suar demais.

- Então quer dizer que por estar com calor demais você decidiu ficar indecente no meio da rua e chamar atenção das senhoras alheias? Você quer ser preso, meu amigo? - falou ela, com um tom bem nervoso de voz e dando um casaco para cobri-lo.

- Eu não tenho culpa se sinto calor demais, viu! Mas Ching, você está bem?

- Ah… Eu tô sim, mas acho que entrou um cisco no meu olho…

- É mesmo? Deixa eu ver pra te ajudar a tirar..

- N-não! Não se preocupe! Eu consigo tirar sozinha. Obrigada pela ajuda.

 

Foi nesse momento que Pucca lembrou-se de certa vez, em que Garu havia esfolado a pele de um dos joelhos, e ela também fez de tudo para ajudá-lo, pois sempre andava sempre com um kit de primeiros socorros consigo. Lembrou-se que, por não querer atrapalhá-la ou por orgulho, o ninja não queria que a moça o ajudasse, mas ainda assim insistiu pois estava preocupada de que o machucado poderia infeccionar devido ao ‘desleixo’ do menino. Foi apenas uma lembrança que passou na mente, concluiu enquanto observava a lua.

 

*/*

 

“Você também está se cuidando, Garu? Hoje foi mais um dia em que cuidei do Yoosung… Mas diferente de você, ele realmente precisa ser cuidado porque é tão ingênuo. Bem.. O que sinto pelo Yoosung é realmente apenas um amor de irmã mais velha, sabe. O que me preocupa mais hoje em dia é se tirarei uma nota média em matemática, para não precisar ficar mais tempo na escola. Acho que ele surgiu em minha vida pra tentar preencher tudo o que você era antes pra mim, mas incrivelmente, estou me superando de você com ele. E está tudo… bem com isso.”

 

- Caramba, por que o Abyo hyung tá com as pernas de fora? E por que elas são tão finas? Achava que lutadores de karatê tinham pernas mais grossas!

- EU LUTO KUNG-FU! E qual o problema de ter pernas finas?

- Haha, pernas de palito! - e eles começaram a se bater.


Pucca então se deu conta de que precisava levar o garoto para a casa dos pais dele, suspirou ao colocar a mente no lugar e correu para apartar duas crianças que se atracavam.


Notas Finais


Explicação do Chuseok: http://brazilkorea.com.br/chuseok-e-um-dos-maiores-e-mais-importantes-feriado-da-coreia/
Mini dicionário:
- Sunbae: é tipo senpai, veterano.
- Omurice: https://pt.wikipedia.org/wiki/Omu-raisu
-Meh-rong: é a onomatopeia que crianças coreanas falam ao colocarem a língua para fora.
-Dongsaeng: literalmente "irmão mais novo", podendo usar para ambos os sexos; porém, como no caso de hyung e noona, pode ser direrecionado para um amigo próximo.
- Ramen: (MIOJO) Macarrão Instantâneo ou não, mas em 99% dos casos é apimentado.
- Peppero e Dia do Peppero: É um biscoito em formato de palitinhos. Vende em algumas lojas, especialmente em São Paulo e Ceará (pelo que minhas amigas falaram). Recomendo novamente a leitura no BrasilKorea: http://brazilkorea.com.br/pepero-o-biscoito-de-sucesso-da-empresa-lotte/

Espero que esse capítulo não tenha ficado muito confuso! Qualquer coisa, erro, por favor sintam-se à vontade para comentar. Incrivelmente, Jinyoung, Dongwoo, Chansik, Seonwoo e Jeonghwan são personagens importantes para um momento mais a frente na história. Agora, você já sabe quem eles são né? xD
(e a Minyoung que mencionei no outro cap. é a Min do Miss A, inclusive sdds comeback delas)
Próximo cap. devo postar na quarta, já que estarei em viagem no próximo final de semana. Até~!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...