História O nosso ROSADO - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Gildartz, Grandine, Gray Fullbuster, Igneel, Jellal Fernandes, Jude Heartfilia, Juvia Lockser, Laxus Dreyar, Layla Heartfilia, Levy McGarden, Lisanna Strauss, Lucy Heartfilia, Makarov Dreyar, Mirajane Strauss, Natsu Dragneel, Rogue Cheney
Tags Ação, Akatsuki, Amizade, Amor, Amor Rosado, Aventurabts, Camren, Colegial, Comedia, Drama, Dramaexo, Etc, Fairy Tail, Harry, Hentai, Jikook, Jiminjungkook, Justin Bieber, Lemon, Lisanna, Lucy, Mistério, Nalu, Naruhina, Naruto, Natsu, One Direction, Revelaçoes, Romance, Sasusaku, Sexo, Styles, Suspense, Terror, Violencia, Yaoi, Yuri
Exibições 200
Palavras 1.350
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Ecchi, Escolar, Esporte, Harem, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiii
Mais um capitulo quem que capitulo amanhã mais para isso temos que bater a meta de 6 comentários ate maia noite.
Lembrete eu não estou exigindo para cometar isso e uma escolha de vocês só para deixar claro para evitar falação.

Capítulo 13 - Um momento Naer!


Natsu POV’S on

Ela continuou lambendo a minha barriga e meu peitoral junto com o soverte de morango ela estava adorando era as melhores preliminares da minha vida a Erza tinha um corpo perfeito, parecia um Deusa Grega aqueles olhos meios acinzentados ela continuou mais por algum tempo e como eu estava algema na grade da cama ela me lambia e ao mesmo tempo estimulava sua intimidade por cima da roupa ela não chegou a ter um orgasmo ela parou as lambidas e terminou de me despir eu já estava com o meu membro duro feito pedra ela fez o mesmo então ela ficou na posição meia nove 69 eu não fiz esforço, pois ela praticamente sentou a sua intimidade dado apenas espaço para respira, e fala se fosse o caso a intimidade dela tinha cheiro de morango acho que antes de um chegar aqui ela estava tomando banho eu comecei a lamber e chupa o clitóris e ela não resistiu por muito tem e gozou um pouco no rosto, pois uma parte eu tomei e eu também não sou um exemplo de alto controle e deixei o resto dela branco por causa do esperma acho que ela só teve um orgasmo primeiro por causa do estimulo que ela fez.

Natsu – Que boca divina essa sua em?

Erza – Você não sabe o quê essa boquinha pode fazer!

Ela limpou o rosto nos lençóis e começou a passar a língua da barriga ate o pescoço ate chegar à minha boca onde eu recebi o melhor beijo da minha vida.

Natsu – Erza eu tenho uma pergunta.

Erza – Qual é?

Falou ela sentando em cima do meu peitoral.

Natsu – Você ainda virgem? Falei com medo da resposta e embora eu a conhecesse á pouco tempo já sabia que tinha um gênio forte e não tinha medo de falar a verdade na cara de qualquer um podia ser o homem mais poderoso do mundo e se ele estivesse errado e achasse que estivesse certo ela não teria o medo que a maioria de cêntimos de dizer a verdade.

Erza – Não eu não sou, e você e porque do jeito que você geme parece que e virgem então você e virgem?

Natsu – Não meu amor eu não sou virgem e eu gemo desse jeito e que eu não tinha feito aquela preliminar que você fez

Erza – por isso que fala por ai que pra tudo tem sua primeira vez hahaha.

Falando isso ela ficou de frente para mim com aqueles peitos mais eu não podia pegar, pois estava algemado ela pegou o meu membro e ajeitou com sua intimidade e começou a se movimentar aquela visão era tão linda aqueles peitos indo para cima e para baixo e de baixo para cima aquilo estava me dando muito prazer e mais uma vez eu havia esquecido de usar a bendita camisinha.

Natsu – Erza nos esquecemos de usar a camisinha!

Sem se importar muito com isso e ainda continuou calvangando ela falou:

Erza – Não se preocupa eu tomo anticoncepcionais então pode gozar dentro de mim

Após saber isso eu não falei nada e não me preocupei e com aqueles movimentos prazerosos eu gozei sem nenhuma preocupação ela foi ao criado-mudo e pegou as chaves das algemas e me libertou eu peguei a parte acima dos punhos e esfreguei ali naquela parte e ficou um pouco vermelho ela si deitou e eu fui para cima dela posicionei o meu pênis de frente a intimidade dela e desferir algumas estocadas ela ficava muito apertada naquela posição ela tinha muita lubrificação interna era muito molhada e quente dentro dela eu não queria sair dali e então ela gozou com meu pênis dentro dela e ficou muito mais molhado e aquilo me favoreceu a aumentar a velocidade ela estava gemendo que dava para escutar da rua mais como a rua estava deserta nós não passamos por esse ridículo eu gozei dentro dela de novo e ficou um meleca ali em baixo mais eu não liguei depois tomávamos um banho eu continuei com as estocadas rápidas e Erza com suas unhas grandes arranhou as minhas costas todinha e então chegamos ao clímax Maximo juntos e eu cai ofegante do lado dela e observei que ela estava do mesmo jeito que eu estava e eu dessa vez tomei a iniciativa e lhe dei um beijo e o oxigênio cobrou o seu preço e se foi necessário eu me levantei.

Erza – Qual e não me diga que já vai embora?

Natsu – Não eu não vou embora só vou tomar um banho não que me acompanhar? Perguntei com segundas intenções.

Erza – Claro porque não, não e!

Falando isso ela se levantou da cama e veio ate mim e nós entramos no banheiro e formos direto para o chuveiro La ficamos um de frente para o outro e peguei-a pelas pernas e deixei sua intimidade pronta para ser estocada e comecei a desferir estocadas e a água do chuveiro continuou caindo em nossas cabeças e em nosso corpo para ser mais preciso aquela sensação era única e eu gozei rapidamente eu estava esgotado e depois disso tomamos um banho normal quando sai do banheiro fui à bolsa térmica peguei os potes de sorvetes restantes e coloquei no refrigerador da geladeira dela depois disso fui para o quarto e vi-aela dormindo e parece um anjinho dormindo só dormindo porque acordado e um completo demônio e então fiquei de conchinha com ela e adormeci rapidamente com ela no outro dia nós perdemos aula aquilo me deu uma nostalgia.

Natsu – Erza amorzinho acorda. Falai expressando  

Vi que ela não acordou e fui à cozinha e fiz um café-da-manhã especial para ela e junto com um pote de soverte de morango tinha um pouco de tudo que havia na cozinha levei para ela lá na cama ela ainda estava dormindo acho que a noite exauriu ela me aproximei dela e disse:

Natsu – Amor acorda, olha o quê eu trouxe para você. Sem nem mesmo vira o rosto ela perguntou:

Erza – tem o quê ai. Indagou-a sonolenta

Eu sabendo de sua fraqueza apelei – Bem tem um pote de sorvete de morango e um pouco de tudo que tinha na sua cozinha. No mesmo instante ela mostro um interesse sobre-humano e virou-se para mim como uma pessoa que tivesse acordada á muito tempo

Erza – Um pegou direto no meu ponto fraco. Falando isso ela pegou um pouco de sorvete junto com algumas bolachas e botou tudo na boca e ela me deu um beijo e dava para sentir a camada gélida em cima da sua boca.

Natsu – O quê você acha de irmos ao shopping?

Erza – Ahh eu adoraria mais só depois de comer tudo isso. Indagou a mesma com a boca com um pouco de comida.

Natsu – Humrum, o tempo que eu tomo banho e o suficiente para você zerar essa bandeja todinha e quando eu sai do banho espero que você que esteja esperando para entra no banheiro.

Erza – calma porque tanta pressa esta cedo ainda o shopping só abriu á poucas horas que tal para terminar mais rápido você comer comigo? Indagou calmamente

Natsu – Não... Antes que eu pudesse terminar a palavra minha barriga roncou provando o contrario.

Erza – E parece que a sua barriga diz o contrario você ia dizer o quê mesmo em? Indagou ela seriamente.

Natsu – nada não. Falando isso e me deitei ao lado dela e comecei a comer e algumas vezes lhe dei alguns beijos.

Após algum tempo terminados de comer e formos para o banheiro e La só tomamos o bom e velho simples banho e no banho mesmo escovamos os dentes saímos eu botei a mesma roupa que eu havia usado no dia anterior ainda estava limpa, pois havia usado por pouco tempo ontem e formos a minha roupa era uma camisa básica com alguns detalhes e uma calça jeans azul escuro e uma bota preta masculina e a Erza estava usando um vestido claro um pouco florido e uma sapatilha na cor rosa, mais um pouco mais clara que o meu cabelo ela estava uma princesa e era minha só minha.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...