História O Novato - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Caitlin Beadles, Camila Queiroz, Chaz Somers, Christian Beadles, Justin Bieber
Personagens Caitlin Beadles, Chaz Somers, Christian Beadles, Jaxon Bieber, Personagens Originais
Tags Bieber, Revelaçoes, Romance
Exibições 20
Palavras 782
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Romance e Novela
Avisos: Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá minhas duas leitoras...

Bom, primeiramente eu gostaria de dizer, que talvez eu não esteja me empenhando muito nessa fic, pois não sei se vocês sabem, mas tenho outra de mafia (se quiserem dar uma olhada)...Então, peço - lhes encarecidamente que me dêem suas opiniões, para que eu possa melhorar O Novato, e deixá - la do agrado de vocês...Bom, boa leitura!!

Capítulo 6 - Love me?


Fanfic / Fanfiction O Novato - Capítulo 6 - Love me?

Alicia Pov.

Eu simplesmente não pudi acreditar, casamento? Justin queria mesmo casar comigo? Jesus! Fiquei em estado de choque, e foi aí que fiz a maior merda da minha vida... Eu estraguei tudo e tive que ir embora...

*Flashback on*

- E então Suzan, a senhora permite? - ele sorriu com uma caixinha em sua mão.


- Isso você têm que perguntar pra ela Jason, não para mim...- minha mãe brincou.


- Ok!- sorriu pra mim e virou em minha direção - Alicia Levine, você aceita se casar comigo e passar o resto da sua vida ao meu lado?


- Aí Justin, mas é claro que eu aceito! - o beijei.


-Como é que é? - gritou minha mãe - Eu ouvi bem? Justin?? Bem que eu achei parecido, como você pôde Alicia, se envolver com um tipo como esse?

-Mãe o Justin mudou...


- Mudou porra nenhuma,  você não vai se casar com um marginal Alicia, não enquanto estiver embaixo do meu teto, às minhas custas!


- Então não seja por isso Suzan, ela não irá mais depender de você!  Ela tem a mim! - gritou Justin - Vamos Alicia?- estendeu a mão.


- Você irá trocar sua mãe por isso? - não respondi - Alicia , hoje você morreu pra mim,  se você sair por aquela porta, saiba que não voltará mais, não importa o quanto doa, você fez a sua escolha!- engoli seco.

Justin permanecia com a mão estendida pra mim, eu a segurei e dei uma última olhada na minha mãe,  mais lágrimas caíram,  Bryan me deu um abraço apertado, chorei ao me despedir do meu pequeno.

Quando chegamos no aeroporto,meu coração gelou, eu iria embora do Brasil, eu não possuía mais família,  eu só tinha o Justin, não havia mais ninguém.  

A todo momento Justin apertava minha mão me confortando, no vôo eu dormi agarrada à ele, seus braços me passavam uma segurança que eu nunca senti com ninguém,Justin era meu mundo, e eu seria o dele.

*Flashback Off*


Eu já estava à um mês  em Stratford, Pattie, a mãe de Justin é um amor de pessoa, e me trata como uma filha, meu tempo é dividido em fazer faculdade e brincar com Jaxon e Jazmyn os irmãos de Justin, já que o mesmo só vive em turnês pelo mundo,  e essa nova turnê é linda, a "PurposeTuor " Eu fui em alguns shows e meu coração quase parou quando ele cantou Purpose pra mim. Seus amigos, Ryan,  Chaz e Chris também me fazem companhia,  junto com Catlin que foi a primeira namorada de Justin, ela é uma garota legal e é tipo minha melhor amiga.

(...)

Já fazia duas semanas que eu não falava com Justin, ele estava  em Paris, e eu queria muito vê -lo. Pattie conseguiu um vôo pra mim e fui à sua procura.

(...)

Assim que cheguei ao hotel me identifiquei, fui informada de que ele estava fazendo uma festinha no saguão do hotel. Fui caminhando até lá,  já se dava pra ouvir som alto e cheiro de maconha. 


Meus olhos não acreditaram no que viram, Justin estava sentado com duas loiras no colo e um  cigarro de maconha na boca, assim que ele me viu , seus olhos foram arregalados, ele levantou no pulo e veio em minha direção , eu corria, corria, entrei no elevador antes dele e saí sem rumo pelas ruas de Paris, eu não acredito, simplesmente não acredito que ele estava me traindo, nós estávamos juntos a um ano e ele faz isso? Eu chorava compulsivamente,  pra onde eu iria? O que eu iria fazer?  Só sei de uma coisa , o que ele fez no ao tem perdão!Me sentei  em um banco qualquer e abaixei a cabeça enquanto chorava.

- Me perdoa?- ouvi a voz de Justin em Português - Por favor Aly, eu te amo demais!


- Quem ama não trai Justin, eu simplesmente não consigo te perdoar!- mexi em minha aliança - Se não me amava porque não falou antes? Porque me trouxe pra cá?  Eu larguei tudo Justin! Eu confiei em você, confiei  em seu amor! Pra quê?  Pra ser traída! - soluçava 

-Hey, por favor não chora, eu te amo demais, eu errei, errei muito, mas me dá uma segunda chance? - tirei minha aliança  -Aly não faz isso! - começou a chorar - você é minha!  Você não vai me deixar! Você não pode!

-Justin eu não sou Selena! - joguei na cara - Eu não vou te perdoar toda vez que você me trair, eu não tenho sangue de barata! 

-Aly!- eu levantei do banco - Você não vai! -gritou - Você é minha e não vai me deixar!


- Adeus Justin! - ele segurou em meu braço, mas saí correndo.

Enquanto eu corria, acabei passando ba rua sem olhar e logo tudo escureceu...


Notas Finais


Bom, é isso ... Deixem comentário, favoritem please e deixem a nota! 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...