História O novo aluno do Colégio Fairy Tail - Capítulo 68


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Tags Fairy Tail, Personagens Originais, Universo Alternativo
Exibições 63
Palavras 879
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Ecchi, Harem, Hentai, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi pessoal, desculpa a demora, estou tendo uns problemas e não estou conseguindo postar, então pedi ajuda e a leitora Tia_dragneel me ajudou e escreveu esse capítulo, fiz umas pequenas modificações espero que não se importe e MUITO OBRIGADO

Era isso, espero que gostem

Capítulo 68 - Eu vou cobrar


Narração de Erza
Caminho lentamente até o quarto de hóspedes, adentro o local e ascendo a luz do quarto do Nicolas, o pego no colo e caminho até o bebê conforto e o coloco nele, de modo que ele fique confortável, ( bebê conforto, confortável, conforto, confortável.. ok parei, kisses) e me sento na protona balançando lentamente o bebê conforto assim que ele dormi o pego no colo novamente e o levo até o berço com todo o cuidado do mundo para o mesmo não acordar, o coloco lá e o observo um pouco, ele parecia uma anjo dormindo.
Apago a luz do quarto de Nicolas assim que percebo que ele não irá acordar e caminho até o meu quarto, abro a porta do mesmo caminhando até a cama e me sentando ao lado do Igor.
Igor:- vamos continuar de onde paramos? - perguntou com o mesmo tipico sorriso malicioso que me leva a loucura enquanto passava delicadamente os dedos na tatuagem de um coração bem pequeno que eu havia feito na espinha.

Igor:- Erza quando você fez essa tatuagem?

Erza:- Faz pouco tempo, eu estava cansada de ficar em casa e minha mãe ficou olhando o Nicolas enquanto eu saia, acabei passando em frente a um lugar que fazia e tive essa ideia.

Igor:- Mas por que você tem uma tatuagem no meio da espinha?

Erza:- Promete não rir de mim? - perguntei tímida.

Igor:- Prometo. - Ele sorriu me olhando nos olhos.

Erza:- É onde eu gosto de ser beijada, onde eu sinto mais prazer. - respondi. Tinha um significado por trás pelo menos..

Igor:- Esse é o significado mais fofo e sexy de uma tatuagem. - Respondeu ainda acariciando minha tatuagem, ele não esperou eu afastar o meu cabelo da nuca ele mesmo fez isso. 

Erza:- O-o que você está fazendo? - perguntei, assim que senti seus lábios no meu pescoço.

Igor:- Que coração tentador. - ele passou o indicador por ali. - você gosta de ser beijada aqui? - ele perguntou se abaixando e beijando minha espinha bem em cima da minha tatuagem.

Erza:- Igor. - chamei ele, senti a ponta dos dedos dele em contato com a minha espinha, era tão bom que me peguei de olhos fechados, sorrindo e aproveitando o carinho. Logo senti selinhos serem distribuídos por ali, e, eu quase me contorcia de tão agoniada eu estava.

Igor:- Quieta. - ele pediu rindo nasalado.

Erza:- Eu to quieta. - falei meio falhado.

Igor:- Não, você está rebolado. - ele disse segurando meu quadril para ele parar de se mexer em ansiedade.
Achei que ele iria ficar só com o carinho das mãos, mas logo ele começou a beijar e dar chupões.

Erza:- Igor.. Amor estou cansada e o Nicolas acabou com o clima aquela hora, vamos dormir. - falo fazendo ele ficar emburrado.

Igor:- Sério que me parou na melhor parte? Você irá me deixar nesse estado Erza? - ele perguntou demostrando que havia ficado chateado e mostrando  certo volume na calça.

Erza:- Vou, o meu fogo abaixou, estou indignada. - digo chateada, bufando de raiva.

Igor:- A gente pode continuar. -falou em meu ouvido. - Ascendo o seu fogo de volta. 

Erza:- Estou com sono. - falei. Ele Bufou, ri dele e me deitei ao seu lado.

Igor:- Está mesmo com sono? 

Erza:- Sim, Igor. - respondi sorrindo para ele.

Igor:- E como eu fico Erza? Vai fazer essa maldade mesmo comigo? Não tem compaixão com o seu amiguinho aqui? - falou ele devidamente chateado.

Erza:- Você pode terminar o trabalho sozinho amor. - falei rindo e dando um selinho nele. - Se você arranjar tempo amanhã, faça o que quiser comigo mas, agora só quero dormir abraçada em você amor. - digo manhosa, o que o faz suspirar e ceder se virando e me abraçando, ele respirava em meu pescoço, me trazendo uma sensação boa.

Igor:-Eu vou cobrar em Erza. Falou ele com uma voz rouca no meu ouvido

Aquela noite eu dormi inquieta. Acordei com a bochecha meio suada, com um pouco de calor e a luminosidade da janela na minha cara.Ótimo havíamos esquecido de fechar a cortinas ontem. Odeio manhãs, principalmente quando a claridade vem parar diretamente na minha cara, é horrível. Abri lentamente os olhos, olhei para o lado,  Igor dormia como um anjo, serenamente com a boca entre aberta, as pálpebras brilhando e as bochechas coradas, e parece terrivelmente inocente, pena que é apenas quando dormi, resolvi acordar ela, eu queria bolo de morango, mesmo que eu quisesse ficar ali com ele pela eternidade, eu estava com fome. Me aproximei de seu rosto e cochichei em seu ouvido. 

Erza:- Igor. - chamei e ele se mexeu. - Igor. 

Igor:- Que foi, Erza? - ele perguntou com um sorriso adoravel.

Erza:- Quero bolo de Morango. - falei e ele resmungou.

Igor:- Não, depois eu pego, quero ficar aqui com você. - ele diz, e passa o braço em volta do meu corpo.

Erza:- Eu também queria mas, estou com fome, e, também tem o Nicolas. - digo, ele resmungou e se mexeu um pouco mas logo se levantou e saiu do quarto, Nicolas não havia acordado mais naquela noite mas eu precisava levantar para o acordar e dar de mama, já estava na hora dele comer.


Notas Finais


Espero que tenham gostado como eu gostei lendo quando ela me mandou...
Comentem o que acharam ou qualquer outra coisa que queira comentar


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...