História O novo grupo ICC! - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7, Seventeen, UP10TION
Personagens BamBam, Bit-to, Boo Seungkwan, Gyujin, Hansol "Vernon" Chwe, Hong Jisoo "Joshua", Hwanhee, Jackson, Jang Doyoon, JB, Jeon Wonwoo, J-hope, Jimin, Jin, Jinhoo, Jinyoung, Junghan "Jeonghan", Jungkook, Kim Mingyu, Kogyeol, Kuhn, Lee Chan "Dino", Lee Jihun "Woozi", Lee Seokmin "DK", Mark, Rap Monster, Seungcheol "S.Coups", Shin Dongjin, Soonyoung "Hoshi", Suga, Sunyoul, Wei, Wen Junhui "JUN", Wooshin, Xiao, Xu Ming Hao "THE8", Yao MingMing, Youngjae, Yugyeom
Tags Bts, Got7, Seventeen
Visualizações 141
Palavras 2.913
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Linguagem Imprópria, Self Inserction, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


essa fanfic ainda esta no comecinho então tenham paciencia ok?-Ana

As palavras com asterisco para quem não souber o significado:
*1 - Kansamnida: Obrigada.
*2 - Ahjusshi: Senhor
*3 - Joesonghamnida: Desculpe-me
*4 - Gwaenchanh-a?: Está tudo bem?
*5 - Nan gwaenchanh-a: Eu estou bem.
*6 - Arasseo: Certo / entendo
*7 - Annyeonghigaseyo: Uma palavra usada para falar tchau.
*8 - sasaeng: fãs que perseguem os idols.

Capítulo 8 - Grupo completo!!!!!!!!!!!!!


Fanfic / Fanfiction O novo grupo ICC! - Capítulo 8 - Grupo completo!!!!!!!!!!!!!

Do outro lado da porta tinha outro apartamento quase igual, só tinha um quarto a mais, nós não entramos nos quartos nem nada, só olhamos de longe, voltamos para o nosso lado e fomos para a sala.

- Será que mora alguém lá?- A Ana perguntou.

- Provavelmente não, devem ter juntado os dois apartamentos caso um grupo muito grande viesse morar aqui, tipo do tamanho do seventeen - eu disse.

- Será que o Seventeen já morou aqui? - A Ana disse arregalando os olhos- Onde será que era o quarto do The8?

-Calma Ana, você nem sabe se realmente já moraram aqui. -Eu disse

-Pior é que pode ser verdade, o Seventeen é da Pledis, mas também é da Big Hit - a Savana falou.

- Eba!! Mas agora eu acho que é melhor fazer o que a Savana falou: dormir, nós não sabemos o que vão mandar a gente fazer amanhã - A Ana disse e depois deu um tchauzinho para a câmera e disse boa noite em coreano.

- Você vem Savana? - Eu perguntei a ela.

-Já vou, só vou terminar de ler esse capitulo.

- E vocês?
- Nós não vamos dormir tão cedo, não somos crianças para ir dormir as 22:00. - Elas disseram em um tom arrogante, a Savana só soltou um aff.

No outro dia eu acordei, a Ana estava acordada procurando alguma coisa na cozinha para ela poder preparar o café da manhã.

- O que você está fazendo Ana?- Perguntei

-Tentando achar algo comestível nessa casa, mas até agora não achei nada.

-Eles deixaram um pouco de dinheiro comigo ontem à noite, devem estar querendo que nós saiamos para comprar comidas para guardar na dispensa.

- Eba! Vamos sair pela primeira vez! Vamos lá acordar a Savana, pega as panelas e eu pego a água.

- Olha Ana, seria bem divertido, mas acho melhor não, sem jogar água e bater panela ela já da uma leve surtada, imagina com esse barulho todo? - Ela concordou e nós rimos. Fomos até o quarto da Savana e a acordamos, meia discussão depois, nós saímos.

- Ana, me da o mapa rapidinho, por favor. - Eu pedi
  -Aqui, toma...

-Tá, tem um mercado para lá e não parece muito longe. 

- Vamos lá então- Savana disse com uma voz de sono, nós fomos andando tentando seguir o mapa, mas quando olhamos, estávamos em um lugar completamente diferente da onde queríamos.

- Ahhhh... Li... acho que não é por aqui, sabe.- A Ana disse um pouco preocupada.

- Pois é, também acho Li.- A Savana concordou.

- Já sei!! Está vindo um taxi ali, vou chamar... taxi!!- A Ana gritou, o taxi não deu bola para a Ana e acelerou, nós não imaginávamos que ela fosse fazer algo assim, mas ela saiu correndo atrás do taxi, desesperada, como se fosse o único taxi do mundo.

-hey!! Volte aqui!!- Ela estava correndo e gritando, eu e a Savana começamos a observa-la de longe como se não a conhecêssemos depois começamos a andar atrás dela bem devagar para não perde-la de vista, se não era capaz de nunca mais vermos ela.

 

  *Ana on

Comecei a correr desesperada atrás do táxi, "como assim ele não atendeu ao meu chamado?" Era o que estava pensando... "Aish... Esses taxistas..." antes que pudesse terminar meus pensamentos, fechei meus olhos por intuito, pois percebi que ia esbarrar em algo, ou melhor: em alguém.

 Quando abro meus olhos, a primeira coisa que vejo são outros olhos, olhos que eu conhecia melhor que ninguém, olhos de Mark Tuan Yi - En . Fizemos contato visual por aproximados quatro segundos, ambos nos olhávamos, como se estivéssemos reencontrando um antigo amor não esquecido, acho que para mim realmente era algo parecido, mas e para ele que nunca nem se quer soubera da minha existência? Então, passados os quatro segundos, Mark desvia seu olhar para o chão, procurando por seu boné que caíra durante nosso encontro, ignorando completamente o que havia acabado de acontecer.

 O boné estava próximo aos meus pés, portanto eu o peguei e entreguei a ele.

- kamsamnida. (*1) - O mesmo agradeceu tentando esconder o rosto, como se eu já não o houvesse reconhecido pelos seus olhos.

- Hmm. - Eu o respondi em choque, pois tinha me dado conta de que aquele que estava em minha frente era nada mais nada menos que o meu k-idol favorito.

Ele desviou - se de mim e seguiu em frente, segurando a ponta do boné para esconder seu rosto.

Poucos segundos depois, Li e Savana chegam atrás de mim.

- Ana, você está bem? - Li me pergunta.

- Não sei... - respondo ainda paralisada.

- Só você mesmo! - Savana bate na minha cabeça. - Passou vergonha na frente de todo mundo, inclusive do oppa com quem você trombou.

- Aish...

- Oh! Ana, você está corada? - Li me pergunta surpresa.

- Né? Ah, não eu não fico corada lembra...?

- Não sei nem se ela sente vergonha... Mas, realmente Ana, seu rosto está um pouco vermelho.

- Verdade? Oh, deve ser porque eu corri...

- É...

- Ah! Li, me empresta o mapa rapidinho... Eu não sou muito boa com mapas de bairros, mas talvez eu consiga ao menos nos localizar... - Eu pego o mapa e começo a analisá-lo

- E então... tem alguma ideia de onde nós possamos estar? - Savana me olha descrente.

- Não... Eu estou tentando usar esse C.U. Como referência, mas tem um C.U. Em todas as esquinas...

- Puf kk - Savana solta uma meia risada. - desculpe.

- Aish, essa pervertida... Bem, eu tentei encontrar um C.U. Perto de uma clínica odontológica, mas não achei nenhum, então suponho que estejamos em outro bairro...

-  Também pensei que poderia ser isso... -  Li diz pensativa.

- Pronto, Fodeu, vamos ficar perdidas aqui...

- Calma Savana, se algo mais grave acontecer, os câmera-man vão poder interferir... Vamos dar uma volta e procurar um táxi, se não acharmos a gente pergunta para alguém... -  Li Wei, como sempre calma, da sua madura, e inteligente, ideia...

- Okay... -  Eu e Savana respondemos.

Andamos mais um pouco e entramos em um beco sem saída para perguntar a um Ahjusshi (*2) onde nós estávamos (Isso pode parecer perigoso, mas na Coreia, esse becos são muito movimentados, muitos deles tem restaurantes e lugares assim...).

Sem conseguir muita coisa com o Ahjusshi, resolvemos voltar à rua principal, porém, decidimos virar a esquina ao mesmo tempo em que alguém, portanto se eu, que como sempre andava na frente, não o tivesse percebido, teria esbarrado em duas pessoas em um único dia.

Porém, ao reparar em quem estava a minha frente, vejo que já havíamos nos encontrado antes.

Sim, era o Mark, percebi isso não por suas roupas ou coisa assim, mas sim porque estávamos nos encarando da mesma forma de antes, porém desta vez durou apenas uns dois segundos, ele desviou o olhar para meu lado esquerdo e disse:

- Joesonghamnida (*3)... - sacudi a cabeça como resposta. Ele estava desviando de mim para voltar a andar, mas então voltou a sua antiga posição... - A propósito... Nós já nos vimos antes? - Eu abri minha boca para lhe responder, mas ele faz uma cara assustada mirando algo que vinha de trás de mim...

- O q... -estava começando a virar para ver o que era quando Mark me puxa para junto de seu corpo, no mesmo instante em que uma carroça de catador de papel bate na parede atrás de mim, No mesmo lugar onde eu estava antes do Mark me puxar.

-  Joesonghamnida! Joesonghamnida! - vem gritando o Ahjusshi dono do carrinho de papel  que o puxa e leva em bora. Então eu e o Mark nos separamos envergonhados.

- Gwaenchanh-a?? - ele me pergunta.

- Ne! Nan gwaenchanh-a (*4). Kamsamnida!

- Ana! Você está bem? - as meninas me perguntam.

-  Ah sim!! O Mar... - "talvez o Mark não queira ser identificado" pensei... - esse homem me salvou! -  virei - me para ele. - Obrigada novamente!

- Ne! Mas sobre a pergunta de antes, nós já nos encontramos?

- Ah.... B-bem, nós nos esbarramos ali na outra rua... -  digo gaguejando.

- Não, disso eu lembro... Estou perguntando se já nos vimos em outro lugar, sabe... Fansings ou coisas assim...

- Não, não... Eu m-morava no Brasil e  o got7 n-nunca foi para lá então...

- Ah! Arasseo (*5)... Annyeonghigaseyo (*6).-  Ne... -  ele desvia de mim, cumprimenta a Li e a Savana com a cabeça e sai.

- Ana... Aquele homem por acaso era o Mark? - Savana pergunta chocada.

-  Vocês o viram também? - elas balançam a cabeça afirmando. - Ah! Grassas a deus, estava achando que estava ficando louca. -  digo dando batidinhas na minha cabeça.

- Como se você fosse muito normal. - Li Wei diz e as duas caem na risada. Eu mostro-lhes a língua.

- Oh! Mas pera... Se ele vocês também viram ele... Se não era só maluquice da minha cabeça... Então o Mark estava mesmo na minha frente? 

- Meu deus Ana, você está muito vermelha, sério! - Li diz examinando meu rosto.

- Em? Estou?

- Sim... Eu percebi desde que o Mark te puxou para não ser atropelada pelo carrinho... - Savana continua.

- Acho que você fica corada quando está muito envergonhada... – E Li complementa.

- Ué... Mas eu fico muito envergonhada quando vou apresentar trabalhos e mesmo assim não coro...

- Ah... Sei lá... -  Li dá de ombros e começa a andar.

-  Deve ser o efeito que o Mark tem sobre você... -  Savana faz uma cara safada e vai atrás dela. Eu coloco minhas mãos no rosto... "Será que eu fico corada mesmo?" Penso enquanto começo a andar atrás delas.

- Então... Vamos pedir um táxi mesmo?

- É o jeito... - Li Wei suspira.

- Vê se não sai correndo que nem uma idiota por ai Ana!!

- Aish...

-  Vamos para uma rua principal, é mais fácil encontrarmos um táxi nelas... -  Li, com suas ideias racionais, se manifesta entre nosso começo de discussão.

- Ne...

Vamos à rua principal e seguimos caminhando procurando por um táxi que possa nos levar de volta para casa ou para o mercado.

- Seria muito bom ter um celular com créditos e chip coreano neste momento... -  falo devagar, quase não articulando as palavras, já estávamos andando há bastante tempo e estava muito cansada.

- Nem me fale... Eu estou toda suada. - Savana concorda. De repente eu, bem equilibrada do jeito que sou, tropeço em uma falha na calçada e estava prestes a cair e bater a cara no chão, quando alguém segura minha mão e me mantém em pé. Olho para cima e vejo pela terceira vez, Mark Tuan.

- kamsamnida... - agradeço, ele responde com a cabeça e voltamos a andar em direções opostas.

-  Ana... Você está vermelha de novo. - diz Li.

- Oh! Sério? - coloco minhas mãos nas bochechas. – Mas vocês também viram ele?

- Sim...

- Ai meu cora...

- Com Licença!! - grita uma voz atrás de mim. Viro-me e vejo o Mark com uma expressão brava.

-  Eu? - pergunto assustada.

-  Ne! Você! - diz enquanto vem andando na minha direção de um jeito agressivo. - O que você é?

- Como?

- Uma perseguidora psicopata?

- O que?

- Uma sasaeng?

- A-ani!

- Então por que está me perseguindo?

- E-eu não estou perseguindo você... A-a gente só quer chegar aqui... - aponto para o mercado no mapa.

- Oh! – Ele muda totalmente de expressão, parecia um pouco surpreso. - Estão perdidas?

- Ne!

- Oh! Joesonghamnida... Eu... Achei que estivessem me perseguindo, mas pelo jeito era realmente uma coincidência... E vocês realmente não tem cara de psicopatas... Joesonghamnida!

- Não tem problema...

- Me empreste o mapa, por favor? -  eu lhe entrego. -  Querem chegar aqui né?

- Ne!

- Bem, não é longe... Eu vou leva-las até lá...

- Que?

-  Vocês ouviram... Vamos? -  Olho para as meninas, meu coração começa a bater muito forte e sinto meu rosto esquentar. Aproximo-me da Li e sussurro:

- Você escutou o mesmo que eu né?

- Escutei...

- Eu acho que vou cair dura no chão...

- Ani! Ani! Calma... Vamos agir normalmente...

- Ne. – me separo da li. – Yoou Mark! Come on! – Falo com uma voz grossa, Mark me olha de forma estranha e em seguida da um sorriso e uma pequena risada para o lado, então Li me puxa para perto dela.

- Isso não foi nem um pouco normal!- ela sussurra...

- Ow! Pensando bem... Realmente! Foi bem estranho! – olho para o Mark e depois volto para a Li... – O que eu faço agora?

- Deixa comigo... Ah! Mark, sua ajuda vai ser realmente bem vinda, obrigada!

- Ah! Não é nada... Estou apenas me desculpando pela falsa acusação.

- Mesmo assim, obrigada! – Savana se pronuncia.

- Então... Vamos? Eu estou realmente cansada! Quanto antes pudermos chegar em casa, melhor para mim! – digo tentando me manter madura.

- Okay... - começamos as caminhar, eu estava frustrada porque não conseguia achar um assunto para conversar com o Mark, falávamos apenas o necessário, como: “temos que virar aqui.” e essas coisas...

Ele nos deixou no mercado e foi embora... Nós começamos a procurar tudo o que queríamos, principalmente temperos que pudessem nos ajudar a preparar comidas brasileiras caso nos desse saudades. Saímos do mercado, eu estava olhando para o chão quando vi dois pés parados na minha frente, eu levantei a cabeça para ver seu dono e acreditem se quiserem, mas era o Mark novamente, mas dessa vez não era uma coincidência. Ele estava levemente corado, olhando para mim um pouco preocupado.

- M-Mark... Digo baixinho...

- Oi... É... Desculpe-me não sei seu nome...

- Ah! É Ana...

- Ah... Ana, eu estava indo embora, mas pensei que vocês pudessem precisar de ajuda para voltar para casa então... – Ele se vira para as outras duas. – Se quiserem eu posso leva-las até lá... – “será que eu aceito?... Eu não quero parecer abusada... Talvez ele esteja se sentindo obrigado a nos levar... Mas... Mesmo assim eu quero que ele vá conosco... Mas também quero passar uma boa impressão.... Ahhh O que eu faço???”

- N-não pre...

- Seria muito bom!! Obrigada! – savana me interrompe, eu a olho e ela me olha de volta, então dá uma piscadinha... Ela sabia o que eu estava pensando antes, então quis agir para me ajudar... Realmente fofo!

- Ok! Onde vocês moram?

- Nesse prédio... – Li Wei o mostra no mapa.

- Ow! Sei onde é! Uns amigos meus moram lá... – ele nos leva para casa e nos deixa na porta do prédio, nos despedimos formalmente e entramos no prédio. 

...

 

- Onde vocês estavam!? - Pergunta uma das duas meninas sem nem esperar nós entrarmos direito.

- Nós ficamos aqui sozinhas sem comida nenhuma!!!!!! - a outra diz 

-  Acho que nós fomos comprar comida?! Ou vocês são cegas o suficiente para não ver as sacolas? E se não fosse por nós vocês não iam ter nem café da manhã nem almoço!- a Sah diz com um toque de ironia na voz.

- Uhum! Eu vou preparar lamen , se não gostarem peçam uma pizza ou sei lá.- Eu disse

- O que é lamen? Se for alguma comida estranha daqui, acho que vamos pedir a pizza mesmo.

- É macarrão com carne e vegetais - A Li responde, elas se olham um pouco.

- Ok, Sah, coloque os pratos na mesa, por favor. - Eu digo e ela o faz - Amanhã vamos experimentar kimchi, é o prato favorito de muitos k-idols.

- Uhum, eu sempre quis comer isso. - Sah comenta.

- O que é isso? - karolina pergunta.

- é uma comida típica coreana, acelgas apimentadas, então eu não acho uma boa ideia, tenho um paladar muito sensível para coisas apimentadas. - A Li fala. 

- A é, então que tal bibimbap? - Eu sugiro.

- O que é isso? Para variar um pouco.

- Arroz com cenoura, ovo, abobrinha, brócolis e outras coisas.- Sah responde.

- Eca! Não!- A meninas resmungam.

- Então o que vocês sugerem? - Eu pergunto.

- Sei lá, carne, arroz e feijão ou uma lasanha talvez?

- Nós estamos na coreia, temos que aproveitar e comer coisas típicas daqui.- Li fala.

- Ta bom, já chega! Amanhã eu vou fazer Galbi e antes que perguntem o que é, é uma carne bem temperada, vou fazer arroz e Kimbap, Kimbap é quase a mesma coisa que bibimbap, mas parece um sushi porque é de arroz e é pequeno e enrolado em uma alga, mas por dentro tem vegetais e não peixe.- Eu falo - esta bom assim? Quem quiser come só o arroz.- A Li e a Sah dão risada, depois eu termino de colocar as coisas na mesa e nós comemos. A noite, nós pedimos uma Pizza porque as garotas não queriam nada, fomos dormir.

...

 No outro dia eu e a li fizemos um café tradicional brasileiro e o almoço foi o Kimbap com arroz e Galbi, de noite eu fiz Lasanha com todas.

...

No outro dia de manhã fomos acordadas pela senhorita Hyesung.

- Bom dia meninas, tenho uma boa noticia para algumas de vocês e uma péssima para outras.


Notas Finais


da proxima vez vou fazer kimchi, quero nem saber!!!!!!!!!!!!!!-Ana

As palavras com asterisco para quem não souber o significado:
*1 - Kansamnida: Obrigada.
*2 - Ahjusshi: Senhor
*3 - Joesonghamnida: Desculpe-me
*4 - Gwaenchanh-a?: Está tudo bem?
*5 - Nan gwaenchanh-a: Eu estou bem.
*6 - Arasseo: Certo / entendo
*7 - Annyeonghigaseyo: Uma palavra usada para falar tchau.
*8 - sasaeng: fãs que perseguem os idols.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...