História O Novo Mundo - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Tudo
Visualizações 5
Palavras 1.048
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Festa, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 6 - Uma pessoa normal


Eu acordei em uma sala com algumas máquinas e mesas, Caio e Sheila estavam lá

Sheila- você acordou!

-oque aconteceu

Caio-falamos pra todo mundo que te levariamos pro hospital e te trouxemos aqui, Sheila fez alguns exames e me contou que você é um robô,eu não acreditei então fiz alguns testes e exames com seu corpo,descobri bastante coisa

Sheila-eu fiquei aqui olhando pra ver se ele não ia fazer nada de errado

Caio-cala a boca Sheila!

-e oque você descobriu

Caio- você é incrível!vou falar algumas coisas que você pode fazer... você pode hackear coisas com facilidade,tem uma ótima memória,aprende muito rápido,,pode usar seus olhos como laterna e pode fazer tudo que um humano faz,como comer,tomar banho,ir no banheiro e até fazer outras coisinhas-ele fez uma cara maliciosa pra mim,eu entendi o recado e corei um pouco

Caio- isso mesmo, você pode sentir emoções,como tristeza,raiva,vergonha,nojo,alegria,medo e outras coisas,eu fiz esse relógio pra você,ele vai te conectar com seu sistema sem que você precise arrancar sua pele, aliás eu consertei aquela parte queimada, não dá pra perceber que é uma pele falsa,eu acho...-ele me deu o relógio

-nossa Caio, você é demais

Caio- quando vamos usar suas habilidades?

- não vamos usar!

Caio-porque?-ele fez uma cara meio triste

-olha,eu vivi como humana minha vida toda,e vou continuar vivendo,é claro que vou usar quando necessário mas não quero me tornar 100% robótica entende? Só quero ser uma pessoa normal

Caio-eu entendo...-eu abracei ele,depois disso eu, Caio e Sheila fomos pra minha casa

No dia da formatura

Estava tudo lindo,bem decorado e maravilhoso,daqui a pouco vão entregar meu diploma,estou tão ansiosa

Caio-cibele,boa sorte

-pra você também-sorri de um jeito amigável

...

E pronto,eu finalmente estava formada,agora é só a festa de formatura!

Estavam todos festejando e curtindo,eu não sei dançar então só ficava perto da mesa das comidas

Caio-quer dançar?

-eu não sei dançar

Caio- você aprende rápido,eu te ensino

-ok

=Carlos Clainford=

Eu entrei na sala que só eu tenho acesso,a essa hora Cibele e seus amigos devem estar festejando na festa secreta de formatura,eu não autorizo isso mas vou deixar

Coloquei o último chip na máquina que mantinha Ele vivo

-pronto

Eu estava praticamente falando sozinho,Ele não iria me responder mesmo,esse vídeo separa nós dois,mas assim é melhor,garanto a vida de muitas pessoas com Ele aqui preso

-que bom que você não consegue me ouvir-Ele abriu os olhos

-oque?-Ele não se mexia,mas olhava fixamente pra mim com um olhar de medo e tristeza

- você ainda está preso aí,nada vai mudar isso!esse é e sempre será o destino de monstros como você!-ele voltou a fechar os olhos...

=Cibele=

Eu fiquei conversando com meus amigos

(Só pra vcs saberem as idades das pessoas

Cibele:18

Caio:18

Sheila:18

Catarina e Karina:18

Darwin:18

Augusto:19 (ele não estuda com eles)

Manuela:21)

Darwin- quando vamos colocar o plano em dia?

- primeiro eu vou entrar no escritório do Carlos e ver se eu acho alguma coisa para podermos usar os aeroportos para sair daqui,é a velha regra que ele colocou,quem entra,nunca mais saí,as pessoas podem chegar de barco e avião mas depois que passam da barreira não dá mais pra sair

Darwin-verdade,boa idéia!

No outro dia

Eu acordei no sofá da minha casa,ainda estava com a mesma roupa, Caio estava dormindo no chão,eu levantei um pouco tonta,mas logo passou,fui pro meu quarto, Sheila estava dormindo na cama,fui pra cozinha arrumei as coisas que estavam bagunçadas,fiz o mesmo com o resto da casa

Depois que acabei peguei uma panela e uma pá de madeira e fiquei batendo uma na outra,fazendo Caio, Sheila e provavelmente algum vizinho acordar

-ACORDEM!

Caio-aaah! caraio!

Sheila saiu do meu quarto se espreguiçando e eu parei de bater as panelas

Sheila- tô com dor de cabeça e você ainda fica batendo essas porras!, sorte sua ser um robô se não eu te matava agora!

-aham sei-falei em um tom sarcástico

...

Eles foram embora se arrumar pro trabalho,antes disso Caio me ensinou como usar o relógio que ele fez,esse relógio se conecta a mim e tem todas as utilidades que meu corpo robótico tem,isso vai me ajudar a hackear as salas pra ver oque tem dentro

No trabalho

Carlos-agora os horários de trabalho de vocês vão mudar,agora que não estudam mais vão começar a trabalhar as 07:00 até 12:00, vocês tem uma hora e meia de descanso 13:30 vocês voltam ao trabalho e ficam até 19:30,isso vale para todos!entenderam?

-sim

Carlos- hoje eu vou sair então Manuela vai dar as ordens por aqui, Manuela você sabe oque fazer,já estou atrasado,tchau,tchau

Ele saiu pela entrada principal

...

Eu tinha um pouco de tempo, Manuela estava ocupada e Carlos estava fora,eu abri a porta do escritório do Carlos e vasculhei alguns documentos

...

Achei a chave pro aeroporto!isso!vou procurar mais um pouco...

Achei um documento que parece importante

"Carlos Clainford foi o criador do primeiro robô mais parecido com um ser humano o nome dele é"...

Alguém entrou na sala,eu escondi a chave e fingi que tinha perdido alguma coisa alí perto

Carlos- oque você está fazendo senhorita Blook?!-eu me virei,sem levantar

-eu vim pegar um documento pra Manuela e deixei cair meu cartão de acesso,sem querer-peguei meu cartão de acesso e fiz uma cara de inocente

Carlos-e qual seria o documento posso te ajudar a procurar-agora ele me pegou...

-o-o documento...acho que ela não precisa mais,o senhor está aqui,ela disse que era algum tipo de senha que ela tinha esquecido,mas agora que você está não precisa mais né,eu vou indo tchau-eu sai da sala antes que ele pudesse responder

Uffa! Me safei dessa vez!e consegui a chave pro aeroporto

Mas tem um problema,eu não sei aonde tem um aeroporto!ele forma fechados a tanto tempo que parecem que nem existem mais,talvez até foram demolidos! Mas deve ter sobrado algum avião capaz de atravessar a barreira nesse país

Augusto- conseguiu?

-sim,mas tem um problema,eu não sei aonde tem um aeroporto e muito menos um avião que atravesse a barreira

Augusto-relaxa, alguém pode pesquisar ou deve saber

-eu espero que sim,sabe oque eu também descobri?

Augusto-oque?

-o Carlos já criou um robô e ele nasceu nos EUA mas foi criado no Brasil e ele sabe falar todas as línguas do mundo

Augusto-legal...

=Carlos Clainford=

Ela anda estranha,minhas suspeitas sobre ela aumentaram! Vou grampear o celular dela e colocar escutas na casa dela pra ver se ela tem algum plano contra mim

Eu vi o lugar que ela tinha perdido o cartão de acesso,estava perto do documento que comprova uma coisa bem secreta,tenho que esconder melhor isso, não quero lembrar dessa coisa

Peguei o papel de guardei no meu cofre

=Cibele=

Caio-e o relógio?funciona?

-sim,acessei o computador do Carlos e descobri algumas informações que não serão tão úteis,mas funciona

Caio-uhul!minha primeira invenção que da certo!

-e aquele foguete?

Caio-ele infelizmente não era muito resistente e meio que desmontou...


Notas Finais


Sei que esse capítulo não teve coisas muito legais mas é pq era pra ter 2 capítulos hj,mas sem querer eu apaguei o verdadeiro capítulo 6,mas coloquei as informações mais importantes aqui,ficou meio bosta pq eu resumi bastante eu fiquei com muita raiva de mim mesma (eu sou muito burra!)

Mas espero que tenham gostado e como sempre... ↓

Obg por ler ❤ e desculpa algum erro de português 😉


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...