História A Seleção, O Número Não Importa - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Seleção
Personagens Maxon Calix Schreave, Personagens Originais, Rainha Amberly, Rei Clarkson
Tags A Seleção
Visualizações 7
Palavras 763
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ficção, Romance e Novela, Saga
Avisos: Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiiiii tudo blza? Comigo tá, bom... mais ou menos... Mas tudo sempre melhora quando eu escrevo!

Capítulo 3 - Realmente tudo vai mudar...


Fanfic / Fanfiction A Seleção, O Número Não Importa - Capítulo 3 - Realmente tudo vai mudar...

Eu estava na casa da família Hale. 

Cinco dias haviam se passado desde a minha inscrição, não estava nervosa, ansiosa, preocupada, nada, não sentia nada. 

As filhas mais novas da família Hale - Kate e Lara - estavam sentadas de frente para a grande TV, enquanto eu estava varrendo o chão. 

 Quando terminei meu serviço, o Programa Nacional do Atlântico começou, seria nesse programa que o resultado das inscrições seria anunciado. 

- Sente-se aqui Jess! - chamou Kate. 

- Se não for um problema... 

- Nunca é um problema! Vamos! - insistiu Lara. 

Me rendi, fui até a sala e me sentei no chão ao lado delas, as meninas estavam super animadas, queriam saber quem seriam as sortudas, já que não tinham idade para participar. 

- Tomará que você seja escolhida! - disse Lara, olhando pra mim com um sorriso. 

- Seria bom... - suspirei - mas é bem improvável. 

- Tenha fé querida. 

Era a voz da Sra. Hale, uma das mulheres mais elegantes que eu conhecia, claro, ela era uma Dois, era de se esperar, mas eu gostava muito dela. 

- Não estou muito empolgada, sabe? São muitas garotas. 

- Ah minha querida, as vezes a sorte está do nossa lado. - ela deu uma piscadela. 

Eu ri, não acreditava em sorte, mas se ela existisse, não estava do meu lado. 

O programa começou, lá estava a família real,  junto com as duas apresentadoras, Jeneviv Moor, uma mulher de cinquenta anos, muito educada, e Jaqueline Moor, a irmã mais nova de Jeneviv, que estava sempre com um sorriso contagiante, e era muito simpática. 

 Ao lado delas, o Rei Jason um homem de trinta anos, que iria reinar por muito tempo, e a rainha Maryene, que tinha um leve sorriso no rosto, ela vestia um vestido branco e dourado, parecia um raio de Sol, literalmente, os cabelos loiros dela caiam em cachos sobre os ombros, ao lado direito dela estava o Príncipe, com o semblante de sempre, feliz, confiante e simpático de sempre. 

- Olá à todos! - disse Jaqueline. - Hoje todo o Atlântico ficará em festa! 

- Algumas pessoas farão festas maiores, suponho. - disse Jeneviv com um sorriso. 

- Isso mesmo, porque hoje iremos descobrir quem são as sortudas, sorteadas para a Seleção! 

Jaqueline parecia a pessoa mais empolgada daquele salão, de longe ela estava empolgadissíma! Achei suspeito. 

- Então Alteza, o que acha de tudo isso? - disse Jeneviv, se dirigindo ao Príncipe. 

Ele parecia não saber o que dizer, pareceu hesitar de nervosismo, mas disse por final. 

-  Tenho certeza de que será... hum... interessante e... diferente. Acho que nunca convivi com tanta gente. 

- Esta nervoso meu filho? - perguntou o Rei Jason. 

- Para ser franco, estou muito nervoso, alguma dessas senhorita será minha esposa, quero fazer a escolha certa. 

- Tenho certeza de que fará meu filho. - disse a rainha, segurando a mão dele sorrindo. 

- Estão prontos? - disse Jeneviv. 

O Príncipe confirmou com a cabeça, sorrindo ansiosamente. 

- Então vamos começar... candidata número um de Scorch Flower, Mary Mendes, Três! 

 A foto de uma garota com olhos caramelo e cabelo ruivo apareceu, ela tinha um sorriso maravilhoso, uma ponta de inveja cresceu, mas sumiu rapidamente. 

- Senhorita Amanda Chester, de Iceland, quatro! 

 Uma menina de cabelos pintados de rosa bem forte,  e olhos marrons quase me fez desistir, era impossível.

-  Senhorita Jess Brooke, de Tecland, Sete! 

As meninas me agarraram e me jogaram no chão, gritando como loucas, a senhora Hale batia palminhas, e eu? Como eu estava? Petrificada. 

 Sério? Eu?! Devia ser um engano tinha de ser! Não acreditava, não conseguia acreditar, realmente minha vida ia mudar!

 Foi quando o meu pequeno telefone tocou no meu bolso. 

- Alô? 

- Senhorita Brooke? 

- É sou eu sim, quem é? 

- Aqui é do palacio, gostaríamos saber onde a senhorita se encontra. - a voz era calma, não parecia ser um trote. 

- Bom... Hum... 

 Olhei para a senhora Hale, que fazia sinal com as mãos, dizendo que eles poderiam vir aqui. 

- Bom, eu estou na casa da família Hale, não é muito longe de onde eu... 

- Estamos a caminho... 

 Ele me interrompeu e desligou, não me importei, estava nas nuvens, eu ia ao Palácio, e pela primeira vez eu iria viver e não sobreviver. Antes de tudo ficar agitado ainda mais ouvi,  o Príncipe Tobias dizer:

- São todas garotas muito diferentes, quero conhecer todas, cada uma de um jeito. 

- E  sobre as garotas de Castas inferiores? - perguntou Jeneviv. 

- Para mim essas serão as mais interessantes. 


Notas Finais


Ames...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...