História O Ódio Pode Virar Amor (Woozi e Hoshi) - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Seventeen
Personagens Boo Seungkwan, Hansol "Vernon" Chwe, Hong Jisoo "Joshua", Junghan "Jeonghan", Lee Jihun "Woozi", Seungcheol "S.Coups", Soonyoung "Hoshi"
Tags Amor, Ódio, Soonhoon
Exibições 112
Palavras 1.669
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oiiiih
Como estão?
Foi mal pelo atraso.
Tai mais um cap. O ultimo
Espero que gostem!

Capítulo 10 - ❤Promessas❤


cap. 10

[Pov's Hoshi]

Eu to destruído, como ele foi capaz de fazer isso? Eu... não sei o que fazer.

Não posso chorar... já era, se derramar uma lágrima não da para conter as outras.

Por que ele fez isso? Se vingar, só por causa do passado? Só para perder a virgindade? Eu não sei...

Mesmo destruído eu quero e vou exigir respostas.

[Pov's Woozi]

Quando me dei conta, já estava correndo em direção a "minha casa", eu sou um idiota.

Que merda!

Eu preciso pensar, uma ideia boa, algo que me tire dessa enroscada que eu mesmo fiz ( com um pouco de ajuda do Hoshi ).

'Pensa Jihoon, pensa, tem que ser algo gen.... Já sei!'

- Porra eu sou muito genial! - Digo com orgulho de mim mesmo.

- Ixi.. É louco o moleque... - Fala um menino, que se não me engano é o cara da biblioteca Wonwoo.

Não ligo muito para ele e continuo indo até em casa. E eu não sou louco por falar sozinho, falam que isso é feito por pessoas muito inteligentes.

Na minha mente minha ideia é genial, por ser simples.

É tipo:

1- Chego em casa.

2- Pego os anéis de casamento da minha omma e meu appa ( O bom que não à seus nomes gravados no anéis só a seguinte frase: " Você chamou minha felicidade" Brega mais fofo.) [Autora: Quem lembrar do primeiro cap. vai lembrar do Woozi pegando os anéis dos pais]

3- Eu falo algo fofo tipo:

"Rosas são azuis
Violetas são amarelas
E meu amor por você é
Que nem um queijo de bruxelas"

Que merda! Vou ter que melhorar meu poema.

Ta depois eu penso em algo, só vamos correndo para casa agora.

            :。・:*:・゚’★,。・:*:・゚’☆

Chego que nem um louco, subo as escadas no maior desespero, e corro para uma pequena mesinha que eu tenho ao lado da minha cama.

Lá dentro estava is anéis e do lado um caderno meu bem antigo.

Curioso eu o pego, virando com todo cuidado do mundo as folhas.

Não acredito! Não me lembrava de ter o colocado nessa gaveta, eu tinha apenas 7 anos quando escrevi isso!
Falava da época que eu e o Hoshi viramos amigos, até a que ele me abandona, depois disso parei de escrever.
 
Falava sobre como eramos muito próximos, sobre nossos segredos, e aquele beijo, eu nem mais lembrava dele, foi no dia em que fomos ao parque de diversão e nos escondemos atrás do banheiro, por que queriamos fugir dos seus pais.

             *Flash Back On*

- Vamos Jihoonie, eles não vão nos encontrar aqui! - Ele disse me puxando.

- Espera Soonie!

- Vem! - Ele disse. - Já estamos chegando!

Ele disse me empurrando para trás dos banheiros, já era noite, o céu estrelado, e duas crianças sorridentes.

- Você tem certeza que não vão não encontrar?

- Sim!

Sentamos no chão, em um silencio, só ouvindo gritos de pessoas com medo dos brinquedos, ou gritando por diversão.

- Hey Soonie! - Chamo ele.

- O que?

- Me promete que nunca vamos nos separar? - Eu falo, mostrando o mindinho para ele.

- Eu prometo! - Ele diz pegando meu mindinho. - Mais com uma condição.

- Qual?

- Me da um beijo?

- B-beijo? - Digo assustado.

- Sempre vejo a omma e appa fazendo isso, então acho que podemos também. - Ele fala.

- M-mas eles são namorados, e nos amigos.

- Então seja meu namorado! - Ele disse se aproximando de mim, e depositando um selinho nos meus lábios. - Pronto. - Ele disse sorrindo.

Sorri também.

Depois disso os pais deles nos acham, dando uma bronca no Soonyoung, por fugirmos deles.

Depois desse dia o Soonyoung "entra no lado negro da força".

     *Flash Back Off*

Tinha esquecido dos momentos bons que passamos quando pequenos.

Começo a chorar, mais o choro para quando ouso um estrondo na porta.

Coro para baixo e me assusto com um Hoshi encapetado inchado de chorar.

- H-hoshi....

- Por que você fez isso Jihoon? - Ele diz.

- Me deixa explicar...

- Eu vim aqui para isso! - Ele diz cruzando os braços e me olhando com ódio.

- Ahh... - Eu realmente não sei o que falar.

- Não sabe o que falar? Já sabia. Quero que arruma suas coisa e suma daqui.

- De uma coisa você ta certo, eu não sei o que falar, e a única coisa que sei é da nossa promessa antiga...

- Que...

- Por favor não me interrompa... Sabe aquela? Quando tínhamos apenas 7 anos? Do parque de diversão? Das estrelas? Do beijo? - Digo me aproximando. - Por favor Hoshi, se lembre.

- E-eu lembro, desde daquele dia eu comecei a sentir algo diferente por você, eu era tão idiota que nem sabia que era amor. - Ele disse se aproximando também, mais acalmado e pegando minha mão.- Por isso me afastei de você, foi extremamente difícil bater em você. - Ele ri fraco.

- Você era um idiota mesmo... - Digo o abraçando pelo pescoço. - Me perdoa... Eu te amo tanto.

- Eu que tenho que pedir perdão, pequeno. - Ele diz me abraçando pela cintura. - E eu te amo mais.

- Ah não vai começar. - Digo rindo e o beijando de lingua. - Eu tenho algo para você. - Procuro os anéis nos bolso da calça e me ajoelho. - Quer namorar comigo?

- Eu não sei.. Sabe tem uma pessoas aqui na minha lista. - Ele diz pegando um lista invisível. - Tem o Jihoon, Woozi, Jihoonie, o meu gati...- Não deixo terminar, me levanto e o beijo.

- Idiota! - Digo rindo. - Me da esse dedo. - Mando, e coloco o anel nele e outro em mim.

- Pronto estamos casados. - Ele disse rindo, me fazendo rir também.
       
        [Pov's Autora]

     * 2 Anos depois*

- Porra Joshua vai logo! Não temos o dia inteiro.- Fala Seungkwan irritado.

- Amor, você é o pior padre provisório que conheci. - Fala Coups para Joshua.

- Aish! Calem a boca e me deixem. - Ele diz. - Continuaremos... Okay.... Hoshi você aceita esse pigmeu como seu legitimo esposo?

- Hey! - Woozi tenta protestar mais é interrompido.

- Claro! - Fala Soonyoung animado.

- Você pigmeu irritadinho aceita o Hoshi como seu legitimo esposo?

- Eu vou fazer você engolir seu carro Jisoo, e sim eu aceito. - Fala num tom ameaçador.

- Pode beijar a... O marido... Esposo... Ele! - Joshua fica confuso. -Só se beijem.

Foi o que fizeram, e só ouviram gritos animados dos amigos.

- Aeh! Agora vamos beber. - Diz Vernon super animado.

- Ainda não amor. - Diz Seungkwan  vendo o esposo ficar triste.

Os outros só riam da cena e conversavam.

Aquele poderia ser o casamento mais provisório do mundo, mais nem ligaram. Nem roupas formais usavam, nem mesmo tinham um padre que preste (foi mal Joshua), mas estavam na praia, nas férias e com amigos e isso era o que importava.

- 1... 2... 3... - Jihoon contava até jogar o "buque", de flores que acharam no quintal da casa de praia que alugaram.

O sortudo que "pegou" ( Entre aspas por que o sujeito nem sabia que o buque havia sido jogado, e pegou sem querer) foi Vernon, que antes estava distraído com uma garrafa de Whisky.

Aquela foi uma das melhores noites do grupo de amigos.

      * 1 depois *

- Jihoon cheguei! - Diz Hoshi entrando em sua casa.

-Tô na cozinha- Diz Woozi.- Como foi a aula hoje? - O menor pergunta referindo-se a aulas de dança que o maior dava.

- Boa... Eu tenho uma supresa... - Hoshi fala.

- Qual?

- Adotei um filhote!

- Sério? Aquele cachorrinho que vimos naquele dia? O pequenininho? - Woozi diz ansioso.
   
- Não, bem diferente. Entra Jooheon! - Hoshi grita.

- Jooheon?

- O-oi Jihoon appa... - Diz uma criança pequena com vergonha.

- UMA CRIANÇA!? MEU DEUS QUE FOFO! JOOHEON? QUE NOME LINDO! - Diz Woozi sufocando o pequeno.

- Calma Woozi não mata ele não. - Diz Hoshi rindo da felicidade do menor. - Adivinha quem eu achei lá?

- O Seungkwan?

- Como adivinhou?

- Ele me disse que iria adotar um menino.- Woozi diz. - E o Coups também.

- Porr.... AIHH! - Hoshi grita após levar uma colherada na cabeça.

- Temos uma criança agora, não fale palavrãos, e agora vamos jantar, vem pequeno. - Disse Woozi pegando na mão do menor e o conduzindo até a cozinha.

O jantar foi alegre e engraçado por causa das palhaçadas de Hoshi, ele e Woozi estavam tão felizes por ter um filho, que bem viram a hora passar, e estar muito tarde.

Depois do jantar Jihoon lavava louça, enquanto o Soonyoung colocava Jooheon para dormir no seu novo quarto.

Enquanto Woozi lavava louça, olhava para as estrelas por uma janela que tinha em frente a pia.

Lembrando sempre dos momentos bons que tivera com Hoshi, e os bons que está tendo.

Ele tomou um susto quando sentiu algo pegando sua cintura e o abraçando por trás.

- Tá fazendo o que? - Soonyoung perguntou.

- Olhando as estrelas e pensando em você...

- Sério? - Disse Hoshi depositando um selar no pescoço do menor.

- É... - Disse Woozi sentindo um arrepio por causa do beijo. - Me prometa uma coisa Soonie...

- Se sabe que sou péssimo com promessas né?

- Cala a boca, e me prometa!

- Okay, fala meu gatinho.

-Que vai ficar comigo para sempre,  que não iremos nos separar, e que seremos os melhores pais possíveis, okay? - Woozi falou.

- Nossa quanta coisa, mais ta eu prometo.

- Bom mesmo. - Disse Woozi virando e o abraçando pelo pescoço. - Vamos dormir, por que amanhã você não ira trabalhar, mais eu sim. - Disse Woozi referindo-se ao seu trabalho de produtor musical.

- Okay meu gatinho.

- Então vamos minha estrela.

     * The End*


Notas Finais


Foi realmente muito legal escrever essa fic.
Obrigada a todos que leram, favoritaram e comentaram.
Espero que tenha gostado do cap final!
A gente se vê por ai
Tchau!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...