História O Outro Lado - Capítulo 20


Escrita por: ~ e ~AnnaEsttevao

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Aventura, Colegial, Comedia, Escolar, Ficção, Mistério, Novela, Originais, Romance, Saga
Exibições 8
Palavras 788
Terminada Não
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


OI GENT
MAIS UM CAP
BEIJOS

Capítulo 20 - Vento do Além e um Professor de Química


Me sentei direito quando a professora começou a entregar os materiais necessário para fazer a atividade; no caso, vamos construir um extintor de incêndio. ''Ótimo, faz muito sentido isso mesmo. Vamos fazer e esquecer no dia seguinte.'' Como se pudesse ler meus pensamentos, Tom disse:

[Tom]:- Vem cá, não quero te irritar não, mas essa atividade não faz sentido nenhum.- Depois de falar, ele apoiou seu rosto com a mão, como que não querendo ver minha reação. Revirei meus olhos, mas o respondi.

[Melissa]:- Pensei a mesma coisa.- Ele me olhou, surpreso, mas rapidamente parou de me olhar.

[Tom]:- Pensei que você ia.... bem, você sabe.- A professora entregou os materiais necessários, e eu peguei um deles, analisando-o.

[Melissa]:- Que bom que você sabe, então.- Olhei para ele.- Você entendeu alguma coisa do que a professora explicou sobre fazer o extintor?- Ele abriu um sorriso provocativo.

[Tom]:- Quer dizer que a dama aqui não entendeu nada?- Dei um tapa de leve em seu braço, o avisando que era melhor nem começar. Ele começou a rir, levantando seus braços.- Desculpa, desculpa! Não consigo me conter.- Revirei meus olhos novamente.

[Melissa]:- Vamos começar logo, então.

[Tom]:- Eu pretendia fazer de última hora, mas já que você pode muito bem me bater, vou fazer o que disse.

[Melissa]:- Então vamos. Como eu perguntei antes, você entendeu alguma coisa?

[Tom]:- Entendi sim. Preciso desenhar pra você entender?- O fuzilei com os olhos. Ele parecia estar se divertindo.- Bem, vou parar de te encher só um pouquinho e dar uma de professor.- Do nada, ele tirou um óculos de seu bolso. Tipo, não óculos pra se fazer de bonitinho. Era um óculos mesmo, de grau. Esbugalhei meus olhos só um pouquinho(POUCÃO), olhando para ele. Já Tom, fez uma expressão de ''ué, posso nem ter problema na vista agora não, moça?'' Sério, eu nunca vi ele usar óculos. É bem estranho.- Isso comprova que você vive no mundo da Lua. Eu coloco meus óculos toda hora na sala.- Gente, ele tá muito engraçado. O pior é que o estilo do óculos é um pouco nerd, o que faz com que ele pareça realmente um. Comecei a rir, e ele parecia nem se importar.- Geralmente é a primeira reação das pessoas mesmo. Quer que eu te ensine ou não?- Eu estava duvidando que ele iria realmente conseguir me ensinar, mas assenti, dando de ombros. 

[Melissa]:- Começa logo então, professor Tom.- Ele começou a me explicar. De início não entendi quase nada, mas quando ele começou a pegar os materiais para me explicar enquanto fazíamos o extintor, tudo começou a fazer sentido.- Ah, então isso vai aqui?- Apontei para um buraquinho.

[Tom]:- Claro que sim, eu acabei de te falar isso.- Arqueei minha sobrancelha direita.

[Melissa]:- Eu só estava confirmando, idiota.- Coloquei tudo no lugar, e nosso extintor finalmente parecia estar pronto. Comecei a analisá-lo.- Parece bom.

[Tom]:- Está sim. Eu fiz a maior parte, afinal.- Ele deu uma piscadinha, me provocando. Apenas mostrei minha língua para ele. 

[Melissa]:- Vamos mostrar para a professora, então. Tenho certeza de que ouvi ela falando que só isso aqui vale cinco pontos.

[Tom]:- Quase o ano inteiro.- Tom completou minha fala, ironizando.

[Melissa]:- Exatamente. Porque você não vai lá entregar, hm?- Estendi nossa geringonça para ele, que a segurou.

[Tom]:- Que seja.- Tom se levantou de seu banquinho, indo em direção da professora. Enquanto eu esperava, fiquei batendo meus dedos na mesa. Quando eu fui levantar minha mão para arrumar meu cabelo, um vento forte que veio de não sei de onde, já que todas as janelas estavam fechadas, me fez perder o equilíbrio no banquinho; fui meio que ''empurrada'' do banco, caindo. Eu teria mesmo é caído no chão, se Tom não tivesse aparecido do nada para me segurar com delicadeza nenhuma.- Opa. Até ventou, mas não era pra tanto.- Eu ainda estava toda jogada nele, de costas, enquanto ele me olhava. Olhei para o resto da turma, e vi que muitas garotas estavam arrumando seus cabelos desarrumados, enquanto os garotos estavam falando sobre espíritos, que de acordo com eles, foi o que causou o vento. Me levantei novamente, e Tom me soltou apenas quando viu que eu não cairia de novo em hipótese alguma.

[Melissa]:- Meu Deus, de onde veio esse vento?

[Tom]:- Tô achando que veio de...-Tom começou a falar, sussurrando.A professora o interrompeu, gritando para a sala:

[Professora]:- Gente, quem acabou é pra fazer o relatório três!-  Me sentei novamente, pegando o CL. Tom também se sentou.

[Melissa]:- Vamos lá.- Peguei um lápis e comecei a fazer os exercícios, e percebi que eu não teria feito quase nada se não fosse pelas explicações de Tom. Do nada, ele disse:

[Tom]:- De nada, aí.- Humilde ele.

 


Notas Finais


Gente, não vou dar meu TCHAU hoje
queria só pedir desculpas pelo cap pequeno, não vai dar tempo pra por mais coisa
BEM, PELO MENOS FIZ TRÊS NESSE FINAL DE SEMANA, NÉ?
''UUUUU, queria mais, não vale!'' (vcs)
nuosa jureg ;-;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...