História O outro lado de Neji Hyuuga. - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Neji Hyuuga
Tags Drama, Naruto, Neji, Romance, Suspense
Visualizações 107
Palavras 1.688
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


-----Lembrando que, isso, é algo para um publico mais adulto, Não recomendo se você é menor de idade, nem se não gosta desde tipo de coisa.-----


Me atrasei um dia, pq EU PERDI O CAP, É A TERCEIRA VEZ QUE ESCREVO ISSO PQP
Enfim, eu não sei escrever esses tipos de coisa, mas como foi uma mudança de ultima hora nao tive escolh né..
Boa leitura :')

Capítulo 11 - Uma noite agitada.


Fanfic / Fanfiction O outro lado de Neji Hyuuga. - Capítulo 11 - Uma noite agitada.

Neji a empurrou na cama ficando por cima da mesma, segurando os pulsos da garota.

- N-Neji... Me solta! - disse tentando soltar-se.

Ela estava agitada, com a respiração rápida. Ele se aproximou, colando suas testas, a olhava nos olhos, alguns fios dos seus longos cabelos caiam no ombro da garota, ele podia escutar o coração da garota batendo forte. Ao finalmente selarem seus lábios, yuki sentiu um arrepio a percorrer pelo corpo. Me desculpe ikki, desta vez, eu não consegui resistir. - Pensou.

Confirme o beijo se aprofundava, o moreno levou as mãos da menina a cima de sua cabeça, juntando-os e segurando com apenas uma das mãos, continuaram aquele beijo apaixonante ate yuki afastar-se ofegante. Neji desceu com seus beijos para o pescoço da menina, e depositou uma mordida no local, algo entre a dor e o prazer.

- Ahh, - a vergonha tomou seu rosto novamente. Neji a olhou com um sorriso malicioso.

- Não, Neji me solta. Não e uma boa hora... - ela pediu. Ele a olhou um pouco confuso, mas se ela não queria, ele não iria forçar nada. Apenas a soltou. Antes de sair de cima da menina depositou um beijo na testa da garota, logo se afastando depois. Naquele momento, um silencio tomou o local, os dois estavam sentados na cama, ela estava com as mãos no local do beijo, mordendo os lábios, pensava: Neji não deve estar consciente, talvez nem se lembre disso amanha, eu quero que isso seja algo especial... E se ele não se lembrar? E se ele so esteja fazendo isso por que bebeu um pouco demais... Isso deve ser algo especial, seria com ele. Seria especial sim... Por mais que fosse apenas por uma noite... - Mas que droga, Neji - disse o puxando para um beijo. Pôs as mãos no rosto do rapaz, nem sabia oque estava fazendo,no inicio ele também estava confuso, mas logo continuou aquilo, dando ritmo mais quente aquele beijo. Separaram-se ofegantes, Yuki apertava a blusa do rapaz, ele segurou a mão da garota e a olhou nos olhos.

- Yuki... Eu não sou um cara muito gentil nessas horas. - avisou. Ela sorriu se lado.

- Ótimo - Respondeu.

- Eu não quero machucar você.

- Eu confio em você.

- Você é teimosa.

- E você só enrola. - provocou. Ele rapidamente tomou os lábios da menina novamente. Suas mãos passeavam pelo pequeno corpo da garota, que se arrepiava a cada toque. Ele foi lentamente a deitando novamente na cama. Ele distribuía chupoes pelo pescoço de yuki, que suspirava baixinho, os lábios do garoto eram gélidos.

O moreno pôs suas mãos em cima das mãos da menina, -que estavam em seu rosto- as acariciando, e as guiou ate em cima da sua cabeça, juntando as duas, e segurando com apenas uma de suas mãos. Pegou a bandana ninja que tinha, e usou para amarrar as mãos da menina, nada muito forte, para não machuca-la.

Ela mordeu os lábios nervosa.

- N-Neji... - o chamou como reclamação.

-Senpai, Neji-Senpai. - à corrigiu.

- Idiota...

- Se continuar assim irei puni-la sem piedade alguma. - uma frase que a fez estremecer ali mesmo. Engoliu a seco.

Ele levantou-se e tirou sua camisa, ao voltar para a cama, ia acariciando as pernas de yuki, ficando entre elas, a mordeu forte na parte interna da coxa.

- Anhhg. - ele a olhou maliciosamente e deu um beijo no mesmo local da mordida. Subiu suas mãos por baixo da blusa que a menina usava, a mesma levantou um pouco o quadril para que ele pudesse levantar um pouco mais a peça, Confirme subia com a roupa, depositava varias mordidas e beijos na barriga da garota. Parou a olhando, a puxando para mais um de seus beijos, que comparados ao de ikki, eram únicos...

 Ele pôs as mãos na gola da camisa, a forçando um pouco, fazendo soar o som da pela sendo rasgada. Ela puxou involuntariamente os pulsos tentando se soltar para se esconder, um ato que a machucou um pouco.

- Vai se machucar assim. -a alertou. O rosto da garota ardia em um vermelho vivo. Neji voltou a beija-la calmamente, a tranquilizando aos poucos, desceu vagamente com as mãos ate seus seios ainda cobertos pelo sutia, os massageava de uma forma estimulante. Sem pressa, retirou o sutia, finalmente deixando os pequenos seios da garota expostos.

- N-Não Neji! - reclamou. Ele a mordeu forte no pescoço. -ah-aii.. Senpai.. Neji-senpai -corrigiu-se.

- Assim esta bem melhor. - ele voltou a atenção aos seios da menor.

Lambeu.

Chupou.

Mordeu...

A fazendo gemer mesmo involuntariamente...

Desceu com uma de suas mãos ate a intimidade da garota, a fazendo fechar as pernas bruscamente.

- Yuki... - chamou a atenção da garota.

- M-Mas senpai... - ele deu uma leve mordida no seio esquerdo da garota. - ahh.. - agora ele passeava com as mãos pelas coxas da menor, a fazendo abrir um pouco as pernas aos poucos..

Passou levemente com o polegar pela intimidade da menina, ainda coberta, a fazendo arrepiar-se por inteiro.

Retirou lentamente a ultima peça que a yuki vestia, e distribuindo beijos pelas pernas da garota, ficou entre elas, novamente yuki forçou a bandana para se soltar. Ele deu um leve beijo por cima, em sua intimidade.

- Neji - o chamou. Ele deslizou as mãos desde a cintura até o bumbum da garota, dando um tapa forte no local. - senpai... -corrigiu-se novamente. - Neji-Senpai, não faz isso... -pediu.

-Não?

- é vergonhoso... -disse vermelha.

- Se não quer, não irei força-la a nada. - disse dando um beijo um pouco abaixo do umbigo.

Subiu novamente, ao encontro dos seus lábios. Desceu novamente uma de suas mãos a intimidade da menor, a estimulando mais, seu rosto queimava em vermelho, e bem ao pé de deu ouvido, a garota gemia baixo o nome do rapaz.
Foi quando ele introduziu lentamente um dedo. A garota mordeu forte os lábios.

Começou a masturba-la ali mesmo. Lento no inicio, mas aumentando a velocidade a todo instante. E em vários momentos ela forçou a bandana novamente, tentando se soltar.
Seus pulsos ja estavam vermelhos, e ela chegando em seu limite. Quando o menino apenas parou repentinamente.
Ela o olhou inconformada.

- Ainda não yuki-Chan. - Soou provocador. Disse se levantando, abriu o ziper da calça. Ele a olhou mordendo os lábios em um sorriso sujo, e ela tentava novamente se soltar. - Posso? - perguntou, ela suspirou criando coragem, e balançou com a cabeça como um sim. Neji se ajeitou entre as pernas da menor, ela era como uma pequena boneca de porcelana em suas mãos. E ele tinha medo de à quebrar.
Aos poucos foi introduzindo seu membro. E ela fechou os olhos fortemente, maltratando os próprios lábios. Aquilo doía muito. Neji limpou as lagrimas que deixavam uma trilha vermelha em suas bochechas.

- N-Neji-Senpai, tira, ta doendo!

- Aguente mais um pouco Yuki-Chan..

- Mas ta doendo muito. - disse puxando os pulsos novamente, aos poucos, ela deslizar as mãos dali.

- Aguente só mais um pouco, ok? - disse dando selinhos na sua testa e lábios.

Neji continuou a penetra-la, ate ficar por inteiro. E nesse exato momento, Yuki conseguiu se soltar das amarras.
Ela apoiou-se com as mãos nas costas do rapaz.
E ele segurou a nuca da garota enquanto a beijava, para tentá-la distrair da dor que sentia
Sabendo que a dor não iria passar tão rápido, ela mesmo assim fez sinal para que ele continuasse.

Ele movimentou-se lentamente, mas ainda sim era uma dor aguda, a fazendo gravar as unhas fortemente nas costas do rapaz, ambos se arrepiaram com o ato. 
Lagrimas escorriam de seu rosto, mas ainda sim iam com calma.
(continuem isso ai pvfr, usem a criatividade porque eu não sei como continuar ;_;)
(....)

Yuki acordou estava sozinha na cama, sentia o aroma do café vindo da cozinha.

- Ah, Bom dia - Disse Neji se virando para a garota. 

- B-Bom dia.. Neji, as suas costas. - Disse apontando. - Desculpe.

- Ah.. sobre isso, ta tudo bem.  Mas, você estava acordada então? 

- Como assim? 

- hã? Não se lembra? Você dormiu no sofá logo quando eu saí do banho. 

- D-Dormi? - Disse corando. 

- Sim, Eu fui te levar para a cama, e bem.. - Apontou para as costas. - Mas você dormiu bem? 

- Ah sim, eu só tive um pesadelo...

- Nem te conto oque é pesadelo... 

oque realmente aconteceu....

Neji a pegou no colo para levar a garota para a cama...

- Neji.. Me solta.. - Dizia entre-sono. 

Neji arrumou as pernas da garota em volta de si, com cuidado, para não por as mãos no bumbum da menina. 

- N-Neji-Senpai - sussurrava dormindo, bem perto de seu ouvido. 

Ele a levou até o quarto e foi cuidadosamente deitar a menina na cama, quando sentiu ela cravar as unhas com força nas suas costas. 

(....)

- Hanabi eu vou te matar! - Disse para a menina quando a encontrou pelos corredores perto da sala da hokage.

- Por que? oque eu fiz? 

- Se lembra daquela tarde em que você roubou o livro do kakashi-sensei? Por culpa sua eu tive o pior pesadelo da minha vida!

- Hm, safadinha... 

- E-Eu? Você que roubou aquele livro! E por acaso.. Já devolveu?

- Ainda não terminei de ler... - Yuki suspirou saindo do local indo falar com a hokage. 

- Afastamento? - Repetiu a hokage. 

- É 

- Bem, entendo seus motivos, caso precisar de algo, é só me falar. 

...

Yuki encontrou ikki pelo caminho de volta e voltaram conversando juntos. Uma breve conversa, ao ela voltar ao templo principal do clã. viu neji e hiashi conversando. 

- Já chegou? Esta um pouco atrasada Yuki - Repreendeu hiashi. - Ser pontual é essencial. 

- Desculpe. - Curvou-se

Mas o importante é que já esta aqui. Então, Neji vai treina-la. Boa sorte. - Disse se retirando do local.

Hêh?  Com ele? Mas- 

- Mas nada, ele é um dos mais experientes, comporte-se. 
Ela o olhou. 

- Bem, vamos começar então...

 


Notas Finais


Primeiramente... QUE?
Segundamente (heuahe)
Só fiz isso por que a ser humana pela qual a fic foi feita em homenagem (yui uma amiga minha) Me pediu.... e eu ainda não sei por que aceitei fazer isso '-'
Eu realmente nao sei escrever essas coisas :v


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...