História O outro lado do Satsui no Hadou - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Street Fighter
Tags Chun-li, Evil Ryu, Ryu, Satsui No Hadou, Street Fighter
Exibições 7
Palavras 680
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Ecchi, Ficção, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - Dominada pela luxúria


Fanfic / Fanfiction O outro lado do Satsui no Hadou - Capítulo 5 - Dominada pela luxúria

Evil Ryu continuava a rasgar a roupa de Chun-Li. Ela não esboçava nenhum tipo de reação, pelo contrário, consentia com aquilo.  Sua cabeça não conseguia raciocinar direito o que estava acontecendo. Tudo o que ela sabia, naquele momento era que seu corpo gritava para ter aquele homem, o homem com quem ela volta e meia sonhava que a possuía.

Sua roupa estava em farrapos. Seu colete ainda estava, ligeiramente inteiro, diferente de seu collant, que só sobrou parte das pernas. Sua calcinha fora rasgada com violência.

Evil Ryu, durante um breve instante, ficou admirando aquela cena. A lutadora que se intitulava a mulher mais forte do mundo, completamente a sua mercê e dominada pela luxúria. Seus grandes seios estavam com os bicos duros, bem pontudos, enquanto que era visível a sua secreção, que escorria pelas coxas grossas. Finalmente ele estava com a mulher que desejava, desde muito tempo.

Com suas mãos, Evil Ryu começa a apertar os seios de Chun-Li e, logo após, os chupa de maneira intensa, sugando com força e mordiscando os bicos. Chun-Li se contorce de prazer, gemendo, cada vez mais alto.

Enquanto chupa um de seus mamilos, uma das mãos de Evil Ryu vai descendo em direção a sua vagina. Ao chegar lá, sente o quanto ela está molhada.

Ele começa a massagear o clitóris de Chun-Li, fazendo movimentos circulares, enquanto que lhe dá um beijo intenso, a segurando pelos cabelos. Chun-Li corresponde o beijo, o abraçando com força.

Após o beijo, os dedos de Evil Ryu, então, deixaram de massagear o seu clitóris e a penetrou. Um, dois, três dedos. Num vai e vem frenético, que dava a impressão de que ele queria enfiar a sua mão inteira dentro de sua boceta. Chun-Li gritava de prazer, mas, num pequeno momento de lucidez, com uma de suas mãos, segurou a mão de Evil Ryu, tentando tirar seus dedos, dizendo:

— Ryu… Por favor…

— Tira a mão!!

— Mas…

— Eu já mandei você tirar a sua mão!!! - gritou Evil Ryu, enquanto puxava os seus cabelos e enfiava o quarto dedo na sua buceta.

— Olha só para você, gemendo feito uma cadela, se portando como uma vadia, querendo me dar ordens? Quem manda aqui sou eu, entendeu? - disse Evil, fazendo uma estocada ainda mais forte com os seus dedos.

Os olhos de Chun-Li, reviraram nesse momento. Ela sentia uma onda de prazer intensa correndo pelo seu corpo, e após essa onda, ela sentia outra e outra, seguidamente. Estava tendo um orgasmo múltiplo. Evil Ryu sentiu um jato em seus dedos, e eles ficando ainda mais encharcados.

— Querendo fazer cu doce, mas olha só, gozou. E nem disfarça… Gostou tanto assim, minha putinha? - disse Evil Ryu, enquanto retirava seus dedos de dentro dela.

Chun-Li não conseguia falar, apenas gemia, ainda estava sob o efeito do orgasmo.

“PLAFT”! Evil Ryu acabara de dar um tapa em sua coxa e lhe dizia:

— Quando eu fazer uma pergunta é para responder! Gostou ou não sua puta?

— Sim… - disse Chun-Li, com uma voz meio desfalecida - Mais…

— O que você disse?

— Eu quero mais…

Evil Ryu se levanta, tirando suas calças. Com isso revela o seu membro, completamente enrijecido, latejando, saindo secreção pela cabeça.

— Você terá mais, só que primeiro, vai ter que me satisfazer um pouco… Pode chupar!

Chun-Li, se põe de joelhos e pega o pau de Evil Ryu. Com uma das mãos, puxa a pele do membro para baixo e, logo após, o abocanha com gosto.

Ela chupa com vontade, brincando com a língua na cabeça e engolindo o membro inteiro em seguida. Uma de suas mãos massageia o saco, enquanto a outra, aperta uma das bochechas da bunda de Evil Ryu.

Ele pega a cabeça de Chun-Li e começa a foder sua boca.

— Isso, chupa sua piranha! Engole até o talo!

Chun-Li continuava, engolia o pau inteiro, o sentindo em sua garganta. Até que Evil Ryu o afastou dela.

— Vamos agora fazer algo novo.

Evil Ryu deita no chão e coloca Chun-Li por cima dele, fazendo um 69.

— Continue o que você estava fazendo! - lhe ordenou.


Notas Finais


Esse capítulo era para ser maior... Mas resolvi dividi-lo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...