História O outro lado do Satsui no Hadou - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Street Fighter
Tags Chun-li, Evil Ryu, Ryu, Satsui No Hadou, Street Fighter
Exibições 10
Palavras 1.093
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Ecchi, Ficção, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Esse capítulo pode ter algum trecho que seja um tanto "pesado". Mas, mesmo assim, espero que gostem!

Capítulo 8 - O desejo de ambos


Fanfic / Fanfiction O outro lado do Satsui no Hadou - Capítulo 8 - O desejo de ambos

Evil Ryu estava parado na porta, olhando fixamente para Chun-Li. Se agachou, pegando o brinquedo no chão, dizendo em seguida:

– Já estava querendo brincar sozinha, sem mim?! Mas que mulher safada! - indo até ela, segurando o vibrador.

Chun-Li se levantou, um tanto assustada, ao mesmo tempo que sabia o que iria acontecer em seguida. Seu corpo começava a dar sinais de que ela queria, novamente, ter aquele homem a possuindo.

Evil Ryu a encostou na parede, pressionando o seu corpo com o dela. Seu rosto estava bem próximo e ele terminou levantando e segurando os braços de Chun-Li, os segurando pelos punhos, com uma de suas mãos.

– Ryu, por favor, vamos conversar primeiro… - disse ela já com a respiração ofegante, mostrando sinais de excitação.

– Conversar? Olhe só para você Chun-Li! Não fiz nada e já está ficando assim… Sabia que o Satsui no Hadou mexe também com os instintos mais básicos do ser humano? Tudo o que fiz foi apenas trazer os seus desejos mais secretos à tona! - logo após dizer isso em seu ouvido, de uma maneira um tanto sensual, ele a beijou.

Chun-Li tentava soltar, mas correspondeu ao beijo. A língua de Evil Ryu brincava em sua boca. Fazia movimentos circulares em seus lábios, explorando cada canto. Aquilo estava deixando ela meio louca, e sua respiração, foi ficando cada vez mais ofegante, enquanto que sua calcinha, foi se encharcando.

– Esse seu brinquedo está me dando algumas ideias… Vamos, tire a sua roupa. - disse Evil Ryu, soltando os braços de Chun-Li.

Ele se afastou um pouco e ficou observando ela se despir na sua frente. Logo após, ele a levou até o colchão e a pôs deitada, deitando por cima dela logo em seguida.

Enquanto beijava Chun-Li, Evil Ryu ligou o vibrador e enfiou dentro dela, o que a fez soltar um gemido. Deixou o brinquedo ali, continuando a beijá-la. Ele foi deixando de beijar sua boca e começou a beijar seu pescoço, indo para os seus seios, onde aproveitou para chupá-los e beliscar os bicos, sua barriga até chegar na sua vagina, onde começou a sugar o seu clitóris.

Chun-Li começou a se contorcer de prazer. Sentir os movimentos do vibrador, aliados a chupada de Evil Ryu, estavam deixando ela louca, o que faz com que Chun-Li tenha um orgasmo. Evil Ryu então parou e começou a tirar a sua roupa. E voltou a beijá-la novamente, massageando seu grelo. Então, Chun-Li sente os dedos dele invadindo sua boceta, ainda com o vibrador dentro.

Chun-Li na hora ficou um tanto surpresa. Nunca tinha sequer cogitado em colocar mais de alguma coisa ali. Ela curtiu aquele momento, mesmo achando um tanto estranho.

– Está gostando disso? - perguntou ele, com bastante malícia na sua voz.

– Sim…

– Então que tal fazermos algo diferente? - e retirou os seus dedos.

Chun-Li olhava para ele com uma expressão de dúvida e curiosidade. O que ele estaria planejando?

Evil Ryu, então, começou a esfregar o seu membro na entrada da vagina de Chun-Li, mesmo com o vibrador lá dentro. Ele começou a forçar um pouco e conseguiu meter a cabeça lá dentro. Nessa hora, Chun-Li deu um gemido de prazer misturado com um pouco de dor.

– Você vai me arregaçar desse jeito! - disse ela, gemendo.

Devagar ele foi enfiando o seu pau lá dentro, sentindo a boceta de Chun-Li muito apertada e o vibrador tocando no seu membro.

– E você não está gostando de ser arregaçada? - disse ele, olhando para ela, visto que a mesma se contorcia, mas não esboçava qualquer tipo de protesto ou queixa.

Nessa hora Chun-Li, sem raciocinar, disse apenas:

– Acaba comigo…

Evil Ryu foi gradativamente aumentando o ritmo das estocadas. Começou bem devagar, para ela ir se acostumando e, aos poucos, aumentava a intensidade. Chun-Li gritava loucamente, enquanto o abraçava, arranhando as suas costas e o prendendo com as suas pernas, impedindo-o dele cogitar em sair dali. Ele continuou com aquele vai e vem, até ficar bem rápido.

Chun-Li estava completamente fora de si e gritava coisas como “acaba com a sua puta”, enquanto gozava loucamente. Ficando cada vez mais louco com aquilo, terminou gozando junto com ela.

Ele retirou seu pau e o vibrador de Chun-Li, ficando sentado, para descansar. Chun-Li continuava deitada, com a cabeça nas nuvens, com uma expressão de quem estava muito satisfeita.

Após alguns minutos, Evil Ryu voltou a colocar o vibrador dentro da boceta de Chun-Li e disse, apontando para o seu pau:

– Fique de joelhos e não tire o brinquedo. Tá na hora de você deixar meu pau bem limpo. Só que com cuidado, pois a brincadeira deixou ele um pouco esfolado.

Chun-Li, sendo cuidadosa, o colocou na sua boca. Conforme ela chupava, sentia ele crescendo lá dentro, ficando novamente rígido. Evil Ryu gemia, elogiando o trabalho. Quando o membro ficou bem duro novamente, ele ordenou que Chun-Li ficasse de quatro pra ele, abrindo bem a sua bunda.

Evil Ryu, colocou dois de seus dedos na boca, para molhá-los e logo após enfiou no cu de Chun-Li, começando a fazer um movimento de vai e vem, para prepará-lo. depois, ele encaixou o seu membro e começou a penetrá-la, bem devagar.

– Como você se sente, estando preenchida dos dois lados, hein? - disse Evil Ryu, aumentando, aos poucos, o ritmo das estocadas.

– Meu Deus… Não pára… Continua… - disse Chun-Li em meio aos gemidos de prazer, se excitando cada vez mais com aquilo.

– Isso quero ver você assim...Completamente doida e consumida pelo seu desejo. Não pensando em mais nada… - e após terminar essa frase puxou os cabelos de Chun-Li, enquanto dava umas palmadas em sua bunda.

O vai e vem ficava cada vez mais forte. Chun-Li sentia que outro orgasmo estava vindo. Seu corpo começou a se estremecer.

– Eu tô gozando... - disse gemendo, com uma voz desfalecida e uma expressão de felicidade.

Evil Ryu também não aguentou por muito tempo, e terminou gozando logo em seguida. Após o orgasmo, Chun-Li deitou e o vibrador saiu de sua vagina, completamente encharcado, acompanhado de bastante secreção, que parecia uma ejaculação. Evil Ryu deitou ao seu lado e ela o abraçou dando um beijo longo e carinhoso.

Nesse momento, enquanto se beijavam, a áurea do Satsui no Hadou começou a se dissipar. Ryu foi aos poucos voltando ao seu estado normal. Ao terminar o beijo, eles se encararam. Chun-Li com uma expressão de satisfeita e Ryu com um olhar assustado, começando a ter noção de tudo o que aconteceu até aquele momento.

– Meu Deus, então nós dois… - falou Ryu, a abraçando fortemente.


Notas Finais


É, o velho e bom Ryu está de volta! Isso significa que o desfecho da história está próximo. Como será que ele vai reagir a tudo isso?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...