História O Passado Nunca Morre - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Homem-Aranha
Personagens Abutre, Duende Verde, Electro, Lagarto, Mary Jane Watson, Personagens Originais, Peter Parker, Tia May
Tags Amizade, Aventura, Comedia, Drama, Home Coming, Homem Aranha, Luta, Peter Parker, Tom Holland, Tragedia
Visualizações 32
Palavras 876
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Começo de Tudo


Fanfic / Fanfiction O Passado Nunca Morre - Capítulo 1 - Começo de Tudo

E aqui estou eu, saindo de um avião em Nova Iorque para mudar de vida, ir em uma escola nova entre outras coisas... 

- Filha, tá acordada? - Minha mãe brincou. - O táxi está esperando.

- Ah ta, vamos né? - Falei pegando minhas malas e acompanhei minha mãe e meu padrasto. Yeah, eu tenho um padrasto. - E aí, Mike, o apartamento é legal? - Perguntei andando.

- Sim! Mas também, ele vale o preço que é né?! - Michael ri. 

Eu até que gostava do Mike, até chamava ele por apelido. O bom, é que ele trata eu e minha mãe super bem, então, não tenho nada contra.

Momentos depois, a gente finalmente chegou no nosso novo lar.

- Bem-vinda ao Queens. - Minha mãe falou entusiasmada. 

- Uau... - Murmurei. - Dois andares pra gente? Em um prédio?!

- Isso mesmo. Tudo do bom e do melhor pra vocês. Certo, Amy?

- Super certo, Mike. - Respondo meio distraída. - Por favor, fala que meu quarto é lá em cima?

- Terceira porta a esquerda. - Ele sorri.

- Yes! Eu amo vocês, fui. - Peguei minhas coisas e subi as escadas correndo. Fui até onde o Mike falou e abri a porta. - Perfeito. - Murmurei quando vi o quarto. Deixei as coisas no chão e me joguei na incrível cama de casal. - Mãe, vou dormir! - Gritei para que a mesma pudesse ouvir.

- Ok, acorde para o jantar, Amberly!

Nem respondi e já me aconcheguei na cama, eu estava morrendo de cansaço.

*

- Amy, acorde. - Minha mãe sussurrava me balançando.

- Uh? Que horas são? - Disse abrindo os olhos.

- São dez horas da noite. - Ela sorri irônica. - Tem hambúrguer lá em baixo. Depois você vai arrumar as suas coisas porque amanhã você já vai pra escola, e ah, o Michael deixou um presentinho pra você lá em baixo. - Ela diz.

- Opa! Mas, pera... Escola? 

- Sim. Escola. Amanhã. Você. Entendeu?

- Infelizmente, mas ok. Tô indo comer. - Falo me levantando e saindo do quarto, descendo as escadas e indo até a cozinha. - Esse hambúrguer está com uma cara boa...

Após comer, fico procurando o "presentinho" do qual minha mãe falou.

- Presente, cadê você... - Murmurava enquanto procurava, sem sucesso. 

Estava procurando na sala até que tropecei em algo no escuro.

- Ai!

- Amberly, você está bem? - Ouvi minha mãe perguntar do andar de cima. 

- Sim! Eu só caí... - Respondi me levantando e acho que finalmente achei o que estava procurando. - Uma mochila nova... legal.

*

Acordei e vi que estava meio atrasada... droga!

Peguei as coisas e coloquei na mochila. Tomei um banho breve e vesti uma saia preta e coloquei uma blusa de manga comprida branca, e amarrei um moletom na cintura, caso precisasse. 

- Mãe!

- Sim? 

- Você viu o meu óculos? - Perguntei procurando.

- O que não tem grau nenhum e você usa?

- Esse mesmo.

- Tá aqui em baixo.

Peguei meu celular e a mochila e desci ás pressas.  Apanhei o óculos de cima da mesa e o coloquei. Peguei uma maçã e despedi da minha mãe.

- O Michael tá lá fora te esperando.

- Ele vai me levar? Só hoje né?

- Só hoje, agora vai! - Minha mãe disse praticamente me expulsando de casa.

- Valeu mãe! - Fechei a porta e desci as escadas e saindo do prédio, vendo Michael e o carro dele parados em frente ao prédio. - Vai Michael, vai! - O incentivei a acelerar enquanto eu colocava o cinto.

Minutos depois, chegamos ao colégio e eu saí do carro.

- Eu volto pra casa sozinha, viu? - Ele assentiu com a cabeça e saiu.

Logo andei até a secretária e uma mulher me entregou os horários e o código do meu armário. Abri o armário e tirei alguns livros da mochila, pegando também o meu celular.

- Ops. - Uma garota falou ao ouvir as coisas que estavam nas minhas mãos, cair no chão. Mas o que doeu mais, foi ouvir o som de vidro se chocando contra o chão. A partir de agora, odeio ruivas. - Boa sorte, novata. - Ela riu e saiu.

- Droga... - Murmurei me abaixando.

- Ei, quebrou? - Um garoto que parecia preocupado, se abaixou e pegou alguns livros.

- Não... Por sorte não. - Falei dando de ombros.

- Prazer, Peter Parker. - Ele estendeu a mão e eu a olhei, meio receosa. Maldito orgulho.

- Amberly Jones. - Sorri e ele recolheu a mão. Levantamos e ele me entregou os livros, que logo guardei no armário e coloquei o celular no bolso lateral da mochila.

- Nova por aqui?

- Ahn, sim. - Falei como se fosse óbvio.

- Você faz aula comigo. - Ele disse enquanto tomou o papel da minha mão.

- Você é muito intrometido. - Peguei o papel de volta.

- E você muito orgulhosa. Não disse nem um "obrigado". 

- Me fala uma coisa que eu não sei. - Revirei os olhos, começando a andar.

- Que você mora perto de onde eu moro, no Queens. - Ele disse cruzando os braços e sorrindo vitorioso.

- E como você sabe que eu moro no Queens? - Perguntei.

- Porque na entre a sua capinha e o seu celular, tem o endereço de onde você mora. - Ele arqueoou uma sobrancelha.

- Tchau, Parker. - Sorri não acreditando e saí andando pra qualquer lugar.




Notas Finais


Heeey! 3:

Peço que dêem (ou tentem) dar muito amor á essa fanfic! Please ❤

Comentem oq acharam do capítulo e se devo continuar! Favoritem para ficarem ligados e compartilhem com todos os seus abiguinhos!

Obrigada pela atenção e até a próxima meus amores! 💙💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...