História O passado retorna para me assombrar. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Originals
Exibições 11
Palavras 681
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ficção

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Primeiro capítulo,ficou meio grande e chato ,mas foi só para contar a versão do Elijha e vocês conhecerem um pouco da Sofia ,depois a história continua normal na 4 Temporada .

Capítulo 1 - A época mais feliz


Fanfic / Fanfiction O passado retorna para me assombrar. - Capítulo 1 - A época mais feliz

PvP (Elijha Mikaelson)

   O ano era 1785,nossa família vivia feliz em uma linda casa perto da cidade  ,ou o que sobrou da família  já que Kol e Finn estavam nos caixões ,isso claro quando meu querido irmão Niklaus não dava os surtos dele.
     Morávamos bem perto de um campo de flores onde Rebecka adorava ir , me lembro de uma garotinha que sempre ia lá roubar flores , Niklaus com a sua típica arrogância sempre brigava com ela ,podia ver a petulância através dos olhos da garota ,ela nunca se assustava, parecia tão forte.
        Os anos foram se passando e ela continuava sempre pontualmente a ir ao campo ,ela já tinha 14 ,era experta e adorava ler livros , até Niklaus começou a se  afeiçoar a menina e sempre que podia ensinava uma coisa nova à ela , Rebekha se derretia por ela.
        Aos 17 éramos mais próximos do que nunca ,ela era incrível ,passávamos todo o tempo possível juntos ,eu me esquecia do mundo lá fora .Mas não sabia que minha amizade com ela despertaria o ciúmes de Niklaus.
         Ele começou a se aproximar dela , não entendia o porquê ,logo ele que odiava criar laços,mas deixei pensando  que ela com sua doçura  fosse amolecer seu coração .Estava me apaixonando e mal sabia que esse era o maior perigo que ela iria correr , demos nosso primeiro beijo no aniversário dela de 18 anos e alí eu soube que à queria.
          Há vi crescer ,vi a juventude passar diante dos meus olhos e me apaixonei por ela ,pela risada sem jeito ,por como ela conseguia fazer qualquer um sorrir até Niklaus nos seus piores momentos .
          Não sei o que tínhamos mas era forte ,nos encontrávamos escondidos a meses sem ninguém saber , os pais dela trabalhavam a maior parte do tempo. Ela queria casar  e eu não vi o poque de não ser uma boa ideia , resolvi feliz contar a Niklaus, me lembro o que ele me disse:
        Niklaus - Ficou louco foi? Não me diga que os delírios de Rebekha sobre amor passaram para você irmão.
         Elijha - Ela quer se casar Niklaus.
Niklaus-Ela é só uma criança,é birra ,logo passa.
Elijha -Eu já me decidi ,eu não vim buscar sua bênção.
Niklaus-E nem eu a darei.Nao vou permitir que cometa esse equívoco.
Elijha-Só vim lhe contar Niklaus,já tenho a benção de Rebekha e dos pais de Sofia.
Niklaus- Não vai se casar com ela ,nem que pra isso eu tenha que colocar uma adaga no seu peito.
Elijha -Você tem medo do que irmão?Que eu te abandone?
Niklaus- Não tenho medo de nada  , só quero te proteger Elijha , ela é humana ,é fraca , já contou o que somos aposto que se soubesse iria correr como uma criança mimada.
Elijha-Nos dois temos concepções diferentes de  fraqueza .
Niklaus- A conversa acabou Elijha.
         Se passaram alguns meses ,achei que Niklaus tivesse esquecido ,ou mudado de ideia , me lembro perfeitamente do que aconteceu: era domingo ,fazia sol, Sofia estava na minha casa experimentando o vestido de noiva no quarto ,eu estava do lado de fora esperando , Niklaus tinha acabado de chegar com Rebekha.
           Sofia estava excepcionalmente feliz naquele dia , eu ouvi os gritos ,entrei na casa, tudo estava acontecendo tão rápido , Rebekha estava deitada no sofá com a adaga no peito,os gritos não paravam ,subi as escadas ,abri a porta e vi o que Niklaus tinha feito.
          Ela estava no chão do quarto ,pálida e ensanguentada o vestido branco agora era vermelho,cai as seus pés chorando ,e meu irmão com os olhos  marejados e coberto de  sangue me disse:
      Niklaus- Você me obrigou a fazer isso , não era pra ela ter morrido,eu disse para parar ,humanos são fracos irmão, eu não queria ter feito.
        E eu aprendi da pior maneira que na nossa família tudo o que tocamos ,tudo o que achamos bonito vira cinza.
         Pensei que ela estava morta  até agora ,depois de séculos agora que estou com Reyley ,ela volta tão linda quanto no dia em que a perdi.


Notas Finais


Comentem se gostarem ,o segundo capítulo sai logo e não sei se Elijah e Reyley ficarão juntos no final .Vou tentar contar a história atual (4 Temporada) de todos os personagens,mas o foco é o Elijha.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...