História O Patrão - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Monsta X
Personagens I'M, Ki Hyun, Min Hyuk, Personagens Originais, Show Nu
Tags Amigos, Comedia, Festa, Romance, Shownhyuk, Trabalho
Visualizações 104
Palavras 943
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 19 - Uma mascara invisível de sentimentos


Fanfic / Fanfiction O Patrão - Capítulo 19 - Uma mascara invisível de sentimentos

Yuna On 

Ainda naquela noite. 
 

''O vento é tão fresco a noite'', era só isso que eu pensava enquanto ficava sentada na varanda da casa, o quanto ser acariciada por aquele vento era agradável, uma pena que me causava frio, entrei de volta para casa, aquela casa vazia, aonde habitava só eu e meus pensamentos, mas que logo teria um remelento tirando tudo do lugar, e pintando minhas paredes brancas, sorri ao imaginar, o tamanho da desordem. 

-Queria que você tivesse uma família de verdade – Falava enquanto passava a mão sobre a barriga. 

Por mais que eu tivesse pessoas ao meu lado, esse não era o futuro que eu queria para mim, muito menos para um criança, uma vida sem uma família de verdade, sem um pai para ensinar algumas coisa, e dormir sobre ele no sofá, mas ...não tinha o direito de reclamar da minha vida, já que eu mesma me coloquei nela, eu escolhi viver de amores falsos, de toques sem emoção, eu escolhi viver sozinha. 

-Aish, por que eu tenho que ficar tão sensível, que droga! -Chutava a mesinha de centro que por consequência, acabei machucando o pé. 

-Merda!  

Enquanto brigava com os moveis da casa, e comigo mesma, ouvi alguém bater na porta, coloquei minha mascara invisível de pessoa insensível, e fui atender. 

-Kiki docinho, aconteceu alguma coisa?  

-Não, bom, sim, aish eu vim chorar pitanga pra você, me sinto mal por isso acredite, mas Minhyuk simplesmente sumiu do mapa! 

-Tudo bem docinho, entra, sou toda ouvidos! 

Kihyun entrou e sentou-se no sofa, me sentei ao lado dele, para ouvir sua lamurias. 

-O que aconteceu Kiki? 

-Eu e chang terminamos! 

Fiquei surpresa com a ''novidade'' nunca imaginei ver Kihyun sem aquele carinha, desde que o conheço eles estão juntos. 

-Que triste docinho! Mas logo vocês retomam o relacionamento vai por mim 

-Foi eu quem terminou Yuna! - Ele apoiava as costas no sofá! 

-Por que? Vocês estão juntos desde que se conhecem por gente, o que aconteceu? 

Ele suspirava- Cansei, cansei de nunca ser bom suficiente, de sempre ser o errado, cansei de viver meu mundo em torno dele, sem conta, que de uns meses para cá, eu não o via mais com mesmo amor que antes. 

-Te entendo, mas pensa bem, pra não se arrepender depois! 

Kihyun me olhou de lado -Você esta bem? 

-To carente ! - Fiz um bico sem nem perceber. 

Kihyun riu-Você esta gravida Yuna, por favor, controla esses hormônios 

-Não carente de sexo Kiki, carente de carinho mesmo, de ser cuidada, de alguém para me fazer um chá, e me contar sobre seu dia, essa carência! 

-Vem ca! - Kihyun dava palmadas em sua perna, me deitei em seu colo, e ele afagava meus cabelos. 

-Você escolheu um péssimo jeito de se viver Yuna! 

-Eu sei! Estava me martirizando com isso agora pouco, não queria que ninguém soubesse desse meu lado, mas hoje eu to tão sensível que se falar um pouco mais alto comigo eu choro!  

-Quer que eu fique aqui cuidando de você? 

-Não precisa, mas se quiser ficar, eu não ligo! 

-Não quero ver Chang hoje mesmo, vou adorar cuidar da gravida mais linda e mais Sexy que eu conheço! 

-Isso por que você veio chorar pitangas – Eu ria da situação. 

-Eu vim mais conversar, extravasar, chorar pitangas foi mais um jeito de dizer que vim reclamar da minha vida! 

-Então vamos reclamar da vida juntos. 

-Vamos sim, mas antes eu vou te fazer um chá -Kihyun levantava minha cabeça, logo a repousando  na almofada do sofá. 

-Olha que assim eu me apaixono ein Kiki. 

-Eu estou solteiro, fique a vontade! Sorriu e foi para a cozinha! 

 Enquanto Kihyun foi fazer o chá decidi levantar e tomar um banho rapidinho, apenas para relaxar, o avisei dando um grito ainda na sala, recebendo outro que vinha da cozinha. 

Peguei um pijama velho de frio, e fui ao me rápido banho quentinho, lavei os cabelos de qualquer jeito, e me lavei, não me sentia confortável em demorar horas no chuveiro e deixar Kihyun sozinho, assim que terminei o banho me troquei rapido, pois já sentia o cheiro de camomila do chá que Kihyun fazia. 

Peguei a toalha e fui para a sala secando os cabelos, Kihyun saia da cozinha com uma grande xícara - Então essa e a verdadeira Yuna? 

-O que? -Fiquei confusa com o que ele havia dito. 

-Sem maquiagem, sem roupas sexy, de pijama e com cara de cansada! 

-Você esta me ofendendo, por que se esta eu vou virar esse chá quente no ''amigo'' ai –Ria 

-Não, essa Yuna também é linda, tome – Me entregava a xicara. 

Corei um pouco com o Kihyun falava, mas sabia que ele so estava querendo me agradar, Sentamos no sofá e começamos a assistir um dorama que passava na tv aberta. 

-Acho que o Minhyuk e o Shownu estão tendo alguma coisa – Ele dizia tirando minha atenção da cena mais clichê que já havia visto. 

-Espero que sim, e espero que se deem bem, não conheço muito bem Minhyuk. Mas o Shownu sim, desejo a ele toda a felicidade possível, assim como desejo a você, que logo você encontre um ativão daqueles!  

-Quem falou que sou passivo? - Ele me olhava com espanto. 

Não? 

-Não credo Yuna, eu posse até ser um pouco afeminado, mas não...aaa não! 

Tantos anos com o Chang, e só ele quem dava? Para Kihyun conta outra! 

-Já tentei mas nunca consegui ''dar''  

-Vai ver você não e gay, só gostava dele mesmo! 

-Talvez! 

Olhei para Kihyun, eu havia dito isso na brincadeira, e ele simplesmente confirmou, Só eu que estou achando que alguma coisa esta estranha aqui?  

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...