História O Pecado... - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Personagens Originais, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Exibições 98
Palavras 1.062
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 12 - Nossa Luz... E Fim...


Capitulo 12 – Nossa Luz... E Fim...

 

Sakura já estava na cama preparada para dar a luz ao seu filho. Ao seu lado estava um Sasuke apreensivo e muito nervoso. O moreno suava frio.

Sakura riu da cara do seu noivo.

Sakura – Parece que é você quem vai dar a luz.

Sasuke sorriu para a noiva.

Dr. Jacob – Sakura faça força quando sentir que deve.

Sakura – H-Hai.

E alguns segundos depois a rosada já estava fazendo muita força. Uma enfermeira ficava do lado esquerdo da rosada limpando seu suor e ao mesmo tempo ficava de olho nos batimentos cardíacos dela. Não podiam correr riscos.

Dr. Jacob – Mais força Sakura!

O medico disse. De sua testa já estava os pingos de suor. Sakura não estava diferente do medico.

A rosada apertava a mão de Sasuke como se pedisse apoio. O moreno se entristecia ao ver a amada sofrendo tanto.

Sakura fez mais força e já estava no seu limite. E finalmente pode ouvir o chorinho do seu bebe.

Dr. Jacob – É um menino saudável. Meus parabéns.

Sakura – Arigatou...

Disse a rosada num fio de voz. Estava cansada mais nada impediria de ver seu menininho de luz.

Assim que a enfermeira o colocou nos braços de Sakura a rosada foi as lágrimas, mas estas eram de pura felicidade. Finalmente tinha tudo o que sempre quis uma família...

Sakura é surpreendida por muitas pessoas que entram no seu quarto. Todos seus amigos estavam ali. Até mesmo Itachi!

Sakura – N-Não acredito!

Ino – Sua porca! Porque não me contou que estava de caso com o Uchiha?!

Sakura – E-Eu tive m-medo...

Ino sorriu para a amiga e disse.

Ino – Nunca mais esconda as coisas de mim. Somos melhores amigas! Ou você esqueceu isso?!

Enfermeira – Fale baixo senhorita ira assustar o bebe.

A enfermeira alertou a loira exaltada.

Ino se recompôs e olhou para o lindo menininho nos braços de Sakura.

Ino – Oh! Ele é tão lindo!

A loira passou o dedo no rostinho do pequeno que abriu um sorriso banguela para ela que se emocionou muito na hora.

Naruto – Pelo menos ele não é anti-social como o Teme.

Todos riram menos um moreno que ficou emburrado.

Itachi deu um forte abraço em Sasuke e disse.

Itachi – Parabéns otouto. Você merece.

Neji – Ainda não acredito que esse Sasuke passou por tudo isso sem a nossa ajuda.

Comentou o moreno de olhos perolados. Hinata estava corada, pois Naruto estava a abraçando.

Naruto – Hina-chan quando vamos ter um filho?

A morena não agüentou tamanha a vergonha e desmaiou.

Sakura riu da situação assim como os demais.

Enfermeira – Senhorita tenho que levar o menino para o berçário.

Sakura – Hai.

Enfermeira – Mais antes. Como será o nome do pequeno?

Sakura olhou para Sasuke e os dois disseram juntos.

Sasuke e Sakura – Uchiha Itachi.

O moreno arregalou os olhos.

Itachi – Mais porque meu nome?!

Sasuke – Você me ajudou desde o começo.

Sakura – E nos deu muito apoio. Nada mais justo do que nosso pequeno levar seu nome.

Itachi se emocionou e deixou uma fina lágrima rolar de seus olhos.

Temari – Olha só os Uchiha’s também choram.

Riram mais uma vez.

Alguns Dias Depois...

 

Finalmente a família Uchiha estava em casa. Sakura acostumou-se com o pequeno Itachi sugar seu seio. A rosada admitiu que na primeira vez doeu bastante, mas quem disse que ela ligou para a dor?

Estava mais concentrada em ver o rostinho pacifico de seu pequeno homenzinho.

Agora estava deitada junto de Sasuke e o pequeno nos seus braços. Itachi estava quase dormindo quando a rosada falou.

Sakura – Quer segurar?

O moreno meio receoso disse.

Sasuke – N-Não vou machucá-lo?

Sakura – Claro que não! Vamos.

Ela mostrou como por os braços e ele assim recebeu pela primeira vez seu pequeno nos braços.

Sentiu uma forte alegria tomar conta de seu peito. Como era bom ser pai. Poder dizer que tinha a quem proteger e amar.

Sasuke – Ele é tão pequeno.

A rosada sorriu. Sasuke seria um pai maravilhoso e isso estava na cara.

—_________________***_____________________***_________________________

10 Anos Depois...

 

Sakura – ITACHI-KUN! ONDE ESTÁ SUA IRMÃ?

Itachi – Eu não sei okaa-san!

Sakura colocou as mãos na cintura. Onde estaria aquela menina? Ela vivia se escondendo por ai.

Sakura – Sayuri! Onde você esta filha?

E a rosada começou a procurar a pequena de 5 anos de idade.

Hoje a rosada estava casada com Sasuke e eles voltaram a morar em Konoha. Onde tudo começou. Hoje Sasuke é um empresário de muito sucesso. Sakura era medica e quando podia ficava em casa cuidando de seus filhos.

Sakura – Chyo-baa-sama a senhora viu a Sayuri?

Chyo – Não querida. Ela disse que estava brincando com a vovó.

Sakura – Vovó?

Chyo – Hai.

Chyo era uma senhora de 70 anos que ajudava muito Sakura a cuidar das crianças.

A rosada subiu as escadas e encontrou com Sasuke retirando a gravata no meio do caminho.

Sasuke – Se escondeu de novo?

Sakura – Hai.

Sasuke deu um selinho na esposa e ambos começaram a procurar a pequena Sayuri. Encontraram-na varanda de seu quarto falando com alguém.

Sayuri – Aishiterumo tia.

Sakura – Minha Hime. Com quem esta falando?

Perguntou a rosada com curiosidade.

Sayuri – Okaa-san!

Disse a pequena estendendo os bracinhos para que a mãe a pegasse no colo.

Sakura – Vamos. Diga com quem falava.

Sayuri – Com a vovó Tsunade.

Sakura arregalou os olhos. E Itachi entra no quarto e para ao olhar para a mãe e em seguida para o espelho.

Sasuke – Com quem?!

Sayuri – Com a vovó Tsunade.

A pequena repetiu.

Sakura – E o-onde ela está filha?

A pequena apontou para o espelho e lá estava refletida a imagem de Tsunade com um sorriso nos lábios.

Sakura arregalou mais ainda os olhos. E Sasuke paralisou ali mesmo, o moreno se mexeu e pegou seu homenzinho no colo e todos encaravam o espelho sem acreditar no que viam. Somente Sayuri sorria, pois achava normal aquilo acontecer.

Sasuke – M-Mais como?!

Tsunade – Agora serei o anjo da guarda de sua filha... Aishiteru Sakura...

E assim a imagem de Tsunade some.

Sakura deixa as lágrimas caírem e logo depois da um belo sorriso para sua família.

Sakura olhou para o céu estrelado de Konoha e disse baixinho.

Sakura – Aishiteru Tsunade-Sama...

E assim a família Uchiha idolatrava o céu em sua frente. Tsunade jamais seria esquecida. Ela sempre estaria perto deles. Para sempre...

Tudo começou com uma freira e um padre... E um amor proibido... Que depois virou um grande Pecado...

Fim!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...