História O Pecado... - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Personagens Originais, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Exibições 91
Palavras 1.423
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 9 - Reaprendendo a Viver...


Capitulo 9 – Reaprendendo a Viver...

 

Japão 10 h...

 

Sasuke acorda lentamente, finalmente conseguiu dormir um pouco. Já fazia 3 semanas que estava de volta a sua terra natal. Falava com Sakura todos os dias e ambos ficavam felizes ao ouvir a voz um do outro.

Com o passar dos dias eles foram se acostumando com a situação, logo mais poderiam estar juntos novamente.

O celular do moreno começa a tocar insistentemente.

Sasuke – Alo.

Sakura – Bom dia meu amor.

Sasuke – Bom dia Sakura.

Sakura – Se eu te conheço bem você acabou de acordar não é?

Sasuke – Acertou. Finalmente consegui dormir uma noite inteira sem acordar.

Sakura – Você tem que se cuidar Sasuke!

Repreendeu a rosada do outro lado da linha.

Sasuke – Eu sei.

Sakura – Mudando de assunto. Como vai sua mãe?

Sasuke – Ela esta melhor. Daqui a dois dias receba alta.

Sakura – Ai que bom.

Alguns segundos de silencio e Sasuke se pronunciou.

Sasuke – Sakura. Eu sei que não devia falar isso para você, mas...

Sakura – O que houve?

Perguntou a rosada com a voz visivelmente preocupada.

Sasuke – Fui ao cemitério ver Tsunade.

Sakura não respondeu. Ficou em estado de choque. Queria tanto estar lá para levar flores a sua amada tia.

Sakura – E... E... Você levou flores a e-ela?

Sasuke – Hai. Rezei muito para que sua alma encontre a paz.

Sakura – Queria estar ai.

Sasuke – Eu sei minha flor. Mais um dia você vira aqui e entregara as flores pessoalmente.

Sakura – H-Hai...

Sasuke – Sinto muito por ter-te magoado.

Sakura – Não me magoou. Apenas esta sendo difícil, sabe?

Sasuke – Gomen.

Sakura – Bem... Como vão as coisas por ai? E o pessoal?

Sasuke – Estão muito bem. Naruto finalmente se declarou para Hinata.

Sakura – Serio?

Sasuke – Hai. Eles estão juntos agora.

Sakura – Fico feliz pelos dois! Irei ligar para a Hina-chan ainda hoje!

Pensamento de Sasuke ON:

 

Fico mais feliz quando ela esta animada. Assim ela pode conseguir seguir enfrente.

 

Pensamento de Sasuke OFF.

 

Sasuke – Faça isso. Irá deixar todos felizes. Afinal não foram muitas vezes que você ligou.

Sakura – É verdade. Sasuke-kun tenho que desligar.

Sasuke – Tudo bem. Te ligo amanha.

Sakura – Hai. Beijos.

Sasuke – Beijos. Eu te amo.

Sakura – Eu também te amo.

E logo o telefone fica mudo. Sasuke se senta na cama e olha para fora que mostrava a bela visão de Konoha. Levantou-se e foi tomar um banho e fazer sua higiene matinal. Saiu do chuveiro já vestido, pegou as chaves de seu carro e da casa e saiu em seguida.

Entrou em seu carro e foi até a praça central da cidade. Iria olhar as crianças brincando. Isso era algo que fazia com freqüência nos últimos dias. Lembrava-se de Sakura e do filho que crescia em seu ventre.

A manha estava ótima pra passear e fazer compras. O céu estava azul e límpido. Um vento fresco refrescava os que tinham calor e faziam as folhas das cerejeiras caírem no chão.

O moreno saiu do carro e foi sentar-se num banquinho que tinha mais ao fundo. Atrás havia uma grande arvore de cerejeira que lembrava sua flor.

Olhou para as crianças brincando e deu um sorriso de canto. Parou de olhar assim que uma bola parou a sua frente. Pegou-a e olhou em volta, quando um menininho que aparentava ter 5 anos de idade falou.

Menino – Senhor, pode devolver a bola?

Sasuke olhou para ele. Era um menino muito bonito, tinha cabelos negros e pele branca, seus olhos eram azuis assim como o céu. Era realmente uma criança muito fofa.

Sasuke – Claro.

E estendeu a bola para o menino que abriu o maior sorriso do mundo para o moreno.

Menino – Chamo-me Kouji e o senhor?

Sasuke – Sou Sasuke.

Kouji – Quer brincar comigo Sasuke-kun?

Sasuke deu um sorriso de canto para o menino e falou.

Sasuke – Hai.

E os dois morenos começaram a brincar de bola. Quem passava pelo local achava bonita a cena, pois pensavam que eram pai e filho. Passou algumas horas até que o menino ouviu um grito familiar.

Grito – Kouji! Vamos esta na hora do almoço...

A mulher loira de olhos azuis parou assim que viu o padre Sasuke brincar com seu filho.

Mulher – Sua benção padre.

Sasuke se virou e encarou a mulher a sua frente. Era uma mulher que aparentava ter uns 28 anos de idade, lembrou-se que ela sempre ia na igreja rezar e se confessar com o mesmo.

A mulher tinha uma vida sofrida. Seu marido era um alcoólatra e batia muito em sua esposa que não dizia nada a ninguém, somente ao padre. Procurava refugio na igreja. Um dia ela sairia dessa situação e isso era o que lhe dava forças para agüentar a vida sofrida que levava.

Sasuke – Deus te abençoe Srt. Bernnet.

A mulher sorriu estendeu a mão para o filho que sorria para sua okaa-san.

Kouji – Okaa-san você conhece o Sasuke?

A mulher abaixou o olhar para o filho e disse.

Srt. Bernnet – Hai filho. Ele é o padre da igreja.

Kouji – Ah!

O menino não sabia que seu mais novo amigo era um padre. Seus amiguinhos iriam ficar eufóricos quando contasse que jogou bola com o padre Sasuke.

Srt. Bernnet – Temos que ir. Até mais ver Sasuke-san.

Sasuke – Até Srt. Bernnet e Ja Nee Kouji-kun!

Kouji – Ja Nee!

E assim eles sumiram da vista do moreno.

Estados Unidos...

 

Sakura estava trabalhando no jardim a alguns minutos. Finalmente ele ficou perfeito, do jeito que gostava.

Levantou-se e bateu a terra de sua roupa. Tirou as luvas de jardinagem e entrou. Lembrou-se que tinha que ligar para Hinata. Pegou seu telefone e discou o numero da morena.

Hinata – Alo?

Sakura – Ohayo Hina-chan!

Hinata – Sakura-chan?! Ah! Meninas! A Sakura ta no telefone!!

Gritou a morena. Fazia alguns meses que não se falavam. Estava alegre por falar com sua amiga novamente.

A rosada pode ouvir uma breve discussão de quem falaria primeiro.

Sakura – Hã... Hina?

Hinata – Oi! Agora sim. Calma Ino!

Ino – Testuda! Que saudade de você! Porque nos deixou?!

A loira extrovertida sempre fazia essa pergunta à rosada.

Sakura – Eu já disse que estou estudando por mais alguns anos aqui nos Estados Unidos. A propósito é um país maravilhoso.

Tenten – Sentimos sua falta por aqui Sakura.

Sakura – Eu também sinto.

Temari – Mais quando você vai voltar?

A rosada não soube responder. Não que não confiasse nas amigas. Mais dizer que estava grávida seria um problema para elas também. Então optou por mentir.

Sakura – Em breve...

Temari – O.K.

Sakura – E as novidades?

Tenten – Hinata esta namorando o Naruto!

Sakura se fingiu de surpresa. Não podia deixar que elas soubessem de Sasuke.

Sakura – O que?! Mais como? Quando?

Hinata – B-Bem... Ele me chamou pra sair, fomos num restaurante e e-ele m-me p-pediu em n-namoro.

Sakura – Que babado!

Ino – E não é? Eu achei que os dois juntos ficam lindos!

Temari – Eu concordo.

Sakura – Agora sim o NaruHina está perfeito.

Hinata – Naruto o que?

Sakura – NaruHina, uma mistura de Naruto e Hinata. O que acharam?

Ino – Lindo!

Tenten – Muito legal.

Temari – Original.

Ino – Testuda se você visse a cara da Hinata iria rir muito. Ela esta mais vermelha que um tomate!

Sakura – Daria tudo pra ver! Gomen Hina não queria que se sentisse constrangida.

Hinata – T-Tudo bem S-Sakura-chan.

Temari – E como vão os estudos Sakura?

Sakura – Muito bem. Estou me adaptando muito bem aqui nos Estados Unidos. Somente o inglês que me atrapalha de vez em quando.

Tenten – Eu sempre fui horrível em inglês na escola.

Temari – Mais a Sakura sempre falou muito bem. Lembram quando aquele ruivo estrangeiro veio aqui tratar de negócios? A Sakura arrasou no inglês.

Ino corou levemente.

Tenten – E a Ino acabou por dar em cima dele e ficar com ele.

Ino – Estou com ele até hoje.

As meninas riram alto com comentário de Ino.

As horas passaram e elas ficaram conversando sobre varias coisas.

Quando era tarde da noite Sakura estava pensando em suas amigas.

Pensamento de Sakura ON:

 

Queria estar perto das minhas amigas. Queria estar perto de Sasuke.

Queria voltar pra minha casa...

Não poderei ver minhas amigas...

Minha vida mudou tanto...

Se pudesse ser feliz como Hinata esta sendo...

Tudo seria diferente se Sasuke não fosse um padre...

Porque meu Kami? O que eu fiz pra sofrer tanto?

Minha amada tia esta morta por minha culpa...

Meus atos estão acabando com todos que amo aos poucos...

Tenho medo de ficar sozinha...

 

Pensamento de Sakura OFF.

 

Com esses pensamentos a rosada deixou as lágrimas caírem de seus olhos. Mais ela esquecera de alguém que jamais a abandonaria e que estaria sempre ao seu lado.

Seu Filho...

 

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...