História O pintor fúnebre - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Taekook, Teamleomonsquad, V Angel, Vkook
Visualizações 7
Palavras 1.193
Terminada Não
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Quem voltou com uma fic super gótica das trevas ???? Isso mesmo, euzinha kekekeke. É a primeira vez que faço uma fanfic desse tema, espero que gostem, aliás, essa fanfic vai ser de 2shoot, então eu vou postar o próximo cap mais tarde... O segundo está 1/3 pronto, então aguardem com paciência por favor.(T.T)
Se vocês quiserem deixar algum comentário, podem deixar que eu vou responder !
Nos vemos nas notas finais, boa leitura pessoal!!!!

Capítulo 1 - Monocromático


Fanfic / Fanfiction O pintor fúnebre - Capítulo 1 - Monocromático

Tudo começou numa tarde de inverno, na época eu tinha 16 anos e tinha acabado de me mudar para uma cidade nova, não tinha amigos, e como faltei na primeira semana de aula, por causa de uma gripe forte, não fiz amizades na sala de aula como esperado ,o resultado foi: um isolado no canto da sala ,na última carteira, com fones de ouvido,desenhando com um lápis na capa do caderno. Isso durou um ano.

No ano seguinte, minha mãe preocupada com a minha vida social, me matriculou numa escola de artes, pra ver se eu me socializava com outras pessoas. Mas o que aconteceu surpreendeu a todos e até a mim em um certo ponto: eu começei a gostar de pintar em telas, e me tornei um artista por causa disso, devido ao meu talento e fui chamado de "gênio"pelos professores.

Até que no meio do ano, fui atingido por duas tempestades:Jung Hoseok e Kim Seokjin. Esses dois amigos mal entraram na escola e já estouraram minha bolha de privacidade no primeiro dia de aula deles. Hoseok no primeiro periodo tinha me chamado, mas ignorei-o por completo por achar que só era mais um querendo implicar comigo, por ser tímido pra ser exato.Isso foi um erro fatal, a última figurinha pra completar o álbum... Chamem do que quiserem, foi de fato o que faltava, pra ele se jogar na minha mesa assim que o sinal tocou, ganhando a minha atenção com sucesso.

-Ei, você! Por que me ignorou hoje de manhã?

O ruivo olhou pra mim com cara de cachorrinho sem dono e em reação eu só desviei o olhar. O clima ficou tenso depois disso mesmo com o garoto mais *sunshine da escola em minha frente. 

- Garoto, qual o seu nome?

Não respondi novamente, só retornei a ignorá-lo , coloquei meu fone de ouvido abafando qualquer tipo de som presente e olhei para fora da janela da sala.

Não tenho a mínima ideia do que ele falou despois disso, só senti meu pulso ser agarrado com brutalidade e de ser arrastado sala a fora em direção a saída ,tropeçando em meus próprios pés no meio do caminho.

-Ei...m-e.....SOLTA !!!

Gritei ,com todo o ar restante em meus pulmões, puxando meu braço tentando me soltar, mas sem sucesso, ele era forte.

-Ah,então você fala?

Perguntou com um sorriso sarcástico. De repente ouvi de longe uma voz suave e em seguida vi um garoto correndo logo atrás de Hoseok, o garoto tinha cabelos rosa como flores de cerejeira e pulou no ruivo, gritando com ele em seguida

-Hoseok, para com isso! Já está intimidando o menino, olha pra ele : já está todo encolhidinho!

O garoto de cabelos rosa , puxou o tal tão forte que o fez dar um tropico no chão.

- Ei!! Me deixa Jin, não vê que ele precisa de uns amigos? Se ele quiser que os outros o chamem de "o caladão emo gótico", ele que continue assim, porque tá funcionando.

Ele apontou para um grupo de meninos na nossa frente que estavam rindo olhando para nós com desprezo ,especialmente para mim.

Um deles percebendo que estávamos falando deles, nos encarou sério e veio em nossa direção . Ele parou na frente do Jung, tão perto que por ser maior ,olhava pra baixo para tentar incomodá-lo .

- O que tá olhando, baixinho?

Falou com uma voz tão grave, que me fez tremer de medo.

- Sua cara defeituosa, Namjoon, como sua mãe fez um péssimo trabalho, se eu fosse ela, jogava tu no lixo e fazia outro filho.

Provocou o mais alto ,que em resposta só faltou rosnar de raiva para o ruivo.Hoseok tinha uma língua bem afiada e sabia responder rápido, sabe, bem que ele podia participar daqueles undergrounds de rap.Fiz uma nota mental para falar disso.

-Só não soco sua cara de cavalo aqui mesmo, porque isso me causaria problemas, senão, você estaria morto.

O altão cochicou no ouvido do mais baixo, mas num tom que até eu consegui ouvir.Mesmo com essa ameaça, Hoseok não mostrou nem um pingo de medo, rebatendo como sempre:

-Isso tem nome ,idiota , se chama covardia e pelo visto você tem de abundância .

O ruivo disse em alto e bom tom, fazendo algumas pessoas que estavam andando no corredor ,darem umas risadinhas ao passarem por nós.

- Hope, vamos embora, né? Haha, olha a hora, vamos perder o ônibus!!

Jin deu uma risadinha nervosa, puxando nos dois para longe do grandalhão, que estava tão vermelho de raiva que parecia que iria explodir a qualquer momento. 

E foi assim que conheci Jin e Hoseok. Depois disso, andávamos sempre juntos, no primeiro momento, foi porque eu tinha medo daquele tal de Namjoon e andar junto com eles me fazia sentir seguro, depois de um tempo, eu começei a gostar de verdade da companhia deles e nos tornamos amigos inseparáveis, isso até a faculdade.

A maldita faculdade nos fez separar, cada um foi para uma área : Jin foi para medicina, Hoseok para dança e eu? Bem eu fiz artes plásticas . Jin entrou na faculdade primeiro, e nós perdemos o contato dele, já que ele foi pra Daegu e não tinha mais tempo de conversar pelo facetime. Depois dele, foi a vez de Hoseok me deixar, antes de partir para os E.U.A ,ele me deu seu novo número falando que qualquer coisa eu podia ligar pra ele que ele ia me ajudar , acreditei, mesmo sabendo que essas palavras eram vazias e que iriam ser poucas as vezes que nos veríamos novamente .

Após entrar na faculdade que queria e  depois me formar, logo começei a fazer sucesso, vendendo quadros e fazendo exposições completas em museus, além de dar entrevistas e aparecer em canais de televisão, tudo porque depois de tudo que passei, percebi que, o que realmente gostava de mostrar em meus quadros, eram coisas mortas, sem Vida. Razão? Simples, porque os mortos, sejam eles humanos ou não, me desestresam, eles são previsíveis e isso não me assusta, isso me agrada, me dá prazer de pintar em minha tela em branco.

   A morte por si só não é assustadora como dizem que é, ela é magnífica, assim como o nascimento, é isso que quero que as pessoas interpretem minhas pinturas, não como algo triste e sim como algo feliz, prazeroso.

Constantemente vou em cimiterios, velórios e florestas , para buscar inspiração para minha arte. Hoje é um desses dias, estou atualmente em um cimitério, fazendo um esboço do túmulo de uma senhora recém enterrada, "irei colocá-la em um lugar belo em minha tela. "Penso eu,olhando para o céu e imaginando o lugar em minha mente,perdido em meus pensamentos nem percebo quando para um ser  atrás de mim olhando me com seus olhos pecaminosos, só o percebo, quando volto a olhar o chão do túmulo assim noto uma sombra cobrindo a minha, uma sombra com asas, levando um susto, olho para trás com receio e encaro o rosto do ser que tanto me encara com seus olhos azuis cor do céu e com sua expressão que parece o fogo do inferno .

-O que é você?

  Pergunto, arregalando os olhos.


Notas Finais


*Sunshine : brilhante, animado.
Voltei!!! E aí, gostaram da história? Pode esperar que tem mais um ainda ,na verdade eu estou quebrando a cabeça pra bolar um final legal,bom.... Vamos na fé. Então, sobre a "Black Forest " eu ainda não sei se vou continuar ....na vdd ela tá de hiatus então quando eu começar a pensar nela de novo com mais calma, eu resolvo o que vou fazer com ela..... É que estou sem inspiração, pra continuar aquela história, sabe?
Bom ,problemas a parte. (*.*) Espero muito que vocês tenham gostado, e saibam que eu vou atualizar a capa da "OPF" daqui a alguns dias, então a fic vai ficar com uma nova cara .UHUUUU !!!!!
Tchau pessoal, bom final de semana e até o próximo cap !!!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...