História O Pirata (Miraculous) - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, Chloé Bourgeois, Gabriel Agreste, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Nino, Personagens Originais
Visualizações 50
Palavras 513
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Aventura, Fantasia, Ficção, Mistério, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - BEM VINDOS AO NAVIO


N: ela vai para o porto num país vizinho acho que de manhã a gente chega

A: ótimo!

N: você não vai sobreviver nem um dia nas ruas

A: eu me viro

N: se quiser pode ficar comigo eu te ensino como sobreviver

A: parece uma boa

N: então, parcerios?

A: parceiros (apertam as mãos)

A carroça os levou até um porto fora da França com um atalho eles chegaram com o dobro do tempo

*Já de manhã*

N: ei acorda

A: já estou acordado

N: muito bem se prepara pra pular assim que abrirem​ a porta

A: tá bem

N: 1,2,3 (abre a carroça) agora pula (Eles pulam)

XX: ei seus pivetes voltem aqui

N: vem por aqui

A: aonde a gente vai

N: tá acho que o desistamos vamos parar

A: tá aonde a gente vai?

N: vender essas jóias

A: pra quem?

N: pra aquele cara, o nome dele é capitão Jhonys

A: que nome hem

N: não zombe dele ele ja saqueou quase todo o oceano e diz que perdeu o olho esquerdo lutando com uma lula gigante

A: e você acredita nessas histórias?

N: você não? Vem vamos lá

A: tá bem, se você diz

N: capitão permissão para ir a bordo

C: permissão concedida, quem é esse

N: um amigo tá comigo

C: ele é confiável?

N: você é?

A: é claro que sim pode confiar

C: muito bem deixa eu ver as jóias

N: Está aqui (lhe entrega a bolsa de couro com as jóias)

C: maravilha!

N: então?

C: sim você está dentro

A: dentro do que?

C: do meu navio LEVANTEM A ÂNCORA, SOLTEM AS AMARRAS , (grita para a tripulação) enquanto vocês dois...... Bem vindos a minha tripulação

A: Nino que história​ é essa você disse que só ia vender as jóias

N: eu sempre quiz entrar para a tripulação do pirata mais destemido dos​ mares e para isso ele me pediu algo em troca se o entregasse eu pudia entrar no navio

A: porque você não me disse isso antes

N: ia fazer diferença?

A: sim, não, eu não sei mas devia ter dito

N: agora já é tarde

A: não eu vo sai daqui

*BOOMMMM* (o navio treme)

N: acho que você não tem escolha ao não ser que queira nada até o porto

A: ....

N: relaxa você se acostuma

Capitão: ei vocês dois marujos, deixem suas tralhas em qualquer lugar e comece a limpar o convés

Nino/Adrien: sim senhor

A: então esse era o seu plano limpar o convés que grande sonho

N: isso é só o começo eu quero um dia chegar a imediato (braço direito) ou quem sabe capitão

A: até lá toma aí o esfregão

A noite cai com todos já dormindo Adrien se escora no navio e conforme ele navegava seu sonho de reencontrar a dona daquele colar era cada vez mais perto

A: onde será que você está agora (fala olhando para o colar que não​ tirava mais do pescoço)

N: falando sozinho príncipe

A: xiiii não me chama assim imagina Se descobrem quem eu sou

N: ok me desculpa, mas o que tá fazendo?

A: numa noite como essa uma pessoa especial me deu isso é o guardo desde de então com esperança de reencontrala

N: então é melhor desistir não vamos voltar para o continente tão cedo

*Nino sai*

A: ela não está no​ continente

CONTINUA...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...