História O Poder Do Amor - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Luan Santana
Personagens Luan Santana, Personagens Originais
Tags Amor, Drama, Festa, Hot, Luan, Luan Santana, Luanete, O Poder Do Amor
Exibições 155
Palavras 1.381
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Luta, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi! 😍👊

⚫ Boa leitura.
⚫ Deixe seu comentário.
⚫ Leia as notas finais!

Capítulo 32 - Capítulo 32 - Loiras azedas.


Fanfic / Fanfiction O Poder Do Amor - Capítulo 32 - Capítulo 32 - Loiras azedas.

No dia seguinte...

A claridade invadiu o quarto, fazendo com que eu acordasse de imediato. Me estiquei dolorosamente, minhas costas dói e minha cabeça está prestes a explodir.
Coloquei o pé no chão gelado, puxei lentamente o chinelo e calcei o mesmo. Eu ficaria o resto da minha vida dormindo, mas como eu tenho uma montanha de responsabilidades, fica meio difícil. O celular vibrava repetitivamente, era Luan me ligando. Peguei o celular e encarei o visor por alguns segundos, tomei coragem e atendi.

Ligação On.

Eu: Oi vida. — falei, com a voz fraca e sonolenta.

Luan: Oi Lice, tudo bom?

Eu: Tudo bem. E aí, como vão vocês aí? O Rober, o Well a... — eu perguntava, tentando recordar os nomes.

Luan: Tão bem, às vezes dá vontade de matar o Roberval porque ele fica... — ouvi risadinhas do outro lado da linha — Sai daqui, viado! — Luan deu uma risada gostosa, ele deve estar falando com algum dos meninos — Amor, eu tenho que desligar que esses filhas da puta não param de encher o saco, beijo tchau.

Eu: Tá bom, vida. — ri — Beijo, tchau.

Ligação Of.

Fui em direção ao banheiro, liguei o chuveiro e deixei que a água levasse meu cansaço e indisposição matinal. Peguei o secador e liguei a tomada, sequei os cabelos e prendi em um rabo de cavalo. Coloquei um vestido qualquer e um vans branco.
Desci as escadas apressadamente e fui fazer o café da manhã, o dia está lindo, o sol está radiante e quente, poucas nuvens vagam pelo céu, é, hoje vai realmente fazer calor.

[...]

— E você e o secretário do Luan? Quando vão admitir que tão namorando? — perguntei, fitando Maju que acabava de colocar a louça no escorredor.

— Érr... — ela mordeu o lábio inferior — Não, a gente ficou na festa da Becca mas...

— EEEEH, A MAMÃE CUPIDA DESENCALHOOOU! — ri, batendo palmas.

— Fica quieta, Alice! — ela me empurrou, colocando uma mecha do cabelo ruivo atrás da orelha.

Nos sentamos no sofá e ficamos conversando sobre coisas aleatórias,  o celular tocou, era o meu então, atendi.

Ligação On.

Eu: Alô? — perguntei, cruzando as pernas e encarando as unhas.

Luan: Se arruma aí que o Cirilo tá indo te buscar e a babá tá chegando, sua mala tá arrumada em cima do guarda roupa. — ele falou rapidamente.

Eu: Eu não vou ir jun...

Luan: Não perguntei, se arruma logo aí que o Well invoca o flash quando é pra buscar mulher, principalmente você. — Luan falou, sereno — ÓH VIADO, CÊ TOMA CONTA DA MINHA MUIÉ. — ouvi Luan gritando pra Well — Tchau, até.

Ligação Of.

Expliquei tudo a Maju, logo Becca e Anna chegaram e eu apenas dei um beijo na testa delas, corri ao quarto e tomei um banho demorado. Coloquei uma calça jeans, um moletom e um tênis qualquer. Prendi o cabelo em um coque e peguei a mala, me despedi das meninas e fui correndo a Well, que já me esperava. Eu vou matar o Luan.

[...]

— Oi meninos, ah, e Luan; Escuta, quem você acha que é pra fazer uma coisa dessas? E se... — abri a porta do quarto, falando a Luan que estava todo esparramado na cama, mexendo no celular e conversando com os meninos.

— Oi Lice. — eles falaram em sintonia.

— “E se”, como não aconteceu nada, eu tenho todo direito de trazer a MINHA mulher pra onde eu estiver. — ele deu ênfase ao mulher.

Revirei os olhos e olhava a todos os cantos do quarto procurando um lugar para deixar minhas malas, até que achei um lugarzinho perto da porta. Coloquei as malas uma empilhada na outra e arrumei as mesmas. Me sentei ao lado de Luan e encostei a cabeça em seu ombro, observando atentamente o programa que passava na televisão, logo os meninos foram para o seus quartos e ficamos só eu e Luan.

[...]

Meu celular vibrava repetitivamente, milhões de notificações estampavam o visor do celular. Peguei o mesmo e abri o Twitter, 4.567 menções não é pra qualquer um. Abri uma marcação de um fã clube “FC Luanetes Curitiba ♥”.

@fcluanetescuritiba: #tomavergonhaluan @alicefrancoreal Ê, LUAN RAFAEL! SAI FAVORITANDO MAIS DE 300 FOTOS DE MUIÉ DE BIQUÍNI! 😬👊

Rolei a tela do celular, observando outra menção.

@fcluantevivo: Luan tem que ajoelhar no milho! Tamo de olho pela Alice nesses seus favoritos em algumas @@@ #tomavergonhaluan @alicefrancoreal

Bloqueei o celular e fitei  Luan, que mordia o lábio inferior com aquele sorrisinho sacana dele, rolando a tela do celular e vendo as fotos de tais modelos de biquíni, que filha da puta!
Eu bolava um plano para me vingar de Luan, não adianta brigar que não dá em nada... Vou apelar pras negas, talvez elas me ajudem...

@alicefrancoreal: Oh minhas lindas, deixe o skype de vcs pra mim chamar? Preciso de um help urgente aqui! 😅

Em fração de segundos, uma tona de números de skypes vieram no PV. Escolhi umas 3 pessoas e adicionei, fui ao corredor do
hotel e sentei na parede, iniciei uma conversa em grupo com elas.

Eu: Oi meninas! — sorri, acenando a elas que me encaravam com os olhos arregalados.

Alícia: meu Deus, eu não acredito! — a menina falou, boquiaberta.

Lara: Alice? É você mexmo? — a outra falou, com o sotaquecarioca”, ri involuntariamente.

Noemy: AAAH, JESUS EU VOU TER UM ATAQUE CARDÍACO. — uma delas falou, com a mão sobre o peito.

Eu: Meninas seguinte; vocês viram aquela tag no twitter ? — perguntei e elas assentiramEntão eu tenho que encontrar uma maneira de me vingar dele! Mas não sei como... — falei, respirando fundo.

Alícia: Favorita foto do Tiago Iorc. — ela falou, dando e ombros e rindo.

Noemy: Posta uma foto e mostra que tu firme mesmo. — riu.

Lara: Faz os dois, e ainda comenta na foto do Tiago Iorc que vive favoritando suas fotos, ele te crusha. Tipo amor não correspondido, sabe? — ela riu junto, sorrindo em seguida.

Eu: Vou fazer os dois mesmo! — falei, gargalhandoBeijo, meninas! Depois me chamem e falem os nomes dos TT de vocês pra mim seguir, ? — mandei um beijo no ar e elas assentiram, acenando e mandando beijo.

Desliguei a conversa e entrei novamente para o quarto, Luan dormia serenamente. Me deitei ao lado dele e fiquei olhando pro teto até adormecer. Luan tá feradíssimo na minha mão, hahaha.

No dia seguinte...

Acordei e me levantei da cama vigorosamente, tomei um banho demorado e quando sai do banheiro, Luan estava na cabeceira da cama esfregando os olhos.

— Bom dia. — sorri fraco.

— Bom dia. — ele deu um beijo na minha testa e foi ao banheiro.

Abri a mala e peguei uma saia branca e coloquei um shorts branco por baixo, um top branco, um boné branco e coloquei um tênis. Fiz uma maquiagem respectivamente leve pro dia e soltei o cabelo, peguei um colar e um relógio para finalizar e encostada na cama, tirei uma foto.

@alicefranco:  i'm so happy, cause today i found my friends ⚓♥

[Foto da capa]

E agora, segunda parte do plano; seguir o Tiago Iorc e favoritar a metade das fotos dele. Pronto, plano concluído.
Luan veio pra se vestir, corri e fui tomar café, todos estavam reunidos tomando o café matinal, acho que cheguei atrasada.

— Dá uma voltinha aí, Lice. — Well falou, rindo.

— Ih, qual é gente. — falei, sentando no balcão, pegando uma maçã e mordendo.

Logo, Luan desceu todo destrambelhado, quase meteu a cara no chão enquanto vinha tomar o café.

— Lá vem. — Rober falou, negando com a cabeça.

— Onde vai? — perguntei, o fitando de cima a baixo.

— Eu vou ma... — ele pegou o celular e encarou, com os olhos arregalados — QUE PORRA DE COMENTÁRIOS SÃO ESSES NA SUA FOTO?

— E OS SEUS FAVORITOS NAQUELAS LOIRAS AZEDAS? — perguntei, de braços cruzados esperando uma resposta.

— É que... — ele coçou a nuca, e engoliu seco.

— Eu... Eu vou pra academia. — Rober falou, se levantando.

— Vou junto, Roberval. — encarei Luan, com o cenho franzido e segui Rober.

[...]


Notas Finais


⚓♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...