História O Poder do Amor. - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camila Cabello, Camren, Casamento Camren, Lauren Jauregui, Lgbt
Exibições 399
Palavras 6.449
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Na madrugada boladona esqueci de postar o capítulo 🙈🙈🙈 Me perdoem gente sei que é chato esperar capítulo,prometo essa semana postar três capítulos de segunda até sexta eu vou atualizando Okay?Besos hermosas e hermosos!😍😘
Ps: Foto da Vero e da Camz essas duas vão apontar nesse capítulo !🙊🙊🙊

Capítulo 32 - CAPÍTULO 31-WIFE REVENGE


Fanfic / Fanfiction O Poder do Amor. - Capítulo 32 - CAPÍTULO 31-WIFE REVENGE

Segunda-feira,20:15-PM/Camila:

-Boa Noite Antonny.

Eu disse assim que entrei na casa dele segurando uma torta de chocolate.

-Camilinha você veio!

Tratou de responder mais que feliz, me abraçando como pode por conta da torta.

-Claro,depois de tantos convites recusados eu precisava me redimir não é mesmo?

Ele sorriu e pegou a torta da minha mão.

-Foi você que fez?

Questionou indo até à cozinha,enquanto me limitei a ficar na sala observando a decoração,definitivamente ali também precisava de uns toques meus;

-Na verdade não,eu fui resolver umas coisas do aniversário da Isabella e acabei me atrasando porque tinha que preparar o jantar pra Lauren e pra ela.

Respondi sentando no sofá.

-Ah,eu pensei que elas viriam também...

Ele disse ja de volta me entregando uma taça de vinho,e se sentando ao meu lado.

-Não,Lauren está muito cansada e Bella ta de castigo.Desculpe eu não posso beber...

Ele me olhou surpreso:

- Está com medo que eu te embebede?

Sorrir forçado .

-Eu deveria ficar com medo ?

Ele me analisou dos pés a cabeça e fiquei desconfortável,estava com uma calça jeans preta e uma blusa de frio de gola alta  bota de salto alto que vinha até os joelhos,meu cabelo estavam lisos,brinquei com minha aliança,ja estava ficando nervosa com aquele silêncio.

-Claro que não eu nunca faria mal a você Camila.... (suspirou é continuou tomando seu vinho)Mas me diga porque não pode mais beber?

-Ah eu tô tomando uns antibióticos,ai não é bom misturar..

-Algo grave ?

-Nada demais é a Vivi onde está ?

-No meu quarto vendo televisão,vamos subir ?

Questionou já ficando de pé sorrir e subimos juntos,entrei em seu quarto que era mobiliado em uma cor de marrom caramelizado e encontrei a pequena deitada na cama assistindo desenho.

-Vivi olha quem veio jantar conosco filha.

A menina me olhou sorrindo e correu em minha direção a abracei e acabamos caindo na cama abraçadas.

-Tia Mila !Pensei que nunca mais iria ver a senhora.

Ela disse fazendo um bico,sorrir.

-A tia está aqui meu bem,e o que tá achando da bagunça que estamos fazendo no seu quarto ?

-Papai disse que ficaria ainda mais bonito que antes,eu vou ter um quarto de princesa tia.

-Isso porque você é uma.

Respondi beijando sua bochecha rechonchuda.

-Eu vou colocar os pratos na mesa,fique avontade Camila...

Disse Antonny encostado na porta.

-Não precisa de minha ajuda ?

-Não,fique com a menina ela realmente sentiu sua falta.

Respondeu sorrindo e depois saindo.

-E então Vivi,me conta como estão as coisas na escola?

-Bem!Tia Mila eu tenho um segredo.

(Disse colocando as mãozinhas na boca como se tentasse não deixar as palavras sair)

-Eu adoro segredos,não quer me falar?

-Se eu falar pra senhora a senhora não pode falar pro papai...

-Não eu não falarei nada,pode confiar.

-Eu achei uma foto da minha mamãe no quarto dos segredos do papai.

-Quarto dos segredos?

-É tia Mila aquele quarto onde meu papai fica por muito tempoooo,ele não me deixa entrar lá.

-E como conseguiu ?

-Ele deixou a porta aberta e eu entrei rapidinho,vi a foto da mamãe tava numa caixa no chão e peguei.

-Pensei que seu pai te deixasse ficar com a foto dela.

-Não mais,papai disse que a mamãe foi uma menina má e eu não posso ser como ela....Ele também disse não vou ver mais minha titia Paola.

-O que mais tinha nesse quarto ?

-Ah muita coisa tia Mila.

Respondeu como se não houvesse importância.

-Vamos fazer um jogo,a titia vai falando as coisas e se você se lembrar vai acumulando pontos se conseguir fazer no mínimo 40 pontos eu dormirei aqui hoje com você o que acha ?

-Obaaaaa eu amo esse jogo tia,vamos jogar !

-Fechado!Então,nesse quarto tinha caixas?

A menina assentiu.

-10 pontos,Livros?

Ela assentiu novamente.

-Computador?

-Tinha .

-20 pontos,Papéis ?

-Muitos titia.

-30 pontos,fotos?

-Sim.

-Okay você ganhou 40 pontos.

-Obaaaaaa a senhora vai dormir comigo?

-Se seu pai deixar!

-Ele deixa tia Mila.

Ela desceu da cama e foi até o banheiro do pai e abriu o armário é lá na última estante puxou uma chave que estava em um cordão vermelho.

-Aqui titia e onde o papai guarda a chave do quarto dos segredos ,ele não sabe que eu sei(ela riu colocando a mão na boca)Podemos ir la pra senhora ver que eu não to mentindo...

Peguei a chave nas mãos,o universo so podia esta conspirando ao meu favor.

-Não é necessário guarde de volta e nunca conte ao seu papai que você sabe onde está chave, e nem que entrou lá ou mostrou a mim,não queremos ver ele irritado né?

-Não papai bravo fica parecendo o bicho papão.

Ela disse com sua inocência voltando a colocar a chave no devido lugar e voltar pra cama.

-Meninas o jantar está na mesa.

Disse Antonny la embaixo,sorrimos e descemos para comer orei pra Deus abençoar aquela comida porque o medo me consumia por dentro,eu precisava me cuidar porque se realmente tivesse uma vida dentro de mim eu precisava zelar pela a minha e dela...ou dele.

Antonny era um ótimo cozinheiro apesar de ser ar psicopata,o jantar transcorreu na mais devida harmonia de longe pareciamos uma família feliz,mas a minha família estava longe dali e por mais que eu sentisse amor por Vivi eu nunca trocaria a minha família por aquela,eu tinha muito orgulho do que eu e Lauren tínhamos construído em todos esses anos,tínhamos a nossa própria família não era perfeita e nem normal, porém que família é assim?

Contei por cima que eu e Vivi havíamos feito uma brincadeira e se ela ganhasse poderia pedir o que quiser,quando questionou sobre como era a brincadeira respondi que era coisa de meninas e me parece que ele se conformou.

Ajudei ele a arrumar a cozinha e ele começou a me chamar de querida pra cá, querida pra lá o que me deixou um pouco enjoada,por fora eu fazia a simpática mas por dentro eu revirava os olhos mil vezes o combinado era que ele dormiria em outro ambiente e eu dormisse com Vivi no quarto dele,a verdade era que eu não iria dormir direito eu só queria voltar pro aconchego dos braços da minha mulher onde eu realmente me sentia segura e amada.

Flashback On: Horas Antes.....


-Abaixa essa faca Karla !

Pediu Lauren dando voltas no balcão enquanto eu caminhava em sua direção e ela fugia de mim,nós ficámos rodando em círculo sobre a Ilha da cozinha.

-Eu to com uma faca e você ainda tem audácia de me chamar de Karla !

Rugir brincando.

-Camila amor,para com isso essas brincadeiras são perigosas.

Sorrir e abaixei soltando a faca.

-Eu não estava brincando com você,eu só queria que você amolasse a faca pra mim.

Lauren me olhou desconfiada do outro lado do balcão.

-Eu não iria matar você tá doida?Apesar de você andar merecendo por conta do tapa que me deu.

Lauren abaixou a cabeça como se tivesse envergonhada:

-Eu te pedir desculpas e você ja está me punindo me deixando sem sexo,eu não preciso que você fique ne lembrando o quão idiota eu fui.

Fui até ela é distribuir beijos em sem rosto e logo ela estava sorrindo.

-Te amo amorzinha.

-Também amo você

Respondeu me puxando pela a cintura e apertando.

-Mas você não vai!

Completou colando sua testa na minha.

-Amor eu não to pedindo permissão eu estou te informando....

-Aiiii mais que saco!

Disse Lauren me soltando.

-Mas você pode me dizer o que quer pro jantar....

Respondi pegando outra panela.

-Jantar que você nem vai está...

-Mas a sua filha vai!

-Aliás ela ta sabendo que você vai jantar com a Vivi e não com ela ?

Me questionou arquiando as sobrancelhas sorrindo maléficamente,eu sabia o que ela estáva querendo fazer.

-Lauren Michelle você não seria capaz...

-Eu não quero que vá,então acho que seria sim!

-Eu também não quero que você seja amante da Sarah e você é.

-Foi você que pediu que a seduzisse no início não lembra ?

-Seduzir e diferente de concretizar e virar amante,gostaria que a sua filha soubesse disso também?Que a momy dela tem outra mulher...

-Camila...

Rugiu Lauren me repreendendo,sorrir triufante:

-Foi o que eu pensei (respirei fundo)o que vai querer para o jantar querida?

Lauren rolou os olhos e saiu furiosa da cozinha.

-O que amor?Ah batatinhas fritas com bife a parmegiana?E um arroz soltinho?Acho que posso fazer isso querida ,mas não abuse e só hoje!

Respondi irônica a mim mesma alto  para que ela ouvisse.Deixei tudo preparado para o jantar das minhas meninas e subir para banhar,antes passei no quarto de Bella que brincava de boneca dentro de sua cabana,entrei no meu quarto e Lauren zapiava os canais da TV com cara de brava e tédio,eu amava tanto aquela cara mal humorada dela.

Entrei no banheiro,fechando a porta e me despir fiquei olhando minha barriga e um sorriso bobo se formou em meus lábios.Levei minhas mãos até meu ventre :

-Você viu aquela pessoinha mal humorada na cama bebê? Então ela é a sua momy!Ela é linda mas e tão ciumenta quanto eu.... (sorrir)eu sei que você ja ta ai dentro,eu não preciso de teste meu coração já me diz isso,apesar de agora você ser só uma sementinha bem pequenininha que vai brotar aqui dentro e vai me deixar igual um balão...

-Camz...

Disse Lauren entrando no banheiro de surpresa,tirei minhas mãos da barriga e levei ao peito com o susto.

-Lauren você que me matar do coração?

-Desculpa.

Me sentei na borda da banheira,eu tava de pernas bambas:

-Nossa você realmente me assustou,poderia ter batido!

-A gente nunca precisou disso,porque agora?

-Vai que eu tava fazendo o número 2?

-Eu ja vi você fazendo o númeral todo Camila.

Rolei os olhos e liguei o chuveiro.

-A questão foi que você me assustou,sabia que você pode matar alguém assim ?

Matar nosso bebê que ainda é uma sementinha?Pensei

-Camz so foi um sustinho de nada

Peguei o sabonete e comecei a fazer minha higiene,Lauren me analisava encostada na porta mordendo os lábios.

-O que foi?

-Seu corpo é perfeito.

Disse com a voz pesada,Lauren estava até corada seu olhar não saía da minha parte da frente,ela umedeceu os lábios com a língua.

-Para de me olhar assim...

A repreendi eu estava sendo comida pelos olhos, e eu tava cojitando a hipótese de passar do olhar para o físico.

-Eu to com saudade do seu gosto,de você gemendo no meu ouvido...

-Amor...

A repreendi,Lauren me fitou com suas esmeraldas e sorriu :

-Eu sei que eu to de castigo,mas acho que posso apreciar aquilo que me pertence.

Sorrir.

-Claro que pôde amor,isso tudo (passei a mão dos meus seios e fui descendo até o meio das penas e depois passei para minha parte traseira )É seu,só pro seu prazer!

-Minha!

Ela disse com a voz firme.

-Sim sua,assim como você é minha.

-Sua.

Ela pronunciou com um sorriso nos lábios.

-Bebê você não quer ir com o ponto ?Eu comprei outro.

Indagou em seguida,mudando totalmente de assunto.

-Não é preciso.

-Como eu vou saber que está bem?

-Eu vou ta bem e amanhã eu volto pra casa.

-Eu preciso de algo mais concreto Camila.

- It's Okay.Que tal uma mensagem?

-Não,me ligue é melhor,vou ouvir sua voz...

-Lauren...

-Ou é isso ou eu te tranco nesse banheiro até passar da hora mesmo correndo o risco de você me matar ou aumentar meu castigo,sua segurança e mais importante e está acima de tudo.

Desliguei o chuveiro e ela me entregou minha toalha.

-Ta eu te ligo.

-Se você não me ligar antes de meia noite eu vou parar lá

-Você não seria capaz...

A desafiei cruzando os braços sobre os seios,meu corpo ja estava coberto pela a toalha.

-Eu seria capaz de tudo por você bebê...

Suspirei ,eu dou conta disso gente?Affs!Selei nossos lábios,dando um selinho rápido.

-Ta eu ligo antes da meia noite.

-Promete?

Levantei o dedo medinho.

-Prometo.

Lauren sorriu e unimos nossos dedos medinhos e selamos os lábios.

-Te amo bebê.

-Também te amo mi amor..

Flashback Off.


-Tia Mila porque você namora com uma menina?

Sorrir com a pergunta da pequena estávamos debaixo da coberta e eu acariciava seus cabelos.

-Ah porque eu gosto tanto de meninas que decidir namorar e me casar com uma...

-Então se eu gostar de meninos eu devo namorar e casar com um deles ?

-Sim,você sempre deve fazer o que faz seu coração feliz meu amor,  independente de você gostar de meninos ou meninas...

-E se eu gostar dos dois ?

Sorrir.

-Não tem problema...

-Mas ai eu vou ter que namorar com quem?

-Ah com quem seu coração ficar mais feliz,quando você crescer e a achar a pessoa certa você irá saber independente se é menino ou meninas.

-Ah tá ,papai tem uma nova amiga ela vem aqui quando eles pensam que eu já to dormindo...

Ela disse sorrindo ,aquela menina era mais esperta do que pensávamos.

-E é como ela é ?

-Eu não consigo vê ela porque eu fico escondida,ela dorme aqui as vezes mas vai embora cedinho porque eu não há vejo de manhã mas escuto sua voz à noite..

-Não ouviu o nome dela?

-Não ...

-Hum...O que acha da senhorita ir dormir hem ?Ta tarde.

-Quando eu acordar a senhora vai ta aqui?

Sorrir e dei um beijo em sua testa.

-Sim querida...

Acaricei seus cabelos e cantei uma canção de ninar até que ela caísse no sono,peguei meu celular e faltava 10 minutos pra meia noite,fui ao banheiro e tranquei a porta e disquei o número da minha esposa que depois de dois toques atendeu :

-Porra Camila eu vou te matar filha da puta !

Educação mandou lembranças...

-¿Acabas xingar mi mamà pendeja?

(Pendeja = tem varios significados um deles e idiota,ignorante,imbecil)

-Oh my God !Yo no queria hablar eso de mi suegra perdonamé !Pero me estaba quedando louca ya estaba por ir a la policia.

-Boluda no me rompi el trato no son média noche.

-Lo sé perdonamé solo estaba inquieta,como estas ?

Bufei.

-Estoy bien y vós?

-A igual,Bella te lo extraño en la cena mi suerte fue que dejate papas fritas...

(Te Lo Extraño :Sentiu sua falta
Cena: Jantar ,Papas Fritas ; Batata Frita.)

Sorrir.

-Donde está ella?

-A mi lado dormindo,vas a passar la noche comigo ya que no me voy a dormir porque no estas aqui,dale mi amor regresa ya!No puedo vivir sin ti.

-¿Quien eres la drama Queen ahora?,¡es solo una noche!

-Gracias a Dios!

-Me voy a desligar mi amor,tengo cosas para hacer...

-¿Que cosas Camila?Por Dios no hagas nada de....No lo puedo ni hablar.

Sorrir.

-Que piensas que voy hacer ?

-No lo sé pero ya estoy diciendo que no hagas nada porfavor.

-Mami relajate way!Calmaté ainda no es el momento para hacer eso....

-Camila que estas diciendo ?Para con eso ahora mismo ou me mando esta história para el carajo.

-Boca sucia.

-Bueno,¿que te lo puedo decir? aprendi con la mejor...

-¿Ah sí madresita virgene?

Lauren Gargalhou e não pude deixar de rir também:

-Sabes muy bien quien fue la virgen de la história e te lo puedo firmar que no fue yo.

-Hija de....

-De?

-La pura madresita cubana!Mi amor era eso que lo iria decir.

Lauren sorriu..

-Claro que si...

-Me tengo que ir,manaña nos vemos te amo cariño !

-Te amo Camila,eres el sol de mi vida.

-Y tu mi Luna,te amo tambien mi amor.

Suspirei e desliguei o telefone,olhei para o lugar onde estava a chave e fiquei pensando uns bons minutos,eu precisa de um plano.

Terça feira, 08:30 Am.


Acordei com uma sensação estranha,ainda com os olhos fechados me mexi na cama e não reconheci o conforto de meus lençóis e nem o cheiro da minha esposa,mesmo com os olhos fechados sentia está sendo observada e assim que os abrir encontrei Antonny sentando em um cadeira no canto do quarto.

-La puta madre.

Disse levando um susto com a cena desse jeito minha sementinha não ia vingar,respirei fundo e coloquei a mão sobre minha barriga.

-Antonny que haces aí ?

Ele sorriu .

-Ah Camilinha eu não entendo espanhol...

-Perguntei o que tá fazendo ai sentando ?

-Te admirando...

-Oh Cielo,não sou uma coisa do outro mundo nem tampouco uma escultura em um museu  pra ficar sendo admirada.

-Engana-se você é uma obra de arte completa Camila,e nem você dormindo deixa de ser bonita pelo o contrário.

Me sentei na cama,olhei para o lado e Vivi não estava mais la.

-Cadê ela ?

-Esta tomando café da manhã para ir pra creche

-Oh porque não me acordou para preparar algo pra ela?

Questionei jogando os lençóis e meu cabelo pro lado e calçando minhas botas.

-Ah que isso a visita é você,na verdade eu vim te acordar mas fiquei com do

Sorrir sem graça.

-Preciso ir no banheiro,nos encontramos na cozinha ?

Ele assentiu sorrindo e se levantou,fui para o banheiro e fiz um pipis básico e enxáguei a boca com um pouco de pasta de dente peguei meu celular e havia três mensagens de Lauren.

Amor de Mi Vida 👭❤: Bom dia pra você que dormiu, eu simplismente só cochilei não conseguir dormir....Eu sei que já dormimos separadas mas dessa vez foi diferente eu sinto que você precisa de mim e da minha proteção,prepotência de minha parte?Talvez sim,mas eu não to nem ai cogitei várias possibilidades de invandir a casa desse idiota so pra te tirar daí....

Sorrir.

Amor de Mi Vida 👭❤: Aliás eu não vou trabalhar hoje irei ficar em casa com você...Percebi que durante esse tempo que está descansando não tirei um dia pra ficar cuidando de você,me desculpa meu amor e que as vezes com a rotina eu entro no automático,mas hoje lhe compensarei com muito carinho e atenção.

Gente o que tinha acontecido com essa mulher ?Eu deveria dormir mais vezes fora de casa abrir a última mensagem..

Amor de Mi Vida👭❤: Será que quando eu voltar da escola da nossa filha você ja vai ta aqui?Espero que sim,te amo bebê.

Estava ainda mais apaixonada pela a minha esposa,bloquei  o celular e desci para tomar café,cumprimentei Vivi que contou seu sonho de princesa e depois fui ver como andava o projeto do quarto dela,uma equipe de pedreiros já estava no local e eu dei minhas últimas coordenadas.

-Então eu ja vou índo,foi um prazer jantar com vocês é estender isso pro café da manhã.

Antonny estava de pé segurando Vivi perto do meu carro.

-O prazer é nosso né  Vivi? Quem sabe você comece a vim mais vezes e assim fiquei pra sempre....

Sorrir sem graça,mais nunca nessa terra.

-Você tem cada idéia,bom preciso ir na próxima semana venho para finalizar o projeto.

-Não pensei  que seria tão rápido assim...

Comentou Antonny.

-A equipe com quem trabalho é  ágil e muito bem qualificados por isso trabalho so com os melhores as pessoas me procuram porque querem um serviço de qualidade mas que não se arraste muito.

Antonny sorriu assentindo,dei um beijo em sua bochecha e outro no de Vivi e entrei no carro,a caminho de casa mandei uma mensagem para Paola para que me encontrasse em casa em 1 hora.

Quando cheguei em casa Lauren não estava lá,resolvir tomar um banho que demorou e quando sai do banheiro a companhia tocou,desci correndo para ver quem era e encontrei Paola,sobre seus saltos altos vermelho e um vestido tubindo preto, seus cabelos estavam soltos e encaracolados na ponta dando volume.

-Bom dia senhora Jauregui...

Disse com os lábios pintados de um rosa fosco,rolei os olhos e dei espaço para entrar.Estava com um roupão e um coque mal feito.

-Bom dia,aceita um café?Acho que a Lauren deve ter feito...

Disse indo para a cozinha onde ela me seguiu.

-Então você conseguiu dormir lá?

Perguntou animada se sentando em um dos bancos altos que havia na ilha da cozinha.

-Meu bem pra mim nada é impossível.

Disse deslizando uma caneca de café pra ela que prontamente pegou,graças a Deus Lauren havia feito café .Peguei uma pacote de cookies congelados e coloquei para assar.

-Quando você disse que iria jantar la e ainda dormiria não acreditei muito....

Respondeu tomando um gole do café.

-É claro que para todos os efeitos ele me convidou e não eu que dei a idéia se não Lauren me mata.

-É claro.

Paola havia vindo me visitar dias antes e marcamos um plano,ouvir a porta sendo aberta.

-Amor ?

Ouvir a voz da minha esposa é sorrir,ela veio até a cozinha que ao me ver esboçou um sorriso enorme,Lauren estava com uma camisa de rock e uma calça preta e seus velhos coturnos ,seu cabelo estava bagunçado de uma maneira sexy.

-Oi amor.

Respondi,ela caminhou a passos largos e logo me puxou pela a cintura e me beijou,ela sugava meus lábios com devoção e entrelaçava nossas línguas com pressa, me puxou para mais perto de si e colocou a mão sobre minha bunda e apertou me levantando do lugar me fazendo entrelaçar minhas pernas em sua cintura,ela puxou meu lábio inferior pausando o beijo.

-Amor.

Disse com com a voz pesada por conta da falta ar .

-Oi...

Respondeu inebriada.

-Temos visita.

Eu disse apontando para Paola que deu um aceno com os dedos.

-Camila!

Me repreendeu e eu desci de seu colo.

-O que ?Não me repreenda você não me deu tempo.

Lauren tava mais vermelha que um pimentão.

-Me desculpe pela a cena Paola,bom dia.

-Já vi coisas piores e também ja as fiz (disse piscando para Lauren que pareceu ficar com ainda mais vergonha ela parecia se referir a algo que fizeram juntas)

-Você para de flertar com a minha mulher ou eu chuto a sua bunda daqui.

Falei séria arracando um risinho dela,Lauren me olhou da cabeça aos pés :

-Vá trocar de roupa agora,isso são trajes de se receber alguém ?

Rolei os olhos:

-É sério ?

-Eu não vou falar de novo.

Disse impaciente,olhei para Paola.

-Não de encima dela ou ja sabe.

-Relaxa...

Respondeu,rolei os olhos e subir optei por um short e um cropet branco passei meu hidratante e perfume e desci,elas estavam tomando café conversando de algo aleatório me acomodei no meio das pernas de Lauren  em pé e ela beijou meu ombro :

-Tá tudo bem amor ?

Questionou acariciando minha cintura.

-Sim.

-É ai me conta como foi la ?

Pediu Paola.

-Normal ,mas a sua sobrinha e mais esperta do que aparenta!Ela não so já entrou lá no quarto como pegou algo de la...

-Como assim?

Contei as confidências de Vivi para a tia que ouvia atenta assim como Lauren,enquanto falava com ela tirei os cookies do forno e coloquei em uma travessa.

-Perai quem será essa mulher misteriosa? Eu realmente preciso saber que tipo de mulher anda frequentando a casa dele com minha sobrinha la dentro...

Disse Paola se levantando andando de um lado para o outro.

-Paola como você mesmo disse é uma mulher misteriosa.

Comentou Lauren levando a boca o terceiro cookie.

-Eu sei,Camila precisamos trabalhar nisso....

Assenti.

-Hey Paola,Camila não é sua espiã secreta não.

-Relaxa eu também quero descobrir.

Respondi fazendo Lauren arquiar a sombrancelha,rolei os olhos.

-Não que eu me interesse com quem ele esteja saindo so a nível de curiosidade mesmo...Ah e de proteção pela a Vivi.

-Aham sei Karla.

-Não me chama de Karla.

-Tá vemos isso depois, e a chave ?

Perguntou Paola interrompendo nossa pequena briga conjungal.Ambas me olharam com expectativas:

-Eu não peguei a chave.

-Are you kidding?

(Você ta de brincadeira né ? Disse Paola)

-Porra Camila do que adiantou ter dormido la?Eu pelo o menos conseguir algo com Sarah.

Cruzei os braços para a mulher que conforme a lei se dizia minha mulher.

-Lauren,Lauren minha lista contra você so aumenta.

Disse estalando a língua,ela levantou as mãos em rendição,respirei fundo e indaguei:

-Não tinha como pegar a chave ele iria descobrir....Mas isso não me impediu de...

Fui até a minha bolsa e desembalei o pequeno sabonete com a marca da chave.

-Uau!

Disse Paola sorrindo e batendo palmas.

-Cara você é muito inteligente...

Completou a mulher.

-Eu sei.

Disse com desdém brincando.

-Eu vou mandar fazer duas cópias dessa chave e ai vemos os passos seguintes,nos encontramos ainda essa semana,tudo bem?

Ela disse guardando com cuidado o sabonete.

-Sim.

-Tenho que ir,Camila muito obrigada eu nem sei como posso agradece-lá...

Disse me abraçando forte,foi um ato inesperado ela não era minha amiga porém também ja não via como inimiga,o que eu tinha era raiva por ela ter se envolvido com o amor da minha vida,tirando isso não tinha nada contra ela então era meio que difícil definir a relação que tínhamos.

Retribuir o abraço e a companhia tocou Lauren foi abrir e nos desfazemos do abraço.

-Tome mais um copo de café com cookies.

Oferecir e ela sorriu.

-Eu preciso realmente de mais cafeína e esse café ta maravilhoso então não vou fazer a contida.

Sorrir e peguei sua caneca e reabatecir enquanto ela sentava novamente no banco.

-Eu juro que eu to pra....

Disse Vero interrompendo o que dizia  entrando na cozinha com um vestido longo florido que tinha um decote em V na abertura de seus seios que estavam fartos,seus cabelos estavam soltos em um ombro ela tinha uma bolsa de bebe rosa com branco,Lauren entrou em seguida com a bebê que estava toda arrumada com um vestinhos e lacinhos roxo claro a coisa mais linda.

-Desculpa não sabia que estavam com visitas.

Ela disse vindo até mim e me abraçando.

-Oi sumida,resolveu sair da toca?

-Idiota!

Respondeu se desfazendo do abraço,Okay isso seria interessante...

-Deixa-me apresentar,Paola essa é Veronica Iglesias...Vives a mulher da Lucy....

-Omg! Então e sério a Lucy realmente casou-se,e com voce!Olha tanto ela como Lauren me surpreenderam.

Ela disse estendendo a mão e logo Vero a cumprimentou.

-Você conhece Lucy de onde? Perai voce me conhece?

-Claro não está lembrada de mim ?

Questionou arquiando a sombrancelha.

-Perai como disse que se chamava ?

-Paola...

-Hey eu me lembro de você!Você me infernizava me fazendo ciúmes.

Ela sorriu e tomou o que parecia o último gole de café.

-Culpada!Era divertido vai ....

Vero cruzou os braços seria.

-Tá talvez eu tenha exagerado,mas se isso te conforta eu mudei e sou uma pessoa melhor hoje.

-Oh você não sabe o quanto.

Respondeu Vero ironica,colocando a mão no coração e batendo os cílios de forma exagerada,o que fez todos rirem.

-Okay eu preciso ir...

Disse Paola rindo e pegando um cookie foi até Lauren e brincou coma as bochechas da bebê.

-E você e tão linda quanto sua mãe Lucy !E rezo pra você não ter herdado a genialidade da sua mãe Veronica.

Disse soltando um beijo no ar pra beber.

-Meninas foi um prazer ,volto a fazer contato não precisam me levar até a porta ,beijoooo.

Soltou saindo,logo ouvimos o barulho da porta sendo fechada.

-Eu não sabia que você Mila havia permitido pessoas tão baixa frequentar sua casa.

Disse Veronica abrindo o armário pegando uma xícara,fui até Lauren e peguei a bebê do seus braços.

-É mas e por algo maior...Né princesa da tia?Você ta tão linda e gordinha...

A bebê sorriu.

-Estou disposta a ouvir...

Disse minha amiga sentando onde antes era o lugar da visita.

-Porque não usou a chave ?

-Ai Laur a chave da casa de vocês ta dentro dessa bolsa cheia de fraldas ,roupas,mamadeiras e até encontra-lá com essa bebê gordinha era melhor tocar a campanhia,céus que cookies delicioso.

Ela finalizou com a boca cheia,Lauren me olhou autorizando que eu poderia falar e contei toda a história onde no meio minha esposa pegou a bebê dos meus braços.

-Ah entendi,nossa mais que merda hem ...

Foi o comentário dela.

-O que você faria ?Ajudaria ou não ?

Perguntei fazendo Vero pensar um pouco pra depois rolar os olhos :

-Sendo mãe hoje eu vejo tudo de um modo diferente acho que a maternidade me tornou ainda mais humanitária,acredito que faria a mesma coisa esqueceria o fato que Paola transou com Lucy e Lauren igual uma coelha no cio.

-Que ?

Perguntei um pouco mais alto...

-O que ?Você não sabia que as duas  compartilhava Paola ?

Desviei o olhar para Lauren que balançava a bebê um pouco mais rápido era notável o quanto ela estava mais branca que o normal.

-Ela me contou que namorou com ela,mas Lucy ja não estava mais com ela...É eu não pensei que haviam ido aos finalmente...

-Affs não foi bem assim eu vi tudo de perto,o que realmente ocorreu foi que Lúcia começou a ficar com ela so que a rapariga da minha esposa era maior galinha e ai Paola viu a oportunidade de se vingar com a melhor amiga dela Lauren,que não era tao puritana assim e nem pensou duas vezes ,então elas alternarvam a ficada.No fundo as duas sabiam, mas acho que pra não estragarem a amizade preferiram se fazer de cegas,foi ai que a Lucy resolveu por um ponto final  de vez na história namorando com outra periguete.Paola então acabou ficando somente com a Laur que  oficializou o namoro mas não durou mais que algumas semanas.

-Em minha defesa eu era adolescente tava descobrindo meu corpo e minha sexualidade.

-Ah sua tremenda filha da ....

-Amor...

-Que carajo de amor te lo voy a matar pendeja.

Disse avançando sobre ela.

-Hey stop miren a mi hija porfavor.

Pediu Vero.

-Só não te mato agora por causa da Júlia.

-Bendita seas.

Respondeu dando um beijo na testa da pequena.

-Elas preferem acreditar que não teve nada demais nisso porque Lauren engatou algo realmente oficial depois que Lucy chutou a bunda de Paola.

-Veronica da pra você parar ?Isso foi à anos atrás e ja não me interessa,a mulher que me interessa me deu uma filha linda e carrega meu sobrenome assim como eu carrego o dela então assunto encerrado,vou esta la encima com a minha pequenucha antes que essa daí (apontou com a cabeça pra mim)me mate com o olhar.

Terminou de dizer e nos deu as costas,suspirei essa mulher me dava tanta dor de cabeça....

-E ela dizia que ia me mimar...

Pensei alto,até Vero chamar minha atenção :

-Mila a Lucy sabia da volta dessa demonía?

-Claro que sabe,Lauren não vai ao banheiro sem que a Lucy não saiba,não seja ingênua.

-Puta madre !Lo voy a mata-lá...

Gritou estressada.

-Ai Vero às vezes me pergunto se não seria mais fácil a gente ter casado com pessoas feias e ruins de cama,quer dizer eu não sei você mas Lauren e muito boa de cama.

-Menina Lucy então....É o pior e que devemos a Paola tudo o que sabem  aprenderam primeiro com ela.

-Mais que merda isso so fica pior...

Disse nervosa.

-Nem me fala,mas se tivéssemos casadas com pessoas feias e ruins de cama seríamos infelizes e frustradas em todos sentidos principalmente o sexual e não teríamos nossos bebês.

Rolei os olhos e sorrir.

-Ai amiga isso é verdade.

Disse indo abraça -la que correspondeu.

-Pois é...Porém isso não impede de darmos uma lição nelas.

Me afastei do seu abraço e a olhei sorrindo.

-O que você está pensando senhora Iglesias-Vives ?

-Acho que deveríamos dá uma lição nelas,o que acham ?

-Hum isso muito me interessa e como seria isso?

-Bom basicamente nos teríamos que tipo começar a elogiar a esposa da outra e até flertar...De leve não exagera....

-Iiiiih eu não quero aquela magrela não...

-Não fala assim da minha Lulu ela pode até não ter muitas curvas, mas acredite isso compensa em outras áreas e não a deixa menos atraente.

Disse orgulhosa.

-Digo o mesmo da Lauren não passe dos limites.

-Eu la quero aquela branquela mal humorada.

-Ela não é mal humorada so as vezes...

-Iiih eu pensei  que você ia dizer ela é mal humorada e branquela mas ...

-Meu amor é  Lauren Jauregui até os "defeitos "dela é sexy.

Vero gargalhou.

-Com o tempo você também pegou a prepotência dela foi?

-Ah cala a boca e conta o restante do plano.

-Ai a gente fica uns dias com esses joguinhos até...

Vero me confidencializou a grande a cereja do plano e eu rir,isso seria interessante conversamos mais um pouco e Lauren veio que nem um cachorrinha sem dona como se nada tivesse acontecido e anunciou que iria preparar o almoço eu disse que a ajudaria, mas ela negou porém aceitou a ajuda de Vero depois de muito pestanejar.

-Lucy ficou em Miami pra ajudar o pai em alguma coisa la da casa dele eu não entendi direito...

Comentou Vero refolgando o feijão enquanto Lauren cortava os tomates para a salada,eu assistia as duas com a bebê que dormia nos meus braços.

-Porque está brava então?

Questionou minha esposa  sem desviar os olhos do tomate.

-Sempre uma defendendo a outra...Ela disse que so ficaria um dia a mais e ja se passaram dois ja que voltou ontem.

-Isso tudo e saudade?

Perguntei sorrindo.

-Claro !

-E a sua mae como esta ?

Questionou Lauren.

-Bem,era uma cirurgia pequena mas preferimos está por perto.

O silêncio pairou por algumas segundos e aproveitando a distração de Lauren,Vero piscou pra mim:

-Ai Mila você é tão sortuda de ter Lauren por perto ela é uma esposa tão atenciosa sabe, hoje quando liguei pra ela pra comentar de Lucy ela foi tão gentil me convidando pra passar o dia com vocês so pra mim não ficar sozinha com Julia em casa.As vezes eu queria ter uma esposa como a Jauregui...

Lauren ouvindo as confissões de sua amiga cortou o dedo superficialmente que não impediu que sangrasse.

-Amor cuidado !

A repreendi chegando perto:

-Me mostre seu dedo.

-Não foi nada amor foi um corte bobo.

-Lauren...

Ela rolou os olhos e me mostrou o dedo que saía algumas gotinhas de sangue,segurei a bebê em um braço só e peguei seu dedo e o levei a boca sugando o pouco de sangue que acumulava ali,pode parecer nojento,mas eu não achava e além disso tinha um gosto doce,tirei seu dedo da boca e dei um beijo no local.

-Tá melhor amor ?

Lauren sorriu.

-Muito...

Respondeu me dando um selinho e depois sugou meus lábios e os selou novamente,sorrir e voltei ao meu lugar de origem.

-Okay eu acho que perdi a fome,isso foi tão nojento...

-Ah Vero era so umas gotinhas de sangue.

Disse acariciando a cabecinha da bebê.

-Até parece que ela não chupa outros lugares.

Foi a vez de Lauren,Veronica sorriu .

-Mas é a minha esposa.

Rebati na mesma moeda:

-Mais é a minha esposa.

Não tardou muito para almoçarmos depois bateu aquele sono da tarde e descidimos todas ir cochilar,Vero e Júlia foram para o quarto de hóspedes e eu e Lauren para o nosso.

-Essa cama não é a mesma sem você bebê.

Comentou Lauren,estávamos deitadas de conchinha e Lauren acariciava minha barriga com as unhas sorrir com a cena se ela soubesse o pequeno presente que carregava.

-Minha vida não é a mesma coisa sem você mas não pense que eu esqueci as pequenas informações que você me escondeu do caso triplo de vocês.

-Camz foi a muito tempo atrás não tem nenhum significado,o que temos agora tem.

Sorrir.

-Porque você ta acariciando minha barriga assim ?

-Não gosta ?

-Gosto,mas digo isso porque você so fazia esse tipo de coisa quando eu estava grávida.

Lauren sorriu.

-Ah sei lá ,foi automático pode parecer estranho mas sinto uma coisa boa fazendo isso.

Me virei para ela fazendo as carícias cessarem e aquelas esmeraldas estavam ali me sugando para aquela imensidão que me lia tão bem:

-Você e incrível sabia ?

-Sou nada sou cheia de defeitos.

-Eu amo os seus defeitos,porque eles foram feitos pra mim....

Respondi e logo em seguida Lauren deu o maior sorriso e iniciamos um beijo calmo e apaixonado enquanto aprofundava o beijo suas mãos desciam sobre o meu corpo até parar aonde ela mais amava, na minha bunda e apertou:

-Amor isso dói.

Falei soltando seus lábios mais ficando perto o suficiente para sentir sua respiração.

-Calla-te que te encanta.

Limitou a responder abrindo o botão do meu shorts e levando a mão para a parte traseira ,Lauren dedilhou com os dedos o molde da minha calcinha que era fio dental e a tirou do meio das minhas nadegas e puxou fazendo um barulho de elástico.

-Ai dá pra parar ?Isso dói?

-Ta usando calcinha fio dental maldita quando me põe de greve de sexo ?

Sorrir.

-Eu sempre uso.

-Mentira você raramente as usa,gosta mais daquelas que são rendadas e parecem um mini shortinho que também fica muito sexy.

Respondeu mordendo meu queixo enquanto passava as unhas sobre minha bunda.

-Se você continuar assim eu vou ter que suspender essa greve.

Disse ja fechando os olhos.

-Essa é a idéia....

A empurrei um pouco fazendo ela me olhar sorrindo.

-Isso é golpe baixo.

Disse tirando  a sua mão de dentro do meu short e fechando o botão me virei de costas pra ela.

-Camz amor para de bobeira você quer,eu quero....

-Não Lauren....

-Deixa eu da so uma chupadinha vai...

Sorrir.

-Você ta falando igual Lucy,será que ela é realmente boa de cama ?

-Que porra de pergunta é essa Camila ta doida ?Qual o seu interesse nisso ?

- E so curiosidade...Ela parece ser muito boa na cama...

Ela me deu um tapa na bunda e me virou me fazendo ficar cara a cara com ela:

-Eu sou boa de cama,eu sou a sua esposa,eu sou a sua daddy que  chupa essa boceta do jeitinho que você minha baby gosta, até ela fica bem rosadinha de tanto eu fuder ela com a língua e os dedos e depois fodo bem gostoso esse seu rabo grande que assim como sua buceta apertadinha me sugam e me apertam pra dentro de você ,sua curiosidade tem que está em mim em como eu vou te comer da próxima vez que eu te pegar sua latina safada,minha latina safada!E não em como a Lucy é na cama estamos entendidas ?

Porra gozei so com aquelas palavras e com aquele ar de superioridade dela.

-Eu perguntei se estamos entendidas caralho?

Questionou apertando meus seio direito.

-Sim amor.

-Foi o que eu pensei....

Respondeu me soltando e se levantando da cama.

-Onde você vai?

-Vou pra sala jogar...

Respondeu ríspida.

-Não quer ficar e dormir comigo ?

-Não descanse....

Disse indo em direção a porta..

"Curiosidade de como Lucy é na cama é  o caralho "

Praguejou em um som baixo mais totalmente compreensivo antes de fechar a porta do quarto,não pude deixar de sorrir.

-Wife Revenge 1 Wife Pendejas 0!Preciso dá essa idéia pra Vero...

Isso so estava começando...


Notas Finais


O que será que a Vero e a Camila ainda vão aprontar ?Estão ansiosos?kkkk Beijos até terça!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...