História O Poder do Amor. - Capítulo 34


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camila Cabello, Camren, Casamento Camren, Lauren Jauregui, Lgbt
Exibições 294
Palavras 3.470
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei!Como eu disse anteriormente o capítulo vai ser curto!Agora entre um capítulo e outro vou dedicar um capítulo especial aos demais personagens e quem eu escolhi para o primeiro?🙊🙈🙉 kkkkkkkk Postei e sair correndo!😉😛😛😛

Capítulo 34 - CAPÍTULO 33-VERCY


Fanfic / Fanfiction O Poder do Amor. - Capítulo 34 - CAPÍTULO 33-VERCY

Lucy Vives Iglesias:


-Aaaah Júlia eu não acredito que você fez isso com a sua momy de novo filha,como espera que as mulheres cheguem em mim cheirando a gofo?

A pequena deu um grande sorriso com aquela boca sem dentes e logo minha irritação passou,peguei a fralda e limpei meu ombro e a boquinha dela.

-Hey eu ouvir isso.

Disse Vero se aproximando de nós empurrando o carrinho, estávamos no mercado eu detestava fazer qualquer tipo de compras.

-Você sempre ouve meu amor, mas sabe que eu to brincando...

Vero rolou os olhos e continuou arrastando o carrinho.

-Sua mãe e tão brava.

Disse pra minha pequena, eu adorava conversar com ela.

-É filha talvez seja porque a sua momy estressa demais a sua mama aqui...

-Amor para de bobagem já pegou tudo?To doida pra ir logo pra casa essas pessoas ficam olhando pra nós como a fossemos uma experiência científica.

Falei em bom tom pra senhora que não tirava os olhos da gente ouvisse em claro e bom som,Vero sorriu.

-Acho que sim....

Saímos do mercado e fomos pra casa, eu amava o nosso cantinho em cada lugar tinha um pouco da minha personalidade e a da minha mulher era literalmente o nosso ninho de amor, levei Jujuba para o quarto dela ,que era a terra dos unicórnios tinha um lindo arco-íris pintado na parede azul claro que imitava um céu,abaixo do arco íris ficava o berço dela branco com detalhes dourados.

-Durma bem minha jujuba.

Disse ao deita-la e dei um beijo na sua cabecinha que sempre cheirava a aquele cheirinho de bebê.

Fechei a porta com cuidado e fui até o meu quarto,tirei minha blusa fedorenta e minha calça,procurei um short de algodão e vestir,decidir ficar só de top mesmo e desci.

-Amor vai vestir uma blusa.

Reclamou Vero com uma cesta abaixo do braço enquanto pegava as roupas jogadas na sala a maioria era minha confesso.

-Não aqui ta abafado.

-Não ta nada amor,depois fica resfriada.

Reclamou abaixando na minha frente enquanto pegava uma blusa, aquelas tetas me fez salivar a puxei para meu colo.

-Lucy eu preciso da um jeito nessa casa.

-Depois a gente resolve isso.

Disse distribuindo beijos por toda a sua extensão do pescoço.

-Aham você não ajuda em nada,deveria ser mais prestativa igual a Lauren.

Gemi  de frustração

-Ai de novo falando nas qualidades da Lauren?,você ja derramou mil elogios pra ela desde que voltou da casa dela...Tá me irritando toda essa comparação.

Falei sem paciência,Vero se levantou sorrindo não sei de que,a verdade era que toda vez que ela passava muito tempo com Camila ela vinha com alguma novidade.

Flashback On.
1 ano atrás :


Veronica estava estranha há dois dias desde que voltou de um passeio com Camila,ela andava calada mas era notável que queria falar algo.

-Anda me fala quem é ela!

Indaguei impaciente, ela tava me escondendo alguma coisa e pra ela não falar nada era óbvio que ela tinha conhecido alguém, por que Vero era a rainha dos diálogos ela amava falar e brigava comigo pra que eu também me expressase tanto ou mais que ela,então o seu silêncio era preocupante.

-Ela quem ?

Perguntou se fazendo de sonsa,ela estava dobrando algumas roupas que havia acabado de pegar do varal,levantei da cama e comecei a andar de um lado pro outro

-A mulher que você conheceu,mais que droga Vero! Você jurou que íamos ficar pra sempre juntas eu e você contra o mundo....

Veronica parou o que fazia e suspirou :

-O que te faz pensar que eu esteja apaixonada por alguém ?

-Porque você ta estranha desde que voltou do passeio com Camila ,fica calada e pensativa a maioria do tempo e ai ontem me rejeitou

-Eu não te regeitei amor, eu realmente estou naqueles dias.

-Isso é uma desculpa,pra esconder que você não me ama mais que eu não sou uma boa esposa,nós iríamos tentar ser melhor todos os dias uma pra outra,eu disse que não era perfeita em relacionamentos e você mesmo assim me aceitou e disse que caminhariamos juntas, um passo de cada vez...

Falei rápido demais,ela se virou pra mim e segurou meu rosto tomado pelo o pânico nas mãos:

-Lucy não precisa me lembrar das promessas que eu fiz no nosso casamento,eu me lembro de cada uma delas porque estão guardadas no meu coração meu amor.

Disse selando nossos labios e depois deu um meio sorriso.

-Então tá tudo bem?

-Sim.

-Você não se apaixonou por ninguém ?

-Não.

-Tem certeza?Pode falar eu vou ser forte.

-Eu to vendo o quanto seria forte,ta tendo uma crise de ansiedade aqui na minha frente.

Ela tava certa,sorrir sem graça e selei nossos lábios.

-Eu te amo Vero.

Disse unindo nossas testas.

-Eu também te amo minha lulu.

Rolei os olhos rindo

-Lulu não amor.

-Lulu é fofo...

-So porque você quer né? (Puxei minha mulher e me sentei na cama e a puxei  para que sentasse no meu colo)Agora me fala se você não era isso o que é?

Vero respirou fundo.

-Você não sente falta de nada na nossa vida?

-Não,eu tenho tudo que preciso que é você.

Ela sorriu amplamente.

-Eu sei, você tambem é tudo que eu preciso,mas eu queria algo à mais algo  que vinhesse nos completar....

-Como o que?Seja clara amor eu sou péssima em metáforas...

-Eu quero ter um bebê.

-QUE?Assim do nada ?

Veronica se levantou e começou a andar de um lado pro outro nervosa.

-Não, eu já estava pensando nisso mas adiei a idéia pra depois,depois e depois até que saindo com a Camila eu vi o cuidado dela com a Isabella a Lauren cuidando das duas,e eu imaginei eu e você....A Mila também me falou uma coisa que me marcou bastante.

-Que foi?

-Ah,ela falou que a Isabella era uma prova física do amor dela com a Laur e ela era a herança que queriam deixar no mundo uma menina integra,justa,amorosa.

-Vou ligar pra Lauren agora mesmo!Ela tem que colocar um cabresto na mulher dela, que fica influenciando a minha...

-Lucy eu tenho personalidade, eu não me deixo influenciar por ninguém,como eu disse eu já estava pensando nisso a mais tempo.

-Eu não sei Vero...Um bebê vai mudar a nossa vida,rotina! Caramba e uma criança que vai demanda nossa atenção 24 horas...

-Eu sei e estou ansiosa pra viver tudo isso...

Ficamos em silêncio por uns minutos uma encarando a outra.

-Não podemos ter um cachorro ?

Vero rolou os olhos :

-Ai Lúcia você é patética....

-Eu to dando uma alternativa...

Gritei quando ela saía do quarto.

6 meses depois....


-Amor eu não vou colocar o nome da nossa filha de Úrsula.

Disse minha esposa alisando sua barriga,ela estava ainda mais linda,vestia uma calça jeans para gestantes e uma blusa preta em letras cursivas douradas escrito : It's Girl,seus cabelos estavam soltos e lisos.

-Porque não ? Olha a sonoridade do nome Úrsula Iglesias Vives.

-Horrível....

Respondeu enquanto tratava algumas fotos no computador,estávamos em seu estúdio onde ela exercia sua profissão de fotógrafa junta a uma assistente e outro fotografo.

-Horrível e você colocar o nome da menina de Valéria.

-Valéria e bonito.

-So porque você quer...

A mulher se levantou da cadeira e veio até onde eu estava, sentada em um pufe grande vermelho e sentou no meu colo.

-Ai amor.

-Ta falando que eu to gorda Vives?

-Não amor ,você ta gostosa igual àquele chocolates Kinder Ovo que vem com uma surpresa,so que no caso a surpresa aqui e um bebê.

Vero começou a rir o que me fez rir também.

-Idiota que eu mais amo nesse mundo.

Completou me dando um beijo demorado,eu ja tinha beijado várias bocas inclusive a da minha melhor amiga Lauren ,não me julgue estávamos bêbadas quando nos demos conta rimos muito e decidimos continuar nossa amizade como se nada tivesse acontecido,tanto e que Vero nem sabe disso, enfim o que estava dizendo era que nenhum beijo que dei se comparava com os que a minha esposa me dava,sabe porque ?Porque nos nossos beijos tinha amor.

-Nossa me deu uma vontade louca agora...

Vero falou regulando a respiração .

-De que ?Quer fazer amor aqui quer?

Provoquei apertando seus seios que estavam ainda mais fartos por conta da gravidez.

-Amor não faz isso.

-Porque ?Quer que eu chupe bem gostoso quer mamacita?Quien eres mi mamacita?

Provoquei novamente mordendo sua orelha.

-Soy Yo mi  amor.

Quando estava levantando a blusa de Vero , Lauren e Camila abrem a porta com Bella no colo.

-Oh cielo !

Disse Camila tapando os olhos da filha.

-Porra vocês tão de sacanagem?

Esbravejei frustrada,Lauren tampou os ouvidos da filha.

-Para de enxigar a minha filha ta aqui.

Repreendeu me fitando com aqueles olhos verdes intensos ,Vero a chamou para que ajudasse a se levantar ela prontamente o fez,Vero abaixou a blusa que estava abaixo dos seus seios presa a curva da sua barriga.

-Oi meninas.

Cumprimentou minha esposa dando um beijo no rosto de cada uma,me levantei e fiz o mesmo.

-O que trazem vocês aqui no meu humilde estúdio ?

-Ah Vero a Camila quer marcar um dia pra você fazer umas fotos da Bella.

-Quero ser princesa nas fotos tia Vero!

-Qual princesa você quer ser ?

-Todas...

-Todas ?

-Ham ram.

Sorrir e peguei Bella no colo de Camila que começou a ver um book que estava encima do balcão.

-Você pode ser todas as princesas que você quiser Bella.

-Tia Lucy e se eu quiser ser o Batman?

-Você pode ser..

-Mas o Batman não é menino?

-Você pode ser a BatGirl não permita que nada a impeça de ser o que deseja nem seu gênero, estatura,cor ,religião se você realmente quiser você vai conseguir.

Lauren olhava para mim e pra princesa em meus braços :

-É deveríamos ter realmente  escolhido a Lucy amor.

Camila sorriu e rolou os olhos.

Flashback off.


Veronica Iglesias Vives:


O meu plano e de Camila estava cada vez mais dando certo,passei a semana toda enaltecendo Lauren,no começo ela não tava nem ai mais depois ela começou a ficar realmente brava comigo e agora tive certeza disso.

- Amor você ta brava comigo?

Perguntei pegando a última blusa jogada na sala de Lucy,ela estava procurando algo na pilha de DVDs.

-Não imagina...

-O que você ta procurando ai nesses dvds ?

-O Dvd do nosso casamento pra ve se você se lembra com quem se casou.

Não resistir e soltei uma gargalhada:

-Para de besteira.

-Você que tem que parar de me comparar com a Lauren se ela é tão perfeita assim porque não se casou com ela?

Suspirei e sorrir.

-Porque eu amo você...sempre amei e sempre vou amar.

Disse descendo para o porão onde ficava a nossa área de serviço,coloquei as roupas na máquina e subir novamente,Lucy já havia parado de procurar algo na pilha de dvds e estava digitando algo no telefone enquanto sorria,eu detestava quando ela ficava pindurada naquele aparelho por horas rindo que nem uma idiota pra ele.

E disso que eu tenho raiva, ela fica entretida naquele assunto,por exemplo: Estávamos falando do ciúmes dela da Lauren ,só que agora o celular havia roubado sua atenção de mim e ela havia deixado o assunto anterior pra trás,resumindo Lucy era muito dispersa.

Flashback On.


-Eu não acredito que você esqueceu a consulta da bebê hoje Lúcia eu vou te matar .

Disse aos gritos no telefone pra que ela visse o quão furiosa eu estava,Júlia estava com três meses de vida e combinamos que as duas iríamos em todas as consultas juntas,  mas quem esqueceu novamente das coisas? A irresponsável da minha esposa,sinceramente dela não podia se esperar outra coisa.

-Amor me perdo,as coisas aqui na rádio estão uma loucura esse festival ta me deixando exausta.

-As prioridades em primeiro lugar, e a sua prioridade é Júlia!

-Eu sei meu amor me perdoa,porque não me ligou confirmando?

-Eu pensei que você estava ciente quando saiu de casa eu perguntei : " Amor tudo certo pra hoje?" É você respondeu "Mais que certo."

-Puts eu pensei que você tava falando do jantar.

Rolei os olhos.

-Porque eu perguntaria isso nesse sentido? Você não janta todo dia cara pálida?

-Pensando nessa perspectiva...

-Olha eu to muito estressada com você ,vou desligar preciso dirigir agora.

-Como foi a consulta ?

-Se quisesse saber teria ido,passar bem!

Desliguei o telefone e me certifiquei que minha pequena estava devidamente segura no banco de trás na cadeirinha, ela chupava a mãozinha fechada.

-Mi preciosa,sua mãe e tão idiota!Desculpa falar assim dela sei o quanto a  ama, já que quando estava dentro da minha barriga faltava pular quando ouvia a voz dela mas e a verdade.

A bebê fez uma cara de quem não estava gostando daquele papo e eu sorrir.

-Filha a sua mãe precisa criar responsabilidade ela é tão desligada...

A bebê emitiu um som mais uma vez como se disesse que não estava gostando de eu falar mal de Lucy.

-Ta bom eu vou parar de falar mal dela,já sei que eu vou ser a mãe chata e ela a legal.

Julia sorriu.

-Vocês duas vão me enloquecer.

Eu disse finalmente ligando o carro e indo para casa.

Meses atrás....


-Tem certeza que você também quer isso?

Questionei minha esposa pela a décima vez estávamos indo na mesma clínica onde Camila e Lauren haviam feito o processo de fertilização,nós já estávamos sendo acompanhadas pela a doutora Sandra a uns meses,mas hoje seria o grande dia e depois disso não teria como voltar atrás,se desse certo é claro.

-Claro meu amor,quantas vezes eu vou ter que falar que eu quero esse bebê tanto quanto você.

Ela respondeu selando nossos lábios.

-E porque fui eu que insistir,mas eu não quero que você faça isso só pra me agrada,é uma vida que vamos gerar e criar não é como se fosse uma boneca que quando cansarmos podemos deixar ela pra lá....A gravidez e muito delicida,exaustiva e uma experiência incrível pra mulher, por isso eu quero que você esteja nisso comigo 100 por cento,então se não tiver realmente certa eu gostaria que fosse sincera comigo agora.

Lucy me fitou por alguns segundos,colocou uma mecha do meu cabelo atrás da orelha e sorriu:

-Você acha que eu não sei da responsabilidade que um filho demanda?Eu vi meu pai criar 3 sozinhos sem ajuda de nenhuma das namoradas que ele arrumou,eu os ajudei a cuidar do Luiz Felipe,da Luana e da Lana eu sei o quão sério isso é e as diversidades de problema que enfrentaremos, mas eu quero fazer isso não somente por você mais por nós!Lembra-se do dia do nosso casamento? (Assenti)eu falei que não era boa em relacionamentos e que provalvelmente iria dá muita mancada, mas prometemos uma sermos pacientes,honestas com a outra.Prometemos construir o nosso relacionamento e a nossa vida de degrau em degrau e hoje eu me sinto pronta para subir mais esse com você, como eu disse eu não sou prefeita mas prometo tentar melhorar a cada dia...

No final eu já me desmanchava em lágrimas e ela logo tratou de seca-las e de selar nossos lábios seguido por um beijo na testa.

-O que tiver de ser será meu amor,não se preocupe independente do resultado somos eu e você contra o mundo!

Entrelaçamos as mãos e fomos em direção a clínica ali só seria o início de uma longa jornada juntas.

Flashback off.


Depois de finalmente organizar a cozinha decidir iniciar a preparação do jantar,ja estava com todos os ingredientes na bancada quando meu celular tocou,era Camila.

-Oi Mila !

-Oi Vero,tudo bem?

-Sim é com você?

-Mais ou menos eu to preocupada com a Lauren,ela não atende o celular já liguei também na empresa e nada,ela por um acaso não ta ai?

-Não aqui não...

-Ai senhor !Eu detesto quando ela faz isso ,ela sabe o quão preocupada eu fico.

-Relaxa deve ter acontecido algum emprevisto...

-Mesmo assim ela tem que me avisar pra mim não ficar preocupada....(Mamà para de dar doce pra ela,ela ja ta ligada no 220 )desculpe,minha mãe ta aqui entupindo Isabella de doce...

Sorrir.

- Manda um beijo pra Sinu ela é demais.

Camila sorriu.

-E a melhor mãe do mundo,sem ofensa com a sua Vero.

-No problem sweett,menina eu nem te conto,Vero ficou irritadissima por eu elogiar Lauren toda hora.

-Perfeito vamos da continuidade ao plano,amanhã a gente conta tudo pra elas...

-It's okay ! E como está os preparativos pra festa ?

-Uma loucura,acho que a Isabella nem vai dormir essa noite de tão animada e pelo o visto eu também...

Sorrir.

-Eu ja estou com várias idéias pro aniversário de um aninho da Júlia ,a Lucy fica doida quando eu falo...

Camila sorriu :

-Minha Lauren também ,caramba eu to preocupada com ela Vero, pra completar meu pai também saiu alegando ter uma reunião com um cliente e até agora nada.

-Eu vou perguntar pra Lucy se ela sabe de alguma coisa,perai.

Fui até a sala onde ela se encontrava na mesma posição mexendo no celular:

-Por um acaso você está falando com a Lauren?Ou sabe dela ?

Lucy me olhou furiosa:

-Não me provoca Veronica,vai começar com isso de novo ?

-Amor a Lauren não chegou e a Mila ta preocupada...

Apontei pro Telefone e a expressão dela amenizou :

-Não,to falando com o MG aquele idiota la da rádio depois eu te mostro o que ele me mandou,pede pra ela ligar pro celular dela.

Disse como se fosse óbvio,rolei os olhos

-Não Mila ela não sabe dela...

-Eu ouvir,bom de qualquer Forma,obrigada Vero.

-Quando ela chegar me avisa.

-Tá,I Love You.

-I Love You toou.

Desliguei o telefone e me coloquei a arrumar as coisas para o jantar não demorou muitos minutos pra que a companhia tocasse.

-É hoje que a gente janta na hora do café da manhã.

Eu disse parando de cortar a carne,lavei minhas mãos e peguei um pano de prato na qual eu fui secando,era óbvio que Lucy não iria abrir a porta por isso nem me dei ao trabalho de pedir,fui eu mesma.

Lucy dava risada do celular alheia tudo que passava ao seu redor,abrir a porta e vi Lauren e Alejandro.

-Oi Vero será que podemos entrar ?

Perguntou minha amiga,sair da passagem da porta e eles entraram.

-Ah olha ela ai!E ai Laur ,oi senhor Cabello fiquem avontade.

Disse minha esposa finalmente largando aquele maldito celular .

-Pode me chamar de Alejandro ,tanto tempo nos conhecemos e não perde essa mania...

Completou Alejandro dando um abraço em Lucy que retribuiu,logo depois ele veio até mim e fez o mesmo,Lauren andava de um lado pro outro;

-Sente-se.

Pedi para ambos mas só Alejandro o fez.

-Lauren você vai fazer um buraco no chão,e porque não usou a chave ?

Indaguei.

-Que ?

Perguntou alheia do que estava acontecendo.

-Lauren se acalme deu tudo certo.

Falou Alejandro calmo.

-Lucy mija poderia me arrumar um Cuba libre por favor?

Lucy assentiu e quando ela ia saindo ele corrigiu:

-Dois cubas libres por favor, minha nora precisa de algo pra se acalmar.

Dizendo isso ela desapareceu no rumo da cozinha.

-Gente o que ta acontecendo?

Questionei curiosa.

-Lauren que  está nervosa por besteira...

-Por besteira Alejandro?Sua filha vai me matar por Dios!

Respondeu Lauren olhando para o sogro que sorria da situação.

-Por isso que eu digo que é melhor contar a  situação depois do aniversário de Isabella,não estrague um dia tão especial para a minha neta,ela precisa que as mães estejam felizes en su cumpleanos.

-Eu sei meu sogro por isso não posso ir pra casa agora,ainda mais com isso aqui!

Respondeu Lauren mostrando uma marca no pescoço,era um chupao.

-Não se pode fazer uma omelete sem quebrar alguns ovos.

Alejandro disse pegando os copos de bebidas da mão de Lucy e guardou um pra ele é deu o outro para Lauren que bebeu tudo em um gole só.

-Eu não to entendendo nada.

Falei me sentando no sofá,Lucy me acompanhou sentando-se do meu lado.

-Eu também não,porque Camila não pode ver isso ?Eu ja vi você coberta por chupoes parecia que tinha levado uma surra e você não parecia se importar ao contrário ria pras paredes.

-Okay eu não preciso saber disso.

Contestou Alejandro para Lucy que levantou os braços em rendição e soltou um desculpa.

-Acontece que não foi Camila que fez isso....

-Que ?

Eu e minha esposa perguntamos em unisom

-Foi Sarah !

-Puta Madre!

Lucy falou levando as mãos a cabeça.

-Lauren Michelle Jauregui Cabello que merda você fez?

Questionei ficando em pé e cruzando os braços sobre os seios.

-Você tem andando muito com a minha filha ,falou parecendo ela.

Disse o homem sorrindo e tomando um gole de sua bebida,mais que droga era aquela?Eu precisava de respostas claras e não me chamaria Veronica Iglesias-Vives se não as conseguisse...


Notas Finais


O que acham que é?kkkkkkk
O que acharam desse capítulo especial?Até o próximo capítulo que vai ser postado no final de semana,vocês aguentam esperar ?Beijos !


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...