História O poder do sorriso de Lee Jeno - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Jaemin, Jeno
Tags 5!palavras, Fluffy, Jaeje, Jaemin, Jeno, Nomin, Sfnctfreesoul
Visualizações 40
Palavras 463
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Slash, Universo Alternativo
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Capítulo Único


O Tempo chuvoso parecia combinar perfeitamente com a sua tristeza. Estava sentado encolhido em uma poltrona próxima a janela. O café tinha um gosto amargo demais para o seu paladar, encarava as gotas grossas da chuva que batiam incessantemente contra a janela, no mesmo ritmo que as suas lágrimas desciam pelo rosto.

 

Não havia um motivo exato para tanta melancolia, mas seu coração estava pesado. Da mesma forma que seus bolsos pesavam pela quantidade de remédio que carregavam. Sentia muito frio, encolhia-se embaixo do coberto pesado. Já havia desistido do café, abandonando a caneca na mesinha mais próxima.

 

Fechava os olhos implorando para que ele chegasse logo. Começava a sufocar com os seus próprios demônios e medos. Por que ele estava demorando tanto? Será que havia desistido de si? Jeno havia cansado de tudo? Eram tantos “e se”, que Jaemin soluçava baixinho contra o estofado.

 

Sua bolha de tristeza se desfez no momento que sentiu dedos passearem suaves por seu cabelo. Abriu os olhos imediatamente, sentindo-se tolo ao vê-lo na sua frente. Jogou-se nos braços do Lee. Sentia-se tão só sem o mais velho.

 

– E-eu pensei… – Tentava falar, mas seu rosto estava enterrado no peito do loiro.

 

– Eu sei. – Abraçava o Na com carinho. Acariciou os fios castanhos com ternura. – Eu estou aqui com você, eu não vou embora. – Afirmou.

 

Jaemin parecia tão indefeso aos seus olhos. Desde que a depressão havia se apossado do seu coração, todos os dias eram uma batalha diária. Jeno fazia questão de mostrá-lo todos os dias que ele não estava sozinho. Sempre que fraquejasse pelo caminho ou pensasse em desistir, o Lee prontamente seguraria sua mão e o ajudaria a reerguer-se.

 

– Eu me atrasei por causa da chuva. – Falou depois de um tempo, após acalmar o Na. – Eu trouxe pizza. – Afastou-se um pouco, apenas o suficiente para mostra a caixa que havia sido esquecida. O cheiro invadiu suas narinas e Jaemin sorriu pequeno apreciando o cheiro de queijo com calabresa. – Vamos comer? – Jeno indagou sorrindo por vê-lo esboçando um pouco de felicidade.

 

– Obrigada. – Jaemin deixou algumas lágrimas caírem, mas diferente das outras, era de alegria.

 

Jaemin sentia-se completo ao lado de Jeno. Jantavam e conversavam sobre amenidades, observava com atenção o sorriso bonito, e ria por bobo ao vê-lo sujo de molho.

 

– Ei. – Reclamou fazendo-se de bravo quando Jeno sujou seu rosto com um dos dedos.

 

Porém era impossível irritar-se, principalmente quando era agraciado por aquela risada gostosa.

 

Eu te amo. – O Na sorriu até seus olhos fecharem pela primeira vez no dia. Sentindo aquele sentimento acalentar sua alma de um jeito que apenas Jeno era capaz fazer.

 

Não importava o quão fortes e destruidoras fossem as suas tempestades, o sorriso de Jeno acompanhado daquelas palavras doces eram a certeza que o sol sempre voltaria a nascer.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...