História O Ponto de Vista do Lobo Mau - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Ação, Chapeuzinho, Lobomau, Medo, Romance
Exibições 19
Palavras 476
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Magia, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Violência

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi gente (≧∇≦)/
Espero que gostem do capítulo.. Esse capítulo é narrado pela nossa querida chapeuzinho..
PS: não me matem ❤
PS²: Eu acho nossa chapeuzinho, igual a menina da foto 😍

Capítulo 7 - 4 - Lucy


Ele me encara por muito tempo ate se levantar, pegar minha capa e me cobrir

- Você vai pegar um resfriado vestida apenas de lingerie e molhada deste jeito - ele observa o lago

- Lobo ? - ele vira - É eu sou tão feia assim pra você simplesmente me ignorar ? - baixo a cabeça, ele se aproxima e fica na minha frente e levanta meu queixo

- Você não é feia Lucy, só não acho certo te beijar assim do nada - ele fala me olhando nos olhos, percebo uma certa insegurança no seu olhar

- Porque ? Não tou pedindo pra você namorar comigo lobo, só quero um beijo - viro pro lado e encaro as arvores.

- Eu sei pequena, mas não quero lhe magoar, mesmo que seja somente um beijo, pelo menos de uma das partes haveria sentimento - ele se levanta - Você deveria se trocar, está ficando tarde.. E eu tenho que voltar e não quero que você esteja fora de casa está noite - ele se vira pra mim - Promete pra mim que não vai sair hoje 

- Porque ? O que vai acontecer se eu sair ?

- Não pergunta, só prometa, hoje é noite de lua cheiSaír controle sobre mim... Nunca vou me perdoar se acontecer algo a você, por minha causa.

- Tudo bem, não irei sair - ele sorri, me dá um beijo na testa, parece algo tão íntimo... 

- Lucy ? 

- O que foi Math?

- Posso te levar para casa hoje ? - ele pergunta meio sem jeito

- Pode sim, vou colocar minha roupa e vamos - ele concorda e se vira para o lago, acabo optando em tirar minhas lingeries molhadas, e ficar apenas com o vestido e a capa, coloco minhas peças molhadas na minha cesta, e vou ate Math - Vamos?

- Claro - ele sorri

Saímos do lagoa, e fomos em sentindo a minha casa, fomos falando de varias coisas aleatórias como:

- Qual seu doce favorito ? - ele me pergunta rindo

- Aquele bolinho de açúcar do padeiro Marcos - falo rindo

- Aquele que você roubou de manhã ne ? - ele fala rindo e eu assinto, quando chegamos em casa, lhe me deu um abraço e um beijo na testa, com os lábios ainda colados na minha testa - Desculpa, por ter ignorado seu pedido de beijo, eu queria isso mais que tudo, desde que te conheci, mas acho que isso for rápido demais, eu poderia te perderia - ele se afasta e me olha

- Não precisa se desculpar, você não vai se livrar de mim tão fácil lobinho - dou um sorriso, e ao se despedir eu lhe roubo um selinho, ele se assusta, ele acaba sorrindo e logo em ssguida sai correndo pois tava quase no seu horário. Esse lobo ainda vai me causar problemas, mas sinceramente, não estou me importando muito.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...