História O primeiro amor do Maknae (VKOOK) - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Amor, Bts, Namjin, Taekook, Vkook
Exibições 1.916
Palavras 1.949
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Slash, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente, eu não ia postar mas me obriguei em forma de agradecimento: 200 favoritos? É sério isso? Obrigada.
ESSE CAPÍTULO, está diferente. Os fatos são rápidos e de narrativa simples. Não estranhem. Vocês verão vários acontecimentos Vkook aqui até mesmo o da imagem aí. Vou tentar explicar beeem por cima. Senão a fic será infinita. Por favor leiam as notas finais.
Peço desculpas aos leitores de Portugal. Não consegui postar mais cedo.
Com amor, aos Vkook shippers.

Capítulo 16 - 3 semanas


Fanfic / Fanfiction O primeiro amor do Maknae (VKOOK) - Capítulo 16 - 3 semanas

Não criei frase para esse capítulo, talvez seja:

~ A tia está nervosa.

                           #######

Descemos do avião era 7:00 da manhã. O MV seria lançado as 10:00 hrs.

— Ta caindo — Taehyung diz arrumando minha máscara.

— Obrigado — Sorrio.

Desde aquele dia não nos beijamos mais. Os hyungs não desgrudaram nem por um segundo. Diziam que deveríamos aproveitar todos juntos o último dia da viagem.

— Hoje o dia vai ser cansativo — Diz Hoseok hyung bocejando.

— Sim. Daqui pra frente começa. Os shows, os fansign, às entrevistas. Força! Vamos dar o nosso melhor, mesmo cansados. — Namjoon diz enquanto Jin hyung caminha com a cabeça nos ombros dele. Jin hyung estava de ressaca.

— Sim. Vamos dar o nosso melhor — Todos concordam

Semana 1 - 10:40 da manhã.

— Olha Namjoon! Olha quantas visualizações no MV. — Suga comemora batendo na mão do líder.

Esses dois arrasam fazendo música.

— Como eu amo as Armys. Não pensei que chegaríamos a tanto! — Jimin fala.

— Eu imaginei  — Hoseok olha entusiasmado para a tela.

— Temos uma entrevista amanhã e algumas apresentações.

— Estamos preparados. —  V hyung fala sorrindo.

Eu estava quieto. Todo comeback fico extremamente cansado. São coreografias demais para ensaiar. Muita gente pra falar e eu com minha natureza tímida, tenho que sair da minha zona de conforto, o que às vezes me cansa bastante.

Semana 1 - Apresentação

No palco, eu gostava de olhar para o Taehyung. Tão sexy ele dançando daquele jeito. 

Volte e meia ele vinha me abraçar. Eu brincava com seu cabelo, e vez ou outra eu ia até ele, fingindo chuta-lo, empurra-lo só pra perturbar mesmo.  Agradeço tanto por existir fanservice, assim todos levam aquilo como algo perfeitamente normal.

No final da apresentação, estávamos suados. Fomos beber água nos bastidores do programa.

— Tem um cantinho ali — Apontou para uma portinha isolada nos fundos.

Agarrou minha mão.

— Você ficou tonto na hora do giro ali.. eu senti você meio perdido. É muita coreografia pra diferenciar — O castanho diz passando a mão no meu rosto suado.

Estávamos ofegantes. Um pouco pelo cansaço,  um pouco pelo medo de ser pegos, mas ali era isolado e tínhamos certeza que ninguém ia nos ver. Senão jamais teríamos feito isso.

— Se esforce, mas não tanto ao ponto de se prejudicar.

Ele me beija. Foi rápido mas intenso.

— Humm.. — passo a língua nos lábios — gosto de suor.

Faço careta.

Ele seca o suor do rosto.

— Desculpa Kook

Sorrio.

— Como se eu me importasse com isso — Dou um selinho nele. — Você estava incrível no palco.

— Sério?

— Sim. Bem sério.

— Obrigado. Agora vamos voltar.

Ele vira de costas, eu agarro seu pulso.

— Que foi Kook? — pergunta com a cabeça inclinada para o lado.

Beijo ele de novo.

— Só isso. Vai saber quando teremos outra oportunidade.

Ele ri e voltamos separados.

Fico do lado de Jimin. Ele fica com Namjoon.

~ Não tem nada acontecendo.

Semana 2 - 19: 47 da noite.

" O lançamento do álbum “DARK & WILD é um sucesso! "

— Não dormi direito ontem, eu não sei nem como vou fazer o show hoje estou quebrado estou muito cansado

— Eu também estou cansado , mas força nós vamos conseguir e vai ser muito divertido — Namjoon fica de pé no meio da sala —  O álbum está fazendo sucesso, e as armys estão amando nossas músicas. Elas merecem isso.

— Verdade. — Hoseok diz.

Neste momento Tae coloca a mão na minha perna. Conseguimos nos encontrar escondidos algumas vezes essa semana. Mas os compromissos são tantos que é difícil termos esse tempinho nosso. Só para nós.

Semana 2 — Show

Taehyung  durante o show quase me beijou. Foi uma brincadeira boba. Ele chegou perto e me mandou um beijo, de longe. Mas ouvi dizer que os fãs filmaram.

Estamos aparecendo muito juntos. A empresa falou para continuarmos assim, que está ótimo.

Não entendi bem o motivo.

Humm.. talvez nosso suposto fanservice esteja rendendo.

Ouvi rumores entre os fãs sobre nós dois. Algo tipo: Bromance, sei lá.

Semana 2 — Fanmeeting

Sentamos um do lado do outro.

Carinhos, brincadeiras. Ele colocava enfeites no meu cabelo.

Tiramos uma selca . Achava ele tão bonito, se pudesse teria um álbum com milhares de fotos nossas.

Uma fã veio até mim dando-me  uma algema e disse:

— Vamos nos algemar para que estejamos sempre juntos e eu possa te amar para sempre.

Foi meio assustador, mas eu ri e me algemei a ela. Eu amo minhas fãs, fazer o quê.

Ela riu.  Me desalgemei e chegou a próxima fã.

Taehyung olhou para algema:

— Serve para algemar com quem você vai ficar junto pra sempre? — pergunta.

— Diz a fã que sim. — Falo.

Era muito difícil ouvir um ao outro, o barulho era muito alto então as pessoas não ouviram o que nós estávamos falando

Taehyung pegou a algema colocou uma parte no seu pulso,  a outra no meu e levantou  nossas duas mãos algemadas mostrando para câmera.  Eu abaixei a cabeça e comecei a rir. 

Sim taehyung,  eu sei que nós vamos ficar juntos para sempre, mas ele tinha que dar um jeito de mostrar pro mundo isso. Mesmo que subentendido.

Acho melhor não subestimar nossos fãs.

Precisamos nos controlar. Mas é tão difícil. 

Ouvi mais boatos sobre nós dois.

Nada demais. Um história de Bromance.

Semana 3 —  9:30 da manhã

4 dias antes do meu aniversário.

Dia 4

— Quer comer alguma coisa? — Taehyung me convida para sair.

— Sim — Sorrio.

— Vamos todos! — Namjoon diz.

Acho que suspirei sem querer.

Eu quero ficar a sós com ele.

Estou nervoso. Meu aniversário está chegando.

Anoitece.

Tomo um banho, me deito.

" New message from Taehyung Hyung "

"Eu sei que você dificilmente responde mensagens. (Chato) Saudades de ficarmos sozinhos. Espero que durma bem. Tem uma aranha no meu quarto.. Aaaah socorro!  A aranha vai subir em mim. Tira ela daqui..  Vem me socorrer.  (Mentira, não vem, Suga está aqui) Boa noite Maknae. ❤ "

Me jogo na cama ainda de roupão:

" To: Taehyung Hyung

Message: " As suas eu sempre vou responder. A não ser que eu me esqueça. :/ Aranha? Já estou indoooo.. Se a aranha picar você, talvez vire um super herói.. Seria legal te beijar de cabeça para baixo tipo Mary Jane e Spider man.  Se não for uma aranha que dá super poderes, e você continuar com medo, venha dormir aqui.

                           Sent message?

~Yes

           Message send with sucess

"New message from Taehyung Hyung"

" Eu não preciso virar o Spider man para te beijar assim. Te beijaria de todas as formas possíveis. Apenas peça. Não posso ir ai, Jimin hyung está aí, esqueceu. Só boa noite então. Durma bem ❤

To: Taehyung Hyung
Message: Me beije sem eu precisar pedir. Surpresas são boas não? Quero te dar muita delas ainda. Boa noite

                            
                      Sent message?
~Yes

            Message send with sucess

Dia 3

Tínhamos tanta coisa para fazer que Não tivemos tampo para nada.

Entrevista na rádio:

Pergunta vai, pergunta vem.

— Taehyung, com quem você gostaria de dividir o quarto do dormitório?

Olho para ele, e abaixo a cabeça. Acho que Ninguém percebeu

Depois  de alguns segundos pensando,  talvez se perguntando se era certo ou não dizer a verdade, responde:

— Jungkook

Todos nos olham.

— Eles se dão bem — Namjoon diz sorrindo.

Alguns boatos sobre nosso bromance aumentaram.

Nada demais.

Anoiteceu.

Banho, cama.

"Nem message from Taehyung Hyung"

" Amanhã de madrugada me encontra no estúdio de dança. Daqui dois dias vai ser nosso dia juntos comemorado. Quero conversar com você antes do seu aniversário. Beijos "

Li e fiquei tão nervoso que esqueci de responder.

Dia 2 - 6 da manhã

O dia passou rápido. Me ocupei o dia todo apenas para que a noite chegasse logo. Estava ansioso para ouvir o que o hyung tinha para falar para mim.

Anoiteceu.

Fiquei olhando para o relógio esperando o tempo passar até dar o horário que combinamos.

Dia 1       00:49 da madrugada

Chego pé por pé dentro do estúdio. Estava tão escuro. Vejo a silhueta de Taehyung deitado no chão.

— Era 1 hora, né? — pergunto.

— Sim.  — Ele liga a lanterna do celular — cheguei antes. — O hyung faz sinal com a mão para que eu me deitasse do lado dele.

— Jungkook — me olha — Você pensou bem sobre o que quer?

Na hora já entendi sobre o  que ele estava falando.

— Pensei — olho pra ele em meio a penumbra — E eu quero você, de todas as formas hyung. Tá Tudo bem. — me aproximo dele para beija-lo, mas sou interrompido pela sua fala:

— Não estou te obrigando. E você é mais novo, e meu amigo, acima de tudo. Desde o começo eu disse que ia cuidar de você, então eu vou gostar de você de qualquer jeito, mesmo se  gente não tr...

Lhe dei um beijo. Meu tronco estava sobre ele. Me apoiava com os dois braços, um em cada lado do seu corpo. Pude Sentir o calor da sua pele.

— Hyung, eu já disse. Eu estou bem. — Mordo os lábios tenso — mas eu estou nervoso.

— Não precisa. — Ele ri —  Sabe por que toquei no assunto aquele dia? — Ele passa a mão no meu braço, subindo e descendo, carinhosamente.

— Por quê?

— Eu achei que você realmente queria. Senão, não teria tocado no assunto tão cedo. Eu respeito nossa amizade, respeito você e suas vontades. E também que te acho tão inocente.

Tadinho do hyung. Sou tímido e inexperiente, mas não inocente.

As pessoas precisam aprender a diferenciar isso!

—  Mas eu quero. Com você hyung, claro que sim. Mas o que te fez achar isso? Tipo, que eu quero muito? — Questiono

— Primeiro eu vi sua cara quando comentei sobre ir tomar banho e trocar de roupa. Confesso que eu fiquei meio envergonhado por imaginar que você estava pensando isso, sempre te Imaginei mais inocente — Ele me encara dando um sorriso tímido — E outra, já foi a segunda vez né Jungkook? — Ri

Engulo em seco. Sinto que vou passar vergonha.

— Segunda o que hyung? — Pergunto.

— Na vez que caí encima de você, e aquele dia na praia, quando falei algo no seu ouvido.

Ah, não. Deus me leva! Eu não aguento passar tanta vergonha.

Ele viu.

— Caramba... que sa.. cara.. Desculpa hyung, desculpa. — Digo querendo morrer.

— Permissão pra te desrespeitar? — Ele pergunta me interrompendo.

Sorri.

— Você não me desrespeita hyung. Mas sim, permitido.

O castanho muda seu rosto completamente. Me encara sério agora, de um jeito tão, mas tão sexy, que  minha mente se desligou por alguns segundos.

— Não peça desculpas Jungkook.. — Fala sussurrando, próximo a minha boca.

— Por quê? — digo.

O castanho que antes estava de costas para o chão, me vira bruscamente,  agora sou eu quem está deitado.

Ele deita ao meu lado,  e uma de suas pernas vem para cima das minhas. Sinto suas coxas roçarem em mim.

Sua boca vai até o meu pescoço e sobe devagar. Agora ele brinca com minha orelha, acariciando-a com seus lábios entre uma mordida e outra.  Sinto a umidade da sua saliva quente.

Fecho os olhos, minha respiração está rápida, meu coração acelerado.

— Nunca mais peça desculpas — ele coloca minha mão no meio de suas pernas me fazendo agarrar sua ereção — não é só você que fica assim.


Notas Finais


Gente, eu to vermelha. Eu não sei escrever isso! Começei a ler um guia lemon para entender as paradas dos Yaoi. Sou do tipo que se envergonha de escrever "Sua língua na minha boca"

Minha timidez é enorme. Juro.

Nao riam de mim, e digam, só dessa prévia, o que acharam?

Não se iludam com essa cena, sabem que eu adoro fazer provocações. 🌚

Foi uma narrativa bem simples e polenta neste capítulo. São 3 semanas, não poderia detalhar cada dia, a fic não ia ter fim daí. Mas sacaram as referências Vkook reais ali? Contem pra mim se sim.

Se chegaram até aqui, então muitoooo obrigada.
O que acharam?
Diga pra mim.
Indique aos amigos
Beijos no Rim. ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...